URIEL - 30 de outubro de 2012 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Intervenção do Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão -

 “Eu o convido a tornar-se o que você sempre foi. Eu o convido a deixar as fantasias do sofrimento e do medo. Eu o convido a estar no centro de si mesmo. Eu o convido a estar aí onde é preciso estar, nesses tempos particulares. Então eu, URIEL, eu estarei com você, como MIGUEL esteve, como METATRON esteve.”



~ ONDE VOCÊ ESTÁ? ~

Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.
Anjo que se apresenta a vocês enquanto Anjo da Última Hora e da Nova Aliança.
Eu venho, neste dia, pela minha Presença e pela sua Presença, unidos na mesma Verdade, na mesma Vibrância, Filhos da Lei do UM, eu venho e eu virei perguntar-lhes: onde vocês estão?
Eu virei insistir, como eu o faço, no Templo da sua Presença, a fim de perguntar-lhes: será que a Casa está limpa?
Vocês estão nesse Templo?
Vocês estão nesse Coração?
Ou vocês estão em outros lugares?
Vocês estão em paz?
Vocês estão em guerra?
***
Aí onde está a consciência, aí onde está a Vibração, aí está sua Presença, nesta infinita Presença, nesta última Presença, no centro do Centro.
No desenvolvimento de suas Asas Etéreas, no desenvolvimento de seu Coração Ascensional, entre a Porta KI-RIS-TI e a Porta ER, Vibra o tempo da resposta da Luz, vibra o tempo da Liberdade.
***
Onde vocês estão?
Vocês estão em meio a esse Templo?
Ou vocês estão em outros lugares, em sua cabeça, ou em suas ilusões?
Vocês são o Coração, no coração do Coração?
Anjo da Última Hora, eu venho perguntar-lhes e venho bater a fim de que sua porta se abra àquele que está vindo para vocês.
Bem-amados Filhos da Lei do UM, bem-amados Libertadores da Terra, eu venho perguntar-lhes: vocês estão, Aqui e Agora, no Templo de sua Presença, no Templo de sua Eternidade, a fim de viver a Eternidade?
Então, enquanto URIEL, Libertador e Anunciador, eu venho, em vocês, como nunca, a fim de viver o coração do Coração, com vocês, a fim de acolhê-los no tempo de sua Eternidade, no Templo de sua Presença, no Aqui e Agora, na Verdade do instante, na Verdade do presente.
Porque não há outro modo e não há outra Verdade senão escapar ao tempo, parando o tempo, no Tempo que está aí.
***
Eu lhes peço então, no tempo de nosso Tempo, no tempo de sua Presença e no tempo de minha Presença, para acolherem-se vocês mesmos, aqui, no centro do Centro, onde Vibra a Eternidade, onde Vibra o Som do Universo e o Som da Terra regozijando-se em vocês.
Permitindo-lhes elevar-se além de toda a condição, permitindo-lhes elevar-se nas esferas da Beleza e da Verdade.
***
Vocês estão na Paz?
Vocês estão na Tranquilidade?
Da Paz e da Tranquilidade decorre a Eternidade, Aqui e Agora, no Templo de sua Presença, presentes a vocês mesmos, no eterno atemporal e na eterna Beleza da Luz.
Aí está a Verdade.
Aí está a justeza.
É tempo então de ajustar-se, nesses tempos finais do Tempo, a fim de viver a plenitude da Alegria, a plenitude da Paz.
***
No centro do Centro, no Templo que está aí, vive-se a alquimia de sua Liberdade, aquela da Paz, aquela da Beleza, aquela da Luz e aquela do Amor.
O Amor basta-se a si mesmo: ele não tem necessidade do mundo, ele não tem necessidade da ilusão.
***
A Onda da Vida deixa-se a viver a Liberação da Terra, a Liberação do Éter, em meio à sua Terra, em meio ao seu Templo, em meio à matéria.
Aqui e ali, instalados no Templo da Vibrância e da Confiança, vocês irão saber se vocês estão no coração do Coração, pela Vibração de sua Presença, pela Vibração de algum Duplo, chamando-os para a Eternidade.
Na Presença de MIGUEL, pelo impulso de METATRON, na presença do Duplo, fusão do Éter e fusão do Coração, levando-os a se revelar a fim de não mais estar limitados e conectar o Ilimitado da Beleza, o Ilimitado de seu tempo além deste tempo da Terra.
***
Tempo da Terra que muda de Tempo, tempo da Terra que para, a fim de dar lugar a um Tempo novo que não conhece nem passado, nem futuro, mas simplesmente a Eternidade do eterno Presente.
Vocês estão presentes a este Presente?
Vocês estão presentes a esta Doação da Graça?
Vocês estão presentes a esta Doação da Vida?
Vocês são esta Doação?
Vocês são a Vida, nesse Tempo particular?
Eu sou o Anjo da Última Hora, o Anjo da Presença, o Anjo de sua Eternidade na explosão da Luz branca ocorrendo no Templo do Centro.
No centro do Templo de sua Presença desenrola-se o tapete da Alegria e da Eternidade.
Onde vocês estão?
Vocês estão aí onde acontece o indizível ou vocês estão aí onde se desenrola o tapete do tempo ilusório?
Vocês estão na cabeça?
Vocês estão em seu corpo?
Vocês estão em seu Coração?
Vocês estão no Coração de cada um e de cada uma para ali Vibrar a mesma estrofe, para ali declamar o mesmo silêncio, aquele da Eternidade, aquele do Amor?
***
Então, amados do UM, o momento em que o UM vem dizer-lhes sua Eternidade.
Vocês estão prontos para acolhê-Lo?
Vocês estão prontos para apreender-se do que é a Verdade?
Vocês estão prontos para soltar o que não pode mais apreender, o que não pode mais manter: o tempo da ilusão, o tempo do efêmero e o tempo que se inscreve em um tempo futuro?
Não há tempo futuro, nem tempo passado.
No Templo de sua Presença há apenas a Vibração do Coração, aquela do Amor e da Verdade Una, na Luz Una.
Então, nesse Tempo, enquanto Anjo da Presença e Anjo da Última Hora, eu venho iluminar o Templo de sua Presença.
Eu venho chamá-los e nominá-los, preparando o Apelo d’Aquela que é a Mãe deste Mundo e que vem despertá-los e perguntar-lhes, ao mesmo tempo que o Duplo: você quer me seguir nos Reinos da Eternidade, nos Reinos da Liberdade?
Ao que você se sustenta?
Pelo que você é sustentado?
Eu venho lhe perguntar: onde você está?
Onde vocês estão?
Onde vocês se situam nesse Tempo do Apelo?
Onde vocês se situam no Tempo da Luz, além do Tempo da Terra?
***
Então, eu venho, Anjo URIEL, Anjo da Presença e da Reversão, convidá-los para as Núpcias da Eternidade, convidá-los para colocar-se no tempo sagrado de seu Templo do Coração, aí onde Vibra a Vida que não depende de qualquer circunstância, nem de qualquer condição.
Então eu venho, no Templo da Alegria, iluminar a Alegria que se ergue e se eleva, chamando-os pelo Som, chamando-os pelas Trombetas, chamando-os pela carne, para elevar-se e elevar esta carne nas Moradas da Eternidade, nas Moradas sem sombra, nas Moradas onde não existem nenhum esquecimento e nenhuma memória.
***
Eu os convido a soltar o fardo de seus medos.
Eu os convido a soltar o fardo de suas relações.
Eu os convido à Liberdade.
Onde vocês estão e onde você está?
No centro de seu Coração, aí onde vive a vida eterna de sua Presença informal e formal?
Eu o convido e eu chamo você.
Eu cumpri o programa d’A FONTE Una a fim de conectá-lo à sua Liberdade, a fim de fazê-lo ressoar no tempo da Alegria infinita e sem fim.
Eu venho chamá-lo para estar presente a si mesmo.
Eu venho chamá-lo para estar presente a Ele, que está aí, em seu Templo, e que aguarda sua hora, a fim de que nunca mais você seja avaliado e contado no tempo das horas que passam e que o confinam no esquecimento.
***
O Tempo chegou de se lembrar.
O Tempo chegou de ser o que você É, no Templo de sua Presença, no Templo do instante presente, em seu Coração.
Nesse Templo, viver a Verdade, viver o Sopro eterno que vivifica os Mundos e os Universos, de toda forma como da informa.
Então eu estou aí e eu estarei aí, a cada tempo, a cada inspiração e a cada expiração, no tempo de seu mês de novembro, a fim de chamá-lo para a metamorfose, a fim de chamá-lo para a Liberdade, a fim de permitir-lhe ouvir Aquela que vem enunciar e anunciar o Tempo que é aquele do Encontro.
Então eu posso dizer-lhe: amigo e amado d’A FONTE, você É o que você É, além do que você acredita, além do que você encarna, além de toda a evolução.
Apenas existe Você, no centro de você.
Além mesmo do Si, vive-se a Alegria e a Paz daquele que encontra o que deve ser encontrado.
Então eu o convido ao centro de seu Templo para ali estar, a fim de vivê-lo, para sair do que não é esse Templo, para não Vibrar em outros lugares senão na Vibração de sua consciência que o conduz neste corpo, além deste corpo, que o conduz neste mundo, além deste mundo, pelo Canto do silêncio e da Verdade, pelo Anúncio de MARIA e pelo Canto de minha Presença.
***
Amigo e amado d’A FONTE, eu o convido à sua Eternidade e eu o convido a se recolher a fim de acolher a Dádiva da Graça, a fim de acolher a Dádiva da Vida, daquela que não conhece qualquer limite, qualquer fim e qualquer início.
Eu sou o que você É, de toda a Eternidade.
Então, eu o convido a abrir a porta de sua Eternidade e a fechar a porta do sofrimento, a porta das ilusões e das crenças.
Esqueça o efêmero que você foi porque o que você É, é Eternidade, porque o que você É, é Beleza e Amor.
O tempo chegou de vivê-lo, o tempo chegou de declamá-lo e de irradiá-lo, instalando-se no centro de si mesmo, muito além da cabeça e muito além de um outro lugar hipotético, porque tudo age no Tempo deste instante, no Templo de sua Presença.
Tempo da Verdade e da Beleza.
***
Então, enquanto URIEL, Anjo da Presença, eu venho bater à porta de sua Eternidade.
Eu venho clamar o seu tempo, além de todo o Tempo.
Então, esteja Presente no Templo de sua Eternidade porque aí está a chave, porque aí está a porta que o leva a um mundo onde não existe mais porta, nem separação, onde tudo o que está compartimentado (tal como aparece para você em seu mundo) não pode mais existir, nem mesmo ser pensado.
Então eu o convido para estar em seu Coração.
Eu o convido a viver a Vibração que você É.
Eu o convido a ser o que você É, além da aparência desses mundos que você percorreu.
***
Amigo e amado d’A FONTE, eu o convido a escutar o Som dos Cavaleiros, o Canto de sua Presença vindo se colocar ao redor de seu trono da Eternidade, a fim de revelar o Éter, aquele que jamais pôde ser separado da Verdade e da Beleza.
Eu venho então, nesse tempo deste mês, preparar, em você, o acolhimento daquele que volta, o acolhimento daquele que você É.
Eu o convido a viver o Coração de sua Presença.
Eu o convido a ser esta Presença, palpitante e vivente, além de toda a pessoa, além de toda a forma e além de todo o confinamento.
Então, amigo e amado d’A FONTE, nesse tempo, eu venho declamar para você o Tempo do Amor, aquele que não conhece nem fim, nem início, nem acréscimo porque ele é perfeito, de toda a Eternidade, como você o É, de toda a Eternidade, além das aparências de uma evolução qualquer, além das aparências de um sofrimento qualquer.
***
Sua Consciência tem, doravante, a capacidade, sem o querer e sem o desejar, para extrair-se de todo jogo da ilusão, de toda resistência e de todo sofrimento a fim de instalar-se na Beatitude do que você É.
Porque, certamente, o que você É, é Beatitude da Eternidade, Êxtase permanente e Íntase traduzindo-se por esta Paz Suprema onde nada pode vir alterar o que está instalado no centro de seu Coração.
Isso que você É, certamente.
Isso que você É, eternamente.
Eu venho dizê-lo e declamá-lo para você, de novo, pelos Sons do Céu e da Terra, que eu lhe peço para ouvir e escutar a fim de Vibrar na mesma Verdade de cada Coração Liberado, unido e Liberado, unido e Livre.
***
O que chega para você é a sua Liberdade, o que chega para você é o fim de todo o inferno, é o fim de todo o efêmero.
O que chega para você é a sua Verdade intrínseca.
O que chega para você é o tempo do Apelo.
O que chega para você é o Tempo da Luz, onde nenhuma camada isolante, onde nenhuma carne pode transgredi-lo, nem mesmo ali se opor.
Então eu o convido a ir ao sentido da Luz que se abre.
Eu o convido a tornar-se o que você sempre foi.
Eu o convido a deixar as fantasias do sofrimento e do medo.
Eu o convido a estar no centro de si mesmo.
Eu o convido a estar aí onde é preciso estar, nesses tempos particulares.
Então eu, URIEL, eu estarei com você, como MIGUEL esteve, como METATRON esteve.
Eu virei marcá-lo, no Templo de sua Presença, com o Canto da Liberdade e o brilho da Luz branca, a fim de que você esteja consciente do que você É, a fim de que você seja a Alegria do que você É.
Então eu o convido a ir até o fim.
Eu o convido a largar o conjunto dos sofrimentos e dos medos que podem ainda sugerir o que você não é.
Eu o convido a estar além de toda a aparência.
***
Eu sou URIEL, Anjo da Presença e, nesse Tempo, nós acolhemos, pelo Elemento Ar, o batismo do Ar que vem, em seu Coração, apagar os vestígios dos sofrimentos, apagar os vestígios do efêmero, a fim de aparecer na infinita claridade da alvorada nova, aquela desse dia novo pondo fim aos ciclos dos Tempos a fim de permitir-lhe Ser.
***
Então eu o convido a se perguntar: onde você está e onde você está situado?
O que você vive no centro de você?
O que acontece no centro do que você É?
A Eternidade está de volta a fim de pôr fim ao efêmero de seus sofrimentos, ao efêmero de seus ciclos.
Eu o convido a celebrar isso.
Eu o convido agora, e antecipadamente, entre nós, a viver a Consciência e a Alegria deste mês de novembro, aquele da Liberdade encontrada e do Amor encontrado.
No Fogo da Alegria, no Fogo da Verdade.
Então eu declamo e clamo, em você: o tempo chegou quando não há mais a se desenrolar no tempo que passa, mas, sim, no Tempo que É.
Eu o convido então a passar no Ser, aí onde o tempo não pode mais passar, aí onde o tempo está suspenso, aí onde se desenrola sua metamorfose.
Então eu o convido aos Ateliês da criação.
Eu o convido a ser, enfim, a verdade que você É, a fim de que as aparências e os sentidos não possam, em caso algum, desviá-lo do Ser no centro do Centro, no coração do Coração.
Então, neste espaço e neste instante, no tempo de nossa Presença, desenrola-se o Tempo da Alegria e do Êxtase.
***
Amigo e amado d’A FONTE, na fraternidade da Eternidade, você É o que jamais se mexeu, o que jamais desapareceu, o que jamais existiu.
Torne-se a imobilidade e você será preenchido da Eternidade dos Universos.
Saia de toda a condição a fim de não mais estar nesta condição de limitação.
Escute o Tempo da Eternidade.
Escute o que bate à porta de seu Templo.
Escute a Verdade, a Alegria e a Paz.
O que é preciso mais para você do que ser o que você É, do que ser o Amor?
Você necessita estar na cabeça?
Onde você está?
Você está no amanhã?
Você está no ontem?
Você está aqui e agora?
Cabe a você ver, cabe a você compreender, e cabe a você viver.
***
Amigo e amado d’A FONTE, Irmão da Eternidade, para além das Dimensões, e para além das aparências, neste espaço e neste instante, eu abro a Fonte de Cristal dando o impulso, no coração do Centro, para viver o desdobramento de quem você É, a fim de que nenhum grilhão, nenhuma carne, possa restringir ou limitar sua Verdade.
No Templo de sua Presença, no tempo do instante presente, abre-se, em você, o que você É.
Então, eu o convido ao nosso Encontro nesses Tempos finais.
Você o Último, você o Infinito, desperta o que você É.
Permita-me, no silêncio de minhas palavras, mas na intensidade de minha Radiância e de minha Presença, colocar, em você, o tempo da Eternidade e da Beleza.
Aqui e agora, vivamos essa Dádiva da Graça.
Escute.

... Compartilhamento da Dádiva da Graça ...

Eu o convido então, a partir do primeiro dia de seu mês de novembro, a Alinhar-se tendo em conta a minha Presença, no centro de seu Centro (ndr: o que é denominado “Alinhamento” está descrito na coluna “protocolos a praticar / protocolos prioritários” (1)).
Eu o deixo recolher o sentido de minha Vibrância e de minhas palavras, no mais profundo de seu Ser, porque eles serão reconhecidos por sua Eternidade.
Então, permita-me abençoar esse tempo da Graça.
Então, permita-me ser a Graça na encarnação.
Assim se vive e se Vibra a metamorfose no Tempo final.
***
Eu o saúdo, em você, o Filho do UM.
Você, o imperecível, independentemente do que perece neste mundo, isso o faz descobrir o que você É.
Do centro de meu Centro, ao centro de seu Centro, revelemos a Consciência cristalina da Infinita Presença e da Infinita Beleza onde Vibram a Vida, a Alegria e o Amor.
***
Eu sou URIEL e eu acolho, em mim, a Dádiva de sua Paz.
E eu lhe digo então: para bem depressa, em todo Tempo, no Amor do UM e da Verdade.
Onde você está?
Só você o sabe e vive isso.
Então eu lhe peço para Estar aí onde é preciso, em glorificação ao Amor e à Verdade.
Eu sou URIEL, Anjo da Presença, e eu saúdo você.


************


***

Mensagem do Bem-Amado ARCANJO URIEL no site francês:
30 de outubro de 2012
(Publicado em 1º de novembro de 2012)

***

Tradução para o português: Zulma Peixinho

************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais



0 comentários:

Postar um comentário