IRMÃO K - 31 de agosto de 2012 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Ensinamentos de Jiddu Krishnamurti -


ÁUDIO mp3 ORIGINAL:

~ SIMPLESMENTE OBSERVAR ~

Meu nome é IRMÃO K.

Instalemo-nos, se o desejarem, na Paz.
Eu venho prosseguir, de algum modo, minhas duas intervenções anteriores com relação às estratégias, às organizações.
E nós iremos, se quiserem, aplicar isso a esta questão, fundamental nesses tempos: “quem vocês São?”, ou, se preferirem: “quem eu Sou?”.
Dos elementos de resposta que vocês poderão levar a esta interrogação se referindo a vocês, vocês poderão, com objetividade, deduzir o que pode restar a descobrir no que vocês São ou no que vocês acreditam Ser.

***

Eu não voltarei, é claro, ao conjunto dos princípios da refutação e da investigação, mas, muito mais, neste instante presente que vocês vivem, a olhar, da maneira mais clara possível, o que existe, em vocês, quanto ao conteúdo desta questão e das respostas referentes a quem vocês São.
A época atual, e particularmente aquela que se revela agora, leva-os a reconsiderar o que poderia ser um Encontro, entre o que é de natureza efêmera e mortal, e o que é de natureza duradoura, e, eu diria, Eterna e Infinita.
Pois, é bem, em última análise, disso que se trata: de um Encontro entre o efêmero e o Infinito.
 Este Encontro passa, é claro, por uma espécie de interface com a consciência, que a consciência seja aquela de um indivíduo separado como aquela de um indivíduo Unificado, presente em meio a um corpo perecível.
Ser levado a se colocar esta questão é levar, precisamente, a se definir além de todo finito, além de todo definido.
Para chegar, em última instância, mesmo que mentalmente, a se descobrir em meio ao Infinito.
Como eu tive a oportunidade de expressá-lo, há alguns meses, aquele que não conhece a outra Margem, daí onde ele está, não pode pretender falar da outra Margem.
Há apenas, efetivamente, a experiência da outra Margem que lhes dá a presciência e o conhecimento do que se trata.
Enquanto vocês permanecerem na mesma Margem, e enquanto vocês se definirem em relação ao conteúdo da Margem onde vocês estão, de forma alguma, vocês podem nem viver, nem conhecer, nem apreender, nem mesmo definir o que é a outra Margem.
Eu estou prestes a falar para vocês do Encontro da Margem onde vocês estão, e da outra Margem.

***

Naturalmente, como durante qualquer encontro, existe um elemento, mais ou menos importante, de surpresa.
Lembrem-se, assim, de que eu não denomino isso nem uma boa surpresa, nem uma surpresa ruim, mas, efetivamente, uma surpresa.
Ou seja, algo que vem apanhá-los, em um dado espaço (definido pela sua posição, em meio a um corpo, a um país, a uma nação, a uma família, ou a algum papel) e que vem, de algum modo, irromper.
Levando-os a reconsiderar, de maneira quase imediata e instantânea, o lugar em que vocês se situam, a fim redefinir-se, de alguma forma, ou permanecendo em meio ao finito, ou se inserindo em meio a um infinito que (seja qual for o aspecto perceptível, em um primeiro momento, no nível dos sentidos como no nível da consciência) pode parecer, e vocês teriam razão de chamá-lo assim, como intrusivo.
Mas, além desta intrusão, há, é claro, uma modificação de equilíbrio, uma nova adaptação a fazer.
E o problema desta adaptação é que ela não pode se satisfazer com nenhuma referência e com nenhum contexto, tal como lhes é conhecido, deste lado desta Margem.
Vocês irão me responder que é aparentemente impossível ter a presciência (exceto no momento em que isso se desenrolar) desta intrusão.
Eu lhes responderia (como isso foi dito, em qualquer tradição, e desde muito tempo) que o reino dos Céus está dentro de vocês, e que é ele que era preciso, de algum modo, buscar e encontrar, em primeiro lugar.
Se ele está dentro de vocês, ele não pode, portanto, ser manifestado aí onde vocês estão, no exterior de vocês.

***

ANAEL - 22 de maio de 2011 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Ensinamentos do Arcanjo da Relação e do Amor -


Eu sou ANAEL, Arcanjo.
Bem amados Filhos da Luz e bem amadas Sementes de Estrelas, que o Amor seja a sua Morada.
A minha intervenção será realizada em duas etapas.
A primeira é muito breve.
Ela se refere ao que o Conclave Arcangélico me pediu para transmitir a vocês, para o período que vocês estão vivendo e que irá se estender até o seu verão (inverno, no hemisfério sul).
Uma série de impulsos, procedentes do seu Coração, vão emergir em vocês.
Esses impulsos do Coração irão parecer-lhes por vezes em oposição e em contradição com a lógica e a razão pura.
Esses impulsos do Coração irão se manifestar de diferentes modos, pela manhã ao acordar, sob forma de sonhos, e também durante os seus dias.
Esses impulsos finais do Coração são destinados a fazê-los escolher e decidir os elementos importantes para pôr em prática, em suas vidas, em meio a este mundo, a fim de viverem a resolução e a dissolução nas condições mais adequadas ao seu estado Vibratório.
Além mesmo do que é denominado resposta do Coração, através desses próprios impulsos, isso irá representar, na maioria das vezes, para vocês, como um desafio, permitindo verificar onde se encontra o seu estado de Abandono à Luz.
Esses impulsos da alma estarão associados a condições de vida onde tudo irá se desenrolar de maneira fácil, onde tudo será facilitado.
Ao passo que, se a razão e a lógica de suas vidas se opuserem a isso, vocês irão constatar, por vocês mesmos, que naquele momento a fluidez não existe mais e que vários obstáculos poderão então se manifestar em suas vidas, vindo então permitir diferenciar, de maneira muito nítida, o que é da ordem do impulso do Coração e da ordem da razão e da lógica.
Cabe a vocês, com relação a isso, a cada um de vocês, fazer a sua própria experiência a fim de discernir rapidamente e de discriminar, justamente, o que é da ordem da razão e da lógica e o que é da ordem do impulso do Coração.
Isso será fácil para vocês a partir do momento em que vocês tiverem notado as manifestações e a partir do momento em que vocês tiverem observado as circunstâncias que surgem no desenrolar de suas vidas.
Cabe a vocês seguirem o seu Coração, mais do que a sua razão e a sua lógica, mesmo se o impulso do Coração puder às vezes parecer em total oposição com a razão e a lógica da sua vida, em relação tanto aos seus compromissos como ao que o seu mental pode decidir habitualmente.

***

Isso está diretamente ligado à Passagem da última porta, como lhes disse o Arcanjo URIEL, e à última Reversão, permitindo, real e efetivamente, serem guiados pelo Coração, se tal for a sua escolha.
Isso irá lhes aparecer cada vez mais claramente, gradualmente e à medida dos dias que vão transcorrer até o seu verão (inverno, no hemisfério sul), permitindo então empregarem as circunstâncias mais adequadas e mais propícias à sua expansão do Coração.

***

Aí estão as poucas palavras que eu tinha simplesmente que dar a vocês, da parte do Conclave Arcangélico, referentes ao desenrolar de suas vidas em meio a esta Dimensão onde vocês estão.
Nós iremos agora penetrar na segunda parte da minha intervenção referente tanto às perguntas relacionadas a isso, como às suas perguntas em relação à sua própria vida, às suas próprias evoluções neste mundo.
Dessa maneira, então, eu lhes passo a palavra e escuto os seus questionamentos.

***

Pergunta: poderia expor de maneira mais detalhada o que é o Espírito Santo?

Bem Amado, o Espírito Santo é uma polaridade específica da Luz Vibral, vindo mais particularmente do Sol central denominado Sírius, vertendo-se sob a forma de Luz Azul, e vindo iluminar o Espírito e a alma, a fim de que o Espírito e a alma sejam iluminados pela Luz e não mais pelos jogos da Sombra e da Luz existentes neste mundo.
O Espírito Santo se manifesta, em um primeiro momento, como uma percepção Vibratória chegando pela cabeça, difundindo-se e se propagando na cabeça, na testa, e cuja finalidade sempre foi incorporar-se em meio a este corpo.
O Espírito Santo confere uma série de carismas que alguns foram abordados em suas Escrituras sagradas.
Hoje, e já há alguns anos, o Espírito Santo não está mais sozinho.
A tríplice Radiação da Luz Vibral está unificada em vocês.
Não é mais possível, portanto, distinguir a ação da Luz Vibral em suas Partículas Adamantinas e a radiação do Ultravioleta.
O conjunto estando então reunido em sua estrutura, e permitindo realizar o que vocês São.
O Espírito Santo é também chamado de Polaridade Feminina da FONTE, em ressonância com os Mundos da Criação, criados pelos intermediários da FONTE (denominados Mestres Geneticistas ou entidades de Sírius), tendo, justamente, criado este mundo há 20 milhões de anos.
O Espírito Santo é uma qualidade Vibratória permitindo serem guiados pelo Amor, revelando-se pelo Amor e no Amor.
Pode-se dizer que se trata de uma qualidade ou de uma polaridade, de natureza feminina, feita de recebimento, feita de acolhimento, feita de receptividade, permitindo ver claramente, de algum modo, o Interior de si.

***

NO EYES - 07 de agosto de 2010 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Ensinamentos da Estrela VISÃO -

Primeira mensagem de NO EYES no site Autres Dimensions


ÁUDIO mp3 ORIGINAL:

~ A VISÃO ~
Luzes do UM encarnadas, eu me apresento a vocês, pelas palavras, pela primeira vez.
Eu fui NO EYES.
Eu sou uma das Estrelas de Maria.
O meu papel e a minha função, em meio a esta Assembleia, estão ligados à Visão.

Eu lhes transmito todo o meu Amor.

Eu vou começar, primeiramente, dando-lhes uma série de elementos que lhes permitem melhor apreender o que, justamente, nós chamamos de
 Visão.

Esta Visão não é a Visão do mundo exterior.
Esta Visão, que eu sou, não é a Visão do terceiro olho.
Esta Visão, que eu sou, não é uma projeção ou um prolongamento do mental ou do cérebro.

A Visão de que falo é aquela que pode ocorrer em algumas almas ou em alguns corpos, compatível com uma Visão que eu chamaria do Coração.

Esta
 Visão do Coração tem a particularidade importante de ser uma Visão tão precisa como a existente na Visão denominada astral, permitindo a Visão da trama do tempo nesta matriz.

Os poucos seres que percorreram a Terra e que tiveram esta Visão, tiveram que fazer o sacrifício da sua vida física, mais frequentemente durante o seu nascimento, para aceder a esta Visão Interior.
Esse foi o meu caso.
Como esse foi o caso, do outro lado do oceano, de uma mulher búlgara que teve, ela também, esta Visão do Coração.

Esta virtude especial, que continua também em meio às Assembleias das Estrelas de Maria, para aquelas que são portadoras, de ver com uma precisão intensa o que existe na matriz.

O que jamais foi o caso, por exemplo, da Visão de um Melquisedeque do Ar, cuja Visão é panorâmica e afastada do que existe em meio à matriz, dando uma incerteza temporal, mas permitindo ver a trama temporal (explicando que alguns Anciões lhes tenham comunicado eventos, há muito tempo e muito mais recentemente) que deve ocorrer, sem entretanto poder especificar, de maneira exata, o dado temporal ou mesmo a especificidade de alguns elementos na matriz.


Eu sou, ainda hoje, aquela que é encarregada de ver a matriz.

***


 Esta Visão do Coração apenas pode existir se a Visão dos olhos e da cabeça não existirem mais, permitindo despertar, no que vocês chamam de cérebro, uma zona específica que permite ter acesso, justamente, a esta trama matricial, sem passar por uma Visão, propriamente dita, astral, mas, bem mais, por uma Visão Supramental aplicada à matriz.
O que explica que esta Visão foi, na minha vida, e permanece hoje, extremamente minuciosa, extremamente detalhada e extremamente precisa.
Esta Visão é a mais exata da trama da matriz.

Eu intervenho, nesse dia, antes de MARIA.
O que eu venho dizer-lhes não é, nem para despertar qualquer curiosidade, nem para despertar qualquer medo, mas, bem mais, para trazer-lhes uma certeza e uma lucidez.

Uma lucidez quanto ao que vocês vivem, sobre este mundo, como em vocês.

Vocês entraram, como os Anciões disseram, na era da Revelação, na era do final de um tempo, a fim de que nasça o novo tempo e a nova Dimensão.

Isso não é dentro de dez anos, isso não é dentro de um ano, mas isso começou.

As Visões que eu pude transmitir na minha vida ocorrem no seu tempo, no seu calendário, 
agora.

Dentro do que alguns Anciões chamaram de tempos descontados, vocês são levados a viver o que é preciso bem chamar de final deste mundo, que é um nascimento autêntico.

Muitos Anciões insistiram neste nascimento, falando da lagarta e da borboleta.

Tudo o que acontece, atualmente, tinha sido claramente anunciado, há muito tempo, com diferentes formas de Visões astrais (aquelas do terceiro olho e até mesmo as da intuição), podendo se expressar no nível mental.

O conjunto, a totalidade das manifestações em relação e em ressonância com os Elementos, é apoiado, hoje, pela Inteligência da Luz, para restabelecer a Verdade.

Ainda uma vez, não convém absolutamente provar qualquer medo, qualquer emoção, mas, sim, estar cada vez mais lúcido e consciente.

Como disse Arcanjo MIGUEL, o que acontece no exterior, acontece também em vocês.

É preciso então aceitar se desvendar, o que irá se refletir também, em vocês, pela Visão cada vez mais precisa do que vocês São, além da aparência deste corpo.