UM AMIGO - 29 de maio de 2010 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Ensinamentos de um Iogue -

Embaixador da Divina MARIA 



~ MECANISMOS DA CONSCIÊNCIA ~

Meu nome é UM AMIGO.
Do meu Coração ao seu Coração, da minha Consciência a sua Consciência.
Eu sou a Consciência que, em meio aos 24 Anciões, é aquela, caros Irmãos e caras Irmãs, que está mesmo para ajudá-los, da maneira mais íntima e mais exata, no período que se abre a vocês, para ajudá-los a se estabelecerem, se tal for sua aspiração, no aspecto Ilimitado do que vocês São.
Eu lhes transmiti, há algumas semanas, o Yoga Celeste (1), bem como um processo que lhes permite, de maneira muito simples, dirigindo sua Consciência, ter acesso a espaços de cura (2) que, até agora, não estavam abertos na humanidade.
Eu intervenho e irei intervir cada vez mais frequentemente durante este período corrente até o Anúncio de MARIA, permitindo-lhes, se tal for sua aspiração, viver e fundir no que vocês São, no Ilimitado.
Pela minha vivência nesta humanidade, em minha última vida, eu observei, eu integrei o conjunto de mecanismos corporais e sutis que permitem à consciência limitada humana penetrar no santuário do Coração e, nesse santuário, viver o Ilimitado.
Eu intervenho, neste período inicial de ação do Arcanjo URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão, para permitir-lhes, se tal for, ainda uma vez, sua aspiração, penetrar nas esferas além da limitação, nas esferas onde tudo é Alegria, onde tudo é Paz, onde tudo é Verdade absoluta e onde tudo é Unificado.
Foi dito e recomendado a vocês, durante este período de Unificação da Consciência, para se aproximarem, caros Irmãos e caras Irmãs, do essencial.

***

Como sabem, independentemente da qualidade e da realização de suas vidas, o essencial não é esse mundo.
Assim como lhes disse CRISTO, em sua civilização, vocês estão sobre esse mundo, mas vocês não são desse mundo.
Hoje, quando, segundo seu próprio ritmo, é-lhes revelado e desvendado uma série de Verdades absolutas quanto ao que vocês São, compete-lhes, hoje, viver este conhecimento de maneira interior e direta, para além das palavras, para além mesmo de seus atos nesse mundo.
É preciso tocarem e viverem esse basculamento de um aspecto limitado de vocês para o aspecto Ilimitado, assim como denominou o Bem-Amado SRI AUROBINDO (3) o Switch da sua própria Consciência.
A qualidade e a quantidade de Vibrações e de informações que chegam até a densidade em que estão, deve lhes permitir, com uma facilidade muito maior que anteriormente, viver esse processo.
Vocês ali são ajudados, convidados.
Somente vocês podem desencadear o que lhes propomos.
Assim como sua consciência limitada percebe, ouve e vê, a ilusão desse mundo atinge, de maneira irrevogável, o seu fim.
Como eu disse há alguns dias, e nós repetiremos cada vez mais, este fim não é o fim, muito pelo contrário.
Na hora da passagem do limitado para o Ilimitado, é preciso aceitarem a morte do limitado, a morte da ilusão para nascer, para desabrochar e viver a Unidade e a Unificação da Consciência.

***

O.M. AÏVANHOV - 19 de novembro de 2011 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação





E BEM, CAROS AMIGOS... 



ÁUDIO mp3 ORIGINAL:


E bem, caros amigos, eu estou extremamente contente de encontrá-los de novo nesse espaço e eu lhes transmito todas as minhas Bênçãos e eu diria mesmo, toda a Comunhão e a Graça possíveis.
Então, antes de intervir, como eu faço de costume, ou seja, deixá-los fazer todas as perguntas que lhes são prazerosas, eu gostaria, primeiramente, de fazer uma intervenção enquanto Comandante dos Melquizedeques, porque, talvez, entre vocês, alguns já começaram a perceber, a Vibrar, a sentir com a Consciência, com as Vibrações, que há elementos que já então prestes a aproximá-los, individualmente, é claro, de processos extremamente importantes em meio à Consciência.
Então, eu vou situar de novo o contexto desta intervenção.
Lembrem-se, eu não vou me estender, eu lhes darei a palavra muito em breve.
Há algum tempo (algum tempo, isto é, há quase dois anos) eu falei de mecanismos Vibratórios que iam levar, de algum modo, duas humanidades a se separarem.
É preciso lembrar que nos processos transformadores que vocês vivem, atualmente, eles são mais ou menos intensos, eles são mais ou menos diferentes, é claro, no nível do grau Vibratório e do grau da sua Consciência, que lhes é própria.
E, talvez, vocês já constatam, no seu ambiente mais familiar, que há coisas que não estão perfeitamente em via de evoluir, realmente, na mesma direção.
Seria, de fato, extremamente prejudicial crer que toda a humanidade, no seu conjunto, coletivamente, deveria ir para o mesmo lugar, ao mesmo tempo, e no mesmo momento.
E tudo isso, é claro, podemos ilustrar da seguinte maneira: há seres humanos, que nascem, que morrem.
É como se, por exemplo, alguns que devem morrer, hoje, dizem: “ah não, se eu morro, é preciso que todo mundo morra”, ou: “se eu vivo, é preciso que todo mundo viva”, ou: “se eu vou lá, é preciso que todo mundo vá lá”.
Vocês podem bem imaginar, através da Precipitação da Luz e do Processo Ascensional, que vocês estão nisso.
Então, obviamente, aqueles que não Vibram e aqueles que não apresentam manifestações específicas da Consciência, eles devem dizer-se: “o tagarela, aquele lá, o que é que ele está contando para nós já que eu não vivo nada disso?”.
Mas cada ser humano é diferente.
É um postulado que vocês devem cada vez mais integrar, não somente aceitar, pois, talvez, vocês estejam vendo isso ao seu redor.
Vocês estão em um estado de Consciência e aquele que é, talvez, seu marido, sua mulher, seu filho, seu pai, de qualquer maneira não está, mas, então, não estão completamente no mesmo estado de Consciência e no mesmo estado Vibratório.

***