RAM - 06 de junho de 2009 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Intervenção de RAM -
 Sri RAM Chandra

 “Quando os Mestres estavam encarnados, no oriente e também no ocidente, eles realizaram, durante sua vida, uma série de cerimônias onde eles foram capazes de difundir e de irradiar esta Consciência.
Não importa o nome oriental, trata-se do que, eles, chamavam de ‘darshan’.
É isso que deveria ser realizado durante a missa, no seu ocidente, se realmente o oficiante fosse capaz de conectar sua Presença com a Presença de CRISTO, permitindo realmente fazer descer esta Paz na hóstia durante a celebração.”


  
~ O SERVIÇO E A BENEVOLÊNCIA ~

Eu Sou RAM.
Recebam minha Paz, minhas saudações.
Meus amados, eu sou aquele que está instruindo vocês já há alguns meses.
Meu ensinamento é centrado, como vocês sabem, em meios e técnicas simples que permitem penetrar na sua Eternidade, em seu Coração.
Eu lhes dei uma série de meios para encorajar o seu acesso, com consciência, no nível do seu Coração.
Eu venho, hoje, prosseguir o trabalho que me foi confiado.
Muitas entidades já se expressaram a vocês através de palavras, de conceitos, de Vibrações, sobre o que era a vida no Coração.
Muitos Arcanjos se exprimiram ultimamente a respeito dos obstáculos que podem frear o seu acesso ao Coração.
Eu venho, quanto a mim, hoje, pelas palavras, pelo silêncio e pela Vibração para falar-lhes, para informá-los sobre o que é Paz do Coração, aquela que eu lhes proporciono quando chego e quando eu parto.
A Paz do Coração é uma paz que é independente de tudo o que é de sua vida exterior, de todas as suas atividades, não importa qual seja.
A Paz do Coração é algo que se conquista através do desprendimento, através do abandono, através do controle do mental e, depois, do abandono do mental.
A Paz do Coração é semelhante, em certas facetas, ao que o Arcanjo ANAEL explicou a vocês sobre a Alegria.

***

Se vocês quiserem, eu irei definir o que é, para um oriental, o que o Arcanjo ANAEL chamou de Alegria.
A palavra é a palavra "Samadhi".
Quando vocês percorrem os estágios da sua consciência encarnada (do mesmo modo quando despertam sua dimensão espiritual em você através do despertar do Espírito Santo, do despertar da Kundalini, do despertar da Consciência) surge uma série de sons precisamente no nível de seus ouvidos.
Esses sons, conhecidos e reconhecidos nas tradições orientais como sendo os marcadores da ativação da alma na sua realidade dissociada, são em número de sete.
Do mesmo modo, a ativação do Coração, em particular pelas seis chaves que eu lhes comuniquei (ver a ‘Meditação Direcionada para o Coração’ (1)), permite viver sete estágios relacionados diretamente com a abertura do Coração.
Esses sete estágios não são necessariamente uma gradação.
Eles podem existir em uma sequência lógica.
Nos tempos antigos, antes do período de mutação que vocês vivem, podia haver um espaço de muitos anos entre a vivência de cada uma dessas Alegrias interiores chamadas de Samadhi.
A Paz, da qual estou ansioso para falar-lhes hoje, é uma forma de Samadhi, uma forma de Alegria interior que eu qualificaria como silenciosa e imóvel, um estado de vacuidade.
Este estado de vazio precede o que é chamado de último Samadhi, o último, porque ele é, de fato, o último a ser vivido.
Este último Samadhi do qual nada pode ser dito, exceto que ele confere a total realização da Divindade em vocês e faz de vocês, na encarnação, um ser não só desperto, não só realizado, mas a caminho da imortalidade do corpo, da alma e do Espírito.
Poucos seres humanos alcançaram esta última etapa que confere a imortalidade.
Ela confere o que vocês chamam de Ascensão.

ANAEL - 07 de setembro de 2010 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Intervenção do Arcanjo da Relação e do Amor -

ÁUDIO mp3 ORIGINAL:

Eu sou ANAEL, Arcanjo.

Bem-amados Filhos da Luz, eu estou acompanhando MARIA e URIEL.

Minhas palavras serão breves.

A Coroa Radiante do Coração é sua ferramenta de comunicação.

Como lhes disse o Arcanjo URIEL, a Coroa Radiante do Coração exprime sua Presença, exprime seu Fogo e é também uma comunicação.

A comunicação de Coração a Coração é Paz e facilidade.

A comunicação de cabeça a cabeça é dualista e sofrimento.

Esta nova comunicação, que lhes é oferecida pelo acesso à sua Presença e à sua Unidade em um grau jamais atingido, dá acesso à instantaneidade e ao imediatismo da percepção.

Na Coroa Radiante do Coração tudo é acessível.

O seu Estado, como o Estado do outro.

O conhecimento ali está.

E ele ali é imediato e mediato, sem passar pelo filtro da razão e do mental.


*** 

No aprendizado de sua Presença que vocês realizam agora, vocês se tornam lúcidos, pela Vibração da Unidade, do que é verdadeiro e do que não é verdadeiro.

Prestem atenção também para que o que não é verdadeiro não os faça sair da sua Presença, porque então isso de nada iria servir e vocês teriam que se esforçar de novo para se restabelecerem na Presença e na Unidade.

Alguns aprendizados lhes foram facilitados desde o início deste ano.
O acolhimento da Luz Crística na Unidade e na Verdade lhes permite, hoje, viver uma outra oitava disso.
A comunicação do Coração, ainda uma vez, é imediata e mediata.
Nesta comunicação, não se esqueçam de que tudo se torna transparente para vocês.