UM AMIGO - 28 de setembro de 2011 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Ensinamentos de um Iogue -


ÁUDIO mp3 ORIGINAL:


 ~ Do Coração do Um ao Coração de Todos ~

Eu sou UM AMIGO. 
Do meu Coração ao seu Coração, no Amor e na Unidade, Irmãos e Irmãs, eu venho a vocês para falar de uma série de elementos referentes ao Coração e eu vou, mais precisamente, falar-lhes do que permite ir do Coração do Um ao Coração de Todos.

***


O Coração do Um se torna de todos, a partir do momento em que o Coração do Um torna-se Um.
Tornar-se Um é pôr fim à consciência separada e à consciência fragmentada, estabelecendo-se em meio ao que foi nomeado Consciência Turiya.
Esse princípio, chamado de Unidade, é algo que deve ser conscientizado, e não viver, unicamente, no nível da cabeça ou no nível dos conceitos, mas, sim, ser um elemento que deve se viver, de maneira real, concreta, perceptível e Vibratória, na Consciência.
O rasgar do Véu põe fim à Ilusão da separação.
O rasgar do véu permite compreender e Viver o Amor, que une cada vida na Liberdade, que une cada vida na mesma Essência, permitindo, então, pôr fim ao véu da Ilusão e pôr fim, sobretudo, ao que é chamado de Separação.
Na hora das Núpcias de Luz, no momento em que alguns Irmãos e Irmãs, encarnados na carne, começam a viver as primícias desta União com CRISTO, com a Luz Branca, com a Unidade, é tempo de apreender-se e de exprimir o que significa realmente viver o Coração, viver a Unidade e passar do Coração do Um ao Coração de Todos.

***


Os preceitos e os conceitos de que eu vou falar estão bem além de dados intelectuais, de qualquer vontade, de qualquer vontade de bem ou de qualquer compreensão intelectual, mas se inscreve, de maneira indelével, no sentido do que é para viver quando o Coração Vibra no Canto da Unidade.
Naquele momento, como eu disse, as barreiras, as separações desaparecem, não pode ali haver discriminação entre si mesmo e todos os outros (todos os Irmãos, todas as Irmãs e cada vida, de maneira geral).
A Consciência, naquele momento, estabelecendo-se no Coração do Um, permite viver a Unificação de todas as Consciências, mas, é claro, as outras Consciências não têm, elas, a Consciência do que vocês vivem.
E, no entanto, é assim que eu o vivenciei durante a minha vida, a cada minuto e a cada sopro, permitindo à minha Consciência permanecer, da mesma maneira, com toda lucidez e a cada minuto (sem, entretanto, escapar à minha condição humana ou escapar-me nos meus Samadhi extremamente intensos), manifestar esta Consciência da Unidade, a fim de que o meu Coração, naquele momento (que havia se tornado o Coração do Um), se tornasse o Coração de Todos.
Ou seja, que o conjunto dos Corações, o conjunto das Consciências se encontrava, de maneira real e vivenciada, no meu próprio Coração.

***


Viver o Coração do Um é, efetivamente, com consciência e realmente, pôr fim ao mecanismo da separação, da divisão, pondo fim a toda Ilusão de que os seres estão separados.
Aqueles que estão separados, é claro, são as personalidades.
E a consciência que está estabelecida em meio à personalidade mantém, de maneira artificial e voluntária (mesmo se isso for inconsciente) uma separação.
Esse princípio de separação permite, aliás, revelar uma série de elementos.
Esses elementos, que tivessem por nome profissão, que tivessem por nome afetivo, que tivessem por nome programa de vida, que tivessem por nome karma, participam, de maneira indelével, da separação da personalidade, das outras personalidades.
Estabelecer-se no Coração do Um (e eu não voltarei sobre as diferentes consciências que correspondem, se vocês quiserem, à personalidade ou ao Um), em todo caso, estabelecer-se no Coração e Viver o Um, Viver o Coração do Um, permite realizar, no si, a ‘alquimia’ do fim da separação e permite, naquele momento, viver o outro, na totalidade, no Interior do Si.

***


A ausência de distância, no nível da Consciência, permite realizar o que é nomeado e denominado o Amor e a Luz.
Enquanto a personalidade experimentar uma outra personalidade, não pode ali haver senão Sombra, não pode ali haver senão separação e, obviamente, ausência de Luz ou discriminação da Luz.
O princípio discriminante é, por sinal, por essência, o próprio modo de funcionamento da consciência, em meio à personalidade, que pode ser nomeado, como vocês sabem, corpo de desejo, corpo astral, corpo mental, corpo físico, também, e assim como corpo energético.
Independentemente dos nomes que lhes dermos, eles pertencem, em última análise, ao que é chamado de ‘estrutura da personalidade’.

***


Estabelecer-se no Coração do Um permite ver além das aparências do corpo, além das aparências da energia, além das aparências das emoções, além das aparências do mental, de qualquer personalidade com a qual entramos em consciência.
Naturalmente, aquele que vive no seu isolamento não pode conceber ou mesmo aceitar isso.
Apenas quando o corpo de desejo começa a voltar-se para o Espírito, quando a alma começa a desviar-se do corpo para voltar-se para o Espírito, que existe um impulso da alma para querer experimentar e, sobretudo, querer reencontrar ou, ao menos, se aproximar, de um Ser que realizou o Coração do Um.
Entretanto, e como vocês sabem, nunca se aproximar de um Ser como este, não permite viver si mesmo o Coração do Um.
Podem existir, contudo, mecanismos chamados de ‘milagres’ ou de ‘curas espontâneas’, que podem, então, surgir nessas circunstâncias particulares, que podem, no nível daquele que está em sua consciência da personalidade, registrar, de algum modo, um momento de Graça, um momento de União.

***


CRISTO realizou em sua vida e eu diria que todos os seres (homens, mulheres, seja qual for o país, seja qual for a religião) que realizaram o Coração do Um, permitiram isso, independentemente da sua própria vontade.
Não havia, creiam bem, em momento algum (tanto para CRISTO como para todos aqueles que vivenciaram este Despertar), qualquer vontade em relação à consciência dividida que se aproximava d’Eles.
Simplesmente, a Graça faz com que, quando o Coração do Um está estabelecido em uma pessoa, naquele momento, o conjunto dos Universos aproxima-se do Coração de todos.
Mesmo se isso não for perceptível para as consciências separadas e confinadas, existe, entretanto, naquele momento, a possibilidade da Graça e existe, naquele momento, a possibilidade de Comunhão, em qualquer lugar, deste estado de Consciência.
Isso lhes foi falado, em outras palavras, pelo Arcanjo ANAEL, há pouco tempo, com relação a essa passagem das Núpcias de Luz individuais, às Núpcias coletivas da humanidade.
Portanto, Viver o Coração do Um vai levá-los, progressivamente, a pôr fim ao conjunto das separações existentes.
Quando vocês virem outro Irmão, outra Irmã, vocês não vão ver mais um homem e uma mulher, vocês não vão ver mais uma idade, vocês não vão ver mais uma profissão, vocês não vão ver mais algo que participa da personalidade, mas, indiscutivelmente, vocês irão perceber o outro além mesmo do que ele pode conceber e imaginar, mas por que ele está inscrito diretamente no seu próprio Coração.
Assim, qualquer fenômeno de projeção vai cessar.
O que é visto com os olhos não é considerado como a Verdade.
O que é percebido com os sentidos não é considerado como a Verdade.
Mas o que é vivenciado com a Consciência do Coração do Um, vai, inegavelmente, permitir-lhes Viver o Coração de Todos e ver o Coração de Todos.

***

GEMMA GALGANI - 20 de setembro de 2012 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Ensinamentos da Estrela UNIDADE -


“O seu salvo-conduto é o Coração. O seu salvo-conduto é a reunião de vocês conosco. Os seus períodos de Alinhamento serão os meios privilegiados de entrar em contato conosco, e de estabelecer a sua Comunhão conosco, e a nossa Comunhão com vocês. Mas, também, de começar a viver a sua própria Dissolução no Amor, vendo-se fundir-se no Amor Eterno. Não há mais barreira. Não há mais separação.”


~ Convite para ser o Amor ~ 

Eu sou GEMMA GALGANI.
Irmãs e Irmãos, na humanidade, eu me instalo ao lado de vocês e eu me expresso enquanto Estrela UNIDADE e também como oficiante do Manto Azul da Graça.
Instalemo-nos, primeiramente, em nossas bênçãos comuns.

... Compartilhamento da Dádiva da Graça ...

Então, como de costume, hoje, eu vim falar-lhes do Amor, do Absoluto, da Unidade, e fundi-los nesta Beatitude.
Se vocês já não verificaram por si mesmo, vocês poderão, muito rapidamente, constatar o que eu vou dizer a vocês.
Quanto mais vocês forem para a Luz, e para vocês mesmos, quanto mais o acolhimento da Luz se fizer, em vocês, mais vocês notam que a Alegria aumenta, que a Paz aumenta.
Quanto mais a Luz estiver aí, quanto mais vocês a acolherem, menos existem questões, menos existem medos, menos existe interrogação, porque o Amor, naturalmente, é todas as respostas.
Ele é a única resposta, e a Luz é o seu testemunho.
E aquele que vive a Luz, que vive o Êxtase, que vive o Samadhi (sejam quais forem as manifestações no corpo: que isso seja através do Canal Mariano, da Onda da Vida, do Coração), irá experimentar, e vai experimentar cada vez mais, este Amor como a única solução, a única possibilidade e, sobretudo, a única Verdade.

***


O que foi levado a dizer-lhes o Arcanjo RAFAEL, eu poderia dizê-lo a vocês, mas à minha maneira (ndr: sua intervenção de 20 de setembro de 2012) (1).
Não há outra escolha senão o Amor ou o medo, eu já havia dito isso a vocês.
Mas isso não é mais uma escolha intelectual ou mental, mas uma escolha que vai expressar-se no próprio efêmero deste corpo, na sua consciência.
E eu diria que vocês vão vivê-lo, de maneira cada vez mais permanente e cada vez mais potente.
Se o Amor estiver aí, não há medo.
Se o Amor estiver aí, se vocês se fundirem neste Amor, não pode existir qualquer sofrimento capaz de se manter, qualquer dúvida, qualquer interrogação.
O Amor é o bálsamo e a solução durante este período que se abre.
É aí que vocês irão se mostrar, a vocês mesmos, é aí que vocês poderão ter a demonstração, se isso ainda não ocorreu, do que vocês São.
Então, fundir-se no Amor é fundir-se no que vocês São e é, sobretudo, fundir-se nesta Paz que nada pode vir alterar, independentemente do que acontece sobre este mundo: não que vocês tivessem abandonado o mundo, mas, simplesmente, o Amor assume todo o lugar, ele não deixa mais lugar para o mundo, ele não deixa mais lugar para outra atividade senão para o próprio Amor.
É isso Ser o Amor.
É isso, como nós lhes testemunhamos, nós, algumas Estrelas.
Vocês serão, vocês também, as testemunhas, pela sua própria vivência.

***


Se vocês estiverem, realmente, fundidos no Amor, e na Luz que o acompanha (e que é a natureza do Amor), então, vocês próprios irão constatar que nada é capaz de perturbá-los, que nada (da sua vida, da sua consciência, do seu corpo, das suas relações) é capaz de alterar o que vocês vivem.
Isso vai se tornar muito evidente para vocês.
Então, é claro, se, para vocês, isso ainda não estiver evidente, isso irá convidá-los simplesmente a olhar-se realmente, não como vocês pensam, não como vocês poderiam acreditar ou imaginar isso.
Vocês não poderão mais se esquivar, vocês não poderão mais fugir da Luz.
É preciso, então, olharem-se realmente, e o que irá acontecer, para vocês, é apenas a consequência direta do estado de Amor no qual vocês Estão.

***


Vocês estão ainda em um amor condicionado e condicionante?
Vocês estão ainda em um amor que exprime a dualidade?
Vocês estão em um amor oriundo de uma crença?
Vocês estão em um amor / sentimento?
Ou vocês estão, realmente, em um Amor Vibral?
Toda a diferença irá lhes aparecer, ela será cada vez mais nítida.
O Amor não lhes pede para julgar, nem para condenar, assim como para não julgar ninguém, ou para condenar alguém.
O Amor os chama, simplesmente, para o Amor.
É isso que é preciso realizar agora e isso (como foi dito, há alguns instantes, pelo Arcanjo RAFAEL) tornar-se-á cada vez mais evidente.
Então, é claro, se vocês não viverem este estado de indizível Amor, não julguem, não condenem, não busquem um motivo, uma causa que explique isso.
Mas, simplesmente, deixem agir, deixem ser a Luz que vocês São.
Não envolvam a sua personalidade, não envolvam os seus próprios combates.
O Amor jamais será um combate, e principalmente agora.
Porque, o que irá combater, não é o Amor.
O Amor é uma evidência, cada vez mais evidente, cada vez mais fácil.
Então, é claro, nem todos vocês estão, meus Irmãos e minhas Irmãs, no mesmo estado em relação a este Amor.
Mas, agora, o Amor não vem somente chamá-los.
O Amor não vem perguntar-lhes se vocês o aceitam, ou não.
O Amor vem se estabelecer.
Cabe a vocês saber e ver onde vocês se estabelecem.
Não há nem julgamento, nem castigo, nem punição: há, simplesmente, a evidência e a Verdade que se instalam.
E a Verdade não tem o que fazer do que é tão lábil, tão risível, em relação ao Amor, neste mundo.

***


Viver o Amor é viver esta Paz, é viver esta indizível Alegria que nada pode vir alterar, independentemente do que chegar, independentemente do que lhes chegar, independentemente do que chegar seja a quem for, ou seja ao que for.
Independentemente do local em que vocês estiverem situados, durante este período, mais do que nunca, nada há a prever, mais do que nunca, nada há a antecipar, mais do que nunca, não há que planejar seja o que for.
Exceto, talvez, encontrar alguns Irmãos, algumas Irmãs, que estejam na mesma Vibração que vocês, não para proteger-se, não para evitar alguma coisa (porque desejariam evitar o Amor?), mas, simplesmente, para viver este Amor.
Mas, isso não deve ser conduzido por um medo, isso não deve ser conduzido por uma necessidade de prever seja o que for.
Pois, o que nós lhes repetimos, durante meses, medo ou Amor, vai se tornar muito evidente para vocês.
Não nos seus comportamentos ou nas suas apreensões mentais, não na sua localização sobre a Terra ou com tal ambiente ou com tal pessoa, mas, muito mais, diretamente no seu Coração.
E, deste estado, irá decorrer, para vocês, todo o resto.
Como o Comandante (ndr: O.M. AÏVANHOV) lhes disse há um ano e meio: “tudo está consumado”.
É tempo, agora, de verificá-lo por vocês mesmos.
Lembrem-se também de que vocês não poderão continuar a servir, de maneira alguma, os jogos da ilusão e serem o Amor.
Isso não é uma escolha, isso não é uma atitude mental, isso não é uma precaução nem um medo, mas isso vai lhes aparecer claramente, distintamente, como grande evidência.
Quanto mais os dias passarem, mais a sua capacidade para aceitação da Luz, nas etapas que foram enumeradas, há quase dois anos, pelo Bem Amado JOÃO (desculpa: SRI AUROBINDO), tornar-se-á evidente para vocês que é exatamente isso que vocês vivem.
E que apenas há a vocês para aceitar, ou para não aceitar isso.
Mas eu posso garantir que quanto mais vocês aceitarem, mais a Paz irá aumentar, mais a Alegria irá aumentar.

***

GABRIEL - 21 de agosto de 2012 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Ensinamentos do Arcanjo Ancião e Mensageiro -

ÁUDIO mp3 ORIGINAL:


~ APELO AO DESPERTAR ~ 


Eu sou GABRIEL, Arcanjo.
Seres de Luz, Comunguemos, juntos, à Alegria, Alegria do nosso contato.

... Compartilhamento da Dádiva da Graça ...

Nos tempos e circunstâncias desta Terra, eu vou trazer-lhes elementos que não lhes concernem, a vocês, especialmente, que já empreenderam o seu Despertar e a sua Transformação.
Nesses tempos particulares da Terra, o Apelo ao Despertar poderá assumir vários aspectos.
E esses aspectos, eu vou entregá-los a fim de que, no seu ambiente próximo, como para a Terra, ou como para outros lugares que aí onde vocês estão, vocês não sejam surpreendidos com as diferentes formas que pode assumir o Apelo ao Despertar.
Então, é claro, eu não irei falar do Apelo ao Despertar mais potente, que é aquele de MARIA, mas eu vou falar-lhes do que pode assumir como forma este Apelo ao Despertar, para aqueles Seres de Luz que ainda não estão Despertos, e que não vivenciaram qualquer transformação, a fim de que não sejam surpreendidos.

***


A Liberação da Terra, o Manto Azul da Graça, a Onda da Vida e, de maneira mais anterior, a Irradiação do Espírito Santo, a Irradiação de Alcyone e a Radiação Ultravioleta do Sol, têm efeitos cumulativos, sobre a Terra e na consciência.
Mesmo se a consciência encarnada parecer ainda dormir, as ações cada vez mais interativas da Luz criam as circunstâncias, cada vez mais propícias, do Apelo a esse Despertar.
Então, vocês vão ver, entre os seus familiares que não estariam ainda Despertos, entre grupos humanos, uma série de fenômenos podendo ocorrer.
Para aqueles dos seus Irmãos que não perceberam a Luz Vibral (porque a sua percepção não lhe permitia, ou ainda, porque o seu caminho de encarnação estava, de maneira demasiadamente importante, cativado por este mundo), eles vão começar a viver, talvez não as manifestações Vibratórias que vocês vivenciaram, mas, sim, as consequências da Liberação da Terra, do Manto Azul da Graça e da Onda da Vida, no próprio desenrolar do cenário da vida deles.

***


O Apelo ao Despertar pode assumir diferentes formas, doravante.
Isso pode ser um Irmão de vocês que acorda pela manhã e que, sem qualquer percepção Vibratória, sem qualquer sonho particular, sem qualquer Apelo, levanta, diferente.
Esta diferença faz com que esses Irmãos e Irmãs humanos vão perfeitamente identificar um antes e um depois: eles acordam, e eles estão diferentes.
Não que eles possam explicar isso, não que eles tenham percebido Vibrações ou Presenças, mas simplesmente, eles levantam, diferentes.
Esta diferença pode se refletir como a sensação, em um primeiro momento, de se sentir diferente e, portanto, desorientado.
É bem mais do que uma intuição ou de uma visão do que chega, mas, muito mais, a sensação de uma forma de urgência, de uma forma de urgência para mudar.
Aliás, a mudança é vivenciada no Interior: a consciência não funciona mais como a vigília, mesmo se for mais difícil de explicá-lo, quando isso ocorre.
E isso irá ocorrer ao redor de vocês, no seu primeiro círculo mais próximo, ou em seus relacionamentos e familiaridade.
É aí que a sua Presença pode se tornar importante.
Ela é importante pelo que emana de vocês, espontaneamente, mas também, pelas palavras que vocês poderão utilizar (com a maior das simplicidades, sem dar detalhes): que existe uma Transformação importante da Terra e que aquele que está Desperto, diferente, está sujeito a esta Transformação, e que esta Transformação é algo perfeitamente natural, iminente, e inelutável.

***


Alguns dos seus Irmãos e Irmãs poderão exprimir este Apelo ao Despertar por uma premonição (que não é sustentada por qualquer visão), premonição de algo incomum.
Às vezes, também, sintomas físicos vão emergir.
E quanto mais vocês se aproximarem do outono (primavera, no hemisfério sul) deste ano, mais os sintomas físicos podem se tornar importantes.
Os primeiros desses sintomas irão se referir à mudança de hábitos muito ancorados, em particular, no nível dos ritmos de sono, da alimentação, mas também, uma modificação abrupta (e inconcebível ainda, antes da véspera, para eles) dos polos de interesse da vida.
Vocês verão que alguns Irmãos e Irmãs, que vivenciaram este Apelo ao Despertar, sem poder formulá-lo, vão de repente descobrir um interesse pelo além, pela vida após a morte, pela espiritualidade.
E, novamente, é aí onde o seu lugar de Libertador é importante.
Porque é esse momento que é o mais oportuno, para esses seres que vocês conhecem, por vezes de maneira íntima, para sugerir uma mudança.
Há, como vocês sabem disso, ainda, uma trama astral e uma trama etérea (mesmo ela ainda sendo falsificada), onde se inscrevem os acontecimentos da Terra.
Esta trama astral e etérea não poderá mais ser escondida por muito tempo, quanto ao que está acontecendo.
E seres perfeitamente comuns vão, de repente, se sentir modificados: modificados em sua vida comum, modificados em sua consciência.

***


Então, é claro, a primeira coisa que o ser humano quer fazer é colocar palavras sobre o que ele vive, dar significado, dar explicações.
Naturalmente, esses Irmãos e essas Irmãs humanos, que não vivenciaram os aspectos Vibratórios da Luz, as diferentes manifestações desse Despertar, como vocês o vivenciaram, vão viver, de algum modo, esta Transformação como uma grande interrogação, cada vez mais.
E quanto mais o tempo avançar, durante este ano, mais vocês irão observar, entre os seus Irmãos e as suas Irmãs, modificações do humor e de comportamento, já que, mesmo se ali não houver palavras que possam ser colocadas sobre este Apelo ao Despertar, o comportamento é profundamente afetado.
Existem, de fato, sinais invisíveis que antecipam uma perturbação.
Eu os lembro, por outro lado, de que os animais são muito mais sensíveis do que vocês às modificações do seu ambiente.
Vejam, por exemplo, os animais que fogem de uma floresta antes de um fogo, ou os animais que deixam uma embarcação antes que ela afunde.
Do mesmo modo, muitos Irmãos e Irmãs humanos, próximos de vocês, ou mais distantes, e nos grupos, vão acabar por perceber, além da Vibração, além de serem chamados por outras Dimensões, vão perceber que há alguma coisa que está mudando.

***