1

ANAEL - 06 de junho de 2009 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Intervenção do Arcanjo da Relação e do Amor -

“O princípio Venusiano do Amor consiste em irradiar o Amor, sem julgamento, sem viés, sem pretensão. O Amor Venusiano corresponde totalmente a isso. Isso corresponde, então, a um abandono total à lei da Graça, à Unidade, à Verdade, à Simplicidade e à Luz.”


Eu sou o Arcanjo ANAEL.
Como alguns de vocês já sabem, eu Sou o Arcanjo que representa o Conclave.
Eu Sou o Arcanjo da Relação.
Meu domínio é especificamente aquele da Relação.
Eu lhes peço que recebam minha Radiância.
Minha Radiância é a cor rosa.
Minha Radiância está em relação direta com o planeta que vocês chamam de Vênus.
Eu lhes apresento minhas homenagens.
Eu venho a vocês para falar de um conceito e de uma realidade que lhes é, hoje, permitido alcançar e viver, especialmente desde que nós, os Arcanjos, por intermédio do Arcanjo MIGUEL, retransmitimos para vocês a Radiação do Ultravioleta.
O que lhes é possível hoje, se tal for seu desejo, irradiar e viver, é a Alegria.
Vênus é o planeta do Amor.
Falar do Amor vai fazê-los vislumbrar, de acordo com seus próprios filtros, suas próprias experiências, uma série de coisas muito diferentes, em relação ao que vocês vivem e ao que vocês entendem por Amor.
Mas, hoje, eu gostaria de esclarecer um aspecto específico da abertura de sua Lâmpada cardíaca denominada Alegria.
Um interveniente que já lhes falou em várias ocasiões, o Mestre RAM, falou da Paz e da abertura do coração.
Eu venho, quanto a mim, trazer-lhes um elemento fundamental que se refere à Alegria.

MARIA - 05 de novembro de 2009 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Intervenção da Rainha dos Céus e da Terra - 

“O Amor é a única força eterna. O Amor é a única força capaz de varrer os últimos medos e os últimos sofrimentos em vocês e ao seu redor. Eu sou sua Mãe, de todos vocês, sem exceção. Então, como toda Mãe, eu sou a Graça e eu sou o Perdão, na totalidade e na Eternidade.”

  

Bem-amados Filhos do Amor, não existe, em sua densidade, qualquer incerteza quanto à sua filiação mais elevada, que é aquela do Amor e de serem meus Filhos.
Não existe, entre vocês e eu, separação que não possa ser eliminada.
Hoje, e muito em breve, vocês vão tomar consciência de nossa relação, de cada um de vocês comigo, e de mim com cada um de vocês.
Vocês vão encontrar, se desejarem (quanto a mim, eu desejo para cada um de vocês), a sua Conexão mais Luminosa com minha Presença.
Bem-amados Filhos do Amor, muitas coisas, hoje, revelam-se a vocês e em vocês.
 Muitas almas humanas, nesta Dimensão, conectam-se com elas mesmas.
Ao se conectarem com vocês mesmos, vocês se conectam de novo comigo.
Não se esqueçam nunca (e em breve essa será uma Verdade estabelecida) de que eu sou aquela que os ama de toda a Eternidade e que os espera.
O caminho está agora aberto, está traçado.
Resta-lhes tomar um passo firme a fim de voltar às moradas da Alegria eterna, às moradas da Paz suprema, aos domínios da Unidade.
Eu os espero.
Eu venho, muito em breve, diante de vocês, individualmente.
A hora é da cura, a hora é da Paz e, sobretudo, a hora é do nosso encontro, muito em breve.
Dando um passo para vocês, vocês se aproximam de mim, assim como eu me aproximei de vocês.

***