Coletânea: Vibração da Palavra FONTE - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




Coletânea: Vibração da palavra FONTE - Autres Dimensions

Antes de começar a coletânea, lembrando que "deus" é uma palavra inventada, inventada pelo demiurgo que criou esta Dimensão. Assim, nós, nós das esferas Unitárias, empregamos a palavra Fonte, de Luz ou de UnidadeUM AMIGO – 6 de março de 2010.
A Fonte é Una. A Fonte é bondade. A Fonte é Vibração. A Fonte é amor. Ela não é nenhum outro. Não existe qualquer Deus vingador se não aquele que se intitulou assim e que é ele mesmo o Diabo, jogando assim o duplo jogo daquele que pune e daquele que recompensa à volta de papel, provocando-os ainda mais na Ilusão.

A palavra certa para a Luz é a fonte, a Unidade.
Vocês são os filhos da Lei do Um porque, todos, foram criados e criaram, vocês mesmos, por mediação da Unidade.
Vocês não podem pertencer à multiplicidade e ainda menos àquele que queria fechá-los totalmente. Vocês foram criados livres e devem reencontrar sua liberdade. Sua liberdade está além das contingências, além de todas as crenças que lhes foram acrescentadas, camada por camada, em suas encarnações.
MARIA - 21 de novembro de 2009

Algo de exterior a vocês não os teria obrigado ao que quer que fosse, porque sua Fonte é Amor.
Sua Fonte é Unidade.
Vocês são Unidade.
Vocês são Fonte, todas as Unidades, tanto quanto vocês são.
Não há, portanto, punição.
Essa lei de ação/reação foi criada, unicamente, por vocês mesmos e por nada mais.
Cabe-lhes, hoje, liberar-se dessas ilusões, mas cabe-lhes, totalmente, também, decidir que o que nós dissemos é uma ilusão e que vocês estão na realidade.
Então, nessas condições, cabe-lhes continuar em sua realidade, mas nós, nós preferimos ir para nossa realidade que é, também, a realidade da Unidade da Fonte.
Ela não pode enganar.
Ela não pode fazer sofrer.
Ela não pode dividir e nós preferimos isso, amigo leitor.
Livro: A HUMANIDADE QUE COMEÇA - Ramatan

A Ilusão foi tão bem construída, tão bem desenhada que, mesmo nos modelos espirituais os mais conduzidos (sendo dado ao pouco de seres que tiveram êxito para sair realmente da matriz), a maior parte de seres que viveram até o presente experiências místicas descrevem sensivelmente a mesma coisa: a passagem através de um túnel, a chegada diante de uma luz magnífica, o acolhimento por seres chamados de Luz.
Mas tudo isso pertence à matriz, inteiramente.
Assim, portanto, fizeram-nos crer que o objetivo era juntar-se a esta luz, purificando seu carma.
São as leis Arcônticas.
Jamais a Fonte criou qualquer carma.
A Fonte é Amor infinito e expansão infinita e criação infinita.
Não há qualquer lugar, nesta criação, para qualquer Sombra, para qualquer resistência ou qualquer Ilusão.
Toda a dificuldade provém daí.
A Verdade está além de suas mais belas projeções ou mesmo de seus mais belos desejos.
ANAEL – 7 de agosto de 2010

A Fonte é Unidade e Ação de Graça, em todos os mundos Unificados e em todas as Dimensões Unificadas, quaisquer que sejam os universos e os Multiuniversos.
Apenas nos universos falsificados existe esta lei de ação/reação (que nós preferimos, quanto a nós, chamar de forças gravitacionais)
Quando os chamamos de «Sementes de Estrelas», «Filhos da Lei de Um», insistimos em sua Dimensão real, que é aquela que está além desse mundo, que estritamente nada tem a ver com as leis do mundo que vocês percorrem.
A manipulação dos Arcontes consistiu em fazê-los aderir e, portanto, crer (o que dá no mesmo) em leis, leis de ação e de reação que existem em todos os planos desta matriz, desde o mundo visível que vocês são, até o mundo dito invisível, que é também uma criação da matriz.
Assim, portanto, nos mundos Unificados, o que vocês chamam de astral não tem qualquer existência.
O que vocês chamam de causal, não tem qualquer existência.
ANAEL – 3 de agosto de 2010 - Parte 2

A ação/reação não pertence à Vontade da Fonte.
A Vontade da Fonte é Una.
Ela é simplesmente que vocês realizem e vivam na Existência, na liberdade, na Alegria e na Unidade.
Qualquer outra Criação é uma falsificação.
ANAEL - 29 de junho de 2010

Questão: que são a Luz e a Consciência Crística com relação à Fonte?
A Fonte é Luz. A Consciência Crística está ligada à tomada de Consciência de sua dimensão Fonte e de sua dimensão Luz.
A Luz pode se manifestar independentemente da Fonte, mesmo se ela alí está sustentada e se ela ali encontra sua origem.
A Fonte é o tudo, ou o Um, se preferem.
A Luz tem diferentes tonalidades, diferentes frequências. A Luz de que falamos, quando falamos da Luz de 5ª dimensão, é uma Luz que vocês chamam, na Terra, os raios X e os raios gama, que são, a priori, nocivos, e com razão, para esse corpo físico que está privado.
A Luz não é portanto unicamente os fótons visíveis mas os níveis Vibratórios diferentemente mais elevados, pertencentes a outras densidades de tempos e suportados por vezes por partículas que lhes são desconhecidas nesta Dimensão.
A Fonte é o conjunto de Luzes. A Fonte é o conjunto de Consciências. Vocês são, vocês mesmos, Fonte, quando vocês a revelam, obviamente.
UM AMIGO – 6 de março de 2010

Questão: pode desenvolver sobre a Fonte e sua natureza?
Bem amada, a Fonte é Fonte de tudo.
Ela é Fonte do menor átomo existente nos multiuniversos e multidimensões. 
Eu sou a Fonte e você é a Fonte.
A Fonte tem, enfim, a capacidade de manifestar-se em toda forma de Consciência: dentro de um átomo, dentro de uma forma humana, dentro de uma forma Arcangélica.
A Fonte não pode ser limitada de qualquer maneira.
Ela pode ela mesma limitar-se à vontade para percorrer o conjunto de campos da Criação, o conjunto da manifestação, o conjunto dos multiuniversos, o conjunto das galáxias.
Não há qualquer limite à Fonte, porque se a Fonte fosse totalmente ausente, nenhuma Criação e nenhuma Consciência poderia existir.
A Fonte é a única Consciência que pôde ir e vir nesta ilusão, emprestando, de maneira temporária, criando todas as peças, um corpo.
Esse corpo não é viável numa duração de tempo correspondente à vida humana, mas num período de 7 ou 14 anos.
A Fonte não privou-se de fazê-lo porque isso faz parte de sua capacidade.
A Presença da Fonte, entre vocês, foi revelada pelo próprio Cristo, quando ele falava de seu Pai.
ANAEL – 30 de maio de 2010

Se vocês soubessem como a Fonte é simples, como a Vida e o Amor são simples, nos mundos da Unificação!
Somente o filtro de seu mental os faz crer que é complicado.
Somente o filtro de seu mental os provoca, sem parar e permanentemente, no julgamento, na ilusão e nesta materialidade.
Vocês fazem a experiência, para alguns, desde tempos imemoráveis, mas pouco importa.
Hoje, a hora vai em breve soar, para aqueles que o desejam, e eu lhes desejo, ainda uma vez, cada vez mais numerosos a desejá-lo.
Retornem à sua casa, juntem-se a nós, meu Filho e eu, nos mundos Unificados.
Nas casas do Pai e da Mãe, que vibram em uníssono, do conjunto das galáxias, do conjunto dos universos.
Vocês têm a possibilidade.
MARIA – 3 de agosto de 2009

Sua Fonte é a Alegria.
ANNA – Mãe biológica de Maria – 13 de setembro de 2011

A Fonte é Liberdade. A Fonte é Eternidade. Ela é Amor ilimitado. 
O.M. AÏVANHOV - 3 de dezembro de 2009

Cada Instante é Um e reunido à Liberdade absoluta, à Essência absoluta.
Nada há a realizar, porque tudo está realizado.
Nada há a evoluir, porque tudo é perfeito na Verdade do Um.
A FONTE é Una.
Cada um é Um.
Tudo é Um.
URIEL – 8 de agosto de 2011

A FONTE está presente (como foi dito por muito numerosos místicos) no grão de areia, no conjunto dos Universos, no conjunto dos Sóis.
A FONTE não é limitada por qualquer Dimensão e qualquer forma.
A FONTE pode mesmo ter a liberdade (e ela o fez), de tomar um corpo, de criar um corpo, diretamente nessa matriz falsificada, sem ser alterada de maneira alguma.
Questão: qual é Sua forma de origem?
Ela está por toda a parte.
A forma da FONTE é ser, justamente, a totalidade de formas.
Não se pode restringi-la a uma forma.
Ela criou, ela criou-se a si mesma no espelho, numa Dimensão interior, no Senhor METATRON.
Mas a FONTE, não se pode dizer que ela está em tal Dimensão, dado que ela está em todas as Dimensões.
Ela infiltra, no sentido o mais nobre, todas as Criaturas, todas as Criações, todas as Consciências.
Portanto, ela tem a forma que você deseja.
E ela mesma toma a forma que ela deseja.
É sempre o mesmo princípio, vocês têm muita dificuldade para conceber a Multidimensionalidade.
Justamente porque isso não pode ser concebido, isso pode apenas ser vivido.
Isso não corresponde a um cérebro; isso não corresponde a um mental.
É, aliás, por isso que SRI AUROBINDO havia empregado a palavra Supramental, porque é algo tão fora do comum, fora do âmbito de referencial habitual, que não pode haver palavras.
A única coisa que posso dizer-lhe é que a FONTE está presente no grão de areia como numa consciência humana, a totalidade, mas pode também manifestar-se, ela mesma, através de um corpo criado, aqui, como não importa em qual Dimensão.
Isso parece extremamente difícil a apreender, mas, quando vocês são multidimensionais (e isso não concerne apenas à FONTE, isso concerne a um Arcanjo, a um anjo), vocês estão aqui, mas vocês não estão localizados aqui.
É o princípio do holograma: vocês estão aí, mas são, ao mesmo tempo, todo o resto.
Não há barreira, não há limite, não há confinamento, não há separação.
A Consciência Unificada, aqueles que a viveram sobre a Terra vivem essa ausência de separação.
Eles não fazem qualquer diferença de Consciência vivida entre eles e todos os outros.
Isso corresponde, inteiramente, ao que dizia o CRISTO: «O que vocês fazem, ao menor de vocês, é a mim que vocês o fazem. Eu e o Pai somos Um».
O.M. AÏVANHOV – 3 de julho de 2011

A Fonte é Fonte, mesmo para aqueles que a recusam.
A Fonte é Doação.
Não pode haver Vida, mesmo fechada, sem Fonte, é impossível.
GEMMA GALGANI - 10 de abril de 2011

A Fonte é a totalidade dos caminhos.
ANAEL – 9 de abril de 2011

Mas, enquanto vocês consideram que Deus é exterior a vocês, que a Fonte é exterior a vocês, vocês não são a Fonte e, portanto, vocês não estão em sua Unidade.
O.M. AÏVANHOV – 28 de março de 2011

A Fonte é tudo.
Eu vou tomar um exemplo que é muito simples: a maior parte das leis físicas (que eu chamei as leis de ação/reação) da matriz são leis reais que funcionam.
A prova, quando vocês deixam cair uma maçã, ela cai, não é?
Portanto, as forças gravitacionais eletromagnéticas são forças que foram fechadas, recurvadas, ao nível do espaço-tempo.
Vocês, vocês veem a luz, não é? Vocês veem o Sol e vocês dizem que o dia se levanta e a noite chega quando a noite chega.
Mas, para nós, como foi dito, vocês estão na sombra, porque não há Luz.
A Luz não é o que vocês veem com seus olhos.
A Luz não é unicamente a Luz do Sol, é o melhor reflexo, digamos.
Portanto, nos Mundos Unificados, nós somos A Fonte e não há separação.
Como eu disse: tudo é Um, mas esta noção de Unidade de serem todos Unitários e Um não é uma visão do Espírito, nem um conceito.
É uma Vibração.
O.M. AÏVANHOV – 12 de março de 2011

Vocês irão onde puserem, segundo sua Vibração, unicamente isso.
Portanto, a Fonte é você, inteiramente.
A única diferença é que a Fonte, ela sabe que ela é a Fonte e você, você não o sabe ainda.
O.M. AÏVANHOV – 2 de outubro de 2010
Curiosidade: Em quase a totalidade das canalizações AD traduzidas para o Português (até a última mensagem de Miguel de 15/10), a palavra "Fonte" foi usada aproximadamente 4 mil vezes pelos intervenientes.

A palara deus foi usada somente, aproximadamente, 500 vezes, sendo que na maioria das vezes para explicar que foi uma palavra inventada, etc (o resto da história vocês já conhecem).


Trechos extraídos das mensagens do site http://www.autresdimensions.com
Traduzidas para o português por:
Seleção e Edição: www.mestresascensos.com

******


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário