COLETÂNEA: OS 4 PILARES - HUMILDADE (1) - AUTRES DIMENSIONS

Clique aqui para comentar esta publicação





"Humildade é renunciar a tudo o que faziam as certezas Interiores da vida até o presente".

"Humildade é reconhecer a evidência do efêmero, a evidência de todas as ilusões".

"A Humildade é uma verdadeira satisfação e uma verdadeira Alegria, dado que é o momento em que as reivindicações do ego soltaram-se em sua consciência".

"Humildade é aceitar o Desconhecido".

"A Humildade confere a Grandeza, mas a Grandeza do Espírito".

"Lembrem-se: «não sou o confinamento», «não sou o medo», «não sou o que diz minha cabeça», «não sou o que diz meu corpo». Eu sou a Eternidade".

"A Humildade é, enfim, aceitar que, durante este período, vocês não dominam, absolutamente, qualquer elemento de suas vidas, de seu ambiente ou da Luz, ou da sociedade, ou da Terra e do Céu, porque são esses elementos que verão a influência da Luz agir sobre eles e transformar, completamente, as circunstâncias do que vocês chamam sua vida".
Gemma Galgani (24-09-2011)

"A humildade não se importa com o que vocês eram aqui embaixo, ontem ou há muito tempo.
A humildade não se importa, também, com o que será amanhã, não prevê nada, porque a humildade estando estabelecida na simplicidade, ela sabe pertinentemente que a simplicidade provê tudo, absolutamente tudo".
"Não pode haver Verdade sem humildade.
Não pode haver revelação do Espírito enquanto a humildade não está instalada.
Eu não falo de falsa aparência, mas efetivamente o que significa a humildade no seu sentido o mais nobre: aceitar não ser nada aqui para ser tudo no Espírito".
Philippe de Lyon (19-02-2011)

"O Abandono à Luz pode ser vivido apenas se há transparência.
O Abandono à Luz pode ser vivido apenas se há humildade e simplicidade.
Dito em outras palavras, em outros tempos, pelo Cristo, isso dá: «Aquele que quiser elevar-se será rebaixado. Aquele que se abaixar será elevado»".
Ma Ananda Moyi (28-04-2011)

"Porque, quando vocês vão na humildade a mais sincera, quando (mesmo continuando suas atividades ditas exteriores, ilusórias) vocês reconhecem que estas estritamente nada são com relação ao que vocês são, vocês dão já um passo para a Profundidade".
"Eu repito, esta humildade não é uma negação da personalidade, mas é aceitar remeter ao seu justo lugar o que ela é.
E esse corpo também, ainda que seja seu Templo, porque é nele que deve se manifestar o Cristo".
"Enquanto há uma veleidade de apropriação da Luz vocês não podem ser humildes.
A humildade é um caminho que se percorre.
É bem além da abnegação, é bem além da dissolução".
"Ir para a humanidade, ir para a humildade é aceitar.
Aceitar, abandonar-se, acolher palavras que retornarão cada vez mais agora".
"A humildade será, para vocês, um elemento importante e motor porque, na humildade, não pode haver qualquer reivindicação exterior".
"O Coração é humilde.
Ele é humilde porque ele sabe que toda a Criação e todas as Criaturas, um dia, juntam-se à Fonte, não perdendo o que quer que seja, mas tornando-se si mesmo a Fonte".
"Sair do confinamento, o seu, como aquele que vivia a Terra, é possível apenas pela maior das humildades, o que a Terra manifestou, sem jamais se rebelar.
Porque é aceitando ser cada vez menor e cada vez mais humilde que se revelam a majestade e a grandeza do que vocês são.
A Terra, como cada um de nós".
"Nada poderá realizar-se se não há humildade, mesmo nesta Dualidade.
A humildade será, de algum modo, seu salvo-conduto de Luz e de Verdade.
Paramentando-se com o manto da humildade e de sua Vibração, vocês encontrarão cada vez mais seu corpo de Eternidade, aquele que foi chamado pelos Arcanjos o corpo de Existência".
"Quanto mais vocês forem para a humildade, mais o que lhes acontecer, nesta ilusão, lhes parecerá fútil e sem importância.
Mas, entretanto, vocês deverão vivê-lo a cada minuto".
"A humildade é, de algum modo, o bálsamo do sofrimento.
Porque todo sofrimento, em definitivo, está aí apenas para recordar a condição efêmera".
"A humildade conduz à alegria".
Teresa de Lisieux (13-03-2011)

"Apagar-se não quer dizer desaparecer ou ser humilhado ou humilhar-se a si mesmo, mas é um convite para penetrar na profundidade de si mesmo porque, é claro, quando não há mais veleidade de ser algo no exterior, efetivamente algo no interior aparece na naquele momento".
"É assim que se instala a Pequenez.
Ela não se instala pela humildade que vocês vão decidir, assim, de um dia para o outro, tornar-se humilde.
Porque há um risco, é que o próprio ego apropria-se dessa humildade para dela fazer, de algum modo, um fazer-valer, ao invés de um estado Interior".
Teresa de Lisieux (11-04-2011)

"Tudo o que se manifesta em vocês concorre para levá-los a reencontrar o Pequeno Caminho, a ouvir a Criança Interior e a tornar-se essa Humildade e essa Simplicidade".
"As condições são também não estar suficientemente na Simplicidade, estar numa espera exterior que os afasta da Humildade e da Simplicidade, numa busca exterior, porque a personalidade exprime-se e a personalidade vai reivindicar, sempre e ainda, porque ela está insatisfeita, permanentemente.
Enquanto há uma reivindicação, efetivamente, há personalidade".
Teresa de Lisieux (01-05-2011)

"Regozijem-se, mas, principalmente, sejam humildes, porque na humildade brilha a mais intensa das Luzes de Verdade.
E, nessa humildade, vocês encontrarão sua força Interior, a força do Ser Unificado.
A força e o sopro de ser, sustentado por Cristo, Miguel e mim mesma".
Maria (17-09-2010)

"O não-desejo é um estado de não-espera, é um estado de vacuidade em que a Luz pode agir, em que se revela então o Fogo do Espírito (pela Inteligência, pela Humildade, pela Simplicidade) que vem substituir, eu diria, corpo e propriedade, as ações da personalidade".
"Desiludir-se é ver-se claramente.
Os motores são: a Humildade e a Simplicidade.
Bem além dos comportamentos mostrados e dados a mostrar aos seus Irmãos e Irmãs, mas já no vis-a-vis (face a face) de vocês mesmos".
"Se você aceita ver-se em todas as partes de si mesmo, ilusórias, nos diferentes corpos de que acabo de falar, pouco a pouco, o próprio fato de ver-se e de aceitar ver-se o colocará na distância e mesmo na recusa, na desidentificação do Eu para penetrar, através da Humildade e da Simplicidade, na Inteligência da Luz e em sua dimensão de Eternidade.
«Eu nada sou» ou «Eu sou Tudo».
O que não é: «Eu sou».
Sendo o Tudo, você não pode ser uma parte que exprime um desejo, porque o Tudo não tem necessidade de nada, apenas Ser".
Mãe (companheira de Sri Aurobindo) (24-04-2011)

"Estar na Vibração da Luz, pela graça do Fogo de Miguel, pela graça da Presença do Arcanjo Uriel, pela graça da Redenção, realiza-se apenas pela humildade a mais verdadeira e a mais autêntica".
Miguel (12-03-2011)

"Esse mundo que termina vai entrar em fases de ação e de reação cada vez mais intensas, cada vez mais difíceis.
Será, contudo, que vocês são isso?
Será, contudo, que vocês devem, vocês também, entrar em ação ou reação?
Não.
Tornem-se menores.
Tornem-se humildes".
"...a humildade, ou seja, considerar-se como ao mesmo tempo o grão de areia, permite-lhes ao mesmo tempo ser o Tudo.
Mas enquanto vocês reivindicarem uma posição intermediária, vocês estarão separados do Tudo e separados do grão de areia.
Vocês não serão então nem o Tudo, nem o grão de areia, mas simplesmente estarão no ego e na personalidade.
Estar no Amor, é oferecer a outra face.
É manifestar a doação em tudo o que faz sua vida.
É mudar de olhar, mesmo sobre seus próprios sofrimentos, mesmo sobre as próprias afrontas vividas em sua vida, por um ambiente que seria contrário à Unidade e o Amor".
"Então, «Tudo é Um» necessita a humildade.
Necessita levar um olhar a cada minuto, renovado e novo, para mudar de visão, para mudar de paradigma, para mudar de Vibração, definitivamente.
É acolher tudo o que se manifesta à sua Consciência como fazendo parte de vocês, que aquilo seja a afronta, que aquilo seja o golpe que recebem física ou psicologicamente, como a rosa que vocês acolhem e que lhes é oferecida.
Isto deve fazer-se do mesmo modo: sem indiferença, mas sem reação.
Sem prazer ou desprazer, mas na Alegria, porque é na aquiescência a esta Verdade que vocês poderão aproximar-se, ao mais próximo possível, do Amor e do «Tudo é Um»".
Ma Ananda Moyi (05-03-2011)

"Simplesmente, quanto mais possível, tentem estar no Coração, na Vibração de seu Coração, centrados pelos quatro Pilares tais como lhes foram comunicados.
Pela humildade, pela simplicidade, tudo se estabelecerá.
Isso é, minha fé, tão simples".
"Eu poderia encontrar palavras, que são perfeitamente aplicáveis nessa Ilusão e que os aproximariam da humildade e da simplicidade.
Primeiramente a transparência.
Tornar-se claro.
Tornar-se espontâneo.
Não ser regido por suas próprias emoções ou por seu próprio calcular.
...E depois, também, encontrar a humildade e a simplicidade, é, como eu disse, se recolher.
Não necessariamente para pedir.
Não para conectar algo.
Mas para olhar para dentro.
Além dos jogos que vocês participam, além da aparência física, além do que diz o mental e as emoções.
Se pôr à escuta.
Se escutar.
De fato, é muito simples.
...Tornem-se pequenos.
Pequenos nesse mundo e vocês serão grandes, em Verdade.
Não exerçam qualquer poder sobre o outro.
Todo poder sobre o outro é, de fato, uma perda de autonomia para vocês.
Todo poder sobre o outro é uma perda de poder sobre vocês.
Os conselheiros não são jamais os pagadores.
Amem o outro tal como ele é, sem exercer o menor poder.
Deixem-se livres".
Maria (03-10-2010)

"Lembrem de permanecer humildes.
Lembrem de permanecer na simplicidade.
Lembrem de continuar sua vida em meio à matriz como vocês o prometeram, a maioria de vocês, até seus últimos limites, a fim de permitir àqueles de vocês, de seus Irmãos e de suas Irmãs que desejam ir para sua Unidade e que não chegaram, até agora, a se desengajar de certos esquemas.
Os últimos momentos são para eles, não são para vocês, porque para vocês, eu diria que quase tudo está feito".
"Como Mãe da humanidade, Mãe de todos vocês, a Mãe que eu sou os quer livres, autônomos, serenos, lúcidos e, sobretudo, humildes e simples".
"Raros são os seres que, no momento, têm a capacidade e a humildade de viver as três Vibrações de maneira sincrônica ao mesmo tempo.
Mas o que importa, o mais importante é que a Luz Vibral penetre no seu Coração fora de minha Presença e fora de nosso encontro das 19h [14h - horário de Brasília].
Nós abastecemos vocês, vocês se abastecem a si mesmos, na Fonte.
É o que lhes dá força, a humildade, a simplicidade e a Luz para continuar o caminho desse mundo".
"Coloquem-se sempre a questão: por quem é condicionada a ação? Ela é condicionada pela humildade ou não?
O princípio de irradiação da Luz Unitária se faz sobre toda a Terra.
É a Inteligência da Luz, ela mesma, que vocês despertaram em vocês e que acolheram em vocês, quem vai decidir a ação.
Ela seguirá então as linhas de menor resistência para atingir a alma e a situação que ela deve alcançar.
Mas isso não depende de vocês.
Seria extremamente presunçoso querer direcionar a Luz que se encontrou para alguém ou para uma situação.
A melhor boa nova, como diria meu Filho, que vocês podem sustentar, é sua Presença, não pelas palavras e não pela vontade.
Essa Presença não depende de um contato físico, ela independe do tempo e independe do espaço, já que ela esta fora da matriz".
Maria (21-08-2010)

"Enraizar-se no Coração é ser cada vez mais simples e, sobretudo, não mais identificar-se ao que quer que seja mais além do Coração.
Isso se junta, aí também, à humildade".
Maria (13-03-2011)

"Encontrar este ilimitado e realizar o Cristo em si apenas pode se fazer pela Humildade e a Simplicidade.
Mas não uma humildade, uma simplicidade de conveniência ou mostrada com ostentação, mas, bem mais, pela realidade de sua vivência em que vocês aceitam, de maneira incondicional, ser muito pequenos.
Porque vocês não podem ser pequenos se estão ainda em sua personalidade.
Ser pequeno aqui é ser grande em outro lugar.
Ser muito pequeno na limitação é tornar-se o Cristo, em Verdade, é manifestá-lo, irradiá-lo".
Phillipe de Lyon (31-03-2011)

"Assim que vocês entram na humildade, na simplicidade, assim que vocês se abandonam à Luz e que aceitam que o Fogo do Espírito substitua o Fogo do ego, naquele momento, todas essas Vibrações instalam-se.
É preciso deixar instalar-se".
Aïvanhov (05-04-2011)

"O que quer que chegue em sua vida, o que quer que chegue a seus parentes, o que quer que chegue sobre seu país, o que quer que chegue ao nível do Céu e da Terra, permaneçam alinhados, permaneçam centrados nos valores essenciais da vida que são o Amor e a Luz.
O melhor meio lhes foi desenvolvido ontem por duas das minhas Estrelas.
Isso concerne à Humildade.
Aceitar não ser nada nesse mundo não é procurar o nada, é aceitar ser grande na Eternidade.
Vocês não podem ser grandes, efetivamente, aqui e na Eternidade.
Vocês devem se fazer muito pequenos, os menores, os mais humildes, porque é assim que a Luz os preencherá".
"Mas vocês não podem pretender a Luz e pretender a personalidade.
Vocês não podem pretender ser importantes aqui e ser importantes para a Luz e na Luz.
Cabe a vocês apoiarem seus atos e as escolhas que os conduzirão para mais humildade, mais simplicidade.
O Amor e a Luz são simples.
São evidência, são facilidade e facilitadores".
"Tentem centrar-se inteiramente, levar sua Atenção, sua Intenção, exclusivamente sobre a Luz.
Isso passa por uma capacidade para não mais julgar o que quer que aconteça em vocês e no exterior de vocês.
Enquanto o julgamento estiver presente, vocês não podem tocar a humildade nem a totalidade da Luz.
Não julguem nada nem ninguém.
Tudo se estabelece de acordo com um plano que foi perfeitamente orquestrado pela Luz, não duvidem jamais".
Maria (06-03-2011)

"A nova Luz, autêntica (aquela que não foi desviada), vem revelá-los a vocês mesmos na suavidade e na humildade, no Fogo da Verdade e no Fogo do Amor, permitindo-lhes, queridos
filhos, se o desejam, juntar-se à sua Eternidade, um a um".
Maria (17-07-2010)

"No que é que ser Humilde, viver sua Humildade e viver sua humanidade, pode levar a aceitar e viver a Unidade?
Isso alcança também, como eu vou lhes mostrar, as frases de CRISTO lhes dizendo que “vocês estão neste mundo, mas vocês não são deste mundo”, que esse corpo pertence, de maneira irrefutável e lógica, ao corpo da Terra, mas que o que o anima e o que é chamado de vida ou de princípio de vida, ela, não tem o que fazer desta origem Terrestre.
É como se, de algum modo, vocês se servissem de um veículo: a Consciência empreenderia uma vestimenta que é chamada de corpo físico, e os diferentes corpos presentes na superfície da Terra, constituídos, eles também, diretamente, em ressonância com as leis da Terra.
Ser humano conduz à Humildade e conduz à Unidade".
Irmão K (15-09-2011)

Leituras complementares:
"IRMÃO K - 15-09-2011 - AUTRES DIMENSIONS"
"PROTOCOLO - OS 4 PILARES DO CORAÇÃO - 19-09-2011 - AUTRES DIMENSIONS"

Veja também

COLETÂNEA: OS 4 PILARES DO CORAÇÃO - SIMPLICIDADE (2) - AUTRES DIMENSIONS
COLETÂNEA: OS 4 PILARES DO CORAÇÃO - TRANSPARÊNCIA (3) - AUTRES DIMENSIONS
COLETÂNEA: OS 4 PILARES DO CORAÇÃO - INFÂNCIA (4) - AUTRES DIMENSIONS

Trechos extraídos das mensagens do site
http://www.autresdimensions.com
Traduzidas para o português por:
Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com e
Zulma Peixinho http://portaldosanjos.ning.com
Seleção e Edição: Minha Mestria

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário