MARIA - 11 de agosto de 2011

Clique aqui para comentar esta publicação






Eu sou MARIA, Rainha dos Céus e da Terra.

Filhos bem amados, que a Graça seja sua Morada.
Eu venho, a vocês, como eu anunciei, a fim de completar o que lhes foi dado pelo Arcanjo MIGUEL e pelo Arcanjo METATRON.
Vocês entraram, como o Anjo METATRON lhes anunciou, em um período particular da história da Humanidade.
Este período verá a concretização da sede do Amor, em vocês, da sede da Verdade.
Assim, é durante este período que tudo deve de Revelar, de maneira às vezes abrupta e brutal porque mais do que nunca o compromisso não poderá existir, neste mundo, porque mais do que nunca a ilusão não poderá prevalecer sobre o Amor Verdadeiro.
Este processo que está em operação, este Retorno da Luz tão aguardado e que se revela agora à consciência comum, realiza-se, também, em cada um de vocês.

***


Este período é então um período de grande Graça, se tanto é que o Homem, a Mulher, aceitam esta Graça.
É o período, também, denominado ‘face a face’, entre agora e a data do nosso próximo encontro formal, em 26 de setembro, que vocês irão viver as Revelações as mais importantes referentes ao Espírito, referentes à alma e referentes também ao que vocês são.
Este ‘face a face’ vocês irão vivê-lo com uma grande felicidade, uma grande Alegria, uma grande Graça, se vocês aceitam a Transparência, se vocês aceitam os princípios do não julgamento e do Amor, além das aparências, de todo condicionamento.

***


Vocês verão a possibilidade de viver, completamente, a Unidade e a Luz.
Para isso, é preciso ter calma.
Para isso, é preciso guardar, em vocês, a Humildade, a Simplicidade.
É preciso entrar em um estado particular de Abandono e de Amor.
Em um estado particular onde é preciso aceitar e aquiescer a tudo o que deve, agora, terminar.
O conjunto da humanidade foi conduzido por valores que não têm estritamente nada a ver com o Amor e com a vida.

Esta época definitivamente acabou.
Eu os remeto, neste contexto, à primeira intervenção que eu dei, desde agora seis anos, neste canal, referente ao valor do dinheiro e ao dinheiro do valor, a fim de permitir-lhes bem se apreender, além da materialidade estrita do dinheiro, do que representa este valor, na servidão, e na ilusão e sobretudo na falta de Amor da Humanidade (ndr: intervenção de 7 de abril de 2005) (*).
Tudo isso termina.
Seus olhos, seus ouvidos, seus sentidos, inteiramente, vão tomar consciência de um fim.

***


Este fim não é o fim da Vida, bem ao contrário, mas, como isso lhes foi dito, o início da verdadeira vida.
Aquela que se estabelece no Amor e na Verdade, na Transparência, na Honestidade.
E, se lembrem, meu Filho disse (hoje, isso assume todo seu valor, isso vai assumir toda sua acuidade): “ninguém pode penetrar o Reino dos Céus se não se torna como uma Criança”.
E uma criança vive o instante, vive a inocência, vive a ausência de reação (além daquela que é imediata, às vezes induzida por um medo), mas não se estabelece jamais na reação, não se estabelece jamais no julgamento, não se estabelece jamais na separação.

***


Então, sim, é preciso voltar a ser como as crianças, tornar-se simples e humildes, em qualquer circunstância, em qualquer ocasião.
Independentemente do que a vida lhes propõe a viver, é preciso ir além de uma compreensão imediata, ou de uma incompreensão, porque o que a Vida vai chamá-los a viver, a título individual e coletivo, é verdadeiramente destinado a este ‘face a face’, a este desdobramento total da Luz.
Ninguém poderá evitar a Luz.
Ninguém poderá evitar viver seu face a face com a Luz.
Isso não é um julgamento, exceto de vocês mesmos porque, à medida com a qual vocês julgaram os outros, vocês irão julgar vocês mesmos.
Esta regra é absoluta.
O Amor não é julgamento, mas ele vem pôr fim, justamente, ao julgamento.
E pôr fim ao julgamento é, justamente, aceitar os julgamentos, quaisquer que sejam, que vocês fizeram.

***


Então, este período que se abriu, desde alguns dias, é a oportunidade inesperada para se colocar totalmente desembainhado, para redescobrir este valor, único e essencial, de toda Vida, mesmo aqui: o Amor.
Porque sem Amor vocês nada são.
Porque sem Amor vocês não podem viver o Amor.
Porque sem Amor vocês não podem esperar seja o que for.
E é a isso que vocês serão confrontados.
Portanto, meus filhos, onde vocês estiverem sobre esta Terra, eu lhes peço para bem pesar, para bem determinar o peso, o que vocês são.
Não se julgar, aí tampouco, não se condenar, mas, bem mais, para voltar-se, de maneira definitiva, para a Luz Branca, para CRISTO.
Para este período, denominado Ascensão, que encontra sua realização nos sinais dos Céus e da Terra, em seus sinais presentes em suas estruturas físicas, em sua consciência e que vão agora estilhaçar-se no grande dia.

***


O momento chegou de fazer o Dia.
O momento chegou de fazer a Paz.
Mesmo se, para isso, é preciso passar por uma revolução, mesmo se, para isso, é preciso passar por crises e sofrimentos.
Porque, para o ser humano, alguns de vocês passam por sofrimentos para encontrar a Verdade, para encontrar o Caminho e a Vida.
Outros irão se estabelecer, desde o início, nesta Alegria, nesta Verdade, nesta Vida.
É importante que vocês permaneçam neutros e o mais Amor possível.
Retenham também o que lhes disseram minhas Estrelas e os Anciãos e os Arcanjos:vocês não podem ser grandes, aqui, e grandes na Luz.
Isso necessita, não se punir, não se flagelar, mas realmente ter consciência do que é essencial nesta frase.
Vocês devem, efetivamente, morrer para vocês mesmos, para renascer no Amor.
Tudo o que não é Amor deve morrer, em vocês, como neste mundo, na totalidade.
E é o que chega agora.
Então, é claro, nós iremos festejar, juntos, em comunhão, vocês todos que me acompanham, vocês todos que irão me acompanhar, vocês todos que irão compreender que nós desejamos apenas o Amor e o Bem, para o conjunto da humanidade.
Que jamais haverá outro julgamento além do olhar separado da consciência, do olhar do seu próprio mental e de suas próprias adesões aos dogmas falsificados, corrompidos, elogiando o Amor, mas não sendo o Amor.

***


Há apenas um Amor: aquele da Verdade e aquele da Alegria.
Aquele da equidade.
Aquele da Unidade.
Então, durante este período, todas as máscaras devem cair, sem qualquer exceção.
Este período é muito curto porque, pela sua assiduidade, pelo seu trabalho e pelo seu Abandono, vocês criaram as circunstâncias propícias ao desdobramento, muito mais em doçura, do que o que os profetas anunciaram nos tempos antigos.
E, no entanto, é preciso viver este período, mesmo durante um tempo condensado que não tem mais nada a ver com qualquer coisa que se instala e que dura.
Há, de fato, uma fulgurância que aparece, agora.
Esta fulgurância cabe a vocês vivê-la, ao melhor.
Retenham também que isso depende de vocês e unicamente de vocês.
Nenhuma circunstância exterior poderá modificar o que vocês irão viver, vocês, de maneira individual, estando nesse coletivo.
Isso pertence a vocês.

***


E vocês irão realmente, como isso foi dito, colher o que vocês semearam.
E vocês não irão colher outra coisa do que o Amor que vocês semearam.
E da quantidade deste Amor que vocês semearam, vocês irão colher o mesmo Amor, multiplicado.
Todo o resto é apenas ilusão.
Todo o resto é apenas condenação mantida pelo medo.
O único medo será o seu.
O único medo será o que o ego terá reunido para imiscuir-se em vocês e para manter, apesar do desdobramento da Luz.
Deem um passo para a Luz.
Deem um passo para Ele.
Ele dará, doravante, cem para vocês.
E isso não pode ser de outra forma.
Porque como o Amor poderia julgar, como o Amor poderia condenar.
É aí onde vocês devem se apreender de que muitas coisas, em nome do Amor, foram, de fato, apenas a negação do Amor, e a traição do Amor.
Mas isso não é para julgar porque isso ocorreu, também, para cada ser humano, da mesma maneira com que seus olhos e sua consciência podem ver no exterior.

***


Então, não é mais tempo para lamentar.
Vocês têm algumas semanas antes que nós comunguemos juntos, em 26 de setembro (ndr: intervenção de segunda-feira, 26 de setembro de 2011, às 11 horas [06h00 – hora de Brasília; 10h00 – hora de Lisboa]).
E, naquele dia, nós seremos inumeráveis, com vocês, para Elevar o Canto do Amor, a fim de que o reino do Amor seja estabelecido, para sempre, nesta Dimensão como em todas as Dimensões a vir.
É aqui que acontece este trabalho.
É aqui que acontece, em vocês, nesta carne, o trabalho da Ascensão.
E ele acontece agora.
Ele finaliza agora.
Então, coloquem-se claramente.
Não mais hesitar para ir ao Amor.
Nada deve mantê-los além do Amor e da Verdade.
Nada deve impedi-los de deixar esta Alegria e este Amor tomá-los, apreendê-los, Transfigurá-los e os Ressuscitar.
Porque é o que vocês são.
Todo o resto está apenas ligado à servidão, aos medos, que não têm qualquer consistência diante da potência do Amor.
Cabe a vocês decidir, cabe a vocês escolher entre o medo e o Amor, mas vocês não podem pretender ser e viver o Amor se vocês exprimem o medo para qualquer coisa (seja para esse corpo, seja para um próximo, seja para sua profissão, seja para o dinheiro) porque tudo isso vai desaparecer integralmente.

***


Então, o que eu lanço é um apelo para a última preparação, antes que meu Anúncio ressoe em um momento em que mesmo o Pai não conhece a data.
Mas esse momento é iminente.
Vocês podem supor.
Haverá sinais sobre a Terra, haverá sinais nos Céus como São João o expressou.
E estes sinais chegam agora sobre a Terra como nos Céus, e em vocês, é claro, porque o Amor é chamado a aumentar e a se estabelecer de maneira definitiva.
No Fogo deste Amor tudo é queimado.
No Fogo deste Amor o medo não pode mais existir, de maneira alguma.
Se o medo chega e se o medo se manifesta e se apresenta, significa que, em vocês, restam zonas não transparentes, não iluminadas.

***


No dia 26 de setembro, neste canal, eu tomarei a palavra, após um período de silêncio, porque METATRON, MIGUEL e, eu diria mesmo, o conjunto de tudo o que é a Luz Vibral, de todas as partes, de todas suas parcelas, de todos seus constituintes, iremos então nos comunicar com vocês, por intermédio do Conclave Arcangélico, por intermédio da Irradiação da Fonte, por intermédio da Irradiação do Sol e da Terra reunidos, por intermédio dos 24 Anciãos e do conjunto das Estrelas, como por todas as Forças que eu não posso nomear tais como elas são importantes.
Naquele momento, vocês terão cumprido um caminho importante para a Luz.
Vocês terão percebido, em consciência e em Verdade, o peso da Ilusão que lhes será aliviado.
Vocês terão reencontrado, como isso foi dito, sua humanidade e seu Amor.
Porque tudo o que vai ser descartado naquele momento, será, de algum modo, menos peso, menos barreiras para manifestar o Amor.
Então vão ao sentido do que vem.
Vão ao sentido desta Verdade porque é a única.
Todas as outras são verdades efêmeras que lhes foram instruídas, e mantidas, e criadas pelo medo, quaisquer que sejam.
Vocês não são seres de medo, vocês são seres de Amor.
Mesmo se sua vida lhes demonstrou, até agora, o contrário, mas tudo isso completamente terminou.
Então, lhes é preciso fé.
É-lhes preciso coragem.
É-lhes preciso Abandono.
É-lhes preciso humildade.
É-lhes preciso viver o Amor e ser penetrado pelo Amor.
CRISTO vem para isso.
A Espada da Verdade vai transpassá-los.
Então é inútil, porque não haverá qualquer lugar onde fugir, vocês não podem fugir de vocês mesmos porque vocês são seres de Eternidade.
Vocês não podem se colocar ao abrigo da Luz.
Vocês apenas podem aceitar que a Luz faça de vocês o que vocês são e que faça, por completo, desaparecer o conjunto dos medos.
Mesmo se o coletivo vai manifestar, é claro, elementos que, à primeira vista, podem parecer-lhes terríveis, mas não há nada de terrível no Amor.
É apenas justamente a ausência de Amor que elimina de maneira terrível.
Tudo o que é Amor será cultivado.
Tudo o que será Amor irá se estabelecer inteiramente.
Não há qualquer dúvida, nem qualquer possibilidade em relação a isso.

***


Eis o que eu tinha para dizer-lhes.
Minhas palavras estarão muito claras.
Eu voltarei certamente, durante este período que nos separa de nosso encontro formal, uma ou duas vezes, sem o dizer, simplesmente para ajustar o que vocês estão prestes a viver, em função dos eventos, Interiores como exteriores.
Então eu abro agora com vocês um espaço de comunicação pelas palavras, a fim de que, se existem, em relação a este período, elementos importantes que lhes pareçam não respondidos, eu possa ali responder.
Mas que essas perguntas sejam referentes ao conjunto dos Irmãos e Irmãs e não à sua pequena pessoa.
Então, meus Filhos bem amados, eu escuto com atenção o que vocês têm a me perguntar.



***


Pergunta: qual é o papel das Embarcações que podemos ver no céu, à noite?

Meu Filho, como isso já foi anunciado, desde o Arcanjo MIGUEL, em setembro do último ano, foi-lhes dito que o conjunto das Embarcações da Confederação Intergaláctica se aproxima de sua Dimensão.
Evidentemente as Embarcações denominadas ‘Mãe’, nas quais eu me tenho, não podem se aproximar bastante de sua Dimensão, sem efeitos desastrosos, porque o afluxo de Luz seria bastante importante.
Existe, em meio à Confederação Intergaláctica dos Mundos de Luz, certa variedade de seres.
Alguns são chamados de Anjos do Senhor ou Anjos da Transição.
Estes são aqueles que se manifestam, de maneira privilegiada desde o mês de setembro, por diferentes ondas, em diferentes locais, e que respondem à noite à sua saudação e à sua consciência.
Estes são os Anjos do Senhor [Vegalianos].
Esses Anjos do Senhor se têm prontos.
Eles têm um papel específico no que está prestes a se estabelecer e nos momentos em que alguns corpos ou algumas consciências terão necessidade de serem levados e conduzidos para outros lugares, para vários outros lugares.
Isso não se refere, é claro, ao conjunto da humanidade.
Mas sua presença confirma o retorno da Luz e estabiliza, de algumas maneiras que lhes são próprias, segundo sua origem, as energias Vibratórias específicas da Luz.
Dessa maneira, sua presença é a testemunha e o marcador de sua intervenção a vir.
Naturalmente, além dos Anjos do Senhor, existem outras formas de Luz chegando aos seus Céus, da Luz Unificada, de diferentes povos estando aí para, eles também, participar do momento vindo, ao que está prestes a se revelar de maneira final.
Mas, lembrem-se de que, se vocês são observadores, vocês poderão saudar essas Embarcações e eles irão lhes responder sempre por uma luz.
Eles se aproximam progressivamente deste Plano.
Eles percorrem a atmosfera deste mundo.
Eles atravessaram as últimas etapas de sua aproximação.
No momento não se trata ainda de Embarcações que vocês chamam de ‘Mãe’, mas, muitas vezes, de cápsulas individuais ou de Embarcações podendo comportar, pelo seu tamanho reduzido, poucas almas.
Mas as coisas estão prestes a mudar.
Eles participam do desdobramento da Luz à sua maneira, por sua presença.
Do mesmo modo que, por sua presença aqui sobre a Terra, vocês realizam também, à sua maneira, o retorno da Luz.

***


Pergunta: durante o impacto da Luz, qual proporção da humanidade irá trasladar?

Meu Filho bem amado, a totalidade da humanidade viverá o ‘face a face’.
Cada um irá, como isso lhes foi dito, onde se coloca sua Vibração.
Alguns de vocês são mais leves do que outros.
Alguns de vocês estão prontos para reviver a Unidade inteiramente.
Outros não estão prontos, porque sua alma está ainda voltada para a atração da matéria.
Isso não é condenável em si, mas este ‘face a face’ refere-se ao conjunto da humanidade.
Mesmo os seres que irão manifestar todas as formas de violência, eles também são referidos a esta translação.
Não existe qualquer forma de vida que tenha sido esquecida.
É o conjunto da humanidade que vive o retorno da Luz, sem qualquer exceção.

***


Pergunta: qual diferença existe entre o fato de Esposar ou de Viver a Luz?

O fato de Esposar quer dizer que, em alguma parte, antes de Viver a Luz, vocês constatam que algo de exterior a vocês (é o ponto de vista da lagarta), que uma borboleta chega e que esta borboleta não tem nada além dela mesma.
Naquele momento, vocês Esposam a borboleta.
Mas existem lagartas que vivenciaram uma preparação mais intensa do que outras e elas sabem que já são borboleta.
Elas não têm então nada a Esposar porque isso já é Interior a elas.
Mas o resultado é o mesmo: é a Revelação da Luz.

***


Pergunta: o que acontece com a lua neste momento que emite luares particulares?

Meu Filho, todos os Céus se modificam: o brilho das estrelas, a localização das estrelas, a localização do sol e da luz.
Todo o céu vai ser invertido.
A Luz chega e se revela.
Muitos de vocês começam a ver aparecer, não mais somente sob forma de descida ou de viagem de Partículas Adamantinas, mas de nuances de Luz estando presentes.
Então, isso se traduz, é claro, por esses sinais no Céu e por esses sinais sobre a Terra, que são apenas suas primícias em relação à intensidade do que eles serão dentro de algumas semanas.
Então, sim, é claro, isso é apenas a Ilusão que desaparece e não a Vida.
Deste modo, os Céus se modificam e a Terra se modifica.
É a Libertação.
Quando vocês levam seu olhar ao Céu (seja o olhar dos olhos, seja o olhar Etéreo ou o do Coração), a mesma coisa aparece-lhes, ou seja, a iminência do que está prestes a acontecer.

***


Pergunta: as Almas que deixaram este plano há algumas semanas, têm a possibilidade, hoje, de conectar diretamente seus Corpos de Estado de Ser ou há outras etapas?

Então, tudo depende das Almas, mas, as Almas que deixaram esse corpo estão totalmente liberadas, já desde mais de várias semanas.
Agora, algumas Almas conectam o Espírito imediatamente.
Outras estão, em qualquer parte, em trânsito, a fim de se acolherem e de viverem, juntas, esta Liberação.
Mas, nenhuma Alma mais está confinada.

***


Nós não temos mais perguntas. Nós lhe agradecemos.

***

Meus Filhos bem amados, Irmãos e Irmãs de Espírito, eu voltarei então a falar-lhes, mas eu lhes dou, além de minhas palavras, encontro para esta Comunhão que será uma Celebração, no dia 26 de setembro, à hora que lhes foi dada por METATRON.
Naquele momento, nós estaremos reunidos durante uma hora e meia do seu tempo terrestre [das 06h00 às 07h30 da manhã – hora de Brasília; das 10h00 às 11h30 da manhã – hora de Lisboa].
A primeira hora irá se traduzir pelo que vocês realizam, já, todo dia, às 19 horas [14h00 – hora de Brasília; 18h00 – hora de Lisboa], aqui e em outros lugares.
Mas esta Comunhão não dirá respeito unicamente à Luz Vibral (reunida em sua Tri-Unidade, reconstituída), mas nós realizaremos, juntos (bem além deste plano humano) a Nova Aliança, Aliança de Fogo, Aliança do Amor.
Nós estaremos então, juntos, e vocês e nós, em Silêncio durante uma hora e eu tomarei a palavra no final desta Celebração.
Esperando que o melhor do Amor se revele para vocês e se estenda para vocês.
O conjunto das Estrelas e eu mesma iremos propor, de imediato, aí, um momento de Comunhão.
Essa será minha maneira, para mim, de antecipar a Celebração de 26 de setembro.
Então, todas minhas Bênçãos os acompanham e estão em vocês porque eu estou em vocês.
Eu lhes digo então até muito em breve.
... Efusão Vibratória ...
Eu Amo todos vocês, sem que ali haja a menor exceção possível, do mesmo Amor.
Até breve.



************

ÁUDIO:

************


NDR: a próxima intervenção de segunda-feira, no dia 26 de setembro de 2011, irá acontecer então em dois tempos: das 11h00 às 12h00 [das 06h00 às 07h00 da manhã – hora de Brasília; das 10h00 às 11h00 da manhã – hora de Lisboa], intervenção Vibratória conjunta de MIGUEL, CRISTO e MARIA (e do Conclave Arcangélico, do Conjunto dos Anciãos, das Estrelas).
Depois, das 12h00 às 12h30 [das 07h00 às 07h30 da manhã – hora de Brasília; das 11h00 às 11h30 da manhã – hora de Lisboa], intervenção “Verbal” de MARIA.
Os horários indicados correspondem à hora francesa, no relógio. O linkhttp://www.lolo.free.fr/Divers/DecalageHoraire.html permitirá deduzir seu horário local.

***


(*) – Mensagem de MARIA (07.04.2005):

***


Mensagem da Amada e Divina MARIA no site francês:
11 de agosto de 2011
(Publicado em 11 de agosto de 2011)

***


Tradução para o português: Zulma Peixinho

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário