MARIA - 07 de abril de 2005 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Intervenção da Rainha do Céu e da Terra -



~ A vida econômica ~

O próprio princípio de economia foi falsificado sobre este planeta há muito tempo, falsificado por dois eventos principais.
Atribuiu-se um valor ao dinheiro, um valor ao tempo em relação ao dinheiro.
Qualquer sistema de troca, qualquer sistema de progresso do ser humano, ou qualquer sistema vivente, aliás, que faz intervir a noção de tempo, em relação ao dinheiro, é uma heresia, é um erro.
Obviamente, esse sistema foi construído por forças que buscavam, e que ainda buscam, submeter toda a vida à sua vontade e sua visão.
Muitas pessoas, hoje, dão-se conta de que essa economia é falsificada.
Obviamente, de nada serve querer encontrar novos modos de funcionamento e modelos econômicos, quaisquer que sejam, enquanto esses dois parâmetros de valor do dinheiro e de tempo do dinheiro não forem suprimidos, totalmente, do seu modo de funcionamento.
Os fluxos gerados atualmente são fluxos sem suporte, esses fluxos dirigem-se em um único sentido, que é a apropriação de todo o planeta.
E ninguém, nenhum ser humano é talhado para lutar contra essa aspiração das forças adversas.
Embora tivéssemos, e embora vocês tivessem apresentado a finalidade de tal sistema que é o nada, a aniquilação, embora fosse mostrada, demonstrada a realidade desse fim, isso nada mudaria para aqueles que não querem ver mais longe do que seus objetivos egoístas.
Em relação ao que foi pedido para propor ao meio econômico, e eu acrescentaria também para um tempo futuro, social: é fazer tomar consciência da irrelevância do tempo e do valor atribuído ao dinheiro.

***

O tempo do dinheiro é um modo de falar que atribui ao tempo um valor, mas eu quero dizer, com isso, a noção de usura, a noção de juros, a noção de tempo que corre, de tempo que acumula, a noção de tempo que faz fracassar e desmoronar países inteiros.
O dinheiro não tem tempo, o dinheiro não tem valor.
Há leis, no sentido matemático do termo, modelos a serem empregados, que são diretamente oriundos da compreensão de Dimensões superiores à Dimensão na qual vocês se encontram.
Fazer alguns seres humanos terem acesso, no mundo econômico, à 5ª Dimensão e à 11ª Dimensão, permitirá formular inteligentemente essas leis para esses indivíduos.
É o único modo conforme, lógico e amoroso de corrigir os desequilíbrios do tempo do dinheiro e do valor do dinheiro, de substituí-los pelas noções de justiça e de precisão em relação ao valor, em relação ao tempo.
Em caso algum o tempo pode ter valor em relação ao dinheiro, muito pelo contrário.
O tempo não deveria enriquecer o dinheiro, mas diminuir o dinheiro.

***

Nessas circunstâncias, qualquer dinheiro que estivesse parado não veria seu valor aumentar, mas seu valor diminuir.
Não haveria então mais juros implicados, os juros então seriam anulados e há uma lei a encontrar aí.


De meus planos de vidas eu não posso formular isso em sua 3ª Dimensão, mas, obviamente, isso existe e deve ser implementado.
Basta, de algum modo, substituir um mais por um menos e um menos por um mais.
O que eu digo não me aparece nem complicado nem difícil de implementar.
A partir do momento em que algumas consciências tiverem acesso a essas Dimensões superiores, ser-lhes-á muito fácil e muito simples compreender isso e colocá-lo em uma equação.
[ ... ]
O acesso a outro modo de funcionamento permite compreender o que há do outro lado do véu: que atribuir um valor e um tempo ao dinheiro é contrário ao tempo que passa e ao valor do tempo.
Não se pode enriquecer com o tempo que passa.
Pode-se enriquecer apenas com o tempo que passou.

***

O mesmo modelo de funcionamento está presente na Terra, com seus valores passados, com suas emoções e com sua visão do futuro.
A Terra é um cérebro que tem sua própria visão do seu próprio futuro e, aparentemente, ele ainda não está em conformidade com o seu, como ser humano, eu falo.
Correlacionem o que já foi feito ao nível da consciência e da esfera psicológica do ser humano para o funcionamento do planeta, mas, também, para o funcionamento do dinheiro, e vocês terão, aí, uma chave essencial.
Será que isso foi suficientemente claro?
O modelo econômico deve ser baseado num modelo trinitário, assim como tudo que está vivo é um modelo trinitário.


************

Mensagem da Amada e Divina MARIA no site francês:
07 de abril de 2005

***

Versão para o português: Célia G.

***

Transcrição e edição: Zulma Peixinho


************



Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário