ANAEL - 05 de março de 2011 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação





- Ensinamentos do Arcanjo da Relação e do Amor -


ÁUDIO mp3 ORIGINAL:


Pergunta: como saber se eu realmente vivo a Vibração do Coração?

Bem amada, quem, melhor do que você, pode definir o que você vive?
A Vibração é uma percepção.
A percepção está presente ou ela não está presente.
Fora disso, não pode ali haver resposta exterior a si mesma.
Viver a Vibração do Coração é uma etapa.
Viver o Fogo do Coração é outra etapa.
Viver o Samadhi, na sua parte mais importante, é também outra etapa.
Essas etapas podem, juntas, sofrer alquimia.
Apenas você pode saber o que você vive, neste nível.
Qualquer opinião exterior, mesmo aquela de um Arcanjo, nada significa em relação à sua própria opinião.
A Vibração é uma Vibração.
A Vibração existe ou não existe.
Apenas você pode conhecê-la, vivê-la ou não vivê-la.

***


Pergunta: ao que corresponde o prurido nos ouvidos?

Bem amada, se excluirmos as causas que eu qualificaria de mórbida ou de doença, no seu sistema de vida, as manifestações de agulhadas, de vibrações ou de prurido no interior dos ouvidos, frequentemente refletem um dos mecanismos seguintes: ou existe pelo fato da presença do Antakarana e da Vibração e da rotação existente em meio ao chakra denominado Ampola da clariaudição, uma possibilidade de fricção existindo no interior do ouvido.
Em geral, e no momento atual, pelo fato da modificação da sua fisiologia, pode também manifestar-se uma série de intolerâncias alimentares, refletindo-se por prurido no nível dos ouvidos.
Mas, o mais frequente, eu deixo claro que se trata da percepção da Ampola de clariaudição e do Antakarana que se constrói, atualmente, de maneira um pouco diferente do que foi o caso até hoje.

***


Pergunta: como caminhar mais facilmente?

A facilidade, definitivamente, é uma questão de ‘ponto de vista’.
Algumas almas, atualmente, experimentam, no seu caminho da Luz, o seu próprio confronto com as suas próprias sombras.
Deve-se admitir e considerar que as sombras (ou as dificuldades ou resistências) que se manifestam no exterior do seu caminho de vida, seja ele qual for, são, em última análise, apenas o resultado de sombras ou de medos, se você preferir, existindo no Interior.
Dessa forma, quanto mais vocês se Abandonarem à Luz, como eu o defini (1), mais vocês irão para a simplicidade e mais as resistências irão desaparecer por si só.
O aparecimento de uma resistência não implica nem em noção de culpa, nem em noção de compreensão.
Hoje, as coisas são ainda mais diferentes do que foram a dois anos atrás, no momento em que eu expressei o que era o Abandono à Luz.
Hoje, basta simplesmente pedir que a Luz se instale no que existe como resistência em meio à sua vida.
Isso irá permitir iluminar, para você, como para cada um, o que é preciso ser iluminado.
A Luz é Inteligência.
Ela intervém, portanto, desde que vocês mesmos se Abandonem à Luz.

***


Pergunta: isso é válido inclusive para as coisas materiais?

Totalmente.
Não há domínio que seja separado da Luz.
Em geral, o ser humano, até hoje, atraía para ele o que ele tinha medo.
A colocação na Luz agora vai precipitar, literalmente, uma série de circunstâncias da vida de vocês, levando não a uma ação ou a uma reação, mas, literalmente, a um esclarecimento da situação pela Luz, correspondendo, aí também, ao Abandono à Luz.
Todo resto são apenas preâmbulos para a Luz.
É somente a vontade do indivíduo que crê que ele vai poder solucionar tal ou tal problema por ele mesmo.
Vocês não podem pretender ir para a Luz e agir por si mesmos.
Chega um momento em que o Abandono à Luz vai colocá-los frente à suas próprias responsabilidades do Abandono à Luz.
CRISTO disse: “o pássaro se preocupa com o que ele vai comer amanhã?”.
A abundância do Universo vai prover as necessidades do ser humano voltado para a Luz.
Não pode existir mendicância, exceto em meio a crenças pessoais, enquanto vocês estiverem com a Luz.
A Luz é doação.
A Luz é abundância.
Se vocês se Abandonarem a ela, a abundância será a sua recompensa.
Mas não a abundância conforme o seu ponto de vista: a abundância conforme as regras da vida, mesmo em meio a esta Matriz.
O que pode parecer, em um primeiro momento, como provação ou privação, corresponde e responde à visão distanciada e separada.
A partir do momento em que a confiança na Luz se consumar, até levar ao Abandono à Luz, então, como por milagre, as coisas se resolvem por si só.
Não por uma ação pessoal, mas, bem mais, pela ação da Luz, no Interior como no exterior.
Em última análise, o conjunto dos eventos acontecendo em suas vidas (que isso diga respeito à esfera afetiva, profissional, social, interpessoal ou financeira) apenas está aí para desafiá-los ao Abandono à Luz.
São vocês que dirigem a sua vida ou é a vivacidade da Luz que os dirige?
Toda a diferença entre a personalidade e o Estado de Ser situa-se nesse nível, doravante.

***



Pergunta: como fazer pedidos aos diferentes seres de Luz?

Evidentemente, bem amado, há duas maneiras de fazer um pedido.
Há um pedido que corresponde a uma solicitação de Luz em relação à personalidade.
Isto jamais será satisfeito pela Luz.
Em última análise, o único modo de pedir à Luz, é dizer: “que haja Luz, em mim como no meu exterior”.
Enquanto a Luz for utilizada para satisfazer o que mesmo a alma ou o Espírito considera como bom, nesta vida, não há Abandono total à Luz.
De fato, o único pedido decisivo é: “que haja Luz”.
A partir daquele momento, há um real e total Abandono à Luz.
Tudo o que precede isso são apenas etapas para a compreensão e a vivência do Abandono à Luz.
Portanto, o único pedido real é: “que haja Luz”.

***


Pergunta: como fazer enquanto terapeuta?

Bem amada, neste mundo dissociado, os terapeutas sempre serão necessários.
Agora, um terapeuta que se compromete com um caminho para a Unidade e para o Abandono à Luz, não pode mais reivindicar ser terapeuta, pois a própria terapia é um ato dual: é levar o ‘bem’ aí onde há o ‘mal’.
É não confiar, plenamente, na Luz.
Assim, portanto (eu não falo para o doente, mas para o terapeuta), a partir do momento em que ele estiver no caminho para a sua própria Unidade, não pode, obviamente, mais ser terapeuta.
Exceto ser terapeuta como CRISTO, ou seja, não pelo fazer, mas pela sua própria Presença, como CRISTO que disse: “quem me tocou?”.
Isso implica, para vários terapeutas no caminho para a Luz, em uma revolução de função, se pudermos dizê-lo, passando pelo abandono de uma série de condições que guiaram a sua vida até hoje, em meio à sua prática, mesmo aquela considerada a mais brilhante.
Mas a Luz, e em particular a Luz Vibral Unitária, considera que a doença é uma Ilusão ou uma crença, se vocês preferirem.
Portanto, um terapeuta que descobre a Luz Unitária e Vibral não pode mais, evidentemente, mesmo não tendo consciência em um primeiro momento, considerar que ele vai cuidar de uma doença, seja ela qual for, ou de um desequilíbrio, seja ele qual for.
Pois o único capaz de cuidar de um desequilíbrio é o próprio ser, no seu próprio Abandono à Luz.
Portanto, o terapeuta Unitário não pode existir.
Mas, de novo, há necessidade, em meio a este mundo forjado, de ter ainda médicos, cirurgiões e mesmo a cirurgia pesada, porque eu não penso que se vocês tiverem um traumatismo, o mais intenso, vocês seriam capazes ainda de transformá-lo, exceto se estiverem o suficiente, vocês mesmos, na Unidade, mas, neste momento, não há razão para que um acidente ou um traumatismo possa acontecer com vocês.

***


Pergunta: como terapeuta, é correto acompanhar o outro para encontrar a sua própria Unidade?

Bem amado, o questionamento não tem que ser em relação ao que você faz, ao que você não faz.
Se o que você faz estiver correto, naquele momento, você irá constatar que a sua atividade prossegue.
Se o que você faz não estiver correto, a sua atividade vai parar por si mesma, por causa da sua busca pela Unidade.
Explicado de outro modo: “reconheceremos a árvore pelos seus frutos”.
O que significa dizer que se a sua caminhada Unitária tiver que ser acompanhada do procedimento de uma atividade dita terapêutica ou de acompanhamento, isto irá prosseguir.
Não haverá desaparecimento ou dispersão daqueles que lhe pedem a ajuda da Luz.
Caso contrário, não haverá mais ninguém solicitando a você seja o que for.

***


Pergunta: ao que corresponde a sensação de basculamento, durante as meditações?

Bem amada, os fenômenos de basculamento ou de oscilação acompanham às vezes a Vibração.
A imobilidade não é a regra.
Alguns vão oscilar, outros vão bascular de frente para trás, lateralmente, não importa.
Cada um tem a sua própria interpretação e a sua própria manifestação da influência da Luz Vibral no interior da sua estrutura física.
O mais importante é que o corpo participe e, sobretudo, não ativar qualquer projeção relacionada a uma visualização ou a um fenômeno visual.
Mas se o corpo se expressar, isso está perfeitamente correto para você.
Isso não reflete nem bloqueio nem facilitação, mas, sim, um modo de expressão que corresponde ao que você tem que viver.

***


Pergunta: eu tenho às vezes a sensação de que algo me atinge nos ouvidos.

Bem amada, pode ali ter, no nível dos ouvidos, pressão.
Pode ali ter alfinetadas e pode ali ter elevação de uma Vibração.
Isso contribui, incontestavelmente, para a ativação do Antakarana e para o recebimento da Luz pelo ponto central denominado Ponto ER, podendo refletir-se por modificações de sons, de pressões ou de percepções no nível dos ouvidos.

***


Pergunta: eu me sinto às vezes leve com um movimento de Vibração circular do corpo.

Bem amado, durante os processos de meditação, quer eles sejam próprios ou estejam em ressonância com uma série de elementos que lhes foram dados por intermédio dos Arcanjos ou ainda dos Anciãos, existem, efetivamente, processos que podem ser vivenciados modificando a corporeidade, modificando a densidade do corpo, a Vibração do corpo.
Os movimentos circulares, as características próprias da circulação da Vibração vão às vezes se refletir por modificações das suas próprias percepções energéticas.
Dessa forma, a Vibração pode desencadear a percepção de calor ou de frio, independente mesmo da Vibração de calor que está em ressonância e, num certo sentido, da própria reação das suas estruturas sutis ao afluxo da Vibração e da Luz.
Não há, entretanto, tradução específica ou significado preciso para uma ou para outra das sensações, sejam elas quais forem.
Ainda uma vez, nesse nível, cada um de vocês vai interpretar o acolhimento da Vibração e da Luz Adamantina à sua própria maneira.
Portanto, a circulação ou a percepção de uma corrente de ar vai refletir uma predisposição da alma para manifestar estados emocionais, mesmo a Luz Adamantina não sendo feita para isso.
Da mesma forma, o acompanhamento do corpo pela Vibração pode levá-los a viver uma série de mecanismos de movimentos do corpo que refletem a apropriação da Luz Adamantina pelo corpo e a construção de estruturas Adamantinas ou do corpo de Estado de Ser em meio às suas estruturas físicas e sutis.

***


Pergunta: como se Abandonar mais à Luz quando se sente uma resistência?

Bem amado, cada ser humano, no caminho, iria encontrar este medo.
Isso prenuncia e antecipa o que o Bem Amado SRI AUROBINDO denominou o ‘choque da humanidade’.
Este medo apenas reflete o fim da personalidade que tem dificuldade de parar de existir.
Isso não corresponde a algo de específico para fazer ou para empreender porque vocês todos irão passar, em um momento ou outro, por este medo final.
O que você vive é isso.
É a impressão que alguns de vocês podem denominar ‘sentimento de morte iminente’ ou ‘medo do vazio’.
É a etapa, na maioria das vezes, que precede a elevação da Coroa Radiante do Coração.
Essa é uma etapa, de certo modo, lógica e uma passagem lógica correspondendo à eliminação ou à cristalização do seu próprio processo de passagem em meio ao Estado de Ser.
Não há então que agir em relação a isso, mas considerar que vocês observam um processo do estabelecimento da Luz em vocês.

***


Pergunta: podemos exercer qualquer atividade estando em um caminho da Luz?

Bem amado, não existem coisas anormais para a Luz.
Existem manifestações muito variadas, em meio a este mundo dissociado, no nível das suas atividades.
Existem seres Unitários no exército como na faculdade, bem como entre os terapeutas.
A diferença não está no nível da atividade ou do fazer.
A diferença está unicamente na capacidade para conectar com os mundos da Luz Adamantina em meio aos espaços Interiores.
A um dado momento, qualquer atividade contrária ao que vocês têm contatado nos seus espaços Unitários Interiores, não poderá simplesmente mais existir.
Isso é denominado ‘impulso da alma’ ou ‘do Espírito’.
Isso diz respeito também às mudanças que vocês conduzem, que lhes são impulsionadas, como tudo que se refere às suas diversas atividades em todos os setores de suas vidas ainda, nesta Dimensão.

***


Pergunta: ao que corresponde a dor que eu sinto no joelho direito?

Bem amada, as dores sentidas nos joelhos, se excluirmos as causas que vocês chamam de doença como artrose ou outra, estão, em geral, entre os seres em elevação Vibratória, ligadas a perdas de energia da Kundalini que não chega a voltar espontaneamente, dando, naquele momento, uma dor típica de nevralgia, frequentemente no joelho direito, às vezes no joelho esquerdo.

***


Pergunta: o que significam dores na região lombar ao acordar?

Existe, atualmente, desde o despertar do Fogo da Terra e do Fogo do Éter, um número cada vez maior de seres percebendo dores no sacro ou na região lombar.
Obviamente, se excluirmos tudo o que é de ordem dual, de doença, em geral os seres em Vibração começam a perceber Vibrações ou pesos, mesmo dores, ocorrendo no nível das costas, ou se alongando, ou ao acordar, ou até mesmo durante os seus processos de alinhamento.

***


Pergunta: nossos sonhos podem ser sinais nos ajudando no caminho da Luz?

Bem amado, existem quase tantos sonhos quanto sonhadores.
Cada sonhador pode apresentar uma paleta de sonhos, desde o sonho mais comum até o sonho profético.
Portanto, é difícil de responder a esta questão, de maneira geral, porque cada sonho, para cada sonhador, tem um significado diferente.
Agora, é inegável que atualmente, desde alguns meses, muitos seres têm sonhos que eu qualificaria de natureza semelhante, em ressonância com o basculamento e com a mudança de Dimensão.
Que isso tome formas de uma nuvem de fogo ou de um mar de fogo chegando, ou ainda de tsunamis, ou de ondas gigantescas, tudo isso apenas reflete a mudança de paradigma e de Dimensão em curso.
Agora, que alguns seres humanos têm informações em sonho, isso é também inegável.
Mas, lembrem-se de que no momento atual, cada vez mais, os sonhos seguem um comportamento que eu qualificaria de coletivo, ligado ao coletivo da humanidade.

***


Nós não temos mais perguntas. Nós lhe agradecemos.




************


1 Mensagens do ARCANJO ANAEL de 11.05.2009, 13.05.2009, 17.05.2009, 05.10.2009, 05.08.2010:

***


Mensagem do Bem Amado ARCANJO ANAEL no site francês:
05 de março de 2011
(Publicado em 08 de março de 2011)

***


Tradução para o português: Zulma Peixinho


************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário