O.M. AÏVANHOV - 12 de fevereiro de 2011 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- E BEM, CAROS AMIGOS... -


E bem caros amigos, estou extremamente contente de reencontrá-los e de ver que temos magníficas Luzes nesta peça.
Vejo que vocês todos efetivamente purificaram o que devia ser purificado e que, agora, não há nada que se oponha para que a Luz cresça cada vez mais.
Então, eu lhes transmito todas as minhas Bênçãos e, para os que me conhecem, vocês sabem como eu procedo e, para os que não me conhecem, bem, é muito simples, vocês vão descobrir muito rapidamente.
Então, eu os amo, eu lhes transmito todo o meu Amor e, é claro, eu os escuto.

***

Questão: o que significa sentir Vibrações ao mesmo tempo ouvindo palavras como «Ressurreição», «bem-vinda em você», e sentindo ao mesmo tempo a sua Presença?

Então, cara amiga, de um modo geral, como disse, eu creio, o Arcanjo Anael, não tem muito tempo, estamos cada vez mais próximos da sua Consciência.
Para muitos de vocês, isso começa a amplificar-se: a percepção Vibratória consciente da nossa Presença.
E, entre vocês, muitos seres que seguiram os Casamentos Celestes ou que leem o que nós contamos, têm a capacidade, agora, bem real, para sentir a nossa Presença.
Como isso acontece?
Vocês sabem que ativaram, muitos de vocês, aqui, certo número de Vibrações e de funções ligadas ao Corpo de Estado de Ser ou ao Corpo de Luz.
Uma dessas funções essenciais é pô-los em comunicação e em adequação Vibratória com o seu próprio Corpo de Eternidade.
Esse Corpo de Eternidade tem a particularidade, agora, de construir-se, de algum modo, diretamente pelas partículas Adamantinas, no nível da sua estrutura física.
Isso dá ‘percepções Vibratórias’, para muitos de vocês, cada vez mais sensíveis, cada vez mais perceptíveis e cada vez mais concretas e reais.
Nesta construção, é claro, temos a possibilidade, os Arcanjos, como alguns Anciões (e para outros ainda, outras pessoas que não fazem parte das suas leituras), de aproximá-los Vibratoriamente e de fazê-los sentir a nossa Presença.
Vocês devem compreender também que, quando estamos nos Planos Unificados da Luz, não nos comunicamos com uma pessoa só, é claro.
Nós temos a possibilidade de estabelecer, de maneira simultânea, um número incalculável de contatos Vibratórios.
É como se estivéssemos comandando uma central telefônica e estabelecêssemos comunicações com vocês.
Então, é claro, cada vez mais de vocês vão, ao mesmo tempo, sentir essas Presenças, a minha como outras, que vêm, de algum modo, encorajá-los Vibratoriamente e, realmente, estabelecer um ‘contato’.
Esse contato é real, não é o mental, é a estrita Verdade.
Seja um Arcanjo, seja um dos Anciões, uma das Estrelas ou ainda outras Entidades da Luz que vêm dos Mundos Unificados.
Esta comunicação vai se tornar, para muitos de vocês, cada vez mais evidente e cada vez mais Consciente.
Quer dizer que no início, isso pode manifestar-se à noite, nos momentos de meditação e, depois, pode incidir assim, como vocês dizem, ‘inesperadamente’, de algum modo, porque a construção do seu Corpo de Estado de Ser (a reconstrução, se preferirem) estabelece-se também pelo Antakarana, ou seja, pela ‘Ponte de Luz’ que os une à alma e ao Espírito.
Então, o Espírito se manifesta a vocês e, no Espírito, não há separação.
Quer dizer que vocês vão ouvir cada vez mais coisas, ver também, é possível, mas o mais importante é ouvir e sentir os contatos.
É exatamente, cara amiga, o que você viveu.
Desde algum tempo, isso se manifestou, primeiro progressivamente, desde que o Sol foi liberado, desde que a Terra foi liberada no nível do Núcleo Cristalino.
As Pontes de comunicação entre o Sol e a Terra são cada vez mais importantes e, portanto, vocês têm uma capacidade, cada vez mais real, para estabelecer comunicações Conscientes e trocas Vibratórias Conscientes com os Planos Unificados.
Eu os lembro também de que os Vegalianos (*) estão cada vez mais presentes na sua atmosfera e de que algumas Embarcações Mãe (não a Frota Mariana, mas algumas Embarcações Mãe dos Mundos Unificados) começam a aparecer nos seus céus, isso é a estrita verdade.

***

Questão: ver estrelas cadentes e sentir mãos sobre o corpo, ao que isso corresponde?

Então, caro amigo, retornamos ao mesmo tipo de processo.
Vocês vão se aperceber, uns e outros, de que, durante as suas noites, vocês terão também informações que lhes chegam sob a forma de sonhos.
Há dois tipos de informações que chegam, que não são a expressão da sua polaridade, mas que são a ‘realidade’ do que ocorre, atualmente, neste planeta, na sua atmosfera e nesse sistema solar, que corresponde, primeiramente, à chegada da Luz.
A chegada da Luz, vocês podem ver de diferentes modos.
Alguns já têm captado a ‘grelha-planeta’, ou seja, a chegada desta Luz extraordinária que, pouco a pouco, preenche todo o espaço.
Outros irão ver partículas de Luz que parecem como tocá-los.
Efetivamente, é o crescimento da quantidade de partículas Adamantinas que estão presentes na própria atmosfera da Terra.
Outros, também, vão explorar a outra vertente, eu diria, não mais a vertente da borboleta, mas a vertente da lagarta.
Então aí, o que vai acontecer, naquele momento?
Aqueles terão sonhos, geralmente, de tsunamis, sonhos de água, sonhos de fogo, sonhos de transformação da Terra.
Tudo isso é efetivamente o que vocês captam, além das nossas Presenças, no que está acontecendo, real e concretamente, sobre esta Terra.
E poder-se-ia tomar exemplos, entre vocês aqui, muito, muito numerosos.
Portanto, o único significado final, é de lhes dar vislumbres da chegada da Luz e das transformações que vive a Terra, mas também de manifestar, de diferentes modos, os ‘contatos’ que vocês estabelecem com os Mundos Unificados.
Há alguns, isso é comigo.
Outros serão ‘visitados’, eu diria, pelos Vegalianos, que começam a trabalhar (esse já foi o caso no ano passado), ainda mais precisamente, nas suas estruturas físicas.
Vocês sabem, o mês de dezembro, eu disse que era um mês em que vocês viveriam períodos de purificação extremamente importantes.
O Arcanjo Uriel exprimiu-se sobre isso, era a ‘Passagem da garganta’ e a ‘Abertura da boca’.
Agora, os obstáculos, as resistências que estavam presentes em vocês, para aqueles que fizeram a escolha consciente do abandono à Luz, inteiramente, colhem, em certa medida, os frutos deste abandono total à Luz que se manifesta pelos ‘contatos’, pelas Vibrações, cada vez mais físicas, e por ‘percepções’ de momentos, cada vez mais intensos e longos, de passagem na Unidade, ou seja, o momento em que a lagarta, de algum modo, toma Consciência da realidade da borboleta e a sua Consciência passa nessa borboleta.
Então, alguns vão sentir um cansaço, outros, eles vão sentir uma sensação de expansão e de não mais estar aí.
É necessário estar, como dizer..., ‘atento’ ao que vocês vivem, porque é naqueles momentos que as partículas Adamantinas (que obedecem a ciclos, ciclos terrestres, mas também a ciclos que lhes são próprios, a cada um de vocês) que vão se aglomerar, aglutinar-se no nível de suas estruturas e é necessário aproveitar esses momentos.
Então, há quem tenha a possibilidade de poder aproveitar sem estar em um trabalho, em ocupações.
Então estejam muito atentos, porque estes momentos são, de algum modo, momentos abençoados para vocês, para aproximá-los da sua Eternidade.
Os Casamentos Terrestres estão sendo vividos.
Para os que se mantêm, «a par das coisas reais», vocês sabem que há irradiações que são emitidas também pela Terra.
Agora, os raios das partículas Adamantinas, os cientistas chamam-nos de ‘raios gama’.
Os raios gama vinham do céu, mas vêm também, agora, da Terra, porque a Terra despertou e se junta aos Mundos da Luz.
É a Ascensão da Terra.
Então, é claro, ao redor de vocês há sempre pessoas que vão dizer: “eu nada vivo, portanto, nada acontece”.
E aquelas pessoas, até o fim, infelizmente, vão continuar no “nada acontece”, porque nada vivem no interior delas mesmas.
Assim que vocês começarem a viver, no interior de vocês mesmos, os mecanismos de ‘transmutação’ extremamente potentes que estão em operação hoje, é claro, vocês vão se tornar cada vez mais lúcidos sobre o que acontece sobre este mundo.
Mas aqueles que estiverem adormecidos, até ao último minuto não irão se dar conta estritamente de nada.
Tudo é uma questão de Atenção, de Intenção e disso vocês sabem.

***

Questão: uma noite eu tive a visão do número 8 repetido 3 vezes, acompanhado de um estado de Graça. Aquilo corresponde a quê?

Cara amiga, através das perguntas que vocês fazem, uns e outros, vocês se apercebem de que vivem coisas mesmo específicas, em relação a antes.
Para muitos de vocês, há fenômenos, efetivamente, da Luz, de regeneração, de transformação e de contatos que se produzem cada vez mais.
Então o 8, repetido 3 vezes, 8 vezes 3, se eu sei contar, é 24, é a energia da Luz Unificada.
É também 6 vezes 4, mas é ‘8, 8, 8’, o 8 sendo ligado ao batismo e à transformação (ou à Transfiguração ou à Ressurreição ou ao Renascimento) do seu Corpo de Eternidade.
Juntamos o mesmo simbolismo das questões feitas anteriormente sobre as suas vivências noturnas.
Muitos de vocês, aliás, apercebem-se de que as noites não são mais muito similares.
Alguns de vocês têm muita dificuldade para encontrar um «sono normal».
Mas porque, quando a Consciência Unificada começa a chegar, o sono não tem mais o mesmo significado de quando vocês estão na 3D totalmente dissociada.
Vocês começam, a maior parte de vocês começa, realmente, a passar na 5ª Dimensão.
São os momentos em que vocês não estão mais presentes para esse mundo.
São os momentos em que vocês se sentem ‘desconectados’.
São os momentos em que vocês vivem contatos Vibratórios ou contatos de comunicação com os Planos Unificados.
Vejam: através das perguntas, vocês são cada vez mais numerosos a viver isso, porque não tínhamos esse tipo de pergunta anteriormente e é, efetivamente, um ‘processo’ para muitos de vocês, mas não façam, de modo algum, uma generalização para todo o mundo, comum a todos.
Mas é um processo que vai referir-se a cada vez mais seres despertos (que têm os chakras abertos), mas é perfeitamente normal.
É o modo, para muitos de vocês, que terão que passar da consciência fragmentada à Consciência Unificada, até um dia em que poderão se tornar, inteiramente, borboleta.
Ou sob a influência da Luz e da Onda Galáctica, ou da irradiação Solar e do 2º sol que está chegando, ou sob a influência da irradiação da Terra, ou ainda quando de processos diversos e variados que vão colorir a Terra e suas vidas, este ano.
Eu insisto, ainda uma vez: o mais importante, no que vocês vivem, de dia como à noite, é vivê-lo, não é tirar um significado.
O significado global, eu lhes dei.
Então, depois, aí tem outro que vai ver 9, 9, 9, é ainda outro simbolismo.
Mas, o que é importante, é a vivência Vibratória.
Não é o significado ou a interpretação, porque é o mental que vai querer se prender a algo.
O importante não é o significado.
O importante é vivê-lo.
Retenham efetivamente isso, é isso que é fundamental.
Mas recordem-se, o essencial, hoje, não é unicamente o que é visto.
O importante não são mesmo os ensinamentos.
O importante é a sua vivência e a Vibração do Coração.
Se não houver Vibração do Coração no que vocês vivem ou no que «seguem», significa que vocês não estão no Coração.
É tão simples assim.
Muitos seres humanos têm dificuldade de compreender que a única ‘porta de saída’ é o Coração, a Vibração do Coração.
Quando eu falo de Vibração do Coração, é uma Vibração ‘real’ que gira, não é uma visão da mente.
É por isso que eu emprego a expressão ‘as bicicletas que giram’, porque muito se perde na interpretação, nas técnicas, ao invés de viver a simplicidade do Coração.
O importante, como eu disse e como disse Cristo: «julgar-se-á a árvore pelos seus frutos».
Quais são os seus frutos?
E, a cada vez que vocês vivem algo: «quem eu sirvo?».
«Sirvo a Luz Unitária, Cristo, ou não?».
Resume-se nisso.
O resto será sempre apenas construções.
Então, as construções podem ser corretas ou falsas, mas isso não tem qualquer espécie de importância.
O importante é o ‘instante presente’ e a sua Vibração, a sua capacidade para viver o Coração, mas não o coração/pensamento, o Coração Vibratório.
Todo o resto, eu diria, é supérfluo, é divertimento.

***

Questão: o que fazer quando meditar com boca aberta provocar excesso de salivação?

Isso quer dizer que é bastante gulosa.
Salivação, não é um jogo de palavras, salivação, quando você absorve ou engole as partículas Adamantinas, é porque há uma gulodice da Luz, como quando você vê algo que os faz salivar.
Agora, o que vocês fazem com esta saliva nesses casos?
Ou ela sai, ou vocês a absorvem.
Cabe a você decidir.
Mas é um processo normal.
Da mesma maneira que dissemos que vocês podiam se nutrir de partículas Adamantinas, vocês podem também se nutrir desta salivação que não é saliva.
Aliás, se você provar esta saliva, você vai se aperceber de que não é uma saliva habitual, ela é ligeiramente ‘açucarada’, porque que ela está ligada também às secreções do Néctar Sagrado que vaza de trás do palato.
Portanto, é melhor engolir do que lançar, hein?

***

Questão: eu tenho a impressão de ter errado a passagem da garganta, dado que sinto sempre cristalizações.

Então agora, efetivamente, o Arcanjo Anael e o Arcanjo Uriel haviam dito que a ‘Passagem da boca’ acompanhava-se ou de uma cristalização, ou de uma eliminação e que isso funcionava, em certa medida, ao contrário do processo normal. 
É normal, dado que há uma reversão.
Para muitos, aquilo se ‘eliminou’ pelo corpo, no nível do pescoço, no nível da garganta, no nível infeccioso, no nível de um sintoma que está ligado ao chakra da garganta.
Por outro lado, uma cristalização, ela vai se refletir no nível psicológico, mas não quer dizer que isso está errado.
Isso quer dizer, simplesmente, que a Luz põe na Luz o que resta a superar.
Então, se aquilo não for vivido pela Passagem da garganta e da boca, é colocado na Luz.
Quer dizer que é visto, que é localizado.
É suficiente simplesmente conectar-se, ainda mais, com a Luz e deixar estas cristalizações dissolver-se.
O problema, por exemplo, para as emoções ou para o mental, é que isso quer dizer o quê?
Quer dizer que no nível da personalidade não totalmente transmutada, há ainda uma identificação da personalidade ao ego, às emoções e ao mental.
Mas vocês não são essas emoções e esse mental.
Aliás, você o percebe, dado que a forma como você fala, cara amiga, diz que você consegue vê-las, vê-las claramente, mas o que você vê, quer dizer que isso não faz mais parte de você.
É tão simples assim, mesmo estando ainda aí, mas isso foi colocado na Luz.
Quer dizer que surgiu sob ‘forma cristalizada’, mas cabe a você, agora, decidir não se identificar a isso, mas sim às suas Vibrações e à Vibração do Estado de Ser, das partículas Adamantinas.
É, portanto, uma transferência de Consciência, de um ponto a outro, é tão simples assim.
Em contrapartida, se quiserem fazer como na 3D dissociada habitual, anterior à chegada da Luz, vocês vão fazer o quê?
Vão dizer: «eu quero desembaraçar-me disso», mas vão reforçar as emoções ou omental em relação ao que ‘querem’ desembaraçar-se.
Toda a dialética, eu diria, nesse nível, é ter confiança na Luz e pedir à Inteligência da Luz que dissolva o que deve sê-lo.
Mas não são vocês que agem, é a Luz.
Hoje, mais do que nunca, toda situação em suas vidas, vocês vão fazer a aprendizagem durante este ano, desta capacidade, que vocês têm ou não, para se abandonarem totalmente à vontade da Luz e para não fazer mais atuar a sua própria ‘vontade pessoal’.
É aí que se vê se vocês são capazes, efetivamente, de eliminar tudo e de receber a Luz, inteiramente, que ocorrerá no momento do que foi chamado de ‘grelha-planeta’, ou antes, para outros, no momento das perturbações geofísicas.
Mas isso, cabe a vocês, obviamente, uma vez iluminadas, deixar essas sombras dissolverem-se sozinhas.
Vocês não são essas sombras.
É efetivamente por isso que se veem mais do que antes.
Vocês não são nem as suas emoções, nem o seu mental, nem os seus pensamentos.
Vocês são a Vibração do Coração, da Dimensão da Eternidade.
Todo o resto é uma Ilusão.
Portanto, enquanto estiverem identificados, de algum modo, a esta Ilusão, vocês não podem viver, por episódios ou na totalidade, a Consciência da borboleta.
Mas é o que está se estabelecendo.
Ninguém perdeu o que quer que seja.
Há, simplesmente, quem, como vocês dizem, tem um pequeno atraso na ‘ignição’, não é?
E outros que não chegam a passar para a 5ª, mas isso vai chegar.

***

Questão: como as pessoas atingidas pela doença de Alzheimer vão viver esta transformação da Luz?

É muito diferente de acordo com cada caso, não há regra geral.
Mas, de qualquer modo, todos vocês vão a lugares Unificados.
Portanto, de qualquer modo, que tenha um Alzheimer ou que não queria a Luz, vocês irão viver, de todo modo, a Luz, porque não há alternativa, não é?
Por conseguinte, no final, como isso irá acontecer?
Mas não há problema, porque a ‘passagem de um estado a outro’, vocês que são, como dizer..., chamados, por Miguel, de Sementes de Estrelas, de Ancoradores da Luz, que irradiaram esta Luz para o exterior, como dizia Maria, é necessário agora irradiar esta Luz.
Mas aqueles que recusam a Luz ou os que não têm a consciência (porque a consciência está noutro lugar, como na doença de Alzheimer), o processo será o mesmo, porque todos vocês vão viver a Luz, quer vocês queiram ou não.
Agora, obviamente, de acordo com a sua capacidade para soltar, de acordo com a sua capacidade para o Abandono à Luz, há algumas almas que recusam a Luz por medo.
Elas irão viver, pelo retorno da Luz, o mecanismo, até mesmo transitório, do abandono à Luz e farão, de qualquer modo, naquele momento, a escolha lúcida e consciente de permanecer nos mundos em carbono, reencarnando em outro lugar, ou de juntar-se aos mundos Unificados.
Mas efetivamente, essa passagem, que é muito breve para alguns, não para todos, será vivida com uma noção de ‘choque’, como dizia Sri Aurobindo (**), maior ou menor, de acordo com o trabalho efetuado.
Mas, de qualquer maneira, qual a importância?
Porque, quando falamos de ‘choque’, aqui, uma vez que vocês estão do outro lado, há um mecanismo preciso que se denomina, quando vocês reencarnam, o esquecimento.
Vocês não se recordam das circunstâncias nas quais morreram em uma vida passada, não é?
Mas agora, é a liberação da matriz.
Vocês vão sair deste universo falsificado, comprimido, transformado.
Portanto, isso irá produzir um parto, se quiserem, extremamente rápido, para outros, será um parto talvez mais difícil.
Mas, de qualquer modo, todos darão à luz, isso é certo.
Simplesmente, os mecanismos dessa passagem serão profundamente diferentes de acordo com a capacidade que vocês tiveram para soltar e para se abandonar à Luz.
Então, obviamente, aos que não creem na Luz, dificilmente pode-se falar de Abandono à Luz, em um primeiro momento.
Mas, durante o ‘choque’, alguns irão mais rapidamente do que outros.
Também, portanto, não se preocupem.
Ocupem-se, e como digo sempre, da sua Vibração.
Porque é pela sua Vibração que vocês vão multiplicar e não por questionamentos: «como vai acontecer para isto ou aquilo?».
Quanto melhor acontecer para vocês, melhor será fácil para o conjunto da humanidade.

***

Questão: haverá uma continuidade da humanidade sobre a Terra ascensionada?

Mas a Terra ascensionada, a Terra que ascensiona, não está mais na mesma Dimensão.
A 3ª Dimensão será desprovida de vida, dado que a Terra não estará mais nesta Dimensão.
Se quiserem, é como se vocês olhassem, hoje, não sei, Saturno ou Júpiter ou Marte: a superfície lhes parece desprovida de vida, não há vestígios de vida.
Entretanto, Marte morreu?
Não.
Há outros Planos Vibratórios.
Portanto, a Consciência da Terra e a sua Consciência irão transladar, para alguns, nesta ‘Terra nova ascensionada’, e para outros, ela irá transladar no nível da sua origem estelar ou de uma ‘liberdade total’ do Corpo de Estado de Ser de ir flutuar onde quiser.
Vocês não estarão mais prisioneiros em parte alguma.
Portanto, dizer que haverá uma vida sobre a Terra?
Sim, mas sobre a ‘nova Terra’, não sobre a antiga Terra e, no entanto, é a mesma Terra que se desembaraça de uma carcaça, de algum modo.
A lagarta se torna borboleta, mas ela abandona o quê?
A carcaça da lagarta.
É a mesma coisa para a Terra e para vocês.

***
Questão: um ser da Luz, quando a ele é perguntado a quem ele serve, ele tem obrigação de responder? Pode eventualmente mentir?

Os demônios mentem sistematicamente.
Eles vão dizer que servem a Cristo.
Portanto, como você separa entre os que dizem a verdade e os que mentem?

Com o Coração.

Bem, aí está, você tem todas as respostas.

***

Questão: o soltar pode se acompanhar de problemas de atenção na vida corrente? Como gerir isso quando devemos guiar um automóvel?
Cara amiga, progressivamente e à medida que você soltar e que se abandonar à Luz, progressivamente, você passa na Luz.
Portanto, naqueles momentos, o mais simples é ‘rolar no patinete’, não é?
E sobre a ideia de guiar um automóvel quando a Consciência não está aí.
Isso me parece lógico, não?
O que você quer?
Se você estiver no Abandono à Luz e viver ‘problemas’ de transferência de Consciência no Estado de Ser, você não pode, ao mesmo tempo, guiar ou decidir fazer uma atividade que requeira sua atenção e sua consciência fragmentada.
E a Luz, ela não vai guiar o automóvel no seu lugar, embora, em alguns casos, ela possa evitar-lhe um acidente, mas não é necessário generalizar, não é?
Ao volante, não é necessário fechar os olhos e dizer: «eu deixo a Luz guiar».
Você terá aborrecimentos aí.
Compreendam efetivamente que a Luz os chama cada vez mais, é exatamente o que vocês descrevem, uns e outros.
Então, quando está de noite, é perfeito, vocês estão na cama, mas se estiverem fazendo outra coisa, o que vocês fazem?
Continuam a outra coisa ou acolhem a Luz?
Cabe a vocês saber, e não venham dizer a mim que é mais importante fazer isto do que a Luz.
Cabe a vocês saber o que é mais importante.

***

Questão: os fatos históricos referentes a Jesus são uma realidade ou não?

Mas muitas coisas foram falsificadas.
Cristo veio trazer, pelo seu sacrifício, a liberdade e a capacidade que vocês vivem, hoje, para realizar o estado Crístico ou o estado Ki-Ris-Ti.
Não há salvador exterior.
Por mais que vocês orem a Cristo, se vocês mesmos não estiverem em uma dimensão do Coração, Cristo não virá salvá-los.
É você que se salva sozinho, porque Cristo, ele está dentro de vocês.

Partindo daí, todas as referências históricas (exceto, obviamente, caro amigo, se você tem a memória da sua vivência, naquele momento específico), todo o resto, são apenas crenças e, como toda crença, não tem qualquer peso em relação à realidade Vibratória.
Vocês não definem a sua realidade Vibratória pela existência de uma crença ou outra.
Que Jesus tenha ressuscitado no 3º dia, que tenha terminado sua vida na Caxemira ou no Egito ou noutro lugar, qual importância aquilo tem sobre seu estado Vibratório Interior?
Hoje, e cada vez mais, agora, eu vou insistir sobre a utilidade de saber isto ou aquilo.
Saber que Cristo ressuscitou, saber que ele foi crucificado pelos pulsos ou pelas mãos, vai alterar algo em seu estado Interior?
Toda a questão está aí.
A resposta, obviamente, é não.
Portanto, saber se Maria Madalena foi uma grande sacerdotisa, saber se Cristo teve realmente filhos (e ele teve), qual importância isso tem em relação à sua Vibração?
Isso vai aumentar as Vibrações do seu Coração, do sacro ou da cabeça?
Bem, obviamente que não.
Por conseguinte, será o mental que vai questionar, porque ele tem necessidade de definir a sua realidade presente em relação a uma realidade ‘histórica’.
Esta realidade histórica é, para cada um dos seres humanos presentes na Terra, apenas uma crença.
Ou porque vocês leram nas escrituras sagradas, ou porque outras regras lhes falaram disso, ou porque aquilo parece aceitável ao seu mental.
Que Jesus tenha os olhos azuis ou castanhos, o que isso muda no seu estado Interior?
Nada.
Hoje, é necessário verdadeiramente, pela agregação das partículas Adamantinas, compreenderem que este tipo de questionamento não fará avançar, como vocês dizem, o Schmilblick [objeto imaginário], não é?
Apenas o Coração é que faz avançar.
De fato, há frases codificadas que vocês chamam, que nós chamamos, de parábolas.
Essas parábolas, elas são essenciais, porque são atemporais e nada têm a ver com o desenrolar histórico da vida de Cristo, não é?
As parábolas são Vibração.
Mas a história de Cristo, e a história de suas escrituras, de nossas escrituras, foram tão transformadas, que não tem qualquer sentido tomar referências no passado.
Nós dissemos que a solução é Vibratória e ela está no instante do que vocês vivem.
Portanto, enquanto considerarem que há um salvador exterior, vocês não estão no seu caminho.
Por outro lado, se considerarem que Cristo representa um modelo Vibratório o qual vocês devam imitar, dado que Ele disse: «o que eu faço, vocês farão bem maior ainda», «eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida», vocês não têm que segui-lo como um cãozinho.
Vocês têm que se tornar Ele.
É assim que os místicos, tanto se identificaram com Cristo, que eles se tornaram Cristo.
Assim como eu, durante a minha vida, me identifiquei com o Sol: eu me tornei o Sol e eu carreguei a Vibração de Miguel.
É o mesmo princípio, hoje, que vocês têm que viver.
A identificação Vibratória, para além da história, é fundamental, porque ela os põe na Vibração, na Ressonância e na Verdade do que vocês vivem.
É necessário que aceitem que, cada vez mais, o mental será o seu pior inimigo, porque ele sempre vai querer afastá-los da Vibração e que, sem Vibração, vocês nada podem viver e que a única Verdade é a Vibração do Coração ou a capacidade para acender as Lareiras da cabeça, do Coração e do sacro.
Todas as referências históricas, se quiserem, têm uma importância para o mental, mas não têm importância em relação ao que vocês têm que viver.
A realidade, ela é Vibratória.
Quanto mais saírem da ilusão, mais vocês vão entrar na Vibração e na ‘Consciência Nova’.
É esse processo que é fundamental, hoje.
O resto são apenas interrogações que eu qualificaria, cada vez mais, de ‘supérfluas’, porque os afastam da Vibração.
Aqueles que vivem a Vibração e que vivem essas passagens na Consciência Unificada, apreendem o alcance das minhas palavras, porque é para além das palavras.
Ou vocês estão na Vibração, ou vocês estão na ilusão.
Cabe a vocês saber.

***

Não temos mais perguntas, agradecemos.

***
Então, caros amigos, eu fiquei muito contente em comungar com vocês.
Vejo mesmo que, cada vez mais, efetivamente, a Luz sobe e está cada vez mais presente.
É isso que permite desagregar o que resta da matriz.
É o que vocês observam por toda a parte na superfície da Terra.
Aqueles que têm ouvidos para ouvir e olhos para ver, que olhem.
Os outros nada vão ouvir e nada vão ver e dirão que tudo está normal.
Tudo está normal, sim, porque a Luz está retornando.
Mas não há continuidade, há um fenômeno de ‘descontinuidade’ que está se instalando sobre a Terra e ele será, a cada dia que passar, a cada semana que passar, cada vez mais evidente.
E recordem-se de que não é amanhã, não é em 21 de dezembro de 2012, mas é agora, e tudo acontece agora.
Quanto mais vocês estiverem centrados no Agora, no seu presente, mais vocês irão viver a Luz.
Não há alternativa.
Aqui, o ‘croûton’ Chefe transmite-lhes todo o seu Amor e todas as suas Bênçãos.
Eu espero, certamente, até amanhã, eu creio.
Eu lhes digo até muito em breve.

************

*

***

Mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:
https://issuu.com/ultimasleituras/docs/92-om_aivanhov-12_fevrier_2011-arti
12 de fevereiro de 2011
(Publicado em 14 de fevereiro de 2011)

***

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com
Postado por Célia G.

***

Transcrição e edição: Zulma Peixinho

************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário