UM AMIGO - 16 de maio de 2010 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Intervenção de um Iogue -
Embaixador da Divina MARIA





~ Sobre o YOGA CELESTE (respiração do Coração) ~

Eu sou UM AMIGO.
Do meu Coração ao seu Coração, da minha Essência à sua Essência, queridos irmãos, queridas irmãs nesta humanidade, recebam Graças, recebam Bênçãos.
Eu venho acompanhá-los, esta noite.
Iremos abordar, em uma primeira fase, se necessário para vocês, informações complementares relativas ao que tinha transmitido, desde pouco tempo, e que eu denominei ‘Yoga Celeste’.
Para aqueles que não me conhecem, eu sou, como vocês, um irmão humano tendo percorrido as vias da encarnação.
Por ocasião da minha última vida nesta Dimensão, eu vivenciei o despertar e o acesso à minha Consciência Ilimitada muito jovem e passei toda a minha vida estudando e vivendo esta Consciência.
Eu sou aquele, em meio à nobre Assembleia dos Melquizedeques, o melhor mesmo para lhes fornecer os mecanismos sutis do despertar do Coração, do despertar da sua Dimensão Eterna.
Assim como vocês vieram a este espaço, eu venho, neste espaço, porque a hora chegou, tanto para vocês como para nós, para estabelecer a conexão definitiva que irá sinalizar, para vocês, a título individual e também em escala coletiva, o fim da separação, o fim de todo o sofrimento.
Eu irei acompanhá-los, em um segundo momento, no seu espaço de meditação onde nós comungamos, onde nós iremos comungar pelo Coração, de Coração a Coração, de Essência a Essência.
Nós nos regozijamo, nós, Melquizedeques, como o conjunto e todas as Forças da Confederação Intergaláctica da Luz, disso que está vindo.
O que vem é Alegria, o que vem é festa, o que vem é entusiasmo.
Quanto mais vocês se regozijarem no seu Estado de Ser, em meio à sua densidade, mais vai estabilizar a Consciência Ilimitada no seu templo Interior, mais o entusiasmo estará presente, indo clarear a sua Vida, clarear o seu caminho, clarear os seus momentos finais em meio a esta Dimensão de uma Alegria e Bondade inefáveis.
***
Vários intervenientes muito mais prestigiados do que eu têm-lhes falado, por intermédio deste canal, sobre o papel do abandono à Luz, do papel do acolhimento da Vibração do Fogo do Coração.
Se vocês o desejarem, eu irei permanecer, de maneira muito prosaica, na análise Vibratória Energética desta Consciência nova.
Eu lhes transmiti as Chaves da ativação das cinco novas lâmpadas (*) conferindo-lhes a possibilidade de aceder primeiramente ao seu Estado de Ser, de aceder à Alegria sem objeto e em seguida, o tempo vivenciado, de poder colocar em prática as funções espirituais do acesso à sua Dimensão Eterna.
Sim, hoje, nós nos regozijamo porque a hora dos reencontros está próxima, muito próxima, em termos terrestres.
Nada é mais importante, hoje mais do que nunca, do que ir para a sua Essência, ao essencial, de encontrar o que vocês haviam esquecido e perdido, de reviver em meio à alegria, de se banharem na Consciência Una e Verídica do que vocês são.
Vocês escutam cada vez mais seguidamente as palavras: Ilimitado, Presença, Unidade, Alegria.
Nós os convidamos, todos nós, sem exceção, a se estabelecerem no seu Coração.
Esta tarefa, se assim o desejarem, é primordial para viver o que vem, o que está aí.
Então, eu me proponho a comunicar e a dialogar com vocês sobre este renomado coração, esta famosa Consciência, o papel da respiração, o papel do sangue, o papel dos batimentos cardíacos, o papel da energia e da Consciência existentes em meio ao Templo Interior.
Queridos irmãos, queridas irmãs desta humanidade que é a minha, eu estou agora a escutá-los, esperando poder lhes dar elementos que lhes pareçam importantes para ir ao que vocês são.
Eu os escuto.
***
Pergunta: Poderia nos falar sobre o trabalho relativo à respiração?
A respiração, o ar, é Vibração.
Assim como meu bem amado amigo Sri Aurobindo disse e repetiu: no princípio, era o sopro.
O sopro é o que anima a Vida.
O sopro, ilustrado na sua Consciência fisiológica pela respiração, deve hoje penetrar outra Dimensão de vocês, até o presente desconhecida, consistindo em perceber esse sopro e esta respiração, não unicamente pelo ar circulando no ar, mas pelo ar circulando nas suas células, na sua cabeça, diretamente e, sobretudo, no seu coração.

Existe, de fato, uma alquimia que se cria espontaneamente a partir do momento que a Consciência limitada começa o « switch » para a Consciência Ilimitada que faz que o sopro, que o ar que vocês inspiram, não passe unicamente nos seus pulmões, mas junte-se, também, de início, ao seu cérebro, por intermédio da ativação da Coroa Radiante da cabeça.

Por intermédio da ativação dos chakras Ajna e Shahasjara, produz-se uma ventilação direta, desde o nariz até o cérebro, sem passar pelo sangue e
 isso é importante.

Do mesmo modo, quando se ativa a Coroa Radiante do Coração, o ar dos seus pulmões passa no seu Coração e o seu Coração torna-se então respiração.

Vocês percebem, não mais unicamente os batimentos, mas a respiração:
 o Coração respira.

Isso não é uma alegoria, nem um símbolo, mas, sim, uma Verdade, vivida fisiologicamente.

Assim que o ar circular diretamente na sua cabeça e no seu Coração, então, a respiração ligada ao Fogo do Éter pode enfim se manifestar.

Nesse momento, a respiração percorre, literalmente, sem passar pelo sangue, o conjunto das suas estruturas.

Isso realiza uma etapa considerável no acesso permanente ao Ilimitado que lhes confere a capacidade para viver espontaneamente as primeiras etapas do Samadhi, da
 Alegria Interior.

Progressivamente e à medida que essa respiração ocorrer e se instalar no seu Coração, na sua cabeça, no seu sacro e no seu corpo, chega a vocês a possibilidade de entrar cada vez mais facilmente neste espaço sagrado do Ilimitado da Consciência.

Alguns de vocês, no período que se abre agora entre o encerramento da 7ª Etapa
 [17 de Maio] e o advento da Consciência Unitária [17 de Julho], vão começar a viver etapas cruciais correspondendo ao que, na minha vida, eu chamei de Maha Samadhi, o grande Samadhi, a capacidade para viver a dissolução da Consciência dentro do Todo, fazendo de vocês a Fonte Unificada à Fonte.

A respiração é um elemento motor porque é o ar que nutre o Fogo que irá, pela sua própria Inteligência, dissolver toda impureza em vocês, toda resistência em vocês, ligadas à Consciência limitada.

Hoje, isso se instala em vocês.

Desde que tenham cruzado as primeiras etapas dessa respiração, no Coração, as coisas tornar-se-lhes-ão espantosamente
 fáceis, espantosamente alegres, espantosamente simples.

Vocês serão então como a criança maravilhada que descobre algo que jamais viu.

Esta etapa de passagem da respiração no seu Coração é a garantia da sua capacidade para reconhecer e para integrar o
 Anúncio de Maria e o retorno de Cristo.

Mas, além desta redescoberta, é, antes de tudo, as suas próprias redescobertas com 
sua Verdade, com a Unidade.

Nós sempre lhes dissemos que não poderíamos jamais dar esse passo no seu lugar, mas que podíamos dar-lhes as ferramentas, comunicar-lhes os meios de ali chegar.

Muitos de vocês, hoje, sobre a Terra, abrem-se, não unicamente para a espiritualidade, mas abrem-se para a Verdade.

Hoje, a Humanidade inteira está convidada a viver isso.

Aí está o que eu tinha a lhes dizer sobre a respiração, sobre o papel do ar, em vocês, como animador da Vida, animador da Consciência, não veiculado pelo sangue, pela coloração da alma, mas
 diretamente pelo Espírito.


***
Questão: a respiração do coração provoca uma diminuição da respiração pelos pulmões?

Cara irmã, trata-se efetivamente de um princípio de ‘vaso comunicante’.

A respiração do Coração irá substituir a respiração dos pulmões.
Isso apenas se encerra no último limite da sua capacidade para manutenção nesta Dimensão.

O ar passando dos pulmões ao Coração é um agente motor incomparável.

É, aliás, por isso, que vários exercícios, dentro da minha cultura de origem, são apoiados sobre a respiração e que outros exploradores da Consciência, muito mais recentes, utilizaram a respiração para chegar a estados de Consciência modificados e alterados que era apenas o reflexo do Samadhi, mas que, entretanto, mostrou
 a capacidade da respiração para modificar a Consciência.

Esta experiência, este estado, são elementos que vocês serão levados a viver nas próximas semanas.

Muitos de vocês já o vivem, isso irá se amplificar.
A respiração confere a paz, a respiração confere a Alegria, a respiração nutre o Fogo e nutre o Coração.

Mesmo em meio à sua Consciência limitada, vocês são capazes de modular essa respiração, dirigi-la conscientemente para o Coração, fazer passar essa respiração, em Consciência e em Verdade, no Coração.
Trata-se aí de um meio rápido de permitir ao Fogo do Coração se manifestar, para aqueles de vocês que não o vivem ainda.

Lembrem-se também de que
 não há atraso, assim como lhes disse e repetiu o Arcanjo Miguel.

Os Casamentos Celestes permitiram a alguns seres ancorar a nova Consciência na Terra, mas
 jamais é demasiado tarde, até o último momento.

Tornar-se-á, aliás, cada vez mais fácil, viver esse Fogo do Coração e tornar-se-á cada vez mais difícil de ali resistir.


***
Questão: o yoga tradicional é ainda útil?

Caro irmão, cada yoga tem a sua utilidade.
Seja o yoga integral, o Kriya Yoga, o Siddha Yoga ou muitas outras formas de yoga, têm suas razões de ser e suas funções.

Hoje, eu lhes dei o ‘Yoga Celeste’ (*) porque, de algum modo, ele é um recurso que lhes permite experimentar e viver muito facilmente o despertar do Coração.

A Consciência Unitária está tão próxima de vocês que mesmo o mais simples exercício de Pranayama Yoga pode permitir viver esse Fogo do Coração.

Não esqueçam, tampouco, mas eu voltarei nisso, que a disposição do Espírito, chamada de
 Abandono à Luz, é crucial.

Qualquer que seja a técnica ou o yoga,
 se vocês não estiverem no abandono, vocês não irão viver a passagem do ar no Coração.

Muitos, aqui e em outros lugares, poderiam testemunhar-lhes o que eles vivem hoje.
O que eles vivem pode ser colocado em palavras, mas é a vocês que cabe colocar na experiência, não permanecer nas palavras ou em uma técnica como outra.

Hoje se abre a vocês a possibilidade, que irá acentuando-se, para alguns povos, para algumas regiões do globo, de aceder a este Ilimitado e de viver a dissolução da Ilusão, em toda Consciência.

Lembrem-se também de que esta Terra tem necessidade de que muitos de vocês permaneçam sobre esta Terra durante este período.

Este período será fácil, no Fogo do Coração, muito fácil, contrariamente ao que o 
seu mental poderia fazê-los crer.
Mas, obviamente, se o mental dirigir a sua vida, isso será muito difícil, para não dizer outras palavras.No Samadhi, tudo é fácil e tudo vem a vocês pela Graça.
Absolutamente tudo.

No estado em que a Coroa Radiante do Coração estiver ativada, nem um fio de seu cabelo será tocado.

Não esqueçam que aqueles que foram chamados de
 Anjos do Senhor colocaram o pé na terra.

Quanto a nós, de Dimensões Unificadas bem além da 3ª Dimensão, estamos muito próximos, muito próximos de vocês.

Cada dia que passa nos aproximamos uns dos outros.

É inexorável e isso não sofre qualquer atraso.
Tudo está no lugar, todas as rodas se encaixam, todas as peças se encaixam.
Viver nesta alegria é fácil, muito fácil.

O que quer que aconteça, o que quer que chegue, vocês não são mais afetados, devido à presença da Alegria.

Quando digo que isso é crucial para vocês, isso o é.
É aliás a única coisa crucial, porque em meio a esta coisa, encontra-se todo o resto.


***
Questão: o que é chamado de coerência cardíaca corresponde a esta respiração do Coração?

Bem amada, cara irmã, o que acaba de expressar alcança o essencial da sua fisiologia.

Alguns cientistas da sua Terra descobriram, há pouco tempo, que efetivamente existiam técnicas que utilizam tecnologias que permitem colocar em sincronia o Coração e a respiração, a fim de modificar e de tornar coerente o ritmo cardíaco.

Essas técnicas eram conhecidas, obviamente, dos iogues, desde muito tempo.

Eles lhes tornaram acessíveis pela tecnologia, mas, assim que se retire a tecnologia dos seres que se submetem a essas técnicas, isso desaparece.

Não é, portanto, uma abertura real do Fogo do Coração.

Isso é um sucedâneo que jamais permitirá viver o Samadhi, mas permite aproximar de um estado de serenidade, de um estado sem tensão, sem estresse, bem real, mas que jamais persiste, enquanto que
 na Coroa Radiante do Coração, despertada por vocês mesmos sem a ajuda ou o aporte de uma tecnologia eletrônica, vocês terão a capacidade para gerar este estado, cada vez mais facilmente, sem ter necessidade de controlar ou de dominar o seu Coração, porque nesse caso da tecnologia, vocês dominam, vocês controlam.

No caso do despertar da Coroa Radiante, vocês não controlam, vocês não dominam,
vocês se abandonam.

O que explica o estado de permanência obtido, assim que o Samadhi é iniciado, à vontade, o que não é absolutamente o caso, para o que vocês chamam de coerência cardíaca.

Os seus cientistas sabem, entretanto, pertinentemente, que a coerência cardíaca modifica a resistência ao estresse do indivíduo, modifica o sistema imunológico, de maneira formal, melhora a longevidade, mas, ainda uma vez, isso não confere o despertar.


***
Questão: isso pode provocar uma dor violenta no peito?

Cara irmã, quando da primeira fase da abertura da Coroa Radiante do Coração, ativa-se o que é chamado de 9ª lâmpada
 [corpo de irradiação do divino].
Esta 9ª lâmpada está diretamente ligada ao corpo ou à manifestação do Samadhi.
Esse 9º Corpo está situado entre o que é chamado de chakra do Coração [Anahata] e o Vishuddha chakra, o chakra da garganta, sobre um ponto específico, situado, portanto, acima do Coração.

Quando esse ponto se ativa na minha Presença, isso assinala a
 ativação da Coroa Radiante do Coração.
Esta ativação pode se refletir por uma violenta dor em barra no peito, indo depois desse ponto e lateralmente para criar esta barra até o que é denominado ‘chakra de enraizamento da alma e do Espírito’ [pontos bilaterais de acupuntura ST14 – Estômago 14 – situados em uma região de cerca de 7 cm de diâmetro sob as clavículas] (**).

Isso dá, portanto, uma dor em barra, no peito, com uma sensação de constrição, ou mesmo de morte.

Mas isso não é a morte, é a Vida.
Quando a dor ceder, naquele momento, a Coroa Radiante estará definitivamente ativada.


***
Questão: na respiração do coração, como se desenrolam as fases de inspirar e expirar?

Isso se faz de maneira muito simples.
A boca está sem tensão, portanto, ligeiramente entreaberta.O inspirar e o expirar se faz de boca aberta, não voluntariamente, mas por simples relaxamento dos músculos da mandíbula.

O ar penetra então, livre e indistintamente, pela boca e pelo nariz e inspirando este ar que se inspira automaticamente, ainda uma vez, sem controle.
O único ato da Consciência é dirigir essa respiração, não para os pulmões, não para o ventre, mas diretamente na região do chakra do Coração.

Isso será suficiente, na maioria das vezes, ajudando-se, se quiserem, da primeira postura do ‘Yoga Celeste’ (*), para ativar em vocês esta 9ª lâmpada, esse 9ª corpo, permitindo iniciar a respiração do Coração.

Não há nada para guiar e para dirigir, é a sua própria Consciência que dirige o ar, mas não pela respiração. Somente o ar.

Vocês não têm que decidir inspirar durante tanto tempo e expirar ao final de tanto tempo.
Isso é diferente do pranayama, certamente.
Isso consiste simplesmente em observar a respiração, com a boca aberta, e simplesmente dirigir esse fluxo ao meio do peito, no nível do Coração e do chakra do Coração.
Nada mais.

A partir dos primeiros instantes da ativação, seja do 9º corpo, seja da Coroa Radiante, vocês irão perceber os efeitos no nível da sua Consciência e no nível da Alegria.

Alguns seres podem manifestar, naquele momento, um sentimento bem real, mas muito transitório, de morte iminente.
É efetivamente de uma pequena morte que se trata, mas, muito rápida, a Alegria irá preenchê-los, muito, muito depressa.

Vocês podem se ajudar, também, durante esta respiração, de movimentos de oscilação frente/atrás e atrás/frente da sua cabeça, permitindo liberar em vocês as zonas do parassimpático situado no nível cervical e nas zonas laterais do seu pescoço e do chakra da garganta, permitindo limitar, assim, a influência das emoções e a influência do seu próprio mental sobre esta técnica da respiração.


***
Questão: ao que corresponde o fato de ter a impressão de faltar ar?

Bem, basta fazer passar o ar pelo Coração.
Obviamente, eu os preparo para o trabalho que vamos inicializar juntos, às 19 horas (hora francesa – 14h em Brasília).

Vocês podem bem imaginar que eu não vim sozinho.


***
Questão: os sons que podemos então ouvir, são os sons do Cosmos?

Cara irmã e bem amada, quando o ar passa ao nível do Coração, quando a respiração do Coração começa a se instalar, constrói-se, do mesmo modo, uma ponte de Luz, unindo a personalidade à alma e ao Espírito que, no Vedanta, chamávamos de Antakarana, sobre o que Patanjali tinha, à sua época, como imortal, perfeitamente descrito as rodas.

Existem diferentes sons percebidos nos ouvidos, em função da sua capacidade para aceder a alguns estados de Consciência e a alguns estados Vibratórios.

Existem, na verdade, 7 sons diferentes que traduzem diferentes etapas no caminho.

O som do Cosmos é aquele que precede o que o Arcanjo Miguel lhes anunciou há quase um ano.

Esses sons refletem simplesmente o contato, fazem parte do que chamaríamos de siddhi ou poderes da alma, representam os sons da alma e do Espírito denominados também Nada.

Eles são, portanto, o testemunho e o marcador da passagem da respiração no seu Coração, mas também da passagem da respiração nesse novo chakra diretamente ligado, ele, à 10ª lâmpada
 [corpo de comunicação com o divino] situada acima da garganta e antes do queixo, correspondendo ao emprego da clariaudiência, do Antakarana e da conexão com a alma e com o Espírito.

Algumas formas de yogas induzem, aliás, como o Kriya yoga, meditar sobre esses sons.
Eram técnicas perfeitamente conhecidas dos iogues para amplificar a respiração da Consciência.
É por intermédio deste Antakarana pessoal, individual, que se constrói também um Antakarana coletivo ilustrado pelo 'arco elétrico' que existe entre a Terra, a magnetosfera terrestre, exatamente, e o Sol.Esse ponto de comunhão irá permitir, quando chegar a hora, o Anúncio de Maria e o retorno do seu Estado de Ser.

Trata-se da mesma construção que vocês vivem individualmente, no nível coletivo.


***
Questão: o som SI é uma nutrição sutil?

Por que não?
Mas o que nutre não é o som.
O som é apenas o resultado da circulação da respiração.
O que os nutre é a respiração e o Fogo.


***
Não temos mais perguntas, agradecemos.
***
Do meu Coração ao seu Coração, vou agora me retirar.
Recebam todas minhas Bênçãos e toda a Alegria que lhes for possível despertar.
Eu os deixo terminar.

Do meu Coração ao seu Coração.
Com todo meu Amor.

************
(*) - ‘Reunificação dos 5 novos Corpos’ (Yoga Celeste) [Protocolo]:


*
- ‘Os cinco novos Corpos Espirituais’ (Aïvanhov – 09.05.2009):




***
(**) Fontes:
- ‘Batismo do Fogo’ (Arcanjo Miguel – 10.01.2010):
“... colocar suas mãos de cada lado do seu Coração, e em deixar assim suas mãos, para ativar em vocês o Fogo do Amor (ndr: as mãos são abertas em forma de cálice, com as palmas voltadas uma para a outra, a cerca de 20 cm uma da outra, os dedos em direção ao céu, os polegares posicionados, em toda sua extensão, na cavidade sob as clavículas, no eixo dos mamilos – pontos de enraizamento da Alma e do Espírito, ou ainda pontos de acupuntura 14 Estômago).”
*
- ‘Meditação Direcionada para o Coração’ [Protocolo]:



*
- Meridianos de Acupuntura:
***
Mensagem do Venerável UM AMIGO no site francês:


16 de maio de 2010
(Publicado em 25 de maio de 2010)
***
Versão do francês:
- Mensagem: Zulma Peixinho

- Perguntas e Respostas: Célia G.
Postado por Célia G..
***
Transcrição e edição: Zulma Peixinho

************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário