RAPHAEL - 8 de outubro de 2009

Clique aqui para comentar esta publicação







 Eu sou Rafael, Arcanjo.
Almas Humanas na encarnação, eu lhes transmito as minhas saudações, eu lhes transmito o meu Amor.
Eu venho a vocês para, talvez esclarecer, certo número de conceitos em relação com minha função e o que eu sou, em seu mundo, neste período.

Eu fui chamado de Arcanjo da cura. Como Arcanjo da cura, eu sou a Consciência que vai lhes permitir apreender e superar sua condição de dualidade, a fim de conduzi-los à porta da Unidade.

Sua vida se define, o mais frequente, nesta densidade, como uma alternância.
Eu falarei, se o quiserem, do meu domínio.
Frequentemente, os Seres Humanos me chamam para passarem do mal estar para o bem estar.
E como vocês o sabem, nesse mundo, tudo alterna e é difícil manter sua vida durante o bem estar. E vocês oscilam entre mal estar e bem estar. Entre bem e mal. Entre saúde e ausência de saúde.

A saúde é uma problemática importante, senão essencial, em sua densidade.

A dualidade participa, em sua constituição, e em sua separação mesmo nesta densidade em que vocês vivem, do princípio de alternância de mal estar e bem estar. Não pode haver coisas duráveis.

Em todas as dimensões, mas particularmente em sua dimensão dissociada, a única maneira de encontrar e viver o bem estar durável é sair desta condição de dualidade, de sair do efêmero, para entrar na Eternidade.

A Eternidade é movimento e eu intervenho, como Arcanjo, essencialmente, sobre a esfera vibratória ligada ao que vocês têm tendência de chamar ego ou astral.

Minha Radiância é o verde, cor do equilíbrio e da cura.

***



Encontrar e viver a ausência de mal estar não pode acontecer, de maneira definitiva, encontrando o bem estar, mas estabelecendo a sua Consciência além desta alternância.

Então, é complicado?
A primeira resposta é sim, já que mesmo seres extremamente evoluídos sofreram. Eu não falo de sofrimentos emprestados a outros, por um fenômeno místico de endosso de Carma, como algumas almas foram capazes de manifestar.

O ser humano tem frequentemente procurado a relação existente, com relação a um mal estar a identificar, quer isso seja na matéria ou ainda em funcionamentos mais sutis, emocionais, mentais e psicológicos, a causa de um mal estar, nesta dualidade dissociada.

Vocês estão dissociados da Unidade, da Fonte, mas vocês não estão dissociados dos outros, do ambiente.
Por intermédio do que é chamado astral ou emoções, vocês se banham num banho Vibratório participante da alteração e do mal estar. Então, vocês procuram, de acordo com suas crenças, segundo suas percepções, segundo suas intuições, os remédios para o mal estar. E vocês os encontram.

A uma determinada queixa corresponde uma determinada causa e uma recuperação vem. Isso se estabelece de maneira habitual no desenrolar de suas vidas.

***



Hoje, pela Graça da Fonte e pela Graça de nosso Conclave, vocês têm a possibilidade real de superar a alternância mal estar/bem estar.
O que sugeri por «ser liberado de contingências da matéria» não significa, obviamente, deixar esta matéria, no momento, mas transcendê-la, ultrapassá-la, ainda estando aqui agora.
Quer dizer que a Consciência deve situar-se em um outro lugar, ainda mantendo esse corpo e esse Espírito nesta densidade, correspondendo, ponto a ponto, ao que disse Cristo: «você está nesse mundo, mas você não é desse mundo».

Hoje, lhes é ofertada a Verdade e portanto a cessação da alternância entre mal estar e bem estar. Como? Parando de jogar o jogo da dualidade.

Hoje, o homem redescobre, em todos os setores de sua vida, que não tem necessidade de algo do exterior.
Isso é válido nos mundos espirituais.
Isto é válido, mesmo se vocês são interdependentes, em todas as esferas de suas vidas.

No que concerne a sua intimidade própria, esse corpo que habitam, esse Espírito e essa alma que vocês manifestam, devem, eles também, encontrar a Unidade, a fim de escapar aos condicionamentos desta matéria, no princípio de dualidade dissociada, fazendo alternar, por força de resistência, o princípio do bem estar / mal estar.

***



A Fonte, além de seu bem estar ou de seu mal estar, que proporciona um estado diferente desta alternância, é o estado de Ser.
Mesmo na personalidade, lhes é preciso, literalmente, desbloquear suas crenças a fim de liberá-las, a fim de não mais estar sob a influência dessas referidas crenças.

Ao nível de seu ser, com relação ao bem estar e ao mal estar, em definitivo, tudo é crença. Se você crê, e biologicamente isso pode ser, que você é intolerante a tal tipo de produto, isso manifestar-se-á.
Obviamente, não basta não crer para que esta intolerância desapareça, porque isso ainda fará prova da dualidade.

Ao nível do funcionamento desse corpo, no qual evoluem esta alma e este Espírito, você deve passar, mudar de Vibração e de Consciência, a fim de fazer beneficiar esse corpo habitado por esta alma e este Espírito, num outro estado.

Vocês têm sido habituados, nesta vida e em suas múltiplas vidas, a lutar contra ou a fazer com.
Vocês têm sido habituados a se oporem à doença, mesmo adotando técnicas ditas suaves, fortificando o corpo, a vitalidade, a alma ou o Espírito, a fim de não mais lutar contra, mas vocês aumentam.
Isso é um bom caminho, mas não o suficiente.

A invulnerabilidade e a incorruptibilidade pode se encontrar, agora e doravante, nesta densidade. Necessita que vocês elevem a crença que rege esse corpo, esta alma e este Espírito, nesse corpo e nesta vida.

Obviamente, as limitações da dualidade não podem se apagar em um minuto. Elas se apagam em um minuto ao nível da alma e do Espírito, mas toma certo tempo para manifestar-se ao nível desse corpo. Entretanto, é preciso tomar o caminho e a Consciência neste caminho.

Na sua língua francesa, vocês têm, por justa razão, assimilado doença (maladie) a mal-à-dire (trocadilho). Isso foi certo mas, entretanto, não basta para sair do princípio de doença e de saúde. Isso foi um caminho, o mesmo que os remédios de Vibração, desde o magnetismo, passando pela homeopatia e inúmeras outras técnicas e remédios, fizeram um caminho permitindo-lhes reencontrarem-se frente à última revolução que é, fundamentalmente, esse corpo, a alma e o Espírito que ali estão, são incorruptíveis.

***



Mesmo na Ilusão e na matriz desse mundo, esse corpo revela uma perfeição já que cada uma das partes desse corpo, cada um dos órgãos, cada uma das funções existentes, vem de um plano bem superior e é, de qualquer modo, uma emanação de um princípio causal, escapando à dualidade e manifestando-se, entretanto, nesta dualidade.

Sobre o plano fisiológico e psicológico, a doença e a alternância doença/bem estar está ligada à insuficiência de reconexão com a Unidade do ser, realizada em dois lugares: ligadas ao plexo solar (força astral) e plexo cardíaco (força do Amor), em relação com o que vocês chamam timo atrofiado, na idade adulta, pelo seu afastamento da Fonte.

Quando o Ser está em Unidade, quando vocês realizam a Unidade do Ser, mesmo nesta personalidade, não pode haver doença, nem bem estar. Há Ser. Toda noção dual desaparece.

Vocês fazem todos, sem exceção, a experiência temporária desse estado específico em que nenhum questionamento do corpo, desta alma e deste Espírito no corpo se manifeste â Consciência.
Não existe qualquer desconforto no corpo, na alma e no Espírito, na implantação de sua Vida, mesmo nesta densidade.
Esses instantes são momentos privilegiados que, obviamente, vocês repararam. São esses instantes em que vocês estão no Estado de Ser que são chamados agora a se desenvolverem e a se tornarem o seu quotidiano, contanto que vocês tenham suprimido as crenças opositoras, não por uma vontade qualquer de compreensão mas, muito mais, como um ato de transcendência e de superação.

***



Eu trabalho, de maneira um pouco mais específica, sobre este planeta, desde dois anos, a fim de favorecer em vocês, de maneira muito silenciosa, o acesso a este estado.
Eu sou a Consciência que sustentou e que sustenta a passagem da separação à Unidade, do ego ao Coração.

Então, se vocês quiserem, vamos juntos vibrar sobre a frequência da Unidade, sobre a frequência da passagem do ego ao Coração, da dualidade à Unidade, da alternância bem estar/mal estar ao Ser.

Aí estão algumas frases que quis depositar em Seu Ser, a fim de fazê-los modificar seus paradigmas quanto à doença. O sistema imunológico da humanidade, a resistência mesmo do ser humano, apesar das substâncias químicas que vocês ingerem, cada dia, sem mesmo o saber, não permitiram deter a progressão para seu ser porque este é seu destino, porque este é seu caminho, neste final de ciclo, que é reencontrar um estado além do bem estar e do mal estar.

Certamente, alguns dentre vocês vivem ainda períodos difíceis.
Abrem-se, com efeito, espaços de resolução podendo por vezes ter a nitidez de uma dor aguda e uma tomada de Consciência aguda, do que há a mudar, nesse corpo e na alma e no Espírito que habitam.

A doença faz parte desse plano, devido ao fato mesmo do jogo da Sombra e da Luz. A partir do momento em que a Sombra é dissolvida, associando os mundos Unificados, a doença cessa por si.

Eu lhes proponho realizarmos juntos este espaço vibratório. Eu os agradeço de terem prestado atenção a essas palavras. Eu lhes peço agora que prestem atenção à Vibração.


... Efusão de energia ...


Eu lhes agradeço pela atenção e acolhimento. Recebam a paz. Eu lhes digo até mais tarde, no Conclave e na Radiância dos Arcanjos, reunidos.



************


Mensagem do Bem Amado ARCANJO RAFAEL no site francês:
08 de agosto de 2011
(Publicado em 09 de agosto de 2011)

***



Versão para o português: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com


***


Transcrição e edição: Andrea Cortiano e Zulma Peixinho
http://portaldosanjos.ning.com

************

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário