PHILIPPE DE LYON - 16 de julho de 2012 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação









~ A Vida em CRISTO ~

Eu sou o Mestre PHILIPPE DE LYON.
Irmãos e Irmãs em CRISTO, Bênçãos e Amor.
Eu me expresso, enquanto Melquizedeque da Terra, pois é sobre esta Terra aí onde vocês estão presentes, que se vive o Encontro com quem vocês São.
Eu vou tentar exprimir o que é a Vida em CRISTO, muito além do que pôde ser escrito, mas bem mais como um ideal: ideal de perfeição, de Amor, que não é para seguir como uma imagem ou um ídolo, mas, sim, para Ser, que isso seja Desposando-o (como as Estrelas lhes disseram), que isso seja imitando-o, seguindo os seus passos, sem segui-lo, exteriormente, através de uma ideologia ou de uma crença.
Ou seja, tornarem-se, vocês mesmos, o Caminho, a Verdade e a Vida.
Ser o Alfa e o Ômega, não mais estar limitado ao que é absolutamente evidente, mas, sim, transcender o que vocês são, aí onde vocês estão, e descobrir este último Amor, Absoluto e Eterno, levando-os a Ser, além de toda crença.

***


A Vida em CRISTO é tornar-se um Coração ardente, um Coração Transparente, que não tem mais necessidade de se fixar ele mesmo em contextos, em limites, que não tem mais necessidade de se justificar, enquanto pessoa, enquanto vida.
É encontrá-lo, como Filho Ardente do Sol, o Príncipe Solar.
Abrasando, na consciência e nesta matéria, tudo o que deve sê-lo.
Forjando, em vocês, a Transparência e a incorruptibilidade, não segundo os seus critérios, mas segundo os critérios d’Ele.
O Amor indefectível da Verdade, muito além da verdade deste Mundo.
Fundação, absoluta e inabalável, na Confiança, não em vocês, mas nesse Princípio.
Não ser afetado por qualquer injustiça, mas denunciá-la, não para agir e desafiá-la, mas para iluminar.

***


Viver em CRISTO é manifestar a potência total (sem poder) do Dom do Amor d’Aquele que se doou e que não pensou em si, d’Aquele que é, sobre a Terra, o menor, o mais insignificante, o mais inexistente, mas que É o Tudo, além da insignificância.
É render Graças à Presença d’Ele, render Graças à presença de vocês, onde se forja a Permanência, a ausência de dúvida e a ausência de medo.
É viver o Êxtase da renúncia.
É viver a Paz da certeza, não imaginada ou pensada, mas realmente encarnada nesta carne, porque superando esta carne.
A matéria se transforma (do conjunto deste Universo) pelo Princípio Solar KI-RIS-TI, pela promessa de um Retorno, em vocês.
 Se vocês cederem a Ele todo o lugar, não sendo mais nada sobre este mundo, então, vocês estarão plenos e preenchidos.

***


O Apelo de MARIA desenrola-se ao mesmo tempo em que o Retorno.
Há apenas que Ser.
Há apenas que ceder o lugar.
Além de qualquer pedido, de qualquer vontade.
Os encontros que vocês vivem são os ressoadores da revelação d’Ele, como a de vocês.
CRISTO não se importa com as suas proezas ou realizações.
Ele vem, simplesmente, estender-lhes a mão e lhes dizer: “você amou?”, “você é Amor?”.
Ele corta, pelo Fogo do Amor, pela Sua ardência, elevando o seu Sopro, a sua alma e o seu Espírito, no Sopro d’Ele de Amor ardente, que ilumina e consome tudo o que ainda pode ser um freio.
Como o Apelo de MARIA, Ele vem lhes dizer: “Desperte, não tenha medo”.
Ele vem, como tantos outros, como todos nós, Casar-se com vocês, a fim de que vocês não dependam mais de outra coisa senão de vocês mesmos, na Graça e na Ação da Graça.
Ele os quer nus, sem se mostrarem e sem artifício, sem subterfúgio, restituindo-os à sua Liberdade.
Ele vem assistir à sua Liberação, convidando-os a olhar, além de qualquer pessoa, a Luz, para vivê-la, para encarná-la, para elevar esta matéria, Liberar esta matéria.
Ele vem livrá-los das leis.
O Sol tem encontro com vocês, porque vocês têm encontro consigo mesmos.
Tudo o que é aparência e aspecto irá desaparecer: vocês irão permanecer nus.
Não há qualquer espaço, qualquer local para se esconder da Verdade, da Verdade do Amor, não como vocês gostariam disso, mas como isso sempre foi e sempre o será.

***


Viver em CRISTO é descobrir a força inquebrantável, é viver o Amor na sua inteireza.
Ele vem lhes dizer: “você é verdadeiro?”.
Vocês querem se elevar, encarnando-se, encarnando o que vocês são realmente?
Aí está a Ascensão.
Nenhum discurso, nenhum olhar, nenhum ato pode ser escondido ou se esconder da iluminação do Filho Ardente do Sol.
Todos os elementos Interiores que vocês vivem, aí onde vocês estão, são, para nós, o Apelo da Luz.
O Apelo vai se tornar cada vez mais premente, insistente, perguntando a vocês, sem parar, com insistência: “onde você está?”, “quem é você?”.
O Apelo de KI-RIS-TI, nós o realizamos juntos, vocês todos, e nós todos, na mesma Unidade, depois de ter acolhido e possuído a Luz.
O tempo do Apelo é aquele do Ser, da Luz, do Ser de Luz, é nada mais deixar de vestígio, de satisfação como de apego.

***


A Terra, a sua Terra, este corpo, vivem o encontro com a Luz.
Este Encontro forja o que não foi forjado no inabalável do Amor da Verdade.
O que muda, em vocês, como o que resiste, em vocês, apenas reflete o seu modo de viver o Apelo.
O modo que vocês ali respondem, manifesta-se, ou não, pela leveza e pela facilidade do Coração, pela qualidade do Êxtase.
A resistência a isso, ela própria, é bendita porque ela deixa-se ver o que é a sombra, não para julgar o que quer que seja, mas, sim, para clareá-la.

***


A Vida em CRISTO significa (nesses tempos específicos) ser capaz de mostrar e de demonstrar a humanidade, a sua humanidade.
Encarnando-a, vocês se elevam.
Da sua capacidade para viver o que a sua vida, mesmo ilusória, deixa-se viver, vocês mostram a sua força de Luz, a potência do Amor, onde não existe qualquer lugar para o mínimo poder, para a mínima ascendência sobre alguém.
CRISTO vem lhes dizer: “você é Livre?”, “você me Ama?”, “será que você se Ama?”.
Com uma iluminação tão potente que não deixa qualquer dúvida, qualquer espaço, para a dúvida sobre a Verdade.
Viver em CRISTO, nesses tempos que vocês vivem, é a ocasião de vocês mostrarem a sua Verdade e de estimá-la na Verdade Absoluta.
Viver em CRISTO é Ser Amor, muito além de toda contingência e de todo apego.
É emanar a Verdade, não mais estar submisso a outra autoridade senão à sua própria, em CRISTO.

***


Os tempos que vocês vivem, encarnados, são os tempos do milagre, em sua acepção a mais forte.
O Retorno à Vida e à Verdade é o único caminho possível.
Vocês são o Fogo do Amor, o Fogo da Eternidade.
Vocês são o abrasamento da Alegria.
Vocês são o que É.
Acolhendo isso, vocês próprios se acolhem.
Os mecanismos da sua consciência, vivenciados com mais ou menos intensidade, no ano que acaba de transcorrer, foram muitas maneiras de se aproximar d’Ele, como Ele se aproxima de vocês.
 É neste período que a ilusão do tempo e do espaço vão lhes aparecer.
Este aparecimento da alteração do tempo e do espaço irá conduzi-los a Ele.
Os seus Encontros com os Duplos, consigo mesmos, com o Sol, com qualquer Irmão e qualquer Irmã encarnado nesta carne, e aberto à Verdade, são muitos argumentos para lhes dizer: “isso é agora”, além de todo tempo, tornando-os permeáveis à Verdade, às nossas Presenças e à Presença d’Ele.

***


O que se desenrola, nesse momento (que é a mesma coisa para cada um), é vivenciado de múltiplas maneiras, segundo a iluminação que é a de vocês, segundo o Abandono ou o não Abandono, segundo a resistência ou a não resistência.
Mas cada um, agora, recebe exatamente a mesma parte de Luz, a mesma parte da Presença d’Ele.
A diferença vivenciada vem apenas de vocês e de nenhuma outra circunstância ou elemento senão de vocês.
Enquanto representante do elemento Terra, KI-RIS-TI está aí.
Há apenas uma questão a se colocar e apenas uma: aquela da Liberdade.
A Liberdade passa pela Graça, pelo Coração, pela Onda da Vida.
Então a Luz vem lhes dizer: “você é Livre”.
Nenhuma contingência pode persistir, a não ser o Amor.
É a isso que vocês são chamados, nesta carne.
Fazer a experiência do outro, fazer a experiência de todos os outros, é a Vida em CRISTO, além mesmo de todo serviço, além mesmo de toda benevolência e de toda atenção, porque sendo o outro, não é necessário existir benevolência, ou o que quer que seja mais, porque viver isso é Ser Amor.
Viver em CRISTO é se colocar no lugar de cada um, assim como de todos, não como um ideal ou como uma compaixão, mas, sim, vivendo isso, realmente, inteiramente.

***


Eis as poucas palavras e as Vibrações que, enquanto Melquizedeque da Terra, eu devia transmitir a vocês.
Não façam destas palavras e desta Vibração um ideal ou um objetivo, mas, sim, a sua Verdade, que é a Verdade comum.
Não vejam, tampouco, alguma adesão a qualquer religião, mas, sim, algo de universal, levando-os a admitir e a viver: “eu e meu Pai somos Um”.

***


Filhos da Lei do Um, do Amor e da Liberdade, eu sou o Mestre PHILIPPE e eu os abençoo, em CRISTO e na Eternidade.
Assim será a minha saudação.
O Coro dos Anjos junta-se a mim.
Até logo.



************


Mensagem do Venerável PHILIPPE DE LYON no site francês:
16 de julho de 2012

***


Tradução para o português: Zulma Peixinho


************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário