O.M. Aïvanhov - 15 de maio de 2010 - (INÉDITO ÁUDIO ORIGINAL)

Clique aqui para comentar esta publicação




Nota MA: Um presente para todos nós: Inédito áudio original do nosso querido comandante. E serão dezenas de áudios que serão liberados aos poucos pelo Sr. Louis do blog Les Transformations.

Áudio da Mensagem Original em Francês

Link para download: clique aqui

E bem, caros amigos, estou extremamente contente de reencontrá-los e de ver também que, nesta sala, pela primeira vez, há casulos de Luz que jamais vi.

Então, inicialmente, deixem-me apresentar-me.

Para aqueles que me conhecem, eu sou o chefe Tranquilo.

Para aqueles que não me conhecem, chamem-me Omraam ou Mikaël, como quiserem.

E para aqueles que não me conhecem, eu intervenho sempre com vocês em questões-respostas, porque adoro fazer girarem as bicicletas [mental] nas cabeças, vocês compreenderão em breve.

E, a um momento dado, eu lhes pedirei para descerem da bicicleta para um pouco mais de seriedade, para viverem o que me é permitido dirigir, pela primeira vez, as suas meditações habituais.

Habitualmente, são grandes sábios da meditação que vêm com vocês, sejam as Vibrações dos Melquizedeques, como de Um Amigo, como de Sri Aurobindo ou de outros.

E essa noite serei eu.

Vocês irão provar da minha Presença, como se diz.

Então, caros amigos, eu os saúdo e ouço agora, com interesse, certamente, todas as questões que vocês têm a me submeter.

Eu lhes transmito, certamente, todo o meu Amor e todas as minhas saudações.

Vamos, quem começa a girar a bicicleta primeiro?

Questão: diz-se que a Terra seria um planeta denominado alternativo. Paralelamente, existiria o planeta real, sobre o qual seríamos transportados durante o nosso sono.

Há quem escute muito Walt Disney, não é?

E por que não?

É uma visão particular.

É certo que vocês serão transferidos de uma cadeira para outra.

Como lhes digo sempre, vocês têm as nádegas entre duas cadeiras e um mundo se acaba e outro vai aparecer.

Então, obviamente, pode parecer, como dizer, sedutor dizer que há outro planeta, onde não há mais rapazes vilões, onde apenas animais muito gentis e humanos muito gentis que os esperam.

Bem, isso acontecerá não completamente assim.

Então, é muito sedutor dizer que há, em outra parte, outra Terra.

Mas o outro universo está sendo construído.

Se quiserem, é como lhes disse Um Amigo: uma lagarta está morrendo – que é a Terra atual – para deixar o lugar para a borboleta.

Mas a borboleta e a lagarta não existem ao mesmo tempo, certamente.

São tempos sucessivos, sem isso, qual é o interesse de viver na lagarta se vocês pudessem ser imediatamente borboleta?

Expliquem-me.

O que os impediria de irem diretamente ao lugar onde tudo é belo e magnífico, não é?

O que explicaria que as duas realidades iriam coincidir no mesmo espaço, no mesmo tempo?

Então, são tempos ou Vibrações e Dimensões sucessivas, em meio mesmo à sua temporalidade.

Então, talvez os médiuns tenham tido acesso a esta nova Terra, a esses modos de funcionamento, dizendo-lhes que esta nova Terra esperava a Consciência de novas Dimensões.

Mas isso é uma distorção ultra temporal.

Quer dizer que esta Terra está nascendo.

Ela não está constituída.

A lagarta vai deixar sua pele.

Eu empreguei, se minhas lembranças forem boas, no ano passado, no mês de março, a expressão de Planeta grelha: para que a lagarta se torne borboleta, é preciso que a grelha faça desabrochar a borboleta.

Mas a lagarta não existe ao mesmo tempo que a borboleta. Isso é importante compreender.

Agora, que seres humanos tenham tido acesso a esta outra Terra, é completamente possível.

Mas é uma visão que pode parecer interessante e que pode ajudá-los, efetivamente, a focalizarem-se sobre o que vem, ao invés do que sobre o que é antigo.

Mas não percam de vista que, enquanto forem descrições exteriores, que podem ajudá-los a um dado momento, não é a realidade do que vocês vivem.

Eu insisto fundamentalmente nisso.

O importante é o que vocês vivem.

Cada vez mais será necessário mover-se do que vocês leem.

Será necessário mover-se de tudo o que creem, assim, porque isso lhes dá prazer, porque isso lhes convém.

É preciso verdadeiramente que vocês entrem na experiência, ou seja, que voltem o seu olhar, que era exterior, para o Interior.

De todo modo, em breve, vocês não terão mais a oportunidade de voltar o seu olhar para o exterior, tanto que isso será esquisito.

Questão: você parece confirmar que haverá o planeta grelha?

Isso foi confirmado desde muito tempo.

Os maiores sábios, em todas as escrituras, já sabiam disso.

Não é uma confirmação. É uma evidência.

Questão: então, em que momento do nosso tempo Terrestre a lagarta será grelhada?

Ela começa já, para alguns de vocês.

Há quem comece a sentir o Fogo um pouco por toda parte, não é?

Não sente o cheiro de queimado, mas isso virá, antes de sentir o cheiro da rosa.

Mas todos vocês vão passar por esta etapa.

Por que nós insistimos, nós, Melquizedeques, por que Um Amigo, por que Sri Aurobindo, por que tantos outros, por meio de outros canais também, lhes falamos da necessidade de voltar o seu olhar para o interior?

Porque a solução, ela está no interior.

Vocês não poderão mais, em breve, prender-se ao que quer que seja no exterior.

A fonte da sua vida, a fonte da sua alimentação, a fonte da sua própria subsistência apenas poderá vir do interior.

O exterior está prestes a desagregar.

Faz anos que, nas diferentes intervenções, eu digo que o sinal do fim seria a desagregação total do seu sistema econômico.

No ano passado, eu disse que isso aconteceria a partir de setembro. Não ocorreu.

Houve atrasos que não foram nossos, mas pelos quais fomos obrigados, de certa maneira, a encontrar, como dizer, novas frequências Vibratórias para amenizar inconvenientes que ocorreram ao nível do DNA humano.

Isso foi resolvido em tempo hábil.

Houve, portanto, fenômenos de distorção temporal com relação ao que percebíamos, nós mesmos, da interrupção necessária e obrigatória da ilusão que vocês chamam de «dinheiro».

Então, hoje, vocês aí estão.

Faz já quinze dias, três semanas, que disse que tudo isso iria se instaurar muito rapidamente.

E havia um marcador essencial, que era o final anunciado da intervenção do Arcanjo Miguel, no nível da desconstrução.

Vocês aí estão e vocês observam certamente que os eventos dão razão ao Arcanjo Miguel.

Não poderia ser de outro modo.

Agora, isso quer dizer que vocês poderão comer suas cédulas, como digo?

Não, não ainda, porque, como vocês dizem, há uma força de inércia nesse mundo que, assim que algo é realizado, as Crenças humanas são tão fortes que o sistema pode perdurar assim, em roda livre, por si mesmo, durante algumas semanas, ou alguns meses.

Mas não irá depois do que vocês chamam de grandes confluências astrológicas deste verão (inverno no hemisfério sul).

Portanto, vocês verão, não mais a desconstrução, mas vocês verão os elementos em operação, ao nível da Terra e vocês assistirão a fenômenos, como o disse o Arcanjo Miguel, que vieram progressivamente desde o ano passado.

Fenômenos visuais, manifestações incomuns, que irão se tornar muito habituais.

É em meio a esta dissolução que vocês serão conduzidos, para aqueles de vocês que hesitam ainda entre a Unidade e a Dualidade, para saber se o que digo são tolices ou a Verdade.

Frivolidades, como gostava de dizer na minha vida.

E bem, vocês irão se dar conta.

Quer dizer que, quando virem que tudo o que lhes dissemos, uns e outros, chega agora em sua realidade concreta de todos os dias, vocês não terão outra solução senão a de se voltarem para vocês.

Não para nós, isso veremos quando nos reencontrarmos, mas para vocês.

Quer dizer irem encontrar a sua Essência, a sua quintessência e, sobretudo, encontrar os recursos necessários para a manutenção desse corpo de lagarta em que vivem, ainda, em alguma parte.

Então, o Planeta grelha, depois, é uma questão de tempo, de «timing» como dizem em inglês, em função do máximo de seres humanos que poderá despertar à sua Dimensão Unitária de maneira a que o conjunto do Fogo da Terra desperte no mesmo momento.

Eu disse já desde, parece-me, o ano de 2005: os vulcões do cinturão de Fogo do Pacífico, os vulcões, eram o Fogo da Terra.

Hoje, vocês assistem ao Fogo da Terra e também às profecias que haviam sido dadas por São João, por Cristo, referentes à abertura dos últimos Selos e a poluição marinha, submarina e do ar, que vocês começam a viver de maneira abrupta, eu diria, cada vez mais evidente.

Ainda uma vez, lembrem-se de que não são absolutamente punições, Divinas ou da Luz.

Isso está unicamente ligado à dissolução desta Dimensão, também da Terra, que quer, ela também, tornar-se uma borboleta.

Questão: o Chacra do Coração situa-se entre o plexo solar e a garganta? É de cor verde?

Que quer dizer de cor verde?

Isso é uma tradição que foi dada, de atribuir uma cor do arco-íris para cada Chacra.

É a Vibração da Energia que corresponde ao verde, ou seja, ao equilíbrio entre o vermelho e o violeta.

Isso jamais quis dizer que um clarividente via o Chacra do Coração verde.

Geralmente ele é rosa.

Não confundir o que se chama estado da Energia (desde o vermelho até o branco ou incolor) e visão real.

Então, dizer que um Chacra é de tal cor... A associação de cores é uma visão da mente.

Ela significa um Estado ou uma quantidade de Energia, e nada mais.

Agora, se o Chacra do Coração for verde, na clarividência, eu me questiono sobre a saúde daquele que tem um Chacra verde nesse nível.

O verde é a cor das perturbações astrais.

Quando há um Chacra com uma conotação verde, no nível clarividente, isso assinala uma patologia de natureza emocional naquele nível.

Dizer que um Chacra é vermelho, por exemplo (como se diz: o primeiro Chacra é vermelho), isso quer dizer que, visualmente, ele está vermelho.

Porque, se tomarem agora os símbolos, vocês verão que isso nada tem a ver, eis que o símbolo do que vocês chamam o primeiro Chacra ou Muladhara Chacra, é quadrado ou um cubo de cor amarela.

Mesmo para o terceiro Chacra.

Dizem-lhes, ele é amarelo.

E, por outro lado, nos textos orientais, dizem-lhes que o símbolo é um Triângulo vermelho apontando para cima.

Então, é amarelo ou é vermelho?

Nem um, nem outro. É verde.

Mas com nuances de verdes completamente diferentes, segundo o funcionamento do indivíduo.

Agora, existem seres humanos que têm sistemas de Crenças que os fizeram aderir a esta noção de Chacra vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo, violeta e incolor.

E lograram êxito em assimilar uma percepção, de olhos fechados, que é uma percepção Vibratória, que estritamente nada tem a ver com a cor real do Chacra.

Não é a mesma coisa fechar os olhos e dizer: «eu vejo o Chacra do Coração que é verde» (que, para mim, é um referencial Vibratório interno que me faz dizer que o Chacra funciona corretamente), e não é a mesma coisa abrir os seus olhos físicos e dizer que o Chacra do Coração é verde.

Porque se ele estiver verde, ele está doente.

Não é absolutamente a mesma coisa.

Portanto, é preciso bem diferenciar a percepção interior de um Chacra sobre o qual vocês podem colar não importa qual grade de coerência.

Vocês podem dizer, por exemplo: para mim, o quarto Chacra é branco, zebrado de preto.

Por que não como uma zebra?

E, para mim, quando o vejo assim, de olhos fechados, isso quer dizer que ele funciona.

E vocês o verão realmente assim em sua tela interior.

Mas isso quer dizer que ele é assim na Verdade.

Questão: quando Maria intervier, ela irá se dirigir a cada um ou coletivamente, a todo o mundo?

A intervenção (deixarei a própria Maria expressar-se sobre isso, hein, não quero ter problemas com as mulheres, tem-se muitos aborrecimentos assim entre nós, os 24, e se, além disso, se misturar as 12, isso será folclórico, sem falar dos Arcanjos...).

Bom, voltando ao que dizia ... O Anúncio de Maria é um Anúncio solene.

Este Anúncio realizar-se-á para o conjunto da humanidade, de maneira sincrônica e não pela via de um Canal, mas diretamente a vocês, Interiormente.

Lembrem-se de que tudo o que trabalhamos, os Arcanjos, nós, Melquizedeques, e vocês, certamente, permitiram fazer desaparecer o que Sri Aurobindo denominou ‘franjas de interferências’, ou seja, a matriz que os isolavam.

Progressivamente, com a Luz e as Radiações da Fonte, as Radiações do Ultravioleta e as Vibrações do Espírito Santo, nós tivemos sucesso em penetrar na matriz.

Em meio a esta matriz, ainda não estamos muito próximos.

Estamos, digamos, em um ambiente próximo, Vibratoriamente.

A um dado momento, que será o sinal do basculamento da sua Consciência, como do basculamento da humanidade, como do basculamento da Terra, será precedido, 72 horas antes, pelo Anúncio de Maria.

O Anúncio de Maria é um Anúncio que será percebido, quer se queira ou não, por toda a humanidade.

Não é uma voz eletrônica, porque haveria quem dissesse: há ainda possibilidades de manipulação.

A grande diferença é que, quando Maria lhes fala, mesmo se vocês disserem que não creem em Maria, há uma conexão que se estabelece, porque o seu DNA está conectado à Mãe, ele está conectado a Maria.

E quando Maria se dirige a vocês, o que vocês fazem?, vocês choram.

Não há outra solução, porque é verdadeiramente uma emoção a mais alta que possa se situar.

É a emoção que os coloca em conexão com a sua Mãe, com a nossa Mãe.

Portanto, se quiserem, aquele momento será único.

Ele realizar-se-á de maneira sincrônica, sobre o conjunto do planeta.

Naquele momento, cada um fará o que puder ou o que quiser.

Alguns ouvirão uma voz ao longe e não terão a emoção do Coração.

Eles dirão: «isso é projeto eletrônico, não quero».

Outros dirão: «é uma alucinação, rápido, um doutor».

E outros reconhecerão a Vibração de Maria, ou seja, não unicamente a voz, mas serão tocados no nível do seu Coração.

E estes seguirão o que Maria dirá naquele momento.

Eles saberão que a hora do retorno, o final da ilusão, chegou.

Mas vocês ainda não estão aí: há ainda certo número de etapas fundamentais a passar.

No plano astrológico, por exemplo (no nível da astrologia planetária, não falo da previsão para o ser humano), vocês vão atravessar a cruz.

A travessia da cruz far-se-á entre Julho e Setembro.

Portanto, é um período, agora, de intensa preparação.

É uma preparação tanto Interior, antes de tudo, como também exterior.

Vocês viverão certo número de impulsos Interiores que lhes dirão, de um dia para o outro: «eu paro tal coisa, eu paro tal relação, eu mudo de região, eu faço isso, eu faço aquilo».

E vocês são obrigados a fazê-lo, sem saber porque.

Sigam o que lhes dita a sua Consciência porque este é um acesso direto ao Estado de Ser.

Aliás, vocês terão um meio muito simples de saber se é a personalidade ou o Estado de Ser que fala em vocês, se é o ego ou a sua Dimensão Unitária.

É extremamente simples: se vocês tiverem um impulso que lhes diz: «é preciso ir a tal lugar», tudo será organizado para fazê-los ir a tal lugar, extremamente facilmente, se for o Estado de Ser expressando-se através deste impulso da Alma.

Em contrapartida, se for a personalidade que se expressa, o que acontecerá?

Vocês terão varas nas rodas, vocês terão a impressão de que é difícil para realizar, mesmo se «isso estiver no coração».

Vocês decidiram que queriam sair dali e queriam sair dali embaixo.

Mas sem parar há obstáculos que fazem com que vocês não possam sair daí de baixo.

Isso, vocês podem estar certos de que é a personalidade.

Não está ligado ao Estado de Ser.

Ao contrário, se houver coisas que vocês decidiram (porque viveram em sonho, porque pensaram, imaginaram) e tudo se instaura para que se realizem, é evidente que naquele momento, é do domínio espiritual o mais puro.

É muito simples fazer a diferença.

Depois, independentemente dos acontecimentos, há uma maneira ainda mais direta, obviamente, que é a Vibração percebida no Coração, que lhes dará a resposta a todas as suas perguntas.

O problema do ser humano – e o Pai sabe que o fui – é que, quando há uma escolha a fazer, quando há decisões a tomar, a primeira coisa que vai intervir, certamente, não é o Coração, é o mental, porque é seu papel discriminar o bem e o mal, escolher todo o tempo entre duas possibilidades.

Mas a escolha do Coração não é a mesma coisa, porque vocês não fazem intervir completamente o mental.

Por exemplo: eu recebo um impulso para partir para tal lugar e, bem, eu me coloco no meu Coração e espero perceber a Vibração (esta Vibração é percebida realmente, não uma visão da mente, certamente) e digo: «aí está, se permaneço aí, observo a Vibração. Agora, se eu me projeto na ideia de partir, eu observo o que acontece no nível da minha Vibração».

A resposta está nesse nível, e isso funciona para tudo.

Portanto, vocês veem, os modos de funcionamento, agora, devem ser diferentes.

Vocês estão nos tempos da Revelação.

Vocês estão nos tempos tão esperados (ou tão temidos por outros, certamente).

Mas vocês estão verdadeiramente na Revelação final, totalmente dentro.

A Revelação se refere a vocês também, vocês, não unicamente ao mundo exterior, não unicamente ao que São João descreveu.

O que São João descreveu exteriormente corresponde também ao que acontece no Interior de vocês, e, o mais importante, é vivê-lo no Interior, primeiramente, antes de manifestá-lo no exterior.

Não se sirvam portanto do seu sentir, que é muito vago.

Não se sirvam da sua decisão mental.

Sirvam-se, seja da Vibração no Coração, seja da análise do que é fácil ou não fácil.

A voz da simplicidade, e a voz da Luz, é sempre fácil, sobretudo nos tempos que vocês vivem.

Quando for complicado, quando as coisas não acontecerem, coloquem-se a questão de saber o que, em vocês, é um medo, o que, em vocês, é uma resistência.

A Luz que começa a se infiltrar na sua Dimensão é uma evidência.

Ela é Alegria, ela é fluidez, facilidade.

Tudo é simples, no seu cerne.

E quando a Luz quer algo e vocês estão abandonados à Luz, as coisas acontecem de maneira rápida, de maneira instantânea.

Não há qualquer dúvida possível.

A dúvida vem da cabeça, não vem do Coração.

Questão: a doença ou a depressão pode ser uma forma de preparação ou iniciação?

Certamente, isso foi frequentemente o caso, no sistema Dualitário no qual vocês estavam, no qual estivemos.

Havia chutes nos traseiros.

Chutes nos traseiros que podiam ser uma depressão, uma separação, uma doença.

Hoje, e somente agora, vocês podem afirmar que a depressão – vou mais longe, então, atenção, a bicicleta está rodando muito rápido, aí – mesmo a doença é uma Crença.

A doença manifestou-se porque vocês acreditaram nela.

E vocês me dirão: «mas não é verdade, eu visualizei a boa saúde, eu visualizei que estava perfeitamente bem e me chegou tal doença».

É falso.

Se a doença chegou, qualquer que seja, é que havia em você a falha necessária para que esta doença se manifestasse.

Nós trabalhamos juntos, vocês e nós, para limitar ao máximo os condicionamentos, as Crenças, os apegos.

Mas depois, e ainda, e última análise, são vocês que detêm a chave.

Há apenas vocês que podem abrir a porta da sua prisão.

E vocês sabem, eu concebo completamente que muitos seres humanos estão muito felizes na prisão.

Questão: sentir dores na coluna vertebral e no pescoço está ligado a resistências?

Depende se isso ocorrer durante as subidas da Kundalini ou independentemente disso.

Toda dor expressa no corpo assinala, de qualquer forma, uma resistência.

Então, por vezes, são também memórias.

Quer dizer que vocês superaram, pela sua evolução, pela sua própria transcendência, resistências.

Mas restam fenômenos memoriais.

O corpo é o que ele é.

Portanto, ele pode manifestar ainda dores que não estão ligadas à sua Presença, mas que estão ligadas à sua história.

Obviamente, o corpo da personalidade vai se retificar, porque há acesso ao corpo de Estado de Ser.

É preciso ainda assim ser lógico, há limites, nesse nível.

Mas, hoje, se algo de novo aparecer, isso assinalará, efetivamente, um processo de resistência, nesse nível, mas não para as coisas que já existiram anteriormente.

Quando eu digo anteriormente, é com relação a vocês, com relação à abertura Vibratória, à abertura das Coroas, ou com relação a uma noção temporal que é este período, se quiserem, do início do seu ano anterior, desde a intervenção de Miguel.

Questão: no nível prático, como se preparar para tornar-se, o melhor possível, borboleta?

Estando lúcido e consciente.

Viver cada respiração como se fosse a última.

Colocar-se na serenidade.

Lembrem-se de que quanto mais estiverem na simplicidade, mais estiverem na humildade, na humildade verdadeira, mais irão realizar as coisas da vida quotidiana, quaisquer que sejam, com serenidade, mais vocês irão se aproximar do Estado de Ser.

Eu vou tomar um exemplo muito simples: vocês podem fazer, por exemplo, os exercícios que foram dados por Mestre RAM sobre a respiração, a Consciência do Coração.

Vocês podem realizar, por exemplo, os exercícios que foram dados por Um Amigo sobre o ‘Yoga Celeste’.

Mas se, independentemente deste período em que vivem estados de Consciência específicos, o resto da sua vida, vocês são, eu digo não importa o que, um chefe de pessoal que pressiona seus empregados, ou um mestre que não tem qualquer respeito por seus alunos, de que isso serve? De nada. Absolutamente nada.

Porque vocês oscilam de um estado para outro.

E o fato de oscilar de um estado para outro os coloca ainda pior do que se vocês estivessem na Dualidade a mais total.

Há pessoas (e é infelizmente o caso para muitos seres humanos ainda) que não são, em sua vida quotidiana, absolutamente afetadas pelo que acontece no nível Vibratório, no nível do que acontece em diferentes níveis dos elementos econômicos, sociais, afetivos.

Tudo vai muito, muito bem em sua vida.

Essas pessoas aí vão muito bem.

Elas não têm qualquer problema.

Porque estão em adequação com o que pensam.

Elas criaram uma realidade que é sua realidade, que vai desaparecer em breve, mas elas não irão se aperceber mesmo que vai desaparecer.

É a sua liberdade.

Então, vocês, obviamente, se seguirem tudo o que lhes foi dado, terão, como foi dito, e como eu o disse, as nádegas entre duas cadeiras.

Vocês estão ao mesmo tempo, em momentos, numa Alegria incrível, e em momentos, vocês recaem nas coisas que são tudo o que há de mais quotidiano.

Mas o objetivo é transferir a Consciência, da Alegria e da Unidade, no que faz a sua vida comum.

É o único modo de iluminar.

Assim, aproveitem os momentos de alinhamento, os momentos em que vocês estão na Vibração, os momentos em que vocês meditam para, no momento em que vocês estiverem nas confrontações, qualquer que seja, de suas vidas, colocarem-se no mesmo estado.

Não há absolutamente nada que os impeça.

Exceto o mental.

Que vai fazê-los crer que há o mundo em que vocês meditam e onde vocês se alinham, e o mundo onde vocês estão na Dualidade, confrontados ao mundo dos negócios, confrontados à maldade, confrontados às faltas, aos medos, aos vazios.

Mas tudo isso vai desaparecer.

Cada vez mais, muitos seres humanos começam a viver esses estados de fusão à sua própria Unidade, em sua vida comum.

Se vocês tiverem a mesma qualidade de Energia na sua vida, como dizem, comum, vocês chegarão a fazer tudo o que têm a fazer, sem sofrer, estando totalmente no instante.

O objetivo do que lhes dizemos não é fazê-los projetar em um futuro mais ou menos remoto, mais ou menos próximo, mas, sim, fazê-los refletir o que é a realidade e o que é a ilusão.

Quando eu emprego a palavra planeta grelha, eu sei o que faço.

Porque é um modo de fazê-los interrogar e de fazê-los ir, em última análise, para mais simplicidade.

O objetivo sendo o de fazê-los, como dizem, há uma expressão... Ah sim, fazer babar alguém, ou seja, fazer ele querer.

Então, obviamente, a maior parte dos seres humanos, a maior parte do irmãos e irmãs que estão aqui, todos têm caminhos espirituais.

Há quem passou o seu tempo a viajar, a ir encontrar grandes Mestres.

E estes viveram ao lado desses grandes Mestres, ao lado desses lugares sagrados, uma certa qualidade de Energia.

E, como por acaso, quando se afastaram do lugar, do Mestre, ou de circunstâncias felizes da sua vida, recaíram.

Não têm a força de procurar em si.

Hoje, é preciso procurar em vocês, porque está tudo próximo.

Quando eu digo tudo próximo, a Luz, ela está aí.

Ela não está nas profundezas de vocês, para procurar por uma meditação intensa, por um isolamento intenso... Ela está na simplicidade da vida.

A Luz está aí.

E, para captar esta Luz, pela Coroa Radiante da cabeça, do Coração, pelo Triângulo Sagrado, basta Ser.

E Ser, é o quê?

É estar lúcido e Consciente do instante.

Se vocês chegarem a viver esta lucidez e esta Consciência do instante, mais a luz vai fulminá-los. Instantaneamente.

Questão: quando tivermos atingido uma estrutura de DNA com 12 filamentos, haverá dois corações?

Mas tudo depende da Dimensão em que irão, cara amiga.

Todos que têm 12 filamentos não estão necessariamente na mesma Dimensão.

Há estruturas (que chamamos ‘corpos de Luz’) que vão reenviá-los diretamente à sua linhagem espiritual mais importante.

Há entre vocês, aqui, que são Leões, outros Golfinhos, outros, Dragões.

E isso, eu o vejo no nível espiritual.

Portanto, um Dragão não tem a mesma constituição, mesmo sutil, que um Golfinho, certamente.

Mas a constituição do cérebro, mesmo em outras Dimensões, não é completamente a mesma.

Não há uniformidade.

Há seres, por exemplo (vou falar do que vocês conhecem, ou seja, do corpo físico, em estrutura de carbono), que têm uma estrutura de carbono e que não têm emoção.

Então, pode-se dizer, porque eles não têm emoção, que eles têm um órgão a menos ou a mais?

Agora, vocês não têm necessidade de ter dois corações.

Do mesmo modo, para aqueles que irão em uma certa densidade da quinta Dimensão, a alimentação tal como a conhecem não tem mais qualquer sentido.

Então, por que ter um sistema digestivo?

Isso serve, obviamente, para nada.

Agora, se vocês falam de um corpo de Elohim, de um corpo de Cristal... um corpo de Cristal é um Coração em si, completamente único.

Não há órgão coração, tal como vocês o nomeiam.

Por que vocês querem a todo custo que todas as estruturas sejam calcadas sobre o humano?

É antes o humano que está calcado sobre todas as linhagens espirituais.

Simplesmente, é preciso compreender que ter uma dupla cavidade cardíaca (não falo das quatro cavidades que conhecem, mas de um duplo circuito cardíaco, o que pode ser assimilado a dois corações) corresponde a funcionalidades ao nível de algumas estruturas ligadas a corpos de sílica ou a corpos de átomos que não existem sequer na sua Dimensão, e que expressa certa força.

Mas não se atrasem para encontrar um coração como aquele que conhecem e que está no seu peito.

O Coração de um Arcanjo, por exemplo, não é um coração órgão.

É algo que é tão vasto, que é tão imenso, que vocês nem podem sequer imaginar o que isso pode ser.

É o equivalente a uma central nuclear. Dez centrais nucleares.

Se, hoje, eu lhes digo que a Luz se infiltra na sua Dimensão, se hoje, a embarcação de Maria se aproximasse demasiadamente perto da Terra, a Terra explodiria instantaneamente.

É uma adequação Vibratória.

Vocês vão compreender de maneira muito simples: fala-se hoje de Vibrações, de Energia, de partículas.

Imaginem que as partículas que vocês conhecem na sua Dimensão (o elétron, o próton, as partículas elementares, o nêutron) foram separados para dar a Dualidade.

Agora há as partículas que, para vocês, nesta Dimensão em que estão ainda, são partículas denominadas exóticas, ou seja, que se encontram muito, muito pouco: os bósons, os quarks, etc., etc., muito embora vocês tenham conseguido deduzir, matematicamente, sua existência delas.

No nível da 11ª Dimensão, por exemplo, os corpos dos Elohim, que são corpos de Cristal, são constituídos desses quarks.

Por conseguinte, a fisiologia desses quarks nada tem a ver com a fisiologia intralumínica, ou seja, cuja velocidade máxima é a velocidade da Luz.

A Luz que vocês conhecem, a teoria da onda e do corpúsculo, o fóton, estritamente nada tem a ver com a Luz de que falamos, nós.

É a Luz multidimensional.

A disposição nada tem a ver.

A estrutura física, se preferirem, absolutamente nada tem a ver com a onda e o corpúsculo que vocês conhecem nesse mundo.

Questão: poderia nos revelar os nomes dos Arcanjos reitores dos novos corpos?

Então, obviamente, cada corpo pode estar sob a influência de um Arcanjo que o presidiu.

Como o sabem, os Arcanjos, nesta Dimensão, presidiram e sustentaram, de algum modo, a Criação original.

Então, sem entrar nos detalhes (mas não vejo o que isso pode trazer), por exemplo, o que é chamado o 11º corpo, que é chamado o ‘corpo da reversão’, está diretamente ligado ao Arcanjo Uriel.

O que é chamado o 9º corpo, o ‘corpo de Samadhi’, está diretamente ligado ao Arcanjo Miguel, de maneira mais lógica a Cristo Miguel.

O 8º corpo, que é a ‘passagem do ego ao Coração’, é regido pelo Arcanjo Rafael, que é o Arcanjo da cura.

O Chacra da garganta é compartilhado ao nível do 9º e do 10º corpos, pelo Arcanjo Anael e pelo Arcanjo que intervém na reversão, mensageiro, que é o Arganjo Gabriel, que precede a reversão.

E, no que concerne ao 12º corpo, a 12ª lâmpada, está diretamente ligada a Metatron.

Isso é muito importante a compreender.

Questão: há uma relação entre Maria e Nebadonia?

O que você quer que eu responda?

Alguns seres foram portadores da Vibração Mariana.

Vou tomar um exemplo de alguém que conheci em minha vida e que faz parte da assembleia das Doze Estrelas de Maria.

Aquela que vem geralmente nesse canal e que se chama Ma Ananda Moyi.

Ma Ananda Moyi era portadora da totalidade da Vibração Mariana.

Inteiramente.

Do mesmo modo que o Arcanjo Miguel lhes disse que vocês seriam portadores da Vibração de Miguel.

Do mesmo modo que vocês ouvem por toda parte que é preciso realizar o Cristo Interior.

Se é preciso realizar o Cristo Interior, é que se admite que o Cristo está já em vocês, certamente.

Do mesmo modo, alguns seres são portadores de uma Vibração Mariana, Micaélica ou Crística, revelada ou não revelada.

Agora, há seres, como dizer, que tomam bexigas por lanternas.

Que se acreditam chegados e investidos.

Há exemplos muito numerosos, em minha vida, de pessoas que iam nos passos de Cristo, na Galileia, e que se tomavam pelo Cristo.

Então, os médicos diziam que eles eram loucos.

Não, eles não eram loucos. Eles estavam identificados à Vibração.

Mas é preciso prestar bem atenção para dar a César o que é de César.

Ser portador da Vibração não é estar na própria Presença.

Assim, portar a Vibração Crística é essencial no seu futuro.

Isso faz de vocês Cristo.

Mas isso não faz de vocês o Cristo histórico.

A nuance é importante.

Lembrem-se também dos escritos: «Cristo voltará como ele partiu» São João, Sri Aurobindo, lhes disse.

Isso foi escrito nomeadamente sob a pluma de Cristo.

Se Cristo disse que voltará como partiu, por que vocês querem procurar Cristo histórico num corpo?

Do mesmo modo, para Maria.

Maria, em suas comunicações, em suas locuções, lhes disse: «eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra. Eu venho do Céu».

Quando ela diz que vem do Céu, o que quer dizer?

Quer dizer que ela está já em um corpo? Mas é impossível.

Em contrapartida, que inúmeras mulheres sejam chamadas a portar a Vibração e a Consciência de Maria, com grande prazer.

Mas, em contrapartida, terminaria dizendo: «não é preciso tomar bexigas por lanternas».

A identificação não faz de você o personagem histórico.

Faz de você o portador da Vibração e da Consciência.

Não é completamente a mesma coisa.

Questão: se as mudanças anunciadas são tão manifestas, por que alguns não as verão?

Não são alguns, são muitos, infelizmente.

Muitos, muitos.

Eles estarão fechados na sua própria criação mental.

Do mesmo modo que, nos tempos da minha vida, ainda há pouco tempo (isso lhes foi descrito por numerosos mensageiros do além), os desencarnados continuavam, como se nada fosse, a sua vida quotidiana, porque, para eles, não existia a morte.

Eles continuavam a ir ao trabalho.

Eles continuavam a comer, mas na cabeça deles.

Eles criaram o seu próprio mundo.

E é isso que permitiu manter a ilusão: é o mental, são as Crenças. Nada mais.

Há pessoas que estão tão fechadas nas Crenças que não se darão conta sequer que o mundo desapareceu.

O mundo muda, é evidente que muda, para aqueles que se interessam pelo que acontece.

Questão: poderia dizer que seria uma nova forma de astral que eles próprios criarão?

Não, não é o astral, é o mental.

O astral não poderá nunca mais existir.

Provocar um corpo de desejo na Dualidade, acabou.

Questão: em que mundo viverão esses seres, que estarão assim autoaprisionados?

Eles viverão no que foi chamado de terceira Dimensão Unificada.

Eles permanecerão, como dizer, dependentes (não gosto da palavra «prisioneiro») de uma estrutura em carbono, mas religada à Fonte.

Esta ligação à Fonte se fará a seu ritmo.

Será necessário, de qualquer forma, desprogramá-los ou que eles próprios se desprogramem.

Os pesos dos programas são bastante fortes, no nível da Consciência humana.

Eu não falo sequer dos pesos da sua Consciência, eu não falo sequer dos pesos que evoluem em vocês.

Vocês acreditam que são vocês, mas não são vocês.

São (creio que o canal gosta bastante de empregar a palavra, vamos ver isso juntos), eu chamaria isso de diabo (ndr: «os pequenos diabos» ou Esquemas Disfuncionais Precoces) ou algo assim, que agem sem o seu conhecimento, ou seja, que vocês fazem algo, e vocês dizem tudo confiando que ‘fui eu que o fiz’.

Não, não foi você que o fez.

Não foi a sua consciência.

Foi o seu aspecto sombrio, o seu aspecto sombra que está em você que lhe ditou esse comportamento.

Isso se explica muito, muito bem, no nível espiritual e no nível também de todos os conhecimentos que estão hoje disponíveis sobre a Terra.

Os condicionamentos (o que foi chamado de 'sistema de controle do mental humano') estão na própria base da ilusão na qual vocês vivem.

Se não houvesse mais 'sistema de controle do mental humano', se não houvesse mais corpo de desejo (o que é o caso para as 'franjas de interferências'), esse mundo não existiria simplesmente mais, de um dia para o outro, em alguns minutos.

Mas o peso das Crenças tem sido tão forte nos humanos (eu falo de todos aqueles que têm um corpo nesta densidade, desde milhares de anos para alguns, dezenas de milhares de anos, para outros) criando um sistema tão rígido e tão sólido, que se tornou quase impermeável à Luz.

Ora, os seres que aderiram, os seres que participaram disso, os seres que amam esta vida aí (porque há esses), que amam a alternância sofrimento / prazer, que se comprazem, não no sofrimento, mas que têm a impressão de existirem através do sofrimento, qualquer que seja, obviamente, vocês tentam sem sucesso lhes falar do Estado de Ser e da Luz, da liberdade de viajar de mundo em mundo e, bem, eles vão lhes dizer: «isso não existe», já que eles não vivem isso.

Do ponto de vista deles, eles terão totalmente razão.

Como vocês querem aderir a algo que vocês não vivem, uma vez que não fizeram a experiência?

Se lhes dizem que o creme ao chocolate é melhor que o creme caramelo, se vocês tiverem horror ao chocolate, por que é que iriam provar do chocolate?

A Consciência é exatamente similar.

Sair dos condicionamentos, no nível coletivo, completamente só, seria impossível para vocês.

Questão: é preciso evitar o que é metálico (as coroas, os implantes dentários, os óculos)?

Vou dizer-lhe algo: você é muito mais potente do que todos esses metais.

Você é muito mais potente do que toda esta limitação.

Você é muito mais potente do que todas essas doenças.

O problema é que vocês não acreditam ou, então, quando acreditam, isso permanece uma Crença e vocês são incapazes de vivê-la.

Então, agora, enquanto vocês consideram que uma ponte dentária, ou uma coroa, ou uma placa de metal no seu corpo será um obstáculo para a sua elevação, vocês vão talvez se enganar, porque a sua Consciência é toda poderosa com relação a esse corpo.

Se vocês tivessem fé suficientemente, vocês poderiam deslocar uma montanha.

Se vocês tivessem fé suficientemente, vocês não existiriam mais simplesmente nesta Dimensão.

Vocês reencontrariam diretamente o seu Estado de Ser e o que vocês são na Eternidade.

Isso não era possível na minha vida.

Hoje, é totalmente possível.

Inteiramente.

E quanto mais os dias passarem, mais isso tornar-se-á possível.

Agora, cabe a vocês saberem o que querem viver.

Não se esqueçam jamais da expressão que gosto muito: vocês devem soltar algo para ir para outros lugares. Se vocês não soltarem, vocês não irão a outros lugares.

Isso é válido para todos os apegos que vocês criaram, para todos os limites que vocês se colocaram, para todos os limites que vocês aceitaram, todos os condicionamentos que vocês aceitaram:

«que se não ganho minha vida, eu não vivo»,

«que se não tenho marido ou mulher, sou incompleto»,

«que sou responsável por meus descendentes»,

«que sou responsável por tudo o que me acontece».

Sim, vocês são responsáveis pelo que lhes acontece, mas são vocês que decidem o que lhes acontece.

Hoje, há uma oportunidade excepcional de ter acesso a Dimensões que mesmo os maiores místicos dos tempos passados jamais puderam se aproximar.

É uma Verdade.

Ainda é preciso querer fazer a experiência.

Se vocês não provarem disso, vocês jamais saberão o que é.

Mas, para provar, ainda uma vez, vocês não podem ter a colher cheia de caramelo e provar o chocolate.

É preciso antes esvaziar o caramelo.

Não temos mais perguntas. Agradecemos.

Então, retirem as bicicletas e eu vou agora ter a honra de acompanhá-los, à minha maneira, certamente, e espero estar à altura de Um Amigo, mas não é necessário contar-lhe, heim?

E vamos viver esse momento particular juntos.

Eu lhes transmito todo o meu Amor e lhes agradeço, do fundo do meu Coração e de minha humanidade, pela sua atenção.

E eu lhes digo até muito em breve e permaneço com vocês durante agora o tempo desse trabalho.

... Efusão de Energia ...

Áudio original (inédito):
via: http://lestransformations.wordpress.com/2013/02/28/o-m-aivanhov-15-mai-2010/
Mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=616
15 de Maio de 2010 (Publicado em 25 de Maio de 2010)
Versão do francês: Célia G. – http://leiturasdaluz.blogspot.com/
Transcrição e edição: Zulma Peixinho
via: http://portaldosanjos.ning.com/

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário