Especial: O.M. AÏVANHOV (2011) - Autres Dimensions - Parte 1

Clique aqui para comentar esta publicação





Áudio da Mensagem em Português

Link para download: clique aqui
Nota MA: Para procurar uma determinada mensagem para ler que foi citado na mensagem, entre em nossa seção das Mensagens "Separadas por intervenientes"
Questão: porque se assiste a tantas desconstruções?
Aqueles que resistem à Luz ou aqueles que não têm os receptáculos abertos (ou seja, ao nível das Coroas: Coroa Radiante do Coração, Coroa Radiante da Cabeça, Sacrum abertos) vão necessariamente chegar a energias que vão chegar ao nível do plexo solar e vão, portanto, despertar todos os impulsos, todas as negatividades que haviam sido fechadas, restringidas, e vão se despertar.
É exatamente o que vocês observam e que vai se traduzir, ao nível do humano, tanto para os que não estão alinhados, aqueles que não estão abertos à Luz, por, não mais delírios, mas explosões, fazendo com que, desta vez, o plexo solar tome a dianteira, ou seja o ego, com reivindicações de pessoas que sofreram em silêncio, que exprimem o seu sofrimento.
Estas forças de atrito são, entre aspas, a “resultante do impacto da Luz nas zonas de Sombra”.
O que não quer dizer que estas pessoas são pessoas da Sombra, é claro.
E tudo isso, hoje, mesmo as pessoas que não estão abertas ao nível das Coroas Radiantes, ao nível das Vibrações, sentem, literalmente, esta aspiração para a mudança, esta aspiração para a liberação, mesmo se não são capazes de conscientizarem, inteiramente, do que isso significa, ainda.
É exatamente o que acontece atualmente para os animais, como para os humanos, como para os vegetais, como para a Terra.
Vocês são cada vez mais numerosos a viverem momentos (como disse Anael em particular, não tem muito tempo) momentos em que vocês passam em outros estados Dimensionais.
É a mesma coisa para os animais.
É a mesma coisa para a Terra.
E é a mesma coisa para o Sol.
O Sol está liberado.
A Terra está liberada.
Resta fazer descer isso no plano da encarnação o mais denso e este papel é reservado para este ano.
Metatron chegou.
Uriel está presente.
A ronda dos Arcanjos, a ronda dos Anciãos, a ronda das Estrelas e o conjunto das Forças da Confederação Intergaláctica presentes nos seus céus e em suas cidades, agora, de maneira mundial, estão aí para isso.
Então, regozijem-se.
É aí, aliás, que vocês vão observar o que eu chamaria aqueles que estão na verdadeira vivência da Vibração e aqueles que se serviram da Vibração.
Como dizia Sri Aurobindo (São João no Apocalipse) que haveria muitos chamados, porque os chamados são os que sentiram que acontecia algo e que tomaram esta energia, esta Consciência, não para nutrir o Coração, para nutrir a Consciência, mas para nutrir o ego deles.
E agora a Luz lhes explode em plena cara.
E vocês vão constatar, vocês todos constataram, ao redor de vocês, dos amigos, dos membros da família, que, de um golpe, enlouquecem e se tornam de uma obscuridade improvável.
Mas é normal.
É completamente normal.
Eu lhes falei, há numerosos meses, de duas humanidades.
Nós os colocamos em guarda, o Arcanjo Anael o primeiro, sobre o princípio fundamental: é o abandono à Luz.
Se vocês não são capazes de deixar morrer sua personalidade, por conseguinte vocês nutriram a personalidade e esta vai entrar em conflito aberto com os parentes, com a Luz e com os acontecimentos.
Mas não é a falta da Luz, não é?
Tudo isso, vocês viveram durante o mês de dezembro, entre seus parentes, em sua família e no ambiente.
A grande diferença é que, agora, progressivamente, de semana em semana, a Vibração, a intensidade das partículas Adamantinas e das outras irradiações, tornam-se tão intensas que os que cruzaram esta etapa essencial do mês de dezembro abriram a boca, agora, como disse o Arcanjo Uriel, ou seja, são capazes de liberar a alma para aceder ao Espírito.
Isso é muito importante.
E vocês observam, os que cruzaram esta etapa, que há, como dizer..., cada vez menos questionamentos.
Tudo o que acontece lhes parece normal.
Tudo o que vocês vivem em seu corpo (Vibrações que os fazem deitar-se por horas, sentimentos de indisposição), vocês observam como observadores.
Isso passa, mas não os desvia do que vocês são.
E depois, alguns serão desviados, mas conseguem se re-centrar.
E, repito, tudo isso é a alquimia da Luz.
Ou esta alquimia se fez na personalidade, ou ela se fez no Coração.
***
O fenômeno ascensional é uma preparação.
Aqueles que vivem a preparação, não são mais escolhidos que os outros que irão também, de qualquer modo, nas Dimensões Unificadas.
Simplesmente, vocês foram, como disse Miguel, desde os Casamentos Celestes, os despertadores, Semeadores e os Ancoradores da Luz.
Vocês são talvez os primeiros a realizarem o estado Crístico em massa.
Os outros seguirão.
Mesmo se não seguem, não é grave.
Eles perderão o corpo, eles renascerão, mas em Dimensões muito mais etéreas.
***
Aqueles que fazem os exercícios de Merkabah, à noite ou em outros momentos, sabem pertinentemente.
A realidade dos pontos e das Estrelas de Maria é uma verdade.
Mas, obviamente, para aquele que não a vive, é uma ilusão ou é uma doença, porque não a vive.
O que vocês podem ali fazer?
Nada.
E não há nada a fazer, a não ser estar cada vez mais na Unidade, alinhado, centrado, irradiando Amor e Paz.
Atração, ressonância.
Vocês vão começar a tocar os dividendos, os frutos de suas ações espirituais reais.
Em contrapartida, os que semearam a divisão, a confusão, o medo, eles também começam a tocar os dividendos, mas são menos agradáveis.
Ainda uma vez, isso se resume ao que eu disse; de um lado dualidade, de outro lado, Graça.
Dualidade, Unidade, onde vocês estão?
Vocês ainda estão procurando a negatividade em algum lugar em vocês ou no exterior de vocês?
Ou então estão definitivamente centrados na Alegria Interior?
Sua qualidade de irradiação Vibratória e de Coração é suficiente para fazer desaparecer a Sombra, em vocês como no exterior de vocês?
Então, obviamente, se vocês se tornaram tão luminosos assim (e é realmente o caso para muitos de vocês), e bem, o que vai acontecer?
Aqueles que estavam ao redor de vocês, família ou não família, parentes ou não parentes, que estavam na Sombra, não vão suportar a Luz.
Vão entrar em choque [crash] terrível.
Eles vão acusar vocês de todos os males e vão partir, porque não suportam a Luz.
É assim.
E isso, vocês viveram e viverão cada vez mais, desta vez, não mais em seu ambiente próximo, mas a nível coletivo e global.
O que eu anunciei, a separação das duas humanidades, está em curso sob seus olhos, é uma realidade.
Aivanhov - 29 de janeiro de 2011

Questão: você tem uma mensagem específica a dar?
Então, cara amiga, não.
A mensagem, é a mesma para vocês todos, onde quer que estejam sobre esta Terra: pensem em elevar suas Vibrações.
Quanto mais vocês elevarem suas Vibrações, menos o mental poderá intervir, menos a bicicleta [mental] poderá girar e menos ele lhes causará preocupações.
A solução, ela está na Vibração, quaisquer que sejam as questões, quaisquer que sejam as perguntas que tenham dentro de vocês.
Vocês sabem, um conjunto de coisas foi liberado sobre este planeta.
Por conseguinte, vocês têm a possibilidade, realmente agora, de se religarem tanto às partículas Adamantinas como às radiações que lhes chegam do cosmos e que são retransmitidas pelo conjunto de Forças que estão com vocês.
Portanto, a solução está aí.
Qualquer que seja a problemática, qualquer que seja a preocupação ou qualquer que seja a pergunta que há no Interior de vocês, a resposta não deve mais fazer-se ao nível do mental.
Ela se faz, sistematicamente, e deverá fazer-se sistematicamente pela Vibração. Porque é a melhor maneira de jamais enganar-se e de estar em acordo com você mesmo.
Portanto, a resposta não é uma questão de escolha ao nível da cabeça, mas, efetivamente, uma resposta Vibratória.
Aí está, por conseguinte, isso será cada vez mais verdadeiro em tudo o que vocês vão viver. Seja para as coisas as mais simples como as coisas as mais importantes do que há a viver sobre esta Terra, não é?
***
Questão: o que chamam Embarcação?
As Embarcações, não vão ver ferragem.
São Embarcações de Luz.
São disposições de Luz específica que são criadas pelo encaixe das partículas Adamantinas.
Como vocês creem que se deslocam?
Onde nós estamos?
Estamos, assim, nas terras, não importa onde?
Estamos sobre um outro planeta?
Não.
Estamos ao redor do sol, e estamos em Embarcações.
***
Questão: pode-se dizer que uma Embarcação é um recipiente? Uma Consciência?
Perfeitamente.
Um recipiente inteligente, e nós somos o conteúdo.
Há múltiplas Embarcações.
Há também as Embarcações dos Vegalianos que, eles, estão na 3D Unificada.
É uma estrutura metal-cristalina, digamos, numa onda de forma específica.
Miguel também, em si mesmo, é uma Embarcação.
Vocês têm tendência a representar um Arcanjo numa forma antropomórfica com uma espada que atravessa o dragão, mas aquilo é uma representação.
Antes de qualquer coisa, o Arcanjo é uma Embarcação.
O que se entende por Embarcação?
Olhem o sentido primeiro da palavra Embarcação.
É o que serve para deslocar-se, simplesmente.
Nada mais, nada menos.
Na consciência humana, vocês têm tendência, logo que se fala de Embarcação, a pensar em disco voador, aquilo nada tem a ver.
Nós não estamos nas mesmas Dimensões que vocês.
A forma a mais exata possível, ao nível, por exemplo, das Embarcações de Maria e de minha Embarcação, é a forma que vocês chamam redonda.
Vocês veem o redondo, mas não é redonda.
É hexagonal.
Agora, o Arcanjo Miguel, em si mesmo, é uma Embarcação muito maior na sua Dimensão original que a minha própria Embarcação.
Miguel pode levar milhões, ou mesmo bilhões de Consciências sob as asas.
Simplesmente.
Quer dizer que uma Consciência é um recipiente de Luz.
Quer dizer que uma Consciência, nos mundos Unificados, é uma Embarcação em si própria.
A Merkabah de vocês é uma Embarcação.
Por conseguinte não é necessário permanecer na definição de discos voadores.
Vocês estão muito distante de tudo isso.
Aivanhov - 03 de fevereiro de 2011

Questão: haverá uma continuidade de humanidade sobre a Terra ascensionada?
Mas a Terra ascensionada, a Terra que ascensiona, não está mais na mesma Dimensão.
A 3ª Dimensão será desprovida de vida, dado que a Terra não estará mais nesta Dimensão.
Se querem, é como se vocês olhassem, hoje, não sei, Saturno ou Júpiter ou Marte: a superfície lhes parece desprovida de vida, não há vestígios de vida.
Entretanto, Marte morreu?
Não.
Há outros Planos Vibratórios.
Portanto, a Consciência da Terra e sua Consciência transladarão, para alguns, nesta Terra nova ascensionada, e para outros, ela transladará ao nível de sua origem estelar ou de uma liberdade total do Corpo de Estado de Ser de ir flutuar onde quiser.
Vocês não estarão mais prisioneiros em nenhuma parte.
Portanto, dizer que haverá uma vida sobre a Terra?
Sim, mas sobre a nova Terra, não sobre a antiga Terra e, no entanto, é a mesma Terra que se desembaraça de uma carcaça, de algum modo.
A lagarta se torna borboleta, mas ela abandona o que?
A carcaça da lagarta.
É a mesma coisa para a Terra e para vocês.
***
Questão: um ser de Luz, quando a ele se pergunta quem ele serve, ele tem obrigação de responder? Pode eventualmente mentir?
Os demônios mentem sistematicamente.
Eles vão dizer que servem a Cristo.
Portanto, como você separa entre os que dizem verdade e os que mentem?
Com o Coração.
E bem, aí está, você tem todas as respostas.
Aivanhov - 12 de fevereiro de 2011

Questão: as subidas de raiva não controladas revelam um bloqueio ou são devidas às evoluções?
Então, caro amigo, eu diria que isso vai nos dois sentidos.
O que foi vivido durante o final do ano passado, se isso se «eliminava » no sentido psicológico, eu disse, e lhes disseram, que era uma forma de cristalização.
Hoje, não é de modo algum verdadeiro.
Lembrem-se de que a Luz ilumina a Sombra e faz surgir em vocês as últimas Sombras, os últimos afetos, as últimas emoções, as últimas cristalizações do mental.
Portanto, o fato de que raivas ou outros tipos de emoções possam subir, geralmente, hoje, vocês as observam porque elas sobem e porque elas são, literalmente, colocadas na Luz.
Portanto, frequentemente é ao mesmo tempo um processo que se cristalizou e que, agora, se descristaliza desde a abertura da Boca, que foi realizada pelo Arcanjo Uriel.
Portanto, se querem, agora, quando há coisas que sobem assim, olhem-nas.
Vocês sabem que isso não lhes pertence ou que isso lhes pertencia no passado.
Não precisa se identificar a isso, mas colocar na Luz, ainda mais.
É como se elas não lhes pertencessem, essas raivas ou outras coisas, mas vocês as olhassem se dissolver sob seus olhos e sob o olho de sua consciência.
Em todo caso, não há o que culpar, ainda uma vez.
O importante é saber se esta raiva provoca, eu diria, uma redução Vibratória ou não, a longo prazo.
Se não é o caso, absolutamente não é uma cristalização.
É uma colocação na Luz e, portanto, uma forma de descristalização de algo que havia sido, talvez, cristalizado e que se elimina desta forma.
Aivanhov - 13 de fevereiro 2011

Questão: como estar na Alegria sabendo que todos os reinos são conduzidos a desaparecer?
Caro amigo, o que você chama de desaparecimento?
Tal como você apresenta as coisas, é a lagarta quem fala, não é a borboleta.
Nada há que desaparece.
Há uma transmutação da Vida para outro nível Vibratório.
Apenas o medo do ego ou a visão da personalidade é que fala de tristeza, de desaparecimento.
A partir do momento em que você sobe o nível Vibratório em seu Coração, há lugar apenas para a Alegria, porque o que vem é o retorno da Luz e o verdadeiro Nascimento e não o nascimento e a morte e a reencarnação nesse mundo.
Portanto, é o mental quem diz como estar na Alegria, porque, se o mental não trabalha, se você deixa aparecer, nascer e desenvolver-se a Vibração do Coração, a Consciência torna-se Vibratória e a Consciência torna-se Alegria.
Não é algo que se vai impor do exterior.
A Alegria não é uma emoção, é um estado transcendente que se vive quando se aquiesce à Luz e quando se aceita deixar a Luz estabelecer-se em nós.
Portanto, não há que se colocar a questão de como estar na Alegria, porque, a partir do momento em que não há Alegria, isso quer dizer que o Coração não está ativado à sua nova Vibração.
Porque a Alegria estabelece-se por si, logo que a Vibração do Coração passa a uma oitava Vibratória que o liga, de algum modo, à Unidade.
A Unidade é Alegria.
A Dualidade é sofrimento e isso é inegável e inexorável.
Portanto, se há sofrimento, isso significa simplesmente que há resistência à Luz e Dualidade.
O sofrimento não existe na Unidade.
Nos mundos Unificados, não há qualquer lugar para o sofrimento.
O sofrimento faz parte integrante da falsificação desse mundo, nada mais, à qual, obviamente, nós todos aderimos quando éramos vivos.
Mas, hoje, é uma mudança de ponto de vista.
Não é uma mudança mental, é uma mudança Vibratória e a Alegria estabelece-se por si, logo que você penetrar o espaço sagrado de seu Coração.
No ano passado, eu muito longamente exprimi (aliás, o que exprimi também em minha vida) a diferença entre a lagarta e a borboleta, mas, hoje, não se pode colocar a questão da Alegria.
Há duas maneiras de ver a partida de um ser humano.
A maneira da lagarta é dizer: «ele desaparece e, portanto, estou triste».
A maneira da borboleta é dizer: «ele sobe na Luz e é liberado».
E é o mesmo mecanismo que se produz, no entanto.
Mas, num caso, é a Consciência Dualista que se exprime e, no outro caso, é a Consciência Unitária.
Toda a diferença, hoje, está aí.
Enquanto vocês permanecem na Dualidade, há sofrimento.
Enquanto vocês permanecem na Dualidade, há oposição.
Se vocês vão na Unidade, há Vibração, há Alegria.
Não é algo que se decide na cabeça, é uma decisão do Coração.
O problema de muitos seres humanos, hoje, é que eles pensam com o Coração na cabeça.
Então, eles falam de bonitos conceitos, vão empregar a palavra Amor, mas é o amor do mental, não é a mesma coisa que o verdadeiro Amor da Unidade, espiritual, que é uma Vibração e uma Consciência. Isso nada tem a ver com regras morais, regras de condução ou de adesão a crenças, que quaisquer sejam.
O acesso Vibratório à Unidade é uma Liberação.
É o acesso à Alegria Interior, mas a Alegria Interior não se decreta com a cabeça, decreta-se quando o caminho Interior faz cessar todas as resistências e toda atividade mental.
Enquanto resta a atividade mental, enquanto a bicicleta continua a girar, vocês não podem estabelecer-se na Unidade, é matemático.
Não é uma visão do espírito, é um mecanismo Vibratório e um mecanismo de Consciência.
Vocês não podem escapar a isso, a única porta de saída é o Coração.
Noutro lugar, não há porta de saída, quaisquer que sejam os conhecimentos esotéricos, quaisquer que sejam os conhecimentos espirituais, quaisquer que sejam os conhecimentos científicos.
Os conhecimentos para nada servem, para penetrar no Coração.
***
Questão: como ajudar aqueles que não chegam a viver as mudanças atuais?
Mas nem todos vivem as mudanças, cara amiga.
Há seres que são refratários às mudanças, porque há o medo, porque há a incompreensão e porque há também certa forma de peso da Consciência que não está ainda desperta.
Então, é necessário continuarem otimistas, porque «os primeiros serão os últimos», não é? e «os últimos serão os primeiros».
Agora, a título pessoal, eu sei que isso pode colocar problemas, por exemplo, nas famílias, num casal, onde há um que evolui e o outro que não se move.
O que vocês podem fazer?
Vocês podem apenas ser vocês mesmos na Vibração e propor a Vibração.
Vocês não podem estar de modo algum na vontade pessoal de mudar o que quer que seja porque, naquele momento, vocês voltam a descer, vocês mesmos, na Dualidade. E com que direito vocês vão querer que alguém vá para onde ele não quer ir?
Há seres que recusam a Luz, ainda hoje, sobre a Terra.
É a experiência e é também a liberdade deles.
Vocês não podem forçar ninguém, podem apenas propor.
Então, há seres que vão dizer: «eu quero, eu quero, eu quero». Justamente, não é necessário querer.
São talvez seres que estão demasiado na vontade.
Não falo daqueles que recusam a Luz, mas dos que querem a Luz e que não vivem a Luz.
Onde está o problema?
Vem da Luz?
Não.
A Luz da Unidade não é uma vontade, é um Abandono.
Ora, enquanto se estiver na vontade, não se pode viver o Abandono à Luz, inteiramente.
É tão simples assim.
Portanto, há vários casos.
Há seres que recusam a Luz por medo, incompreensão, ou qualquer outra razão e que recusarão até no limite, porque preferem permanecer na ilusão.
E é a liberdade mais estrita deles.
Há seres que estão numa diligência dita espiritual, mas ligada a Crenças, ligada a esquemas de funcionamento que estão totalmente ao oposto do Abandono à Luz.
A estes tampouco, vocês nada podem fazer.
Vocês podem apenas estar vocês mesmos na Luz, no alinhamento, na sua Presença a si mesmos e talvez, por simpatia, por sintonia, eles vão se abrir.
Há seres que recusam a Luz, ainda hoje, que dizem e que podem dizer: «como é que conta tolices, esse velho», e que, de um dia para o outro, vão abrir-se, porque a abertura não se decide mentalmente, ela se decide Vibratoriamente.
E, aí também, é necessário compreender que são gamas de Vibrações.
A Consciência fragmentária do ego é uma consciência pesada, extremamente limitada.
Basta que esta Consciência pesada, por vezes, se expanda um pouco, que a pessoa afrouxa-se, de modo que chegue a captar as Vibrações da Luz Unificada e, naquele momento, tudo vai se desencadear.
É necessário efetivamente compreender que os primeiros seres que foram abertos, nos anos 80, exatamente antes de minha partida, viveram transformações que duraram quase trinta anos.
E há hoje seres que desembarcam, se pode-se dizer, mas que são muito novos.
Eles não têm crenças, não têm preconceitos, não têm vontades.
Eles são, como vocês dizem e como eu poderia dizer, «open» [abertos] e quando vocês são «open», tudo pode se produzir, o que não é o caso quando são fechados.
E não é uma questão de vontade, é uma questão, realmente, Vibratória.
Portanto, vocês nada podem fazer por aquele que não está pronto, é impossível.
Senão, vocês recaem, vocês mesmos, na Dualidade e vão sofrer imensamente, o que é o caso de muitos seres, hoje, que viveram fases de abertura e que, no último momento, recusaram a Luz porque tinham medo, simplesmente.
Portanto, recaíram na personalidade e na Dualidade, temporária ou definitivamente.
Mas isso não lhes diz respeito.
A única maneira de servir, e eu já o disse, a única maneira de ajudar, é irradiar o que vocês são.
Qualquer outra vontade de ajuda que viria do ego não vai no sentido da Luz e isso é talvez difícil compreender através de certos tipos de ensinamentos que os levaram na vontade de Bem.
A vontade de Bem não é a Unidade, ela mantém a oposição Bem/Mal, permanentemente.
Aivanhov - 19 de fevereiro de 2011

Questão: ver imagens positivas pode ajudar, nesse momento?
Caro Amigo, é sempre melhor do que de olhar imagens de violência.
Estamos de acordo.
Mas, no final, em finalidade, um como o outro são imagens.
Ora, as imagens, vocês as olham com os olhos.
Toda imagem é um reflexo.
O reflexo do reflexo os afasta da Verdade de seu Coração.
Uma vez mais, estamos de acordo, é muito mais agradável e eleva muito mais olhar imagens bonitas que imagens não bonitas, mas isso continua imagem.
Tudo o que é criado por imagens é destinado a afastá-los da Verdade, inteiramente, quaisquer que sejam, boas ou más. Porque, enquanto vocês são levados sobre uma imagem, vocês não estão no Coração.
É tão simples assim.
E todas as imagens são assim, ainda que, uma vez mais, de acordo com uma escala de bem e de mal, que é uma escala da dualidade, é preferível olhar imagens positivas que imagens negativas.
Mas vocês não escapam ao jogo positivo/negativo olhando uma imagem.
Apenas quando vocês param as imagens (suas imagens Interiores, como as imagens projetadas pelo cinema, pelas caixas de imagens, que chamam televisão), que vocês penetram na verdadeira visão do Coração, que não é uma imagem.
A imagem é um reflexo.
A imagem é uma transposição da Verdade e não é a Verdade.
E todos os princípios espirituais, aliás, foram falsificar e levá-los para a imagem em detrimento do Coração.
Há muitos seres humanos, ainda hoje, que são persuadidos de que, quando veem com os olhos fechados, o 3º olho, quando veem suas vidas passadas, eles são evoluídos.
Não há nada de mais falso, porque eles estão na imagem, ainda que às vezes essas imagens sejam necessárias, como por exemplo, daqui a pouco, para ver suas próprias linhagens.
Mas como é que vocês veem?
Se veem com os olhos fechados, há dois modos de ver: ou é uma imagem projetada sobre o que se chama a tela psíquica, ou seja, sobre o 3º olho ou olho Luciferiano, ou é uma imagem que se projeta independentemente de qualquer imagem, mas que é a realidade Vibratória.
E, naquele momento é, como disse No Eyes, não há muito tempo, a visão do Coração, que nada tem a ver com a visão exterior ou a visão da imagem.
A verdadeira visão nada tem a ver com a visão da imagem ao nível do 3º olho.
É uma confusão enorme que é feita, naquele momento.
Então, é verdade que se insistiu, mesmo em minha vida, sobre a cor, sobre os símbolos, mas, hoje, as energias e a qualidade Vibratória que vocês são capazes de acolher não são de forma alguma a mesma. Enquanto vocês estão na imagem, estão no reflexo, vocês não estão na Verdade.
A Verdade não tem imagem.
Uma diferença essencial e eu a disse não há tanto tempo assim, há exatamente uma semana: a característica de uma imagem astral é ser uma imagem onde a Luz está no exterior.
A visão do Coração, que não é uma imagem, mas que é a Verdade, vai lhes mostrar uma Luz que está no Interior e não mais no exterior.
Não se esqueçam de que vocês estão num mundo invertido, a tal ponto que o que vocês chamam, o que os cientistas chamam o buraco negro ou o vazio do universo, que constitui mesmo assim 95% da massa total do Universo, então vocês chamam o vazio ou o negro.
Mas isso é arquifalso.
São vocês que estão no negro.
Vocês são uma sombra invertida.
Aliás, os Vegalianos, quando vêm operá-los, são obrigados a colocar óculos para vê-los porque, para eles, vocês são invisíveis, porque vocês estão na sombra.
Enquanto vocês estiverem exteriorizados na Consciência, vocês estão numa projeção.
O corpo é uma projeção hologramática.
A consciência ali se pôs.
É como dizem os orientais, todo o tempo: Maya, a Ilusão.
Mas, enquanto vocês estão mergulhados nesta Ilusão, são persuadidos de que é a Verdade.
Apenas quando vocês se extraem da Ilusão é que vocês tomam consciência da Ilusão. Não é mais um conceito, é uma vivência e, naquele momento, vocês são o que se chama um ser realizado ou desperto, inteiramente.
Não é uma visão do espírito, é a estrita verdade.
Portanto, enquanto aderirem à imagem, e à sua também, vocês não estão no Templo Interior no qual está a Consciência.
Isso é o corpo, mas vocês não são esse corpo.
É a Consciência que está fechada na Ilusão.
Hoje, vocês devem reencontrar o lugar, portanto, sair do invertido.
A passagem da Consciência é também assim.
E enquanto vocês estiverem na imagem que lhes propõem ou que vocês mesmos projetam, vocês não estão na Verdade, estão numa projeção, é o caso de dizê-lo.
Então, finalmente, que esta projeção seja positiva ou negativa não muda estritamente nada, na finalidade.
Ela os mantém na ilusão.
Vocês não podem sair da ilusão por uma imagem.
A única porta de saída está no Coração e é Vibratória.
Nós declamamos isso em todos os sentidos.
Mas eu concebo perfeitamente que o sentido o mais importante, quando se está na ilusão, não é o sentido extrasensorial, é o sentido visual, infelizmente.
Há frases, grandes escritores que disseram «o essencial é invisível para os olhos».
E é completamente verdadeiro.
E vocês estão na civilização, hoje mais que no meu tempo, da imagem.
A imagem é onipresente.
Ela está aí para obscurecê-los.
Ela está aí para fazê-los projetar, ainda mais para o exterior.
Ela está aí para seduzi-los e para afastá-los da Verdade.
Aivanhov - 20 de fevereiro de 2011

Questão: prometem-nos uma liberação desta matriz aprisionante. Mas como saber que de novo não se será tomado na armadilha num outro sistema?
Então aí, cara amiga, apenas o Coração é que tem a resposta.
Fazer esta pergunta é uma questão que vem da pequena bicicleta, porque aquele que encontrou a Vibração do Coração não pode mais colocar-se esta questão.
Quando vocês vivem, quando viverem a Vibração do Coração, vocês passam na Unidade.
Na Unidade há a Luz Unitária e, nesta Unidade, não pode mais haver qualquer armadilha porque vocês são multidimensionais.
Portanto, obviamente, eu compreendo que aquele que não vive o acesso à Unidade ou ao Estado de Ser pode colocar-se a «questão».
Mas esta questão apenas faz traduzir o não vivido, ainda, da Dimensão da Coroa Radiante do Coração.
Quando vocês elevam a Coroa Radiante do Coração, como disse o Arcanjo Miguel, o que vocês se tornam?
Tornam-se Cristo.
E sendo e voltando a ser o que vocês são, de toda eternidade, não há mais qualquer dúvida sobre o que vocês são, ou seja, uma Semente de Estrela e um Ser de Luz, inteiramente. Mas vocês não são mais identificados a este corpo, a esta personalidade e a esta vida.
Isso se chama a Realização, eu creio, nos termos do hinduismo.
Atingir a Unidade, como um Amigo, como Sri Aurobindo, como eu, quando a vivi, tira-lhes qualquer noção de orgulho e os põe na humildade a mais total, nesse Plano.
Cristo dizia efetivamente que o que ele fazia, vocês fariam ainda bem maiores (ndr: coisas) na condição de tornar-se o menor aqui e não mais identificarem-se ao que quer que seja desse mundo, ou seja, não mais serem identificados a vocês mesmos, não mais serem identificados a uma vida passada, seja ela a mais prestigiosa, mas serem identificados, unicamente, à Luz.
E quando vocês são identificados à Luz, não pode mais haver dúvida, dado que vocês estão na Vibração da Unidade.
Vocês se tornam Cristo e, ao se tornar ele, não pode mais haver interrogação.
É para isso que vocês são convidados, não é à interrogação de saber se é melhor noutro lugar ou não.
É simplesmente realizar seu estado Cristo, realizar a alquimia, como disse Miguel, das 3 Lareiras, reunificarem-se, ou seja, tornar-se, voltar a ser multidimensional.
Quando vocês voltam a ser multidimensionais, mesmo estando ainda presentes nesse corpo de Ilusão, e bem, não há mais qualquer interrogação sobre o que quer que seja.
***
Questão: antes de sermos presos na Matriz, éramos já multidimensionais?
Perfeitamente.
***
Questão: isso quer dizer que um Ser multidimensional pode, apesar de tudo, se fazer prender?
Absolutamente não, cara amiga.
A primeira encarnação, chamada, de acordo com algumas mitologias, a Queda, que não é uma queda, é um ato voluntário.
De resto, o que explica que, hoje, Consciências livres, não tenham jamais sido encarnadas, aceitam penetrar esta Matriz porque sabem que é o fim, a deslocação da Matriz e que não ficarão prisioneiras.
Portanto, elas aceitam o fato de estarem prisioneiras, por um determinado tempo, que é o tempo da Ascensão que vocês vivem hoje.
Por conseguinte, desde a primeira criança que vocês chamaram Índigo, desde os anos 80, há uma multidão de almas, uma multidão de Espíritos conscientes de sua multidimensionalidade.
Eles não se sacrificaram, desceram voluntariamente.
O problema é que, até agora, as almas que desciam voluntariamente não podiam mais sair da Matriz.
Mas se a Matriz não existe mais, nada mais há a sair, vocês saíram da Matriz.
Por conseguinte, imaginar que há outra armadilha, noutro lugar, eu respondo, uma vez mais, é porque você não vive, inteiramente, a Unidade.
Há os exemplos de todos os seres (no Ocidente, no Oriente, nos sufis, por toda a parte) que viveram o acesso à Unidade, seja nos modelos tradicionais.
Aliás, eram, à época, seres que foram perseguidos, seja no sufismo, no hinduismo, nos Judeus, nos Cristãos.
Aqueles seres foram queimados, porque preconizavam que eram Deus e que eram a Fonte, se preferem, em linguagem de hoje.
Mas é a estrita Verdade.
Simplesmente afirmar aquilo provocava a cremação ou a colocação na cruz.
Quando Cristo dizia: «Eu e meu Pai somos Um», era uma visão do espírito ou a Verdade do que ele vivia?
Mas é claro que era a Verdade do que ele vivia.
Em minha vida, quando eu meditava frente ao Sol, eu reencontrava a Unidade, inteiramente. E quando você está na Unidade, sabe que as palavras de Cristo eram verdadeiras.
«Vocês estão sobre esse mundo, mas vocês não são desse mundo».
Portanto, isso quer dizer que vocês são de outro mundo, mas quando encontram este outro mundo, por que ir pensar que é uma armadilha?
Não há armadilha.
Jamais houve armadilha.
Houve uma Matriz aprisionante, mais esta Matriz aprisionante, sobre este universo que dura desde 320 000 anos, não existe mais.
Ela não existirá mais e não se reformará mais.
Há 81 sistemas solares, nos 81 Multiversos, que foram fechados.
Há mais da metade que foram liberados.
Os outros o serão logo que terminarmos de nos ocupar desta Terra.
Mas após, não haverá mais esta experiência infeliz de privação do acesso à multidimensionalidade.
Terminou.
Olhem, por exemplo, Sri Aurobindo.
Sri Aurobindo, quando falou do Supramental, ou mesmo do Yoga Integral, falou de manifestações Vibratórias, dos Novos Corpos?
Jamais.
Os Novos Corpos, vocês começaram, talvez, a deles ouvir falar (antes mesmo de terem todas as informações que os Melquisedeques lhes deram) por outras vias, mas desde os anos 80, não antes.
Portanto, não havia liberação global e, no entanto, havia seres que se extraíam da Matriz e que tocavam a Unidade.
Aquilo se chamava a Realização.
É uma vivência Vibratória direta da Consciência.
Quando vocês vivem essa vivência direta da Consciência, vocês não são mais adeptos de qualquer crença, porque sua experiência é a Verdade.
Vocês não estão mais na experiência das crenças, estão na experiência de seu estado Ser e estão na Consciência, como dizem: Sat Chit Ananda.
Naquele momento, a Ilusão não tem mais qualquer poder sobre vocês, qualquer que seja.
Portanto, não pode haver armadilha do que quer que seja, nem no interior, nem no exterior.
Mas para isso, é necessário vivê-lo.
Em minha vida, havia grandes seres, também, que exprimiram isso de diferentes modos, mas, naquela época, ninguém podia compreender.
Havia seres como..., como ele chamava-se?
Steiner, como Krishna Mûrti, que exprimiam esse conceito.
Ninguém podia compreender e, aliás, ninguém jamais compreendeu, porque não é algo que se compreenda.
A liberação, não é uma compreensão.
É justamente tudo, exceto uma compreensão.
É um estado Ser, é um estado de liberação que se manifesta pela Vibração da Luz e certamente não por uma crença ou construções ao nível mental.
É uma coisa aderir à Unidade, como conceito, e é completamente outra coisa viver a Unidade no plano Vibratório e no plano da Consciência.
Aivanhov - 05 de março de 2011

Como vocês sabem, desde inúmeros anos (desde, de fato, a intervenção dos Arcanjos, Miguel e outros Arcanjos) vocês entraram diretamente no que é chamado, nas Escrituras: o fim dos Tempos.
Não confundam o fim dos Tempos com o fim do mundo.
Isso não é o fim do mundo, é o fim de um mundo, o fim da Ilusão, sobretudo.
E o que se traduzia, nesse mundo, por certo número de leis ligadas ao confinamento, está desaparecendo.
Há um quadro que está se desenrolando sob seus olhos, o quadro é o quadro da vida sobre a Terra atualmente, onde uma multidão de sinais está presente tal como foram anunciados, e eu os remeterei, é claro, sobretudo ao nosso bem amado Sri Aurobindo, quando ele foi São João.
É claro, há bem próximo de vocês e, em particular, Bença, aquele a quem vocês chamam Orionis, meu mestre, que teve também, em sua vida, imagens precisas e a percepção precisa do que vocês estão vivendo (ndr: Bença DEUNOV).
Agora, aqueles que não querem ver não verão, aqueles que não quiserem ouvir não ouvirão, aqueles que recusarem ver a evidência do que está aí não a verão.
Por múltiplas razões, ou porque estão demasiado fechados em seus próprios cinemas Interiores, ou seja, em sua própria vontade de levar a efeito suas vidas exteriores, por exemplo, uma carreira, por exemplo, atividades exteriores.
E, para aqueles, infelizmente, vocês nada podem fazer e isso vocês sabem.
***
Então, com relação ao que está acontecendo sobre este planeta que é, realmente, como lhes dizer isso..., o fim do fim do fim, não é? Vocês veem todos os dias ao redor de vocês, se vocês aceitam ver e se vocês aceitam ouvir.
O que isso quer dizer?
Isso quer dizer que é preciso, agora e já, colocar-se na cama e esperar?
Não, certamente não.
É toda a diferença entre a resignação e a Paz.
A resignação é algo que provoca uma frustração, não é? A Paz é um estado de não frustração, quer dizer que há uma transcendência Vibratória e da Consciência, que permite compreender que o fim da Ilusão é o início da Verdade, não é?
Então, é claro, cada um é diferente, eu diria, profundamente diferente em relação ao que acontece, mesmo entre os seres que vivem essas transformações intensas que estão em curso atualmente.
Há os que duvidam e que duvidarão, mesmo quando tudo tiver acontecido. Isso faz parte, tudo isso, do mental, é claro, porque a pessoa que abriu inteiramente a Coroa Radiante da Cabeça e que começa a sentir as doze estrelas e que sente o chacra do Coração, a Coroa Radiante do Coração, o Fogo do Espírito, não pode mais duvidar um instante.
Então, é claro, do exterior, aquele que não duvida e que sabe que é o fim dos tempos continua a avançar em sua vida.
Simplesmente ele está lúcido e consciente de que a transformação final está em curso.
O outro, em contrapartida, recusa ver.
E depois, há os que estão resignados.
Eles têm uma lucidez, ou porque são cientistas que estão a par de algumas coisas, ou porque eles perfeitamente analisaram intelectualmente o que está se produzindo.
E eles resignaram-se, mas isso não quer dizer que estejam na paz.
***
Questão: como permanecer centrado quando se exerce uma atividade relacionada com o público?
É muito difícil.
Porque, atualmente, alguns vão se encontrar com um excesso de atividades exteriores.
Outros vão se encontrar com uma rarefação de suas atividades.
É preciso já aceitar o que acontece.
Num sentido como no outro.
Então, no seu caso, há sempre uma solução.
Mas a solução não é você que vai decidi-la, se você está transparente e na Unidade.
Aproveite de seus momentos de alinhamento e de Unidade para pedir pelo que lhe coloca problema, porque você sente certa forma de Dualidade ligada, talvez, a essas pessoas que não estão no mesmo estado Vibratório que você e que vêm vê-lo.
E, no entanto, isso pode ser, eu diria, seu papel.
Portanto, nesses casos, peça ao Universo que lhe forneça uma solução.
Não é você que busca a solução.
Você diz: «eu deixo a Luz agir», e a Luz será a solução.
Você vai constatar muito rapidamente que ou capacidades de resistência e de abandono à Luz (igualmente) vão lhe permitir fazer isso, ou há uma solução, como chamá-la..., de substituição, que vai se instaurar.
Por exemplo, alguém que virá ajudá-lo para ter a loja, mas não é você que decide.
É a Luz.
Agora, lembre-se também de que o período é muito importante, porque há impulsos de sua alma e de seu Espírito que são, por vezes, muito fortes, por exemplo, você está numa situação e, de repente, você se levanta pela manhã dizendo-se: «isso não pode mais durar» e tudo vai se instaurar para que isso não dure mais.
Eu repito, cada caso é diferente.
Mas sigam os impulsos que lhes chegam, sobretudo pela manhã, quando vocês se levantam.
E também peçam ao Universo.
Não são vocês que agem, porque, se vocês agem, vocês se arriscam a recair na Dualidade, de acordo com tudo o que eu acabo de explicar.
Agora, em suas atividades (mas é similar para um cônjuge, similar para um filho, é similar para tudo), lembrem-se de que Cristo está aí.
Lembrem-se de que o Verbo Criador está se instaurando desde a abertura da boca. Portanto, neste período que vocês vivem, tudo vai muito rápido e irá cada vez mais rapidamente.
Portanto, tem que pedir.
Mas não peçam num sentido ou no outro, porque, se você pede dizendo: «eu quero parar», é a sua vontade.
Se você diz: «eu quero que me envie alguém», é a sua vontade.
E se você diz: «o que eu vivo perturba em minha Unidade, eu peço ao Universo algo, uma solução», não é você que decide a solução, é a Inteligência da Luz.
***
Questão: que significa: «de Portador de Luz, vocês vão se tornar os Estandartes da Luz, semeando a palavra de Luz, a fim de anunciar o retorno do Cristo, em Verdade e em Unidade»?
Ah, isso necessita uma explicação?
Portar a Luz é acolher a Luz, Estandarte de Luz é a Luz que começa a se manifestar.
Não porque vocês a projetam ao exterior, mas justamente porque vocês se tornam transparentes.
Tornar-se transparente é tornar-se humilde.
É tornar-se simples.
Tornando-se humildes e simples, a Luz pode, naquele momento, irradiar.
Não é sua vontade, nem do ego, que faz Irradiar a Luz, ela Irradia por si mesma.
Assim que a personalidade, o ego, o pensamento, o mental, as emoções se fazem muito pequenos, naquele momento, a Luz pode tomar o lugar.
É um problema de vasos comunicantes.
A última parte da frase: O que é anunciar o retorno do Cristo?
Vocês sabem, o Cristo reaparecerá após a tribulação, como está escrito no Apocalipse de São João.
Aquele que lhes diz, hoje, sobre a Terra, que é Cristo, isso quer dizer que ele realizou Cristo, mas ele não é o Cristo histórico.
Seria uma heresia pensar isso.
Pode haver uma identificação com o Cristo histórico, por ressonância Vibratória, mas isso se chama realizar o Cristo Interior, ou o estado Cristizado.
É para isso que vocês são chamados.
Filho Ardente do Sol.
Anunciar o retorno do Cristo é manifestar seu Cristo.
Cristo Miguel.
ER-ER estão reunidos.
Ki-Ris-Ti está presente no Éter da Terra e chega do Céu.
Portanto, se vocês mesmos estão Cristizados, vocês manifestam Cristo.
Vocês imitam Cristo.
Cristo lhes disse, quando ele veio: «o que eu faço, o que eu fiz, vocês o farão bem maior ainda».
«Sejam meus imitadores, não meus adoradores», mas tornem-se, como lhes disse outro Arcanjo, O Caminho, a Verdade e a Vida.
E tornar-se o Caminho, a Verdade e a Vida é tornar-se o menor aqui, é a história do Cristo que lava o pé de seus apóstolos.
***
Questão: é difícil permanecer ao mesmo tempo na Alegria e no tumulto da vida.
Certamente não, meu amigo.
Se a Alegria está aberta, definitivamente, e não da ordem da experiência, como com a natureza, você pode estar não importa onde.
Você se torna transparente.
Então, a Alegria é onipresente.
Olhem alguns seres que percorreram esta Terra e que tocaram a Unidade.
Olhem, não o que fizeram de minhas palavras com meus escritos, mas tentem olhar como eu me exprimia quando eu era vivo, há filmes que foram feitos, vocês compreenderão.
Olhem outros grandes seres.
Vocês encontraram um verdadeiro neófito triste, exceto aqueles que estavam fechados nos modelos judaico-cristãos?
Mas a verdadeira Unidade é Alegria.
Se há outra coisa que a Alegria, é uma emoção.
Quer dizer, é devido ao prazer ou é uma experiência de Alegria.
Quanto mais vocês penetrarem a Alegria, menos vocês são permeáveis ao que é oposto à Alegria.
***
Questão: que significa a expressão bíblica: «deixar os mortos enterrarem os mortos»?
Isso quer dizer, simplesmente (Cristo dizia isso, àqueles que queriam segui-lo), quer dizer tomar a Verdade dele, tornarem-se eles mesmos a Verdade do Espírito.
Os mortos são aqueles que recusam o Espírito, são aqueles que estão fechados em suas certezas mentais e que nada querem mais.
Vocês não podem tirar um morto da tumba, uma vez que da tumba, vocês dela saem sozinhos.
Por mais que vocês lhe mostrem a Luz a mais cintilante, a mais magnífica, a Luz a mais Crística, mas se ele mesmo não quer dali sair, ele dali não sairá, de sua sombra e de sua tumba.
O que é como a morte é o mental.
É ele que os fecha na crença e na certeza e que os impede de serem livres.
Deixar os mortos enterrarem os mortos, isso quer dizer estar na Unidade.
É também o Abandono da vontade pessoal.
Vocês não podem se tornar Cristo e continuar a jogar com os mortos.
Aivanhov - 30 de março de 2011

Questão: a que ritmo vão evoluir os acontecimentos coletivos?
Cara amiga, você sabe, as datas jamais são fixas.
Nos já dissemos, desde este inverno passado [verão no hemisfério sul], após a Passagem da Garganta e a Abertura da Boca, Miguel, Maria e eu mesmo, nós dissemos: «Tudo está realizado».
Restava apenas materializá-lo sobre a Terra.
O tempo de materialização da Consciência era desconhecido, simplesmente.
O Agora, é Agora, eu repito, não é no próximo ano, nem dentro de dez anos.
E o melhor marcador, não é o que lhes dão como informação.
Sri Aurobindo disse-lhes, todos os dias, a partir de 17h [hora francesa], as Vibrações vão se tornar cada vez mais intensas ao seu nível de percepção.
Aqueles que nada sentiam vão sentir o dobro.
O dobro de nada, isso dá sempre nada, vocês vão me responder.
Não é totalmente verdade, porque não é o dobro de nada, são sensações menores que vão multiplicar-se.
E aqueles de vocês que vivem os mecanismos Vibratórios, seja ao nível dos sons da alma, seja ao nível das Coroas Radiantes da cabeça ou do Coração, seja ao nível do sacrum, o abrasamento é total.
É um abrasamento de Luz.
Então, é claro, segundo sua consciência, e isso também eu disse (vocês não podem dizer que eu não disse e repeti centenas de vezes): a passagem da lagarta à borboleta dependerá de seu ponto de vista.
Portanto, se vocês permanecem lagarta, e se querem permanecer lagarta, vocês chamarão a isso uma catástrofe. Se vocês são borboleta, vocês chamam a isso: «isso, é a borboleta que está aí».
Os sonhos, a qualidade de seu sono, a qualidade de sua consciência, a percepção das Vibrações amplificam-se e é cotidiano e eu repito: «O que vocês veem fora acontece dentro».
No Tudo, a Consciência é Una.
Quando se disse para não julgarem ninguém, porque aqueles que vocês julgam, como o Cristo disse, é a você mesmo que você julga.
Dizer que o outro é seu inimigo, isso nada quer dizer, porque o que vocês veem no exterior como inimigo é uma parte de você mesmo.
Não era uma metáfora ou um jogo de palavras.
É a estrita verdade e, viver na Unidade é viver na Unidade.
Não há diferença entre dentro e fora, não há diferença entre você e o resto.
Até o presente isso podia permanecer um conceito, porque os planos estavam separados, mas, agora, terminou.
Portanto, nós falamos a linguagem da Verdade e a linguagem da Vibração.
Será que fui bastante claro?
E vocês deveriam estar muito contentes.
Eu sei que certamente, mesmo entre os Seres que seguiram os Casamentos Celestes, que seguem as meditações, lembrem-se também o que eu disse ainda hoje: alguns vão se servir dessa Luz para nutrir o ego e a personalidade, eles não integraram, apesar de uma forma de Abandono intermitente à Luz, mas eu diria que é um Abandono interpretado.
Isso quer dizer que eles vão se nutrir da Luz, mas não para a Luz, não para tornarem-se transparentes, para se nutrir da Luz para eles, ou seja, para a personalidade.
Isso foi chamado, esta semana, Fogo do ego, Fogo do Coração.
Nós não empregamos essas palavras por acaso.
É o Fogo.
***
Questão: como você acompanha as evoluções em curso?
Nós podemos agir de diferentes modos, nós já agimos amplamente emitindo, via Sol, bombardeando o Sol de maneira a perfurar o envelope magnético do Sol, a fim de que lhes cheguem fluxos de informação Luz muito mais importantes do que anteriormente.
É o que se produziu já desde um mês.
E nós podemos modificar isso a qualquer momento.
Nós podemos fazer de modo que seus Corpos de Estado de Ser cheguem, inteiramente, até vocês, no espaço de um milionésimo de segundo.
Mas, eu repito, não somos nós que decidimos, nem vocês, é a Terra, e a Terra, o que é que ela decide?
Não se pode falar melhor.
A Terra cresce, eu disse isso também.
Quando eu digo que a Terra vai passar de 7.000 milhas para 10.000 milhas, não é uma visão do espírito, não é?
E como vocês querem que ela cresça se não há movimentos tectônicos geofísicos?
Nós os havíamos anunciado também.
E se mamãe Gaia decidiu que havia modos mais rápidos de ir para a Luz, ela o escolheu.
Então, é claro, aqueles que estão do lado lagarta dirão que é uma catástrofe, é direito deles.
Cabe a vocês saber onde vocês querem estar.
***
Questão: qual seria, hoje, o que seria necessário liberar o mais rapidamente possível?
O mental, a pequena bicicleta.
E depois, há aqueles que não querem ver, portanto, a estes, vocês nada podem.
Agora, para aqueles que estão conscientes e que vivem essa iminência, porque eu bem lhes disse, mas se vocês não a vivem, essa iminência, é problema seu.
O que isso quer dizer?
Busquem em vocês a causa disso.
Lembrem-se de que a porta de saída é o Coração.
Portanto, Vibrem.
O mais urgente é estar na Paz, é despertar-se, você mesmo, mas despertar a Dimensão do Coração.
Mas aqueles que não sentem o Coração, vocês sentem as Estrelas.
Se vocês não sentem de modo algum as Estrelas, tampouco, aí, eu nada posso, mas lembrem-se de que, até o último minuto, a Graça está aberta.
Mas, mesmo no último minuto, eu lhes garanto que haverá uma maioria de seres humanos que vai dizer: «eu não creio nisso, não é verdade», ou por ideal espiritual, ou por medo, ou porque, para eles, não é verdade.
O problema é que não haverá mais Terra para recebê-los.
É um problema para eles, é claro, mas não para a Terra.
Aivanhov - 02 de abril de 2011

Questão: qual será nosso papel no momento do impacto do choque da humanidade?
Além de entrar no interior de seu próprio Coração, nenhum.
De qualquer modo, não haverá escolha.
Ou você participa do que acontece no exterior, ou você participa do que acontece no Interior: Unidade ou Dualidade.
Portanto, a partir do momento em que as radiações do Ultravioleta, das partículas Adamantinas vão também tocar onde você está, aí também haverá essa espécie de sideração, onde ou o mental e a pequena bicicleta vai se pôr a girar em todos os sentidos e a toda velocidade, ou você será capaz de entrar no Interior de si e estabelecer-se em seu Coração.
Não haverá outra alternativa.
De qualquer modo, vocês não terão escolha, vocês terão apenas isso a fazer.
Tudo o que lhes pareça , como dizer..., hoje ocupar as suas vidas, as suas preocupações, as suas obrigações, quando tudo isso desaparecer, vocês não terão escolha, não é?
Aivanhov - 08 de abril de 2011

Questão: que responder às pessoas bastante próximas que falam do carma, que se referem aos Senhores do Carma e que estão no sofrimento com isso?
Elas estão no sofrimento porque deram atenção a essas leis de ação/reação.
Elas estão persuadidas de que as leis do Espírito são as mesmas que as leis da matéria.
Elas estão fechadas nelas mesmas e nenhuma palavra pode tirá-las desse confinamento.
Elas mesmas criaram o próprio sofrimento, dando sua adesão, sua crença a movimentos espiritualistas que estão, no mínimo, na sombra, não é? E elas estão persuadidas de estarem na verdade, mas essa é a experiência delas.
Nenhuma palavra vai fazê-las mudar de opinião, ao contrário.
Vocês que vivem a Unidade ou que se aproximam desses estados, vocês são loucos furiosos, e é o ponto de vista delas e é a verdade delas.
Elas serão confrontadas a essa verdade.
Elas estão numa lógica de rigidez, de rigor, de seca.
Elas vão falar de coração, mas aplicam leis criadas por aquele que não tem coração, ou seja, Yaldebaoth. Elas estão fechadas, como você disse, no próprio sofrimento e no próprio medo.
Infelizmente, fora Irradiar, nenhuma palavra as fará mudar de opinião.
Ao contrário, você as fará entrar na reação com relação ao que você vive e ao que você é.
***
Questão: e o que é das crianças que, na Internet, brincam com jogos de guerra?
Elas estão completamente possuídas por Ariman.
Não se enganem.
A realidade virtual é uma virtualidade na virtualidade, isso afasta mais do que tudo do ser Interior.
É feita para isso.
Se os jogos pudessem ser considerados, no limite, na Internet, onde os anjos vão reencontrar outros anjos e tudo é angélico!
Mas vocês efetivamente veem que tudo o que é criado vai no sentido da guerra.
***
Questão: como fazer, como pais, quando se tem filhos que brincam com isso?
O que são os pais?
Se vocês são pais, em nome de que vocês não têm o direito de proibir algo?
Ou vocês são inconscientes, ou vocês aceitam que eles brinquem com Ariman.
É similar para os jovens: há os que ouvem músicas que têm Vibrações e frequências arimanianas e outros que ouvem músicas e frequências que os elevam.
Agora, uma criança, cabe a vocês evitar, de qualquer modo, certo número de coisas.
Aivanhov - 09 de abril de 2011

Questão: em sonho, ver o próprio filho afundar e não poder salvá-lo, corresponde a quê?
Isso ilustra simplesmente que, efetivamente, é preciso compreender que seus filhos não são seus filhos e que seus filhos não vão necessariamente ao mesmo lugar que vocês.
Aivanhov - 13 de abril de 2011

Questão: se estamos prontos para passar no Estado de Ser, por quê isso não se realiza?
Caros amigos, vocês são dependentes da Terra, porque vocês não têm todos o mesmo destino.
Alguns acompanharão a Terra na 5ª Dimensão.
Se a Terra não passou e se vocês passam, ou o inverso (se a Terra se vai e aqueles que eram previstos de partir não partem), vocês são obrigados a ser sincrônicos, sincrônicos em relação a três coisas.
Primeiramente, em relação a Gaïa, em sua totalidade.
Em segundo lugar, sincronia em relação ao território, ou seja, ao solo em que vocês estão.
Portanto, nada há que se oponha.
Simplesmente vocês são Semeadores de Luz e vocês são aqueles que, nesses últimos tempos, permitem à Luz difundir-se, de próximo em próximo, para aqueles que estão prontos a acolher e a viver o processo.
Portanto, nada há que se oponha.
Terminou.
Aliás, os laços que os impediam de ir ao seu Estado de Ser ou viver inteiramente a Fusão não existem mais, para a maior parte de vocês.
Então, alguns, nesse processo, estão mais ou menos avançados.
Há quem comece a perceber a modificação dos sons que correspondem ao Canto da Terra, ao Canto do Céu, que não é ainda percebido pela totalidade da Terra e dos humanos.
É um processo que se põe a caminho.
Agora, nós sempre dissemos, nada mais há que se oponha.
Mas, há que manter uma forma de sincronia em relação à Terra, em relação ao lugar onde vocês estão, também, primeiro a terra, em seguida, o lugar onde vocês estão.
Em terceiro lugar, também, em relação às circunstâncias, eu diria, não mais do solo, mas localmente, de acordo com os lugares do solo onde vocês estão no mesmo país.
Aí está o que se pode dizer no dia de hoje.
Mas é muito simples, vocês saberão, e vocês sabem, que o momento chegou.
Mas vocês saberão que tudo se acelera, disseram-lhes, quando o Som da Terra for percebido em toda a Terra, quando o Som do Céu aparecer, como para a Terra nesse momento, em alguns lugares, e depois, sobre toda a Terra, porque o Som do Céu é ligado ao Canto do Cosmos.
Vocês sabem que a magnetosfera, a ionosfera e a heliosfera foram perfuradas.
Existem zonas onde os campos magnéticos da Terra são extremamente móveis e onde a penetração dos raios cósmicos se faz de maneira mais intensa.
São primeiro os dois pólos e, em seguida, uma zona que é chamada o «meio do Atlântico». É naquele lugar que os Cantos são ouvidos, mas, do Céu, mais no meio do Atlântico, até prova em contrário, não há ninguém que ali viva, portanto, há pouca chance de ouvi-lo lá, o mesmo nos pólos.
É preciso esperar que a difusão desse Som, desse Som e desse Canto se faça ao nível do primeiro país, vocês compreenderam, ou seja, que se faça o giro ao nível do Atlântico para se reencontrar ao nível do Pacífico e, portanto, ao nível do Cinturão de Fogo do Pacífico, no alto primeiro e depois abaixo.
Mas, no interior do ser humano, nada mais há que se oponha.
Há ainda medos, mas o medo será varrido pelo mecanismo que vocês viverão.
Mas, eu repito, vocês não partem todos para o mesmo lugar, vocês não partem todos no mesmo momento.
Há os que farão horas extraordinárias entre os antigos, porque eles têm o hábito da Luz.
Faz anos que eles vivem as transformações.
***
Questão: na medida em que se faz essa escolha de estar nesse mundo falsificado, será que se pode recair mais facilmente num outro mundo falsificado?
Não.
Isso foi dito várias vezes.
É o fim da falsificação em todos os Universos e em todos os Multiversos.
Não haverá mais, jamais, separação.
Mesmo os mais, como dizer..., lagartas de vocês irão a lugares onde sabem que, mesmo se são lagartas, eles verão a borboleta.
Aivanhov - 15 de abril de 2011

Enquanto vocês seguem alguém, vocês não são livres.
Foi o que disse Irmão K: «Vocês querem descobrir a autonomia e a liberdade ou, então, vocês querem fazer crises de infantilidade ao invés de viver a Criança Interior?», ou seja, depender de uma autoridade exterior e crer que vocês devem submissão a outra Consciência.
Cabe a vocês escolher.
Aivanhov - 03 de abril de 2011

Questão: todos os mensageiros fazem-nos evoluir ou alguns podem arrastar-nos para a Sombra?
Então, aí, cara amiga, cabe a você viver, em você, o que você tem a viver.
Se o que você lê, se o que você escuta não lhe corresponde, é que aquilo não é para você.
Sem prejulgar qualquer Luz ou Sombra, porque o que é a Sombra para um será Luz para o outro.
Todo ensinamento tem seu lugar.
Mesmo aqueles que foram falsificados permitiram a vocês estarem aí onde vocês estão hoje.
Portanto, nada há, como dizia-lhes Maria, não há muito tempo, a julgar.
Nada há a condenar.
É a vocês que cabe fazer sua própria, não opinião, mas seu próprio Coração em relação ao que é dito e ao que é escutado.
Através desse canal, seja eu mesmo ou outros intervenientes, nós lhes demos provas.
As provas são, para nós, antes de tudo, Vibratórias.
Elas não são ao nível de dizer: «vai acontecer tal coisa amanhã», porque a trama temporal na qual vocês estão não é a trama fora do tempo na qual nós estamos.
Há, obviamente, eventos que já aconteceram nas outras Dimensões que necessitam, como foi dito, uma forma de precipitação ou de atualização em sua própria Dimensão. Agora, através do mesmo ensinamento, alguns vão encontrar a própria Sombra e outros vão encontrar a própria Luz.
Não se pode ser tão formal dizendo: «isso é da Luz Vibral, isso é da sombra». É preciso acrescentar: «para mim, naquele determinado momento». Mas há uma coisa que não pode jamais, jamais, enganá-los: é o estado Vibratório no qual vocês estão, e a Paz, no mínimo e, por vezes, a Alegria, que pode instalar-se, naquele momento.
Mesmo se aquilo é a verdade, que se diria absoluta, ela não lhes diz respeito se não os coloca nessa Alegria e nessa Paz.
É tão simples assim.
Mas é evidente que diversos planos foram implementados sobre esta Terra (eu deles tenho já falado desde mais de um século), para preparar o que vocês chamam o advento da nova ordem mundial, ou seja, preparar uma nova religião mundial, oriunda de um salvador exterior a vocês mesmos, encarnado, presente sobre a Terra e que se desvendará no momento vindo.
Tudo isso, é claro, nada tem a ver com a realidade Vibratória do ser humano.
Agora, eu repito: Será que vocês querem sair da prisão, ou será que vocês querem permanecer na prisão?
Fora isso, hoje, não há outra questão.
Há seres que estão muito felizes na prisão.
E há seres humanos que vão dizer a vocês que eles não estão na prisão, que a vida é magnífica aqui.
É, como lhes disse Maria, a estrita liberdade deles.
Vocês não podem sair de um determinado estado sem modificar a forma e a consciência.
Portanto, se vocês querem permanecer na mesma forma e na mesma consciência, então, permaneçam ali.
Vocês não têm necessidade de seres que venham falar-lhes.
Lembrem-se de que nós sempre dissemos para jamais crerem no que nós dizíamos, uns e outros.
Se vocês não o vivem, em verdade, se vocês não o vivem, em Vibração, isso estritamente para nada lhes serve.
Mas é evidente, também, que é efetivamente necessário dar-se conta de que é muito mais fácil falar-lhes do canto dos pequenos pássaros, todo o mundo é belo, do que colocá-los frente aos seus próprios prazos finais que chegam.
E eles não chegam, eles estão já aí.
Tudo é uma questão de atração.
Se vocês têm medo, então, isso não é feito para vocês.
O importante é sua Vibração e seu estado Interior.
Para resumir, pode-se dizer que a Sombra de um é a Luz do outro.
Mas lembrem-se de que a Luz não é desse mundo.
Eu creio que Maria, ontem, falou das antigas religiões e das novas religiões
São, como se vai dizer..., estratagemas para fazê-los aderir às novas crenças, ou às antigas crenças, a fim de privá-los de sua liberdade.
Enquanto vocês estão submetidos a uma crença, vocês não estão livres.
Aivanhov - 14 de abril de 2011

Questão: até hoje, continuo a não sentir as Vibrações. Tenho a impressão de sentir-me abandonada pelos humanos e pelo outro nível.
Então, aí, cara amiga, é preciso relativizar.
Apenas você é que se abandona a si mesma.
Não há qualquer errado, se não é você mesma, mas isso não é para fazê-la portar qualquer responsabilidade ou qualquer culpa.
Mas nada há no exterior de você.
É preciso compreender, de uma vez por todas que, quando vocês não vivem algo, quando vocês vivem algo, o ser humano (e nós todos passamos por isso), nós temos sempre tendência, e nós o fazemos sistematicamente: é preciso buscar um errado, um culpado. E sente-se, em si, culpado e errado e, geralmente, vai-se sentir vítima de algo. É a famosa tríade diabólica (ndr: vítima/salvador/algoz), mas nada há de exterior a você.
Tudo o que é projetado em sua vida, tudo o que você vê (as árvores, o céu), é apenas uma projeção. Portanto, será projetado o que é a imagem, de algum modo, no negativo, do que você é.
Portanto, se há barreiras ou diabos, como se diz, o que isso quer dizer?
Não há erro.
É sempre o mesmo princípio e, na encarnação, o mais importante a compreender, agora, através do que lhes foi desvendado, através do que vivem muitos seres humanos, é que vocês estão, realmente, numa matriz que não existe, onde tudo foi alterado, onde nada é verdadeiro.
Como dizem os Orientais, vocês estão no Maya.
Portanto, enquanto você dá peso a Maya, você não pode viver o que você é.
É preciso aceitar, de algum modo, morrer a si mesmo.
Isso foi exprimido de múltiplos modos: Humildade, Simplicidade, Atenção, Intenção, Aqui e Agora, Ética, Integridade etc.etc., Abandono à Luz.
Esse Abandono à Luz, para juntar ao que se dizia há pouco, não é um apelo, não é dizer: «eu quero a Luz» ou «sinto-me triste porque não tenho a Luz, porque não tenho a Vibração».
Mas você é a Vibração.
É preciso desidentificar-se de tudo o que não é a Luz.
Não há erro algum.
É simplesmente uma questão de ponto de vista.
Então, agora, como você exprime, há seres que buscam essa Vibração que, efetivamente, escutaram-nos, leram-nos e que não vivem a Vibração.
Resta ainda um pouco de tempo.
Mas não existe obstáculo algum para a percepção da Vibração, da Luz, nem de idade, nem de carma, nem de saúde.
Somente as crenças e o confinamento impedem vocês de viver o que vocês são.
O problema, isso foi dito também, não há muito tempo: existe um tal sistema de controle do mental humano, através da culpa, através da vontade, através do bem e do mal, através do julgamento, que reprime, literalmente, o Espírito do homem.
Isso faz parte do confinamento.
Mas, agora, eu repito, como foi dito pelo Arcanjo Anael há alguns dias, ser-lhes-á feito segundo sua Vibração. Mas, de qualquer modo, aqueles que aspiram a Luz, mesmo se não revelaram ainda a própria Luz, de qualquer modo serão liberados, portanto, não há qualquer apreensão a ter.
Anael, aliás, explicou, em relação à Luz, parece-me, há três dias, como se podia determinar onde se estava (ndr: intervenção de Anael de 14 de maio de 2011).
Eu os engajo a reler tudo o que ele lhes disse naquele momento, porque é muito importante.
O único obstáculo à Vibração, eu repito, são vocês mesmos, sem culpa e sem responsabilidade.
Isso quer dizer, simplesmente, que vocês são seus próprios mestres.
Mas, enquanto vocês não o aceitam, inteiramente, ele [o próprio mestre] não pode revelar-se.
O Abandono à Luz é isso.
E, de qualquer modo, como disse Anael (e como eu também sugeri), vocês viverão um Abandono total e coletivo à Luz, portanto, não há preocupação a ter, uma vez que vocês serão, todos, liberados.
E mesmo aqueles que irão, com esse corpo ou com outro corpo, à 3D Unificada, não serão mais, jamais, cortados da própria Luz.
E como foi dito por outros Arcanjos, eu posso assegurar-lhes e certificar-lhes que cada um irá estritamente para onde deve ir.
Não pode ser de outro modo.
***
Questão: Por que, quando se sente ir para a borboleta, ser cercado de lagartas?
Nada acontece por acaso, efetivamente, é a estrita verdade.
A lei de atração, também, atua nesse nível, mas que sejam parentes ou pseudo-mestres que se apresentaram como seres realizados dirigindo a Terra, é preciso agradecê-los, porque eles os confrontaram em alguns aspectos de vocês mesmos, que foram necessários para permitir-lhes estabelecerem-se como borboleta.
Portanto, nada acontece por acaso.
Se você tem tiranos ao redor de si, que querem prendê-lo à Terra, é porque, necessariamente, você tem a capacidade para transcendê-lo e para superá-lo e que, para você, é um meio, um trampolim, para ir para a borboleta mais facilmente, mesmo se isso pareça difícil.
Uma borboleta não pode saber que foi lagarta se não há algumas lagartas ao redor dela.
Aivanhov - 16 de maio de 2011

Mesmo as coisas as mais opostas à Luz ajudam-nos a ir para a Luz.
Aivanhov - 22 de maio de 2011

Questão: abençoar pessoas que não querem a Luz é contrário à Luz?
Totalmente.
Você não pode impor a Luz para um ser ou para você.
Querer apor a Luz sobre alguém que não a quer é um ato Dualitário por essência e, aliás, a maior parte dos trabalhos ditos de luz falsificada insiste na noção de pôr a luz por toda a parte.
É uma vontade egoica, uma vontade Luciferiana, porque isso mantém a Dualidade, porque isso faz intervir a vontade.
É sua inteligência humana que age, e não a Inteligência da Luz.
Se vocês vivem o Fogo do Coração, vivem o Fogo do Coração.
Naquele momento, vocês servem à humanidade toda, inteira, e ao conjunto de sistemas solares, porque seu Coração está aberto e porque ele está no Fogo ou na Vibração.
Todo o resto é apenas projeção do ego, sobretudo agora, em que a Luz está aí, à profusão. É verdade que isso obriga a rever um pouco os mecanismos de pensamento habituais, não é?
Isso não quer dizer que é preciso ser indiferente ou desviar-se daquele que lhes pede ajuda, atenção!
Eu disse, simplesmente, que a Luz age por ela mesma.
Se seu Coração está desperto, se a Coroa Radiante do Coração, da Cabeça Vibram ou estão no Fogo, vocês não têm necessidade mesmo de se preocupar: a Luz irá para onde ela deve ir, por ela mesma.
Porque, se vocês fazem isso, isso quer dizer o quê?
Isso quer dizer que seu mental vai querer tomar o controle da Luz, em algo que se chama a vontade de bem.
Mas a vontade de bem não é melhor nem pior do que a vontade de mal.
Ela mantém a matriz, mas não permite ir à Luz.
E eu disse: «Amar é Irradiar, servir, é Irradiar a Luz Vibral».
Mas ela irradia sozinha, assim que vocês estejam abertos.
Aivanhov - 03 de junho de 2011

A revelação do Fogo foi descrita já há gerações, eu diria, por exemplo, por alguns profetas.
Orionis, aquele a quem vocês chamaram (quando ele era walk-in) Bença Deunov, meu Mestre, descreveu esse processo de chegada do Fogo, que porá fim à Ilusão.
Então, é claro, alguns Seres viveram o Fogo e falaram palavras terríveis, porque viveram esse acesso a essa Verdade que ia revelar-se, mas, de algum modo, na personalidade.
Então, isso pode dar discursos terríveis, que vão falar de Julgamento Final, de Apocalipse, de destruições colossais.
Vão valar de necessidades de proteger-se, de acender velas, de prover alimentos, um período, de alguma forma, terrível.
***
Então, é claro, ao nível coletivo, vocês entram, diretamente, nas irrupções das outras Dimensões em sua Dimensão.
Isso passa, também, pela generalização de observações do que vocês chamam os extraterrestres.
Isso vai passar, também, pela revelação, em seus céus, do aparecimento de Embarcações Multidimensionais gigantescas em seus céus, mesmo à distância.
Portanto, certo número de elementos é, atualmente, preparado.
Se vocês querem saber o que isso fará, olhem os vulcões, olhem as águas que invadem tudo, olhem a Terra, em sua Dimensão Terceira, que se rasga para deixar o Fogo do Espírito, seu próprio Fogo, aparecer.
Vocês viverão exatamente isso em vocês, se aceitam (quando desses momentos finais, tais como foram descritos) essa etapa final que dura algum tempo: o Fogo do Batismo da Ressurreição, ou seja, sua Transfiguração e, para alguns de vocês, sua Ressurreição. Quer dizer que, naquele momento, não haverá mais freio para o acesso à sua Multidimensionalidade.
***
Vocês viverão, literalmente, o Fogo, em seu lado o mais espiritual, o mais Vibratório e o mais maravilhoso que seja possível.
Então, vocês imaginem, efetivamente, é claro, que àqueles que são ainda lagartas e que recusam tornar-se borboletas, isso vai fazê-los contorcer-se um pouco, não é?
As emoções de medo, o medo do mental, de tudo o que é ligado ao fim da pessoa, ao acesso a essa Eternidade, para as lagartas, será terrível.
É aí que seu papel relevante, de Ancoradores de Luz, em seu ambiente, junto aos seus próximos, vai tornar-se essencial. Então, é claro, segundo os lugares do planeta, a revelação desse Fogo do Espírito não se fará de maneira uniforme.
Há, atualmente, lugares sobre o planeta que vivem as premissas desse Fogo, através dos vulcões, através das cinzas, através do desaparecimento de animais, através da própria modificação do ar, através das inundações.
Eles vivem o fim, de alguma forma, das condições de vidas habituais nas quais será necessário voltar-se para a Verdade.
A Verdade, como sabem, não é, absolutamente, desse mundo.
As Leis do Espírito, como lhes foi dito, não são as leis da matriz.
***
Então, o Fogo do Céu vai fusionar, pela Fusão dos Éteres, suas Coroas, suas Lareiras e dar-lhes acesso, em Consciência, a algo que é absolutamente mágico (o que vocês chamam mágico é a Verdade do Espírito).
Mas retenham que, para muitos de seus Irmãos e de suas Irmãs, num primeiro tempo (eu não disse sempre), isso será não mágico, mas trágico, porque é preciso, de algum modo, fazer o luto dos apegos que não foram realizados, é preciso fazer o luto das ilusões, é preciso fazer o luto das crenças, é preciso fazer o luto dos apegos.
A Liberdade é isso.
***
É um período de grande Alegria para aqueles que aceitam o Fogo do Espírito, mas é, também, um período de confusão extrema para aqueles que querem manter a Ilusão dessa Dimensão. Mas, eu repito, nada há a julgar, nada há a condenar, porque vocês não sabem qual é o caminho que será realizável pela pior das lagartas que descobre a Luz.
Então, estritamente nada há a temer, porque é a Verdade que volta.
Estritamente nada há a temer de todos os movimentos que a Terra começa a manifestar porque, se vocês entram em seu Coração, na Alegria do Coração, na Verdade do Fogo do Coração, o Fogo do Espírito regenerá-los-á inteiramente nessa Dimensão.
***
Nada há a fugir, nada há a deixar.
Há a Ser, e é isso que se manifesta a vocês.
***
Questão: que é da Água em sua reunião com o Fogo?
O Fogo do Céu é a Água do Céu.
O Batismo do Espírito é o que se chamam as Águas do Alto, as Águas do Mistério, porque o Fogo não é uma chama que vai queimá-los, é um escoamento de Amor, uma Vibração que vai tomar posse de vocês.
A Água e o Fogo: é essa a alquimia da Luz.
São também as duas polaridades da Luz.
A Irradiação da Fonte e a Irradiação de Shakti, se preferem.
E lembrem-se do que disse o Cristo: «tenham-se limpos».
Nisso, eu não falo de ducha [banho].
***
Questão: poderia relembrar o que você entende por «tenham-se limpos»?
«Tenham-se limpos» quer dizer penetrar o Templo Interior e, nesse Templo Interior, que é o Coração, não haja nem avidez, nem inveja, nem rancor, nem algo que seja oposto ao Amor.
Vocês não podem, como dizer..., exercer um poder, qualquer que seja, sobre um ser, sobre uma situação, sobre um grupo social, e estar no Amor.
É impossível.
Aivanhov - 21 de junho de 2011

Questão: foi dito que os animis aceitariam a Luz sem problemas, mas foi, igualmente, feita referência a reações de animais diante da Luz.
Sim, os animais são de diversas espécies.
Os animais ditos selvagens (que não estão em contato com o humano) não têm problema, qualquer que seja o futuro deles.
Vocês sabem que há muitos animais que morreram, e continuam a morrer, nos oceanos, sobretudo, e nos ares.
Os animais que estão próximos do homem absorveram, de algum modo, algumas caracteristicas do humano (quer sejam os animais criados, os animais domésticos etc).
Eles, é claro, são muito mais sensíveis.
Um leão não tem medo do trovão, um cão pode ter medo do trovão.
É exatamente o mesmo princípio para a Luz.
Se o mestre está aterrorizado pela Luz, o animal doméstico ou o animal criado estará aterrorizado pela Luz.
O que não é o caso se o mestre não tem medo da Luz.
***
Questão: após esses processos, a Terra sobre a qual estamos será destruída fisicamente ou, efetivamente sua Vibração será transformada para Vibrar diferentemente?
Mas para Vibrar diferentemente é necessário que a antiga Vibração desapareça.
Quando vocês são lagartas e tornam-se borboletas, é preciso, efetivamente, que a lagarta desapareça, não?
A Terra de Terceira Dimensão desaparece, mas não é a Terra que desaparece.
A Terra muda de gama de Vibração.
Mas isso nada tem a ver com a Terra de Terceira Dimensão.
Como eu já disse, o raio da Terra vai aumentar de modo considerável.
A localização da Terra não será mais a mesma, tampouco.
A orientação da Terra não será mais a mesma.
Ela estará totalmente irreconhecível, no sentido que vocês entendem hoje.
É como a borboleta que me perguntasse, tornando-se borboleta, se a lagarta vai permanecer.
Mas não, dado que é uma passagem de uma à outra.
Aivanhov - 02 de julho de 2011

Questão: O Amor que me promete a Fonte, através de suas mensagens, me fala muito, mas atrás de suas promessas de Eternidade, eu a sinto autoritária quando ela pede que eu me abandone apenas a ela. É isto uma interrogação egóica da minha parte?
Oh, não é certamente uma interpretação egóica.
Eu vou tomar um outro exemplo que o teu, porque ele foi descrito, como chamar isto, mesmo na religião, pelos verdadeiros desposados místicos do Cristo.
Vocês deles tem algumas, hein, entre as Estrelas, não é? Vocês tem Teresa, vocês tem Gemma Galgani, vocês tem Irmã Yvonne, vocês tem, como ela se chama, Hildegarde de Bingen, foram todas esposas do Cristo. Que isto quer dizer?
Quando o Espírito da Verdade, Cristo ou a Fonte (porque “Eu e meu Pai somos Um”, ele disse), quando o Espírito se revela a vocês (homem ou mulher, hein, isto não é uma questão de gênero, é claro), ele vos quer totalmente.
E isto não é possessão ou ciúmes.
Ele quer dizer, com isso, que vocês não podem estar aqui e estar no Espírito.
Portanto, é claro, isto pode aparecer, ao nível do ego, como possessivo e ciumento.
Mas o Espírito não concorda com o que é falso.
E o Espírito, quando ele se revela a vocês, sob a forma do Cristo ou do Pai, da Fonte ou da Luz, ele vos quer, em totalidade, porque esta totalidade, é isto que ele quer vos dar, é claro.
E é claro, a Fonte, quando ela se exprimiu através deste Canal, exprimiu isto, através, lembrem-se, da Promessa e do Juramento.
Como poderia ser de outra forma?
Vocês não podem servir dois Mestres ao mesmo tempo.
É ou vocês, ou a Luz.
Ou o ego, ou o Estado de Ser.
Acabou agora, eu já disse desde um ano: 'as nádegas entre duas cadeiras', isto terminou. Vocês não podem ser pela metade a Luz, quando há este chamado. Mas isto é muito bonito.
Aivanhov - 08 de julho de 2011

***
Trechos extraídos das mensagens do site francês Autres Dimensions:
http://www.autresdimensions.com
Traduzidas do francês para o português por:
Célia G. - http://leiturasdaluz.blogspot.com.br
Zulma Peixinho - http://portaldosanjos.ning.com
Seleção e edição: Elizabeth Rodrigues
Formatação e edição: Beto Junior - www.despertardaluzinterior.blogspot.com
André MA - www.mestresascensos.com

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário