Especial: O.M. AÏVANHOV (2010) - Autres Dimensions - Parte 3

Clique aqui para comentar esta publicação





Áudio da Mensagem em Português

Link para download: clique aqui
Nota MA: Para procurar uma determinada mensagem para ler que foi citado na mensagem, entre em nossa seção das Mensagens "Separadas por intervenientes"
Questão: como me recentrar no Coração, quando algo me perturba?
Já, se isso o perturba, é que você não está no Coração, é assim simples.
Portanto, porque esperar ser perturbado para ir no Coração?
Não confunda o Coração com “eu me sinto bem, portanto estou no Coração”.
O Coração é uma Vibração.
Então, obviamente, se algo o desestabiliza, isso quereria dizer, previamente, que você não está no Coração, e não depois.
Portanto, é preciso aproveitar os momentos em que a vida o deixa tranqüilo para se estabilizar no Coração.
Não é no momento em que isso vai mal que se pode dizer “vou no coração”, ou “como vou ali retornar”.
Portanto, é preciso tomar a questão um pouco ao inverso.
É: “como posso fazer para me estabelecer no Coração?”.
Porque, se você está no Coração, você não pode ser alterado por uma contrariedade ou por uma pessoa, você permanece no Coração, não é?
Mas, enquanto você está sujeito à sua personalidade e a seu mental, você vai reagir assim que haja o que chama de uma contrariedade.
Mas o fato mesmo de reagir prova que você não está no Coração.
É demasiado fácil dizer, quando você é afetado por algo: “isso me fez sair do Coração”, “não é minha culpa, é culpa do outro”.
Não, você estava sujeito à atração, ao caminho de ressonância que fez com que você fosse atraído, você, lá onde havia falhas.
Não é no momento em que tudo vai mal que se pode imaginar ir no Coração e o fato mesmo de dizer esta frase deste modo demonstra que é ainda o mental que domina.
Porque o mental vai sempre, lembre-se, fazê-lo crer que é o outro, o mau, que são as circunstâncias, o mau, mas que, no interior de você, tudo está limpo, tudo está um “brinco”, como dizem.
É completamente falso.
Aceitar se ver tal como se é, é aceitar ver suas falhas.
O que faz com que o outro venha me mostrar que eu não estava em meu Coração?
Ao invés de dizer que as circunstâncias me desestabilizaram e que me fizeram sair do Coração.
Porque, quando a vibração do Coração está presente, pode-se efetivamente ter circunstâncias, no início, que vão, como dizer..., desestabilizar.
Mas elas não estão aí para desestabilizá-lo.
Elas estão aí, unicamente, para fazê-los ir ainda mais no Coração.
Mas, se a personalidade, ou o mental, se apreende, naquele momento, você irá projetar no exterior ou no outro, a responsabilidade de seu estado.
O mental funciona sempre assim.
Enquanto que, quando você encontrou o Coração, o mental não pode mais induzi-lo nesse gênero de raciocínio, porque sua Consciência e sua Vibração do Coração o recusam instantaneamente.
Por conseguinte, você não pode expressar, estando no Coração, esse gênero de pergunta que traduz a dificuldade, justamente, para viver sem a influência do mental.
Ora, não se pode vencer o mental pelo mental, é impossível.
Você pode girar em círculo ainda milhões de anos assim.
O único modo de superar o mental é encontrar o Coração.
Então, obviamente, o ser humano é muito fã de teoria.
Há, no século XX, todas as teorias que supostamente explicam o mundo.
Mas pode-ser ir assim, também, milhões de anos.
Enquanto que, quando se está no Coração, se é a explicação do mundo.
Não é de modo algum a mesma coisa encontrar explicações exteriores, enquanto se é si mesmo a explicação.
Agora, querer colocar o Coração quando se é perturbado, isso recorre à Dualidade, porque se quer colocar algo para suprimir algo.
O Coração não é assim.
A Vibração do Coração é abandonar-se à Luz.
É perceber e sentir a Vibração.

Questão: afastar-se de ambientes ou de pessoas que incomodam é uma boa solução?
Aí está o exemplo que continua ainda exatamente o que acabo de dizer: não é porque você vai fugir de algumas pessoas que o incomodam que você vai encontrar seu Ser Interior.
Ao contrário, digo-lhe que os seres que o incomodam estão justamente aí para ajudá-lo a ir para seu Interior.
Então, agora, se você quer suprimir tudo o que o incomoda ao seu redor, você deve se colocar numa caverna e não mais se mover.
Mas você não encontrará, no entanto, o Coração.
O tempo dos Eremitas terminou, não é?
Procure o reino de sua Luz Interior, e tudo isso se dissolverá.
O importante não é o porquê.
O importante não é o como, sobretudo nos tempos que empurram nas nádegas, como disse Sri Aurobindo.
Vocês estão verdadeiramente nesses tempos aí.
09 de agosto de 2010

Questão: convém deixar se expressar as emoções quando você fala frequentemente para não ir no emocional?
É uma coisa ir no emocional, e alguns ali se chafurdam com prazer, outra deixar sair uma emoção.
Quando uma emoção sai, num contato Vibratório, mesmo se é um arrepio, mesmo se são lágrimas, naquele momento, o que acontece?
Será que vocês foram buscar a emoção?
Não, é a resultante da interação entre a Luz Vibral e a Consciência Vibral e seu corpo de Unidade.
É a iluminação, justamente, das poeiras e você, você quer recolocar a poeira sob o tapete?
Portanto, é preciso deixar sair, certamente.
Sobretudo quando há interação da Vibração da Luz Vibral com o que vocês são.
13 de agosto de 2010

Você tem apenas que estar nesta Vibração.
Creia-me, o trabalho o mais importante se faz quando você está na Vibração, sem fazer intervir uma técnica ou uma vontade pessoal.
É isso o mais importante: estar ao serviço da Luz.
Porque, quando você acede a esses sons, a essas Vibrações, na Coroa Radiante – uma ou a outra ou as duas – quando o Triângulo Sagrado se acende, você é um catalisador da Luz.
Ora, qual é a característica do catalisador?
É a de não querer agir.
É simplesmente a Presença que desencadeia a transformação no ambiente.
É isso, o mais importante.
***
Questão: se o mais importante é ser, irradiar, o lugar onde se vive tem importância?
Cara amiga, é mesmo preferível irradiar a Luz num conforto agradável, ao invés de no alto de uma montanha, com com - 10º, não, não é?
A partir do momento em que você multiplica e você semeia a Luz, quando você está na Vibração, tudo em sua vida vai se desenrolar sob a influência – porque é uma influência – da fluidez da Unidade, na sincronia, na atração.
E tudo será extremamente fácil.
Muito mais fácil do que se é você mesma que decide.
As coisas virão a você, colocando em ação o princípio de atração e de ressonância.
Portanto, a atração e a ressonância do Amor é a plenitude, o calor, as coisas que são belas, as coisas que são agradáveis.
Por conseguinte, não, não importa onde.
É preciso fazer atuar a sincronia para se encontrar onde se deve estar, de maneira a estar no bom lugar.
15 de setembro de 2010

Questão: é correto não mais ter vontade de manter relações com pessoas com as quais há uma defasagem Vibratória ou isso releva de um fechamento do Coração?
Absolutamente não.
Isso responde, inteiramente, ao princípio de atração.
Vocês observam, todos, uns e outros, que as situações, as relações que, antes, não os incomodavam, tornam-se muito incômodas.
A distância Vibratória e de Consciência é uma realidade que vocês vivem, mesmo, por vezes, com pessoas muito próximas e, aí, vocês nada podem.
Alguns evoluem e sobem na Vibração e outros recusam subir na Vibração ou em Consciência, o que é estritamente a mesma coisa.
Portanto, é normal que o princípio de atração e de ressonância atue plenamente e que vocês tenham, não um fechamento do Coração, mas, simplesmente, façam atuar o Coração.
A Atração não é mais com relação às mesmas pessoas, nem às mesmas situações, nem às mesmas atividades.
Mas é completamente normal.
Vocês não podem ir para a Luz e se interessar, ainda, como vocês falam, por terceiros, não é?
Vocês não podem se interessar e viver a Luz e se interessar pelo resultado do jogo de futebol de ontem, isso parece um pouco paradoxal, não é?
***
Questão: você tem preconizações para parar o mental?
Sobretudo não se interessar pelo mental.
Porque quanto mais você o combater, mais ele se reforçará.
Porque o mental, sendo dual, se você entra na Dualidade com ele, ele continuará ganhando.
Similar para as emoções.
É necessário passar para um nível Vibratório que está além.
Vocês não podem combater algo ao nível em que ele está situado e, no mais, a Luz não combate, ela se estabelece e ela irradia.
Portanto, crer que com seu mental você vencerá seu mental, você não saiu do albergue.
É a mesma coisa para as emoções, são noções de transcendência.
Enquanto vocês estão na Dualidade, é muito lógico encontrar ferramentas que vão permitir lutar contra isso, contra aquilo.
Os obstáculos podem ainda se manifestar: os miasmas, as poeiras, como chamei a isso, há alguns meses.
Desde o mês de julho, antes, a poeira, vocês a colocavam sob o tapete.
Era fácil, via-se a poeira, arranjava-se.
O problema é que, agora, o tapete foi retirado.
Portanto, a poeira, não se pode mais escondê-la e não é preciso lutar contra a poeira.
É preciso simplesmente aceitar vê-la.
Quando eu digo vê-la, é vê-la em toda Lucidez e em Consciência e, naquele momento, a Luz trabalhará.
Então, é claro, o mental ali vai dizer: «mas não é verdade, porque eu toco a Luz, mas tenho sempre dor nas costas, eu toco a Luz e tenho sempre tal doença».
E eu responderia que você não subiu suficientemente alto na Luz Vibral.
Porque a Luz Vibral é Alegria, Samadhi, Plenitude.
Quer dizer que, mesmo se um problema exista ou persista, não há mais a mesma importância nos campos da Consciência Unificada.
Viver a Luz, inteiramente, é não unicamente uma mudança de ponto de vista.
É uma mudança de estágio Vibratório.
Vocês não podem ser ao mesmo tempo lagarta e Borboleta
19 de setembro de 2010

O inimigo está no interior, ele não está jamais no exterior.
O inimigo exterior é uma projeção ligada à Dualidade.
***
Questão: conviver com pessoas com uma taxa Vibratória mais frágil, pode ser incômodo?
Caro amigo, é uma visão profundamente dualista.
Quando você está em sua Vibração, nem o Diabo, nem a Luz o incomodam.
Considerar que alguém de baixa Vibração abaixe suas Vibrações é participar à Dualidade daquele.
Considerar que uma Vibração outra possa incomodá-lo ou fazê-lo subir em Vibração, é também uma Dualidade.
Quer dizer que há, em você, uma distância que é colocada entre você e o resto do mundo, simplesmente.
21 de setembro de 2010

Pergunta: onde está a Verdade nos ensinamentos da Merkabah?
Caro amigo, a Liberdade e a Verdade estão aí onde vocês as colocam.
Compreenda bem que, mesmo um ensinamento associado à alma e não ao Espírito, como esse foi o caso para a Loja Negra, tem utilidade.
E você vive, Interiormente, os processos.
De saber que isso se chama uma flor de vida, ou que isso gira em tal sentido, ou que há tantas faces na Merkabah, não tem nenhuma importância porque é um conhecimento exterior.
E jamais, jamais, jamais um conhecimento exterior irá acender a Merkabah.
É uma Vibração.
E essa Vibração, ela se traduz pela ativação dos 4 Pilares centrados pelo ER, são os 4 pilares dos Hayoth Ha Kodesh, 4 Cavaleiros do Apocalipse e alinhados, sobretudo, com o Coração, com o 9º corpo e com o Bindu, o ‘corpo de Cristal’.
E isso, não é uma visão do Espírito, é uma realidade Vibratória.
Mas ler um escrito não é viver a Merkabah.
Vocês podem ler todo o ensinamento da Verdade.
Se vocês perdem a finalidade e se vocês não vivem a finalidade, isso não serve estritamente a nada.
Eu creio que alguém disse: “felizes os simples de espírito”.
25 de setembro de 2010

Nós todos expressamos muito longamente a diferença entre os mundos da Dualidade e os mundos de Unidade.
Obviamente, vocês são Livres, inteiramente, para irem onde os leva, não o que vocês querem em sua cabeça, mas para onde os leva a Vibração de seu Coração.
Não há ninguém superior, não há ninguém inferior.
Há somente Seres que realizaram escolhas diferentes.
Porque, é claro, para os Seres que estão na busca espiritual, vocês dizem todos: «Eu quero a Luz», mas a Luz de um é necessariamente a Luz do outro?
Sua evolução e sua casa não são os mesmos para cada um de vocês e é a Vibração, a Consciência que vocês estão estabelecendo que vai, literalmente, ditar sua evolução e seu futuro.
Cada um o vive a seu nível, mas retenham bem que vocês não têm todos o mesmo destino.
Isso é essencial e capital a compreender.
Nós começamos a falar e a divulgar, literalmente, quaisquer que sejam os futuros possíveis.
E, ainda uma vez, recordem-se que tudo estará bem, porque não pode existir, em meio ao desenvolvimento da Luz Vibral Unitária, coisas que não sejam exatas e que não sejam justificadas, para cada um e cada uma de vocês, sobre esta Terra, consciente ou não consciente do que se desempenha.
Somente o estado de seu Coração e de sua Consciência cardíaca decidirá o lugar para onde você irá.
Isso é muito simples para compreender, não é?
É o princípio da Lei de atração e de ressonância.
30 de setembro de 2010

Questão: qual é o interesse para os Seres de nível Vibratório muito elevado, como os Triângulos, de se encarnar sobre a Terra?
Então, cara amiga, não há qualquer interesse de se encarnar sobre a Terra, estritamente nenhum.
Nós fomos todos presos pela matriz.
A um dado momento, quando os mundos de 3ª Dimensão eram Unificados (como os Vegalianos de 3D Unificada), obviamente, vocês não estavam fixos numa forma de carbono.
O Espírito ia e vinha e era consciente dos diferentes estados Dimensionais, desde o carbono até ao mais alto.
Mas, a partir do momento em que esta Liberdade Dimensional foi retirada, a encarnação não tem mais qualquer sentido.
É uma ilusão crer (é, aliás, o que quiseram fazê-los crer) que vocês progrediriam progressivamente.
Portanto, fazer crer que, quanto mais vocês tivessem um conhecimento, mais vocês se aproximassem de algo nesta Dimensão, vocês iriam vivê-lo, é completamente falso.
Porque, se fosse verdadeiro, haveria então muito mais seres humanos que estariam liberados da matriz.
Mas não, não houve muitos.
Hoje, é uma liberação de massa.
Portanto, o que vocês vão viver é uma iniciação importante, global, ao nível da humanidade, quer vocês o queiram ou não.
Depois, cada um irá para onde quiser.
Mas é a reconexão com o que vocês são além da Ilusão.
Portanto, não há qualquer interesse de experimentar uma matriz falsificada.
Agora, efetivamente, hoje e como a cada final de ciclo, há Espíritos, Consciências de todas as Dimensões, que querem viver esta apoteose, porque é uma, como toda reversão de Consciência.
***
Questão: é frequente a questão de simplicidade. Ora, alguns textos divulgados no site parecem muito complexos, fazendo trabalhar o mental.
É uma impressão.
Tudo depende daquele que lê.
É claro que o nível de leitura pode se situar em diferentes níveis.
É como o Apocalipse de São João.
Vocês podem lê-lo, é claro que, se vocês utilizam o mental, vocês jamais irão sair do mental. Mas é preciso estar consciente também que existem seres humanos que, quando leem um texto, não fazem intervir o mental, mas situam-se imediatamente na Vibração.
Agora, é claro que as maneiras de se expressarem, uns e outros, não são as mesmas.
Em resumo, o mais simples seria mais nada ter para ler, não é? De acordo?
Mas o ser humano é assim feito, que é muito difícil fazê-lo levar a Intenção sobre a Vibração, se não há um apoio, não é? Estão de acordo?
Portanto, ainda uma vez, tudo depende do nível do referencial que é o seu, ou seja, para a mesma coisa, alguns vão fazer trabalhar o mental e outros vão fazer trabalhar a Vibração e a Consciência.
Por conseguinte, efetivamente, um ser que está no mental vai achar as coisas muito complicadas, e elas o serão, uma vez que, de qualquer modo, se é algo que é exterior, como o mental, permanecerá exterior.
Apenas a capacidade Vibratória de Vibrar na Consciência que suprime o mental.
É o objetivo, aliás, da meditação, a princípio, não é?
Agora, não é porque vocês vão ler a palavra “Amor” 500 vezes que isso vai se tornar simples.
Ainda uma vez, é preciso bem compreender que nada é exterior a vocês.
A partir do momento em que você aceita e vive o fato de que tudo é Interior, que tudo o que é exterior é uma simples projeção, naquele momento (e nós o dissemos, uns e outros, aliás), a última etapa, quer dizer, o acesso ao Estado de Ser, o abandono à Luz, a Vibração do Fogo do Coração, apenas você pode vivê-lo.
E, efetivamente, você não pode vivê-lo enquanto você está no mental, é impossível.
Há seres que leram os Evangelhos e que se exultaram e há seres que leram os Evangelhos toda a vida e nada aconteceu.
De quem é a falta?
A falta é dos Evangelhos?
Há mesmo quem disse: «Mate-os todos e Deus reconhecerá os seus».
Vocês conhecem a história, não é?
É sempre o mesmo princípio.
Enquanto vocês estão exteriorizados, em algum lugar, vocês estão no mental, não se pode dizer melhor.
Enquanto vocês não se tornaram Vibração, enquanto vocês não Vibram e a Consciência não Vibra, vocês permanecem no nível comum, o que quer que vocês façam.
Nós insistimos muito amplamente, uns e outros, sobre esta noção de Vibração e de rapidez da Vibração que caracteriza o Supramental, isso não é para nada. Mas, obviamente, se você não vive a Vibração, você dirá que é o mental, e é lógico, eis que você não a vive.
Apenas quando você vive a Vibração da Consciência que o mental se cala, não antes.
Aliás, para aqueles que têm o chacra do Coração aberto e de acordo com os protocolos que foram dados por Mestre Ram, vocês têm a questão que colocam a seu próprio Coração.
Se a resposta é sim, o Coração vibra.
Se a resposta é não, o Coração não vibra mais.
Mas é preciso ainda que vocês saibam observar e sentir a Vibração do Coração.
O mental é ausência de Vibração.
A Consciência é Vibração.
A emoção é Vibração, mas ela é uma gama de Vibrações muito mais baixas que a Vibração do Supramental.
Vocês não estão mais nas vibrações emocionais ou elétricas, magnéticas, mas, quando vocês estão no Supramental, a Vibração que percorre o corpo nada mais tem a ver com a vibração elétrica.
É a circulação da energia Supramental, que circula muito mais rapidamente, que dá os formigamentos extremamente rápidos sobre o corpo, até dar um sentimento de Fogo extremamente potente, que nada tem a ver com o calor do magnetismo.
Mas, obviamente, enquanto a Consciência não o vive, isso vai permanecer do mental, estamos de acordo?
03 de outubro de 2010

Questão: poderia desenvolver sobre a Vibração do Coração?
A Vibração do Coração, cara amiga, é sentir a Vibração.
Quando você está, por exemplo, num local vibrante, você percebe uma Vibração?
E bem, é o mesmo processo que existe ao nível dos chacras.
Ao nível do Coração é exatamente a mesma coisa.
A primeira fase é a pressão que se estende entre os chacras chamados de Enraizamento Alma e Enraizamento Espírito.
Depois, será uma pressão sobre o chacra do Coração e, após, será a rotação, percebida como uma Vibração, como um agulhamento, formigamento.
A sensação é diferente de acordo com cada um e de acordo com a fase.
Mas há, incontestavelmente, uma Presença que é percebida no Coração e aqueles que abrem o Coração percebem esta Presença.
É a Verdade.
É, aliás, nisso que a maior parte das falsificações os enganou, porque elas falaram do Amor como um ideal abstrato.
Elas falaram dos chacras.
Elas falaram de iniciações que trabalhariam, sobretudo, o 3º olho.
Há diferentes técnicas energéticas que foram levadas a efeito, mas é uma coisa abrir o 3º olho e sentir o 3º olho, e é uma outra sentir o Coração.
Quando eu digo sentir o Coração é uma percepção real, não é uma visão do espírito.
Não é algo que se situe na vontade de Bem ou na ideia de fazer o Bem.
É o Fogo do Coração.
A chave está aí.
Nós atraímos sua atenção sobre qual é o lugar onde você Vibra.
Similar para a abertura da Lareira inferior: se o Triângulo do Sagrado se coloca a Vibrar, você vai sentir que há algo naquele nível, você vai sentir as Vibrações, você vai sentir escoamentos que sobem, você vai sentir o Fogo que sobe.
Não é uma ilusão, é uma verdade, não é?
Para o Coração, é exatamente a mesma coisa.
16 de outubro de 2010

Questão: poderia desenvolver sobre a frase: «feliz aquele que crê sem ter visto»?
É uma frase que teria sido pronunciada pelo Cristo.
Ele disse também: «felizes os simples de espírito, porque o Reino dos Céus lhes pertence».
Isso significa: esse mundo é uma ilusão e, portanto, querer construir e elaborar, através do mental, através do intelecto, os modos de raciocínio e das leis adaptadas nesta Dimensão falsificada, corresponde a uma ilusão total.
Feliz aquele que crê sem ter visto, porque, aí, não se está ao nível da Crença, é uma palavra latina, grega, que foi traduzida por “crer”, mas isso não é crer, é aquele que tem a Fé, a Fé na Unidade da Luz.
A Fé na Unidade da Luz não é algo que se vê.
Nós desenvolvemos, uns e outros, e insistiremos, cada vez mais, sobre a separação que está se produzindo, através da revelação da Luz Vibral, em meio mesmo a esta Dimensão falsificada.
Por exemplo, se você toma os Anjos do Senhor, os Vegalianos de 3ª Dimensão Unificada, para intervir em sua densidade (não se esqueça de que vocês são estritamente invisíveis, porque vocês estão inteiramente na Sombra, numa projeção exterior à verdadeira Vida), penetrando nesta Sombra, eles são obrigados a ter protetores oculares que, de algum modo, revelam a eles a Sombra e a manifestação da Sombra.
Porque vocês são, para nós, como que escondidos no Interior de uma massa específica, fixa, que se chama a matéria e, além disso, falsificada, que não está mesmo religada à Unidade. Portanto, feliz daqueles que creem sem terem visto, porque o fato de ver não permite aceder à Vibração da Unidade.
Houve muito, muito numerosos desenvolvimentos com aqueles dos Melquisedeques que tinham uma sensibilidade, eu diria, oriental (seja Sri Aurobindo, seja Um amigo, ou, ainda, Mestre Ram) e que desenvolveram a diferença essencial: a Vibração não é visão.
Ora, a realização do Si e a realização da Vibração, no Coração, transcendem muito amplamente o que é chamado “ver”.
De fato, seus olhos veem o que não existe.
É um agenciamento específico, justamente, desta luz falsificada que vocês chamam de fótons, que foram extremamente reduzidos.
Quando vocês param um fóton, ele vai, de algum modo, se congelar, Vibratoriamente, e ele vai deixar aparecer a estrutura da matéria, tal como ela é conhecida por seus cientistas, com os elétrons que giram ao redor de um núcleo e separados pelo vazio, o que vocês chamam de vazio.
A Luz, ela está justamente nesse vazio.
Portanto, «felizes daqueles que crerão sem terem visto», é: «felizes daqueles que Vibrarão», porque a Vibração não é uma visão, é um estado de Consciência.
E é através da Vibração e do estado de Consciência que se manifestará o Estado de Ser.
***
Questão: o que acontece atualmente vai para um melhoramento global ou não?
Oh, cara amiga, nem um, nem outro.
Quer dizer que, com relação à Luz que chega nesse mundo, há aqueles que estão abertos para esta Luz, que se impregnam e que abrem o Coração.
Há os que vão dela se servir para desviá-la ao nível do próprio ego, da própria pequena pessoa.
Isso é Luciferiano.
E, depois, há toda a massa de todos os seres que vão manifestar sinais de Fogo ao nível da personalidade.
Estes estão inseridos na Matriz.
Eles não estão de modo algum numa diligência dita espiritual, correta ou não, pouco importa. Mas eles estão num fogo chamado «por atrito», quer dizer que tudo o que vai se manifestar para eles é a violência, a raiva, a necessidade de mudar as coisas para um mundo melhor.
Mas, como eles não podem conceber outro mundo além deste, eles vão prosseguir um ideal quimérico, que é o ideal deles e que é respeitável, que é o de mudar o mundo, através da violência, através da chegada da Onda Galáctica.
É exatamente o que vocês estão assistindo, nesse momento mesmo.
21 de outubro de 2010

Questão: qual é a diferença entre o chacra do Coração e a Coroa do Coração?
Então, aí, caro amigo, o que é chamada a Coroa Radiante do Coração é o chacra do Coração sobre o qual foi colocada uma Vibração periférica muito mais importante do que o que existe no próprio interior do chacra do Coração.
É a conjunção do chacra do Coração com o que foi chamado o Fogo do Coração, ou seja, a agregação, pela abertura conjunta do chacra do Coração e do que vocês chamaram, eu creio, o nono corpo.
Quer dizer que, naquele momento, cria-se um processo específico, em que as partículas Adamantinas, que estão presentes em número cada vez mais importante, poderão vir, do mesmo modo que elas se agregam ao nível do canal do Éter, elas poderão vir se situar na periferia do chacra do Coração.
Portanto, a Coroa Radiante do Coração é bem mais do que o chacra do Coração.
Eu preciso, contudo, que essas partículas Adamantinas vão, como dizer..., estabilizar, de algum modo, o chacra do Coração e também o chacra do nono corpo, ou seja, permitir estabelecer doravante, vocês o sabem, a nova Tri-Unidade, quer dizer, a capacidade, para o plano da Luz Vibral, de vir indiretamente tocá-los no Coração.
Portanto, nós podemos, imediatamente, como as partículas Adamantinas, tocá-los diretamente no Coração.
É o que muitos de vocês começam a experimentar, a sentir, essas espécies de calor intenso, ao nível do peito, de Vibração ou de compressão em alguns casos traduzindo o acesso ao Si.
E, para muito em breve, para a maior parte, o Estado de Ser.
***
Questão: como acontecem as afinidades entre Espíritos?
Elas são Vibratórias.
É a Vibração quem decide, é a Inteligência a Luz.
Ela se faz natural e espontaneamente, contrariamente ao que vocês têm o hábito de buscar sobre esse mundo, devido às suas faltas, inerentes à constituição desse corpo.
24 de outubro de 2010

Questão: a certeza é algo que se sente ou é um objetivo a atingir?
Mas não é um objetivo a atingir.
A certeza se estabelece por si quando você está no Coração e se estabelece no Coração.
Enquanto você permanece no mental, há sempre incerteza.
A incerteza é também, efetivamente, centrada na projeção, no amanhã, ela é centrada no questionamento afetivo («será que meu marido me ama ou será que meu marido me engana?»).
A busca de certeza é uma atitude mental.
O estabelecimento na certeza é a Vibração do Coração.
O Coração é certeza.
O mental é incerteza.
Porque, na incerteza, há sempre a escolha.
Na certeza não há mais escolha.
***
Questão: o ideal é então a invocação à Luz Vibral?
Primeiro, o que é uma invocação à Luz Vibral?
Como foi dito, eu creio, por Sri Aurobindo, vocês receberam uma tripla radiação, que começou pouco após meu falecimento.
Primeiro o Espírito Santo e, em seguida, isso se completou e se amplifica.
Desde as Núpcias Celestes, as Partículas Adamantinas estão cada vez mais presentes.
Vocês têm a capacidade de, como dizer..., não fabricá-las, mas sintetizá-las, porque elas estão presentes agora e vocês têm em vocês os mecanismos que permitem organizar as Partículas Fotônicas do Prana.
Agora, se você se torna você mesma a Luz Vibral, por que querer conceber, ainda, que é exterior a você?
Essa é ainda uma visão Dualitária.
Por conseguinte, você considera que você não é a Luz Vibral.
Então, você chama algo de exterior a você.
Mas se você mesmo se torna esta Luz Vibral, você não tem mais necessidade de chamá-la, não é?, dado que ela é você mesma.
É um mecanismo de pensamento que não deve ser voltado para o exterior ou para um hipotético céu ou um hipotético deus, mas que deve ser voltado para si mesma.
Eu atraio sua atenção, cara amiga, sobre isso.
Quer dizer que você considera que é exterior a você.
Enquanto você considera que é exterior a você, bem, a realidade será essa.
É todo o princípio de afirmação positiva, como o Eu Sou, Eu Sou aquele que Eu Sou, Eu Sou a Luz etc.
Mas é exatamente a mesma coisa.
Considerar que você vai invocar a invocação faz parte de algo que é exterior a você.
Uma vez que você a invoca, isso quer dizer que você não a tem em você, enquanto que está já presente em você.
É só revelar, desvendar e manifestar.
Religar-se não quer dizer que é exterior, porque está presente na Vibração e nas ondas que estão presentes em vocês e ao seu redor.
Não é exterior, agora.
***
Questão: se a Luz se instala, qual é a utilidade das Embarcações que estão ao redor da Terra?
As Embarcações da Confederação Intergaláctica pertencem a muito numerosos Universos e a muito numerosas Dimensões.
As mais próximas de vocês, que vocês já veem, são os Anjos do Senhor.
São os únicos a poderem intervir fisicamente em sua realidade.
No que diz respeito às Embarcações da Frota Mariana, estabelecida na 11ª Dimensão, é sua aproximação progressiva de sua Dimensão e, portanto, de seus Céus, em distância e em Vibração, que permite o estabelecimento da Luz e que acompanha a Onda Galáctica.
A Luz nada tem a combater porque, se a Luz combatesse, ela cairia na Dualidade.
Ela se estabelece, como lhes foi dito pelo Arcanjo Miguel.
Então, nós viemos apoiar e nós viemos manifestar a Luz.
Nós a manifestaremos em seus Céus, isso vocês sabem.
Mas jamais foi dito que as Embarcações da Confederação Intergaláctica multidimensional pousariam em algum lugar, uma vez que são multidimensionais.
Simplesmente elas aparecem no que vocês chamam, em sua escala, a estratosfera.
A estratosfera é a faixa de ar situada a 20 Km acima do solo.
É o limite inferior da Confederação Intergaláctica.
Se nós cruzamos este limite, a Terra explode.
Esse não é o objetivo.
05 de outubro de 2010

Enquanto existe em vocês um poder expresso sobre o outro, vocês não podem tocar sua potência Interior.
Vocês não podem tocar sua liberdade enquanto vocês não atribuem a mesma liberdade ao resto do universo.
É tão simples assim.
***
O que é o abandono à Luz?
Eu volto muito brevemente sobre isso.
É deixar agir, em sua vida, a inteligência da Luz.
É: «que Tua Vontade seja feita e não a minha»: a vontade da Luz, porque ela sabe o que é bom para vocês.
Se a Luz os faz mudar de coisa ou de pessoa ou de situação, ou do que quer que seja, vocês devem aceitar, inteiramente.
É isso o abandono à Luz.
E é apenas através desta perda de poder sobre a materialidade que se realiza a potência do Estado de Ser.
Não há outra alternativa.
***
Questão: as oportunidades se apresentam para reiniciar a atividade artística que eu abandonei. Deixar de fazer seria uma forma de abandono à Luz?
A partir do momento, cara amiga, em que não é você quem decide e que isso lhe cai em cima, assim, se você não procurou reiniciar algo, naquele nível, é a Inteligência da Luz, é claro.
Todo o mundo não tem que parar de trabalhar.
***
Questão: como estar seguro de que o que nos é pedido provém da Luz?
A Luz não pede jamais.
A Luz age e ela É.
E são as circunstâncias de sua vida que vão se fazer no sentido da facilidade.
Há um modo muito simples de compreender se é a Luz ou não, e vivê-la: o que é da Luz se faz sem resistência, sem sofrimento, se seguimos a Luz.
Se resistimos à Luz, é claro, haverá sofrimento, de uma maneira ou de outra.
Agora, muitos seres humanos vivem hoje, já desde 2-3 anos, o que eu chamo de impulsos da alma, como dizem os Hayoth Ha Kodesh.
Os impulsos da alma são algo que emerge.
Não é necessariamente suave.
Isso pode vir nos sonhos, pode vir, assim, como um pensamento que chega, de um golpe se diz: «é preciso parar tal coisa, tal relação, tal trabalho, tal região».
Se for a Luz, isso se fará de maneira natural, sem forçar, sem poder.
Se isso não se faz, é que não é a Luz.
Há muitos seres humanos que vivem isso: eles decidem vender e, antes mesmo de terem colocado à venda, já está vendido.
E há outros, eles pensam receber um impulso e isso não se vende.
Naquele momento, é preciso tirar as conclusões.
O que se faz sob a influência da Luz Vibral é evidência, facilidade e Alegria.
Sempre centrado no que foi chamado os 4 Pilares.
Se vocês permanecem em sua estrada, entre o Alfa e o Ômega, se vocês estão em sua Ética pessoal, se vocês estão em sua Integridade pessoal e se não é desviado pelo poder, pela vontade do ego, naquele momento, tudo se colocará absolutamente no lugar para concretizar a Inteligência da Luz nesse plano.
20 de novembro de 2010

Questão: o ponto AL corresponde à Atenção?
Há dois quadros referenciais que lhes foram dados.
Atenção para não fixar as coisas.
O ponto AL é ligado ao Fogo.
Ele é ligado, efetivamente, à Atenção.
O ponto OD é ligado à Terra.
Ele é ligado à Intenção, à manifestação da Intenção sobre a Terra.
O ponto IM é ligado ao Ar e o ponto IS é ligado à Água.
Aqui, você tem, à esquerda, a Ética, à direita a Integridade.
Mas você pode girar esta Cruz em 90º.
Portanto, não fixe as coisas.
De qualquer modo, as Estrelas, mesmo se os pontos são pontos de Vibração que foram atribuídos, mas, como vocês começam a perceber, tudo isso gira.
E os pontos AL vibram ainda aqui, mas alguns o sentem aqui, não é?, devido à reversão. Do mesmo modo, há uma alquimia que se cria ao nível dessas 12 Estrelas, porque fala-se de Coroa Radiante da cabeça.
Ao nível do Coração, será a mesma coisa.
Há pontos periféricos que estão nas costas, que vão se alquimizar juntos.
Portanto, não fixe as coisas.
O ponto AL é a focalização da Atenção, mas isso pode ser também a Ética, ou seja, o que vai guiá-los.
Tudo depende do que vocês chamam Ética, Integridade e o lugar onde vocês se colocam. Se, para vocês, a Ética é seu primeiro movimento [primum movens], digamos, quer dizer, sua primeira Intenção, se querem, consciente, o ponto Ética vai se deslocar sobre o ponto AL.
Aí está como isso funciona.
E, naquele momento, o que vai acontecer?
Vocês não têm 90º, vocês têm uma transmutação que se faz.
Vocês têm, naquele momento, Ética aqui, Integridade sobre OD, Ética, portanto sobre AL e, naquele momento, a Atenção vem sobre IM e a Intenção vem sobre IS.
Não são os elementos que mudaram de lugar, mas os atributos dos elementos, ligados aos 4 Pilares, que se modificam.
***
Questão: o trabalho da Luz seria facilitado se puséssemos menos questões?
Totalmente.
É preciso compreender uma coisa, eu já disse, mas creio que é importante.
Muitas pessoas podem se colocar a Questão: «mas por que tantas questões?».
A questão é um meio, se querem, de ir além da questão e dar respostas que não lhes dizem respeito, a vocês, aqui, mas talvez a dezenas de milhares de outras pessoas em outros lugares.
Isso é importante.
Porque, por exemplo, se você está completamente só em seu canto, nos extremos remotos de não sei qual país e você tem Vibrações, você não sabe o que é.
Você vai ser dirigido para compreender o que você vive.
Nada acontece, jamais, por acaso.
Há 25 anos, quando os primeiros seres começaram a viver a mutação em curso, quando as novas frequências justamente começaram a se ativar, em agosto de 1984, os primeiros seres que começaram a ter dores de cabeça, zumbidos nos ouvidos, o que eles fizeram?
Eles foram ao médico.
Eles criam ter tumores na cabeça.
E para aqueles que eram espirituais, eles pensavam estar subjugados ou possuídos.
Mas, hoje, todo o mundo sabe o que significam esses sintomas.
Em todo caso, eu espero, entre as pessoas ligadas.
E há pessoas que continuam a vivê-los, sem saber o que é.
E bem, tanto melhor para elas.
Talvez elas não necessitem de resposta.
Não é a resposta que dá a Ascensão, hein, não é a compreensão, nós sempre dissemos isso.
É a Vibração.
***
Questão: quando as Vibrações do Coração se acompanham de visões, é melhor fugir delas?
Não, cara amiga.
Não deve confundir visualização (a visão do 3º olho) e a verdadeira visão desencadeada pelo Coração.
Vocês têm a explicação que foi dada, maravilhosamente, por uma das Estrelas de Maria, que é No-Eyes, que corresponde à Visão. (intervenção de 07 de agosto de 2010)
A verdadeira Visão não está ligada ao 3º olho, ela está ligada ao ponto que está atrás e está ligada ao Coração, é claro.
Não é de modo algum a mesma coisa que o fato de ver ou projetar uma visualização pelo 3º olho.
Portanto, é efetivamente ligada ao Coração e à ativação do ponto Visão.
Lembrem-se.
Frequentemente a palavra foi deturpada.
Para o 3º olho fala-se de clarividência.
Mas isso não pode ser a clarividência, o 3º olho.
A clarividência está ligada à Visão e à Clareza, que nada tem a ver com um ponto que não existe, que está ao centro de Bem/Mal.
Eventualmente poder-se-ia chamar julgamento e mesmo não discernimento, porque o 3º olho passa seu tempo a julgar em bem e em mal.
É o que se chama a vontade de bem, aliás, amplamente utilizada pelas escolas iniciáticas Luciferianas.
Portanto, a verdadeira Visão é uma Visão cardíaca, ligada ao ponto Visão e ao ponto Clareza, que dão Clari-Visão.
E não ligada ao 3º olho.
21 de novembro de 2010

Questão: é necessário atribuir importância aos sinais que se encontra e interpretá-los?
Bem amado, a partir do momento em que há uma aproximação Vibratória do Abandono à Luz, os sinais vão abundar, a Inteligência da Luz vai agir no lugar de sua personalidade, quer dizer que ela vai levar a efeito, em sua vida, fenômenos de sincronia, fenômenos chamados de Fluidez.
No Abandono à Luz, a ação de Graça vai progressivamente preencher sua vida, a partir do momento em que vocês estão abandonados à Luz.
Os ‘sinais’, em contrapartida, é preciso prestar extrema atenção para não interpretá-los, porque a interpretação se serve sempre da ferramenta mental.
O mental vai tentar se apropriar dos fenômenos que vocês vivem para fazê-los tomar um sentido que não é necessariamente o sentido da Luz.
Por vezes sim, por vezes não, e isso fará sempre, se vocês observam, cinquenta por cento, porque o mental está sempre na Dualidade e, na Dualidade, há sempre 2 escolhas, em definitivo: é verdadeiro ou é falso.
Ao nível da Unidade, se vocês vivem fenômenos de sincronia, fenômenos de Fluidez, é preciso então deixá-los se instalar livremente em vocês.
Contentem-se em acolher, em todos os sentidos do termo, o que se manifesta.
Vocês observarão que, se algo lhes falta, é algo que vai chegar, não porque vocês projetaram um desejo ou uma vontade, mas porque esta coisa foi criada, literalmente, pelaInteligência da Luz em vocês, que vocês deixam se expressar.
Portanto, sim, a partir do momento em que vocês estão no Abandono à Luz, os sinais vão abundar, mas prestem atenção para não interpretá-los porque, assim que há interpretação, há ação do mental.
Contentem-se em vivê-los, acolhê-los e simplesmente deixá-los se desenrolar.
É assim que se vive o Abandono à Luz e é assim que vocês penetrarão, cada vez mais, as atmosferas Vibratórias da Consciência Unificada e, portanto, o acesso à multidimensionalidade.
***
Questão: quando se está bem aqui, no serviço aos outros, tem-se a escolha de permanecer?
Mas, obviamente, cara amiga.
90% dos humanos permanecerão, mas eles não permanecerão sobre esta Terra, entendamos bem.
Esta Terra vive sua transmutação, ela Ascensiona.
E, portanto, àqueles que querem permanecer, o que vai acontecer?
Eles vão permanecer nos mundos em carbono.
Com o corpo.
Eles serão levados, seja pelos Vegalianos de 3ª Dimensão Unificada, seja pelos Arcturianos de 3ª Dimensão Unificada e alguns Pleiadianos de 3ª Dimensão Unificada, nos mundos de 3ª Dimensão Unificada.
Portanto, vocês permanecerão nos ‘mundos em carbono’.
Outros preferirão passar pela morte para ressuscitar num corpo novo, mas Unificado, de 3ª Dimensão.
Mas compreendam efetivamente que não é possível permanecer nesta Dimensão e continuar o trabalho que vocês fazem, uma vez que a Terra não existirá mais, simplesmente, nesta Dimensão.
Portanto, todos aqueles que estão num esquema de continuação, porque eles se sentem bem (e lembrem-se de que nós sempre dissemos que era a liberdade absoluta deles), mas como vocês fazem, a partir do momento em que a Terra Ascensiona e vocês querem continuar suas atividades ou sua vida familiar, afetiva?
Como isso acontece, naquele caso?
É preciso ter um mínimo de ‘lógica’.
Vocês não podem reter a Terra porque pretenderam, vocês, permanecer sobre a Terra, enquanto que a Terra não estará mais aí.
É isso que alguns seres humanos ainda não digeriram, integraram e assimilaram.
Vocês observam, sobre a Terra, muitas coisas.
Vocês observaram (eu já disse): o cinturão de Fogo dos vulcões do Pacífico despertou-se no início do ano.
Eu falei, há muito pouco tempo, de outros cinturões de Fogo e o último a se despertar é aquele da cordilheira dos Andes, os vulcões que estão na cadeia Andina.
Eles despertaram.
Faltam mais as ‘Caldeiras’, algumas começam a se despertar.
Falta mais o Yellowstone, nos Estados Unidos, mas, a partir daquele momento, a Terra não existirá mais nesta Dimensão.
Então, o que vocês fazem ?
O problema é diferente porque, quando vocês estão encarnados num corpo e que se chega ao final da vida, sabe-se que se morre.
Mas, aí, não são vocês que param de viver na Dimensão em que estão, é o Planeta.
Então, o que vocês fazem nesse caso?
Eu os tranquilizo, será feito para cada um segundo sua fé e, sobretudo, segundo sua Vibração.
Simplesmente, a Terra não existirá mais nesta Dimensão.
É preciso estar consciente e estar lúcido sobre o que acontece atualmente.
A hora não é mais para se dizer: «isso não acontecerá», «é para dentro de dez anos» ou «é para 2012» ou «é para jamais», porque os fatos são os fatos.
As placas tectônicas da Terra estão se movendo.
As forças gravitacionais da Terra estão se movendo.
Os pólos físicos estão se movendo.
O que lhes falta mais?
Seus Céus se preenchem de Embarcações.
Eu creio que aí, é preciso abrir os olhos para a realidade do que acontece em seu plano Dimensional, mesmo sem falar das Embarcações.
Informem-se, olhem o que acontece com os vulcões, olhem o que acontece com os oceanos, olhem o que acontece com os pólos.
É uma Verdade, não é uma ilusão, não é?, uma vez que isso diz respeito diretamente ao seu plano de vida.
É o ciclo de 25.920 anos que termina, aí, agora.
Vocês estão num momento decisivo, numa ‘inversão’ mesmo, quer vocês queiram ou não.
E não é para daqui a dez anos, é agora.
***
Questão: por que há nascimentos, portanto, reencarnações ainda hoje?
Oh, eu diria que há reencarnações porque há quem o decidiu, mas há também ‘primeiras’ encarnações.
Há seres que querem aprender o que é a Translação Dimensional.
É mesmo algo de único na história de um sistema solar.
São Espíritos que tomaram uma alma e um corpo para viverem, nesse corpo, o fenômeno da liberação.
É a escolha deles.
E, entre as almas que morreram, mesmo há pouco tempo, há quem decida ‘retomar’ um corpo, porque elas têm vontade de viver isso na matéria e transmutar sua matéria num corpo novinho em folha.
A liberdade de cada um é totalmente respeitada.
***
Questão: os seres humanos poderão ascensionar com a Terra?
Sim, perfeitamente.
Mas eu creio que, quando vocês viverem cada vez mais a Luz Vibral (e, para aqueles que a vivem e que têm acesso, ainda que de maneira extremamente efêmera ao corpo de Estado de Ser), a Consciência não tem, verdadeiramente, vontade de se aborrecer com um corpo de carne.
Mas, eu repito, sua missão é Aqui e Agora, cada minuto, presente nesta Dimensão.
Não são vocês que decidem partir, é a Terra.
27 de novembro de 2010

Questão: relativamente aos Arcanjos, o que é para os povos de cultura diferente?
Então, aí, caro amigo, isso parte de uma pressuposição de que eles não estariam a par.
O que lhe permite dizer isso?
Para eles, como é esse referencial?
Talvez eles dêem outro nome aos Arcanjos.
Como isso acontece para eles?
Eles vão chamá-los de seres de Luz, talvez de Arcanjos, mas isso parte de uma ideia de que os seres não vivem as Vibrações.
Mas é arquifalso.
Porque esse processo é comum a todo o planeta.
Aliás, nós sempre o dissemos, há seres que jamais leram, ouviram o que nós damos, mas que vivem a mesma coisa, onde quer que estejam sobre o planeta.
Não é um processo cultural, religioso ou outro.
Obviamente, há povos e regiões da Terra em que esta transformação final é vivida de modo muito mais simples e natural, por exemplo, na América Latina.
Nós sempre dissemos que eram os povos os mais avançados porque eles têm, na Consciência, naqueles países, na Vibração, esta predisposição para aceder às outras Dimensões.
É bem além do que nós lhes dizemos, nós, os 24 Anciãos ou Arcanjos.
Há uma percepção Vibratória que é estritamente a mesma em todos os países.
Então, há 25 anos, é claro, as pessoas que tinham essas percepções não compreendiam absolutamente o que se passava, sobretudo que era limitado à cabeça.
Há os que foram persuadidos de estarem doentes ou terem problemas, mas hoje, devido ao fato de que a Vibração segue a Consciência, ninguém pode ignorar, quando vive essas Vibrações, que isso corresponde a uma modificação, antes de tudo, da Consciência, qualquer que seja sua idade, qualquer que seja seu sexo ou qualquer que seja seu país ou mesmo sua religião de origem, dado que a Vibração impacta diretamente a Consciência.
É cada vez mais verdadeiro a cada dia.
***
Questão: como diferenciar a indiferença e o fato de não mais sentir emoção?
Não é de modo algum a mesma coisa.
A indiferença é não mais ter Intenção e Atenção.
O desapego, a ausência de emoção, quando é vivido no Estado de Ser, reforça a Intenção e a Atenção, é toda a diferença.
A pessoa indiferente não tem mais Intenção e não tem mais Atenção.
A pessoa desapegada acendendo ao Estado de Ser não é indiferente, mesmo se, do exterior, alguns possam confundir, mas, Interiormente, no desapego ligado ao Estado de Ser, a Intenção e a Atenção estão onipresentes.
Então, no início, alguns seres humanos podem, como dizer..., assimilar isso a uma forma de indiferença.
Não há mais gosto para fazer as coisas, não há mais gosto com tal pessoa.
Não há mais disso, não há mais daquilo, e fala imediatamente da palavra indiferença. Mas cabe a vocês definirem a Atenção e a Intenção com relação à sua própria espiritualidade e vocês verão que, naquele momento, as coisas comuns continuarão a se fazer, mas estando desapegado.
29 de novembro de 2010

As energias e a Consciência que chegam a vocês vão provocar, eu diria, um sobressalto mental.
O mental, onde quer que vocês estejam em sua própria transformação, virá colocar seu grão de sal, ou seja, as bicicletas vão querer se por a girar.
O único modo de parar a bicicleta [mental] é se colocar no Coração, porque se vocês se colocam na Vibração do Coração, na meditação do Coração, no chacra do Coração, no trabalho que vocês fazem nesse momento, vocês evitarão, justamente, entrar sob a influência de seu próprio mental.
O mental, ele ama efetivamente o medo, ele ama efetivamente a reação.
Portanto, no que vem, onde a iluminação da Luz vai se tornar cada vez mais crua e cada vez mais importante, o mental vai querer arrastá-los num certo número de reações, reações para girarem sempre mais rapidamente a bicicleta no interior de vocês.
Vocês arriscam ter que se colocarem questões que nada têm a ver.
O mental vai arrastá-los sempre para o exterior.
Então, é verdade que, como o disseram alguns Arcanjos, acontecem coisas inacreditáveis ao nível do Céu e da Terra. Mas o importante, agora, independentemente dessas observações exteriores, é cada vez mais ir para seu Interior, ou seja, para o Si.
***
Questão: qual é a diferença entre a empatia e o fato de sentir a dor do outro?
Então, essa é uma forma de empatia que está ligada à Vibração, não do Coração, mas do plexo solar, mesmo se isso foi chamada empatia.
Há uma confusão, junto a muitos seres.
O sofrimento é uma emoção, que ele seja físico ou em outro nível.
Mesmo se é mental, ele gera uma secreção Vibratória que está ligada ao astral.
Portanto, é preciso ter o astral aberto para o sentir.
O Coração é a compaixão, mesmo se alguns falem de empatia ao nível do Coração.
A compaixão é a capacidade para sentir o outro, mesmo se há um sofrimento.
Portanto, vai-se sentir que o outro sofre, sem provar o sofrimento no Interior.
Esse é o Coração.
Mas se há uma ressonância que é vivida pelo próprio sofrimento, que não é o conhecimento do outro, mas o sofrimento do outro, está ligada a um excesso de plexo solar.
Uma fragilidade, de algum modo, ao nível emocional.
***
Questão: se temos um medo, convém trabalhar nisso ou pedir à Graça?
Caro amigo, nem um, nem outro.
Como eu disse que vocês não são este medo, se você quer agir sobre os medos, isso vai considerar, em alguma parte, que ele lhes pertence, não é?
Portanto, o medo não tem que ser identificado a você mesmo, mas isso necessita também de um princípio que é aquele, ou seja, de não querer agir contra.
Agir contra algo que é, além disso, do domínio psicológico.
Não é similar como ter uma dor ou uma doença e pedir à Luz Vibral.
O medo não é você.
O medo é um elemento específico que é segregado pelo mental.
Mas um medo que aparece assim, se você lhe dá Atenção e Intenção, você vai reforçá-lo, quer você queira ou não.
E se você decide recorrer à Luz Vibral no medo, você desvia a Luz Vibral para o princípio de Dualidade.
Quando eu falei de não identificação ao medo, é completamente isso.
Lembre-se: para o que vocês levam sua Atenção e sua Consciência, manifesta-se.
É a lei de atração e de ressonância.
Ela é total, nesse momento.
Aqueles que têm medos, se vocês pensam em seus medos durante este período, vocês verão que eles vão se manifestar.
Se vocês cultivam a Paz e vocês pensam a Paz, o que se manifestará será a Paz.
É muito importante.
Se nós, uns e outros, insistimos sobre os 4 Pilares, Aqui e Agora, a Intenção e a Atenção, era verdadeiramente para colocá-los ao centro dos 4 Pilares que é o ponto ER, ou seja, o Coração.
E se vocês, vocês colocam sua Atenção e sua Intenção contra algo que aparece ao nível do mental, vocês alimentarão o mental.
É preciso verdadeiramente viver uma desacoplagem de seu mental.
Vocês não são o mental.
Eu preferiria que vocês dissessem: «eu sou este monte de células, porque eu o habito», e «que a Luz Vibral penetre nas células, no DNA».
Ela transforma seu DNA.
Mas ela não pode penetrar no mental.
O mental é totalmente impermeável à Luz Vibral, uma vez que pertence a esta matriz e ele deve ser desconstruído.
Há uma diferença.
Uma diferença que não é mínima, ela é essencial.
01 de dezembro de 2010

Questão: por que o 8º corpo, o Embrião Crístico, deve sair pela garganta?
Ah, cara amiga, quando você está espiritualmente grávida, por onde isso sai?
Sai pelo 1º chacra e, como o bebê, eu penso que não há preocupações, não é?
A maturação se faz ao nível do Coração, dado que é nesse nível que se manifesta o Fogo do Coração, a Vibração do Coração e a Alegria.
Mas há uma forma de parto espiritual.
Este parto espiritual acontece após ter passado as pequenas chaves, as clavículas, a porta do Coração, a porta do Conhecimento, pela parte superior.
O embrião espiritual, não é mais o embrião que sai, é seu próprio parto de si mesmo, na Dimensão de Estado de Ser.
A gravidez física para a parte inferior, a gravidez espiritual para a parte superior.
***
Questão: um ser não informado, mas na Intenção pura, que pedisse a Deus, manifestaria a Fonte?
Mas, cara amiga, isso depende exclusivamente do estado Vibratório desta pessoa.
Se esta pessoa está na dualidade, recheada de emoções, recheada de ódios e ela ora, ela não contatará a Fonte.
O ser humano tem tendência a crer que a oração é a mesma para todo o mundo, qualquer que seja a forma, que a eficácia é a mesma.
Vocês estão em ressonância com o que vocês são, no momento em que vocês pedem.
Há seres que são persuadidos de estarem religados à Luz e que estão na personalidade, nos conflitos, nas coisas escondidas.
Não há qualquer razão para que esses seres contatem a Fonte quando de suas orações.
São, aí também, crenças, quer dizer que o ser humano aceitou o fato de que orar o religaria sistematicamente a Deus ou à Fonte ou não importa a quem mais. Mas isso depende, também, qual é a intensidade e qual é a qualidade de sua oração ou de sua meditação.
Nem todas as orações e nem todas as meditações são iguais.
Vocês sabem, os ditadores e os sanguinários, eles oram também.
Eles se dirigem ao Deus deles.
E eles contatam realmente alguma coisa.
Vocês acreditam que seja a mesma coisa que uma Santa Teresa do Menino Jesus que eles contatam?
Mesmo se é uma oração para a família deles?
Eu não creio, não.
***
Questão: se a Vibração existe, é assim mesmo uma obstrução pronunciar a palavra Deus?
Mas completamente!
O objetivo da falsificação é fazê-los aderir às crenças.
As crenças não estão só na cabeça, elas estão nas Vibrações também.
Quando vocês pronunciam a palavra Deus, o que é que vocês chamam?
Mesmo se alguns seres tivessem um Coração tão puro e tão preenchido do Cristo que a palavra não tivesse mais importância.
Mas isso não é válido para todo o mundo.
As palavras são importantes.
É como se vocês telefonam, quando vocês discam o 4, vocês não discam o 6, não é?
É exatamente o mesmo princípio.
Agora, se vocês mesmos não estão religados, vocês podem passar sua vida a recitar os salmos de Davi, que são muito potentes, mas, se vocês estão fechados no ego, vocês não irão mais longe do que seu ego.
03 de dezembro de 2010

Questão: o ego não corre o risco de fazer crer, erroneamente, que se tem acesso à Luz Vibral?
Perfeitamente, isso se chama a Ilusão Luciferiana, aliás, a Ilusão do ego espiritual.
Mas não se pode ser enganado, porque a Luz Vibral tem efeitos Vibratórios.
Nós o repetimos milhares de vezes desde anos: se vocês não têm a Vibração, o que isso quer dizer?
Não Vibra.
E se não Vibra, o que isso quer dizer?
Que não é a Luz Vibral.
É muito simples: Vibra ou não Vibra.
O Coração Vibra ou o Coração não Vibra.
A Coroa da cabeça Vibra ou ela não Vibra.
Tudo o que se manifesta, fora dessas Vibrações, não é do domínio da Luz Vibral, o que quer que seja ouvido, percebido ou visto.
É do astral não Vibral.
A Luz Vibral é Vibração.
A Consciência, quando começa a aceder aos estados Unitários, mesmo temporários, torna-se Vibral, é tão simples assim.
***
Questão: como fazer para ajudar o outro a tomar Consciência de tudo isso?
Com que direito você quer ajudar o outro, se ele nada te pediu?
Você poderá sempre falar a ele de seus estados de Estado de Ser, você poderá sempre falar de suas Coroas Radiantes, ele vai olhar para você como um extraterrestre, não é?
Então, o que você quer fazer nesse caso?
Não há nada possível.
Há duas humanidades que se separam, vocês ali nada podem, é assim.
Há seres que não compreendem o milionésimo do que vocês vivem.
Está a mil milhas das preocupações e da vivência deles.
Como vocês querem ajudar esses seres?
À parte estando vocês mesmos no que vocês são, mas sem procurar o que quer que seja mais, porque, se vocês começarem a falar a eles de seus zumbidos nos ouvidos, se começarem a falar-lhes das Vibrações que vocês têm sob os pés, na cabeça, no Coração, eles vão enviá-los a um psiquiatra, não é?
Então, o que fazer?
Nada,
Não há nada a fazer e, se vocês tentam fazer, vocês vão voltar a descer ao nível deles. É assim, não é sua responsabilidade, é o processo, como disse o Arcanjo Anael, de decantação, que está em curso.
Vocês não vão todos ao mesmo lugar.
É terrível isso, é assim, como dizer..., aí está: você tem uma doença e você vai morrer, então, é preciso levar todo o mundo, os outros não têm o direito de permanecer onde eles estão porque você, você morre.
Ou então, você tem um membro da família que decide ir viver muito distante de onde vocês estão e, então, ele vai decidir, aquele, de levar os outros.
Com qual direito?
Onde está o respeito da liberdade:
Eu diria que, ao limite, querer agir, ter a ideia de agir sobre qualquer um, mesmo para o “bem” dele, mesmo para a Luz, é um ato de magia, não é inofensivo.
Vocês podem falar, mas não vão demasiado longe.
Vocês podem irradiar, mas sem qualquer vontade, sem isso, vocês recaem na Dualidade.
O melhor que vocês podem fazer é, efetivamente, Ser, para irradiar esta Luz, mas vocês não têm que decidir para onde irá a Luz, ela sabe aonde ela vai.
E deem-se conta também de que a Luz que vocês portam, ela será insuportável para alguém que recusa a Luz, totalmente insuportável, e ela vai se tornar cada vez mais insuportável.
Então, o que se faz nesses casos ?
Bem, não se pode fazer nada, e isso diz respeito aos próximos como aos menos próximos.
O que ali se pode?
É o período em que as duas humanidades estão ainda presentes no mesmo lugar. E haverá todos os seres, por exemplo, que estão fechados numa espiritualidade, ou ilusória, ou procedente de Crenças religiosas.
Há já as guerras de religião, mas imaginem que haverá seres que estão fechados nas Crenças, que serão reforçados nas Crenças deles, pelo que acontece sobre a Terra, não é?
Que vão justificá-las ainda mais no que eles creem e há, ao lado, seres que vivem uma transformação de Luz. Mas estes, eles serão chamados os Diabos, porque, para aqueles que estão nas Crenças, que não são as suas, eles estão nas vivências que não são as suas.
São vocês os Diabos, enquanto que vocês, vocês sabem muito bem que não há outro Diabo a não ser no interior daquele que está num confinamento.
O que vocês querem fazer com isso?
Era já similar no tempo do Cristo, não é?
Naquela época, crucificava-se, depois, queimava-se.
Mas o ser humano é assim enquanto não é revelado ao que ele é realmente.
Eu não sei quem disse que o homem era um lobo para o homem.
Frequentemente são aqueles que lhes falarão de Amor, no sentido religioso, que serão os verdadeiros lobos.
O que vocês podem ali fazer, além de se afirmarem ainda mais no que vocês são? De todo modo, querer agir ou ajudar é uma prova de Dualidade, porque, se vocês estão na realização do Si, em sua Unidade, vocês ajudam o universo em sua totalidade, porque vocês São.
É esse, o verdadeiro Serviço.
Então, obviamente, enquanto se está na Dualidade, que ali não haja possibilidade de Unidade, obviamente que seria preciso dar de comer ao indigente, obviamente, que seria preciso nutri-lo, abrigar aqueles que estiverem na rua.
Isso vocês podem sempre continuar a fazer.
Mas, ao nível espiritual, ao nível da abertura que está em curso, não são verdadeiramente os mesmos processos que estão em jogo.
04 de dezembro de 2010 (1a. Parte)

As circunstâncias planetárias atuais correspondem a ajustes essenciais existentes sobre a Terra, sobre o Sol, no Intraterra e no conjunto do sistema Solar.
Vocês são parte integrante do conjunto desse sistema Solar, porque vocês ali têm um corpo.
Sua Consciência vem, talvez, de outros lugares.
Esta Consciência, que vai se re-desvendar e se re-desenvolver aqui mesmo sobre a Terra.
Esse re-desenvolvimento da Consciência Ilimitada que é sua herança e sua Essência, em sua vida limitada, dividida, traduz, aí também, para vocês, para cada um de vocês, processos de reajustamento.
Esses reajustamentos podem, por vezes, seja na escala individual como em diversas escalas concernentes aos diversos aspectos de suas vidas, tomar uma acuidade e um relevo importante, porque a época de grandes movimentos chegou.
Isso é agora e se desenrola agora.
Alguns de nós os chamaram para encontrarem a Paz, em vocês, no exterior de vocês, para darem esta Paz.
Porque é dando a Paz que se encontra a Paz.
Quaisquer que sejam as circunstâncias, não pacíficas, por vezes mesmo desagradáveis, manifestando-se a vocês, o mais importante é evitar entrar no que se chama a reação.
Mas, antes de qualquer coisa, emitir a Paz, porque a Paz, a Vibração da Paz é uma das qualidades intrínsecas da Luz Vibral, mesmo se vocês não estão ainda na Vibração, vocês mesmos, esta Paz é indispensável.
A Paz não viola qualquer lei, nem desse mundo, nem da Luz Vibral.
A Paz é uma qualidade Vibratória.
Se vocês dão a Paz, vocês estarão na Paz, o que quer que vocês tenham a reencontrar.
***
Muitos Fogos por Atrito estão nascendo sobre a Terra, seja ao nível dos vulcões, seja ao nível dos climas, seja ao nível dos povos ou de alguns grupos sociais ou de alguns países.
Sua ação de dar a Paz tornar-se-á essencial.
Guardem isso presente em algum lugar de vocês.
O que quer que lhes aconteça, o que quer que se manifeste, antes de qualquer coisa, dêem a Paz.
Vocês constatarão então que o que acontece tornar-se-á pacífico, não porque o Fogo por Atrito diminuirá, mas porque, dando sua Paz, o que emana de vocês é a Paz, o que emana no interior de vocês é a Paz e, na Paz, tudo é Alegria.
Certamente, algumas manifestações entre os menos pacíficos que vão se apresentar sobre a Terra deverão, aí também, chamá-los a dar a Paz e a estarem na Paz.
É o elemento essencial que vai permitir a vocês, a título individual como ao nível mais coletivo, atravessarem este período e prepararem, do modo o mais agradável, o encadeamento lógico da transformação.
Nenhuma data deve alterar ou condicionar sua Consciência.
O que quer que aconteça, os sinais do que acontece serão perceptíveis, não sob forma de projeção mental, mas Interiormente, por um sentimento misturando a iminência e a tradução desse sentimento em seu Coração, desta iminência.
Isso será muito claramente perceptível.
Se não for claramente perceptível, serão apenas projeções.
É muito importante fazer a diferença, nesse nível.
Os primeiros sinais da iminência do que quer que seja tocando seu ambiente produzir-se-ão no Interior de vocês antes mesmo de aparecer no exterior.
Quando um tipo de determinado acontecimento se manifestar, vocês farão imediatamente a relação com o que vocês viveram Interiormente.
***
A melhor preparação é Interior.
Ela está ligada à Vibração do Coração, à Vibração das Coroas Radiantes, ao seu trabalho de conexão à Merkabah Interdimensional.
O Cristo está presente no Éter, ele é perceptível e tornar-se-á cada vez mais perceptível, ele também. Os céus são chamados a manifestar coisas evidentes, muito importantes, aí também.
Vocês perceberão a tonalidade, a qualidade no Coração, antes, sempre, por um mesmo sentimento de iminência.~
Quando da chegada desses diversos processos no Céu e sobre a Terra, ao redor de vocês como mais distante, tenham em conta o que lhes diz seu corpo e não se esqueçam do que vocês colocaram em algum lugar em sua cabeça e em seu Coração: a Paz.
04 de dezembro de 2010 (2a. Parte)
***
Trechos extraídos das mensagens do site francês Autres Dimensions:
http://www.autresdimensions.com
Traduzidas do francês para o português por:
Célia G. - http://leiturasdaluz.blogspot.com.br
Zulma Peixinho - http://portaldosanjos.ning.com
Seleção e edição: Elizabeth Rodrigues
Formatação e edição: Beto Junior - www.despertardaluzinterior.blogspot.com
André MA - www.mestresascensos.com

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário