MARIA - 30 de julho de 2005

Clique aqui para comentar esta publicação





Áudio da Mensagem em Português

Link para download: clique aqui

Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.
Bem vindos a vocês, caras almas de Luz.

Eis-me alegre por estar nesse espaço de comunhão, nesse espaço sagrado que criamos juntos, nesse ato de apelo e de oração.

Vamos poder, juntos, nesse espaço que eu acabo de nomear sagrado, preparar, um pouco mais, juntos, nossos veículos, para estarem em acordo vibratório e em acordo de consciência com a vibração da Fonte, com a vibração de sua alma, a fim de permitir-lhes experimentar e garantir, um pouco mais, sua tomada nessas dimensões novas que vêm para vocês, em grande velocidade.

Essas dimensões que vêm a vocês, através da expansão da consciência planetária, a expansão de consciência desse Sistema Solar vai permitir-lhes, progressivamente e à medida dos momentos que vêm, elevar, cada vez mais, sua frequência de alma, sua frequência vibratória de alma em encarnação, a fim de permitir-lhes experimentar novos campos de coerência, novos campos de vida nos quais a distância, o tempo, a energia não são, absolutamente, estruturados do mesmo modo que o que vocês têm experimentado na encarnação desde mais de 50.000 anos.

No que está surgindo, no que está emergindo, pouco a pouco, em almas de predileção, em lugares de predileção sobre este planeta, não haverá mais espaço para o distanciamento, para a separação.
O funcionamento novo que está se manifestando vai permitir-lhes compreender a realidade do tudo em Um.
A realidade de cada um, que faz parte do grande Um, vai permitir-lhes viver, aclimatar-se nessa Unidade reencontrada de filho da Lei de Um.
Nesse novo espaço que está aparecendo, pouco a pouco, ser-lhes-á permitido experimentar e viver, em Unidade consigo mesmos, é claro, em primeiro lugar, mas, também, com todo ser, todo evento, todo lugar que manifestarem essa Unidade.

Obviamente, as regras que vocês conhecem desde tempos imemoráveis, regras de funcionamento distanciadas, separadas vão desaparecer, em proveito de regras de unificação, de comunicação, nas quais nada mais será separado e tudo estará, real e concretamente, em sintonia, em sincronia e em Unidade.

Nós desvendaremos, e continuaremos a desvendar, progressivamente e à medida das necessidades, progressivamente e à medida de sua expansão e da expansão do planeta, os elementos necessários ao funcionamento de suas novas estruturas, ao funcionamento nesse novo estado de consciência de vida encarnada em outros planos.

Há, certamente, novos pontos de vibração, novas portas, novos estados, novos centros, novos vórtices, tanto em seus corpos como nos corpos planetários que estão entrando em manifestação, mas, além disso, além de todas essas novas coisas que se manifestam em vocês e ao seu redor, convém, antes de tudo, compreender que o acesso a essa nova dimensão é um fenômeno de consciência pura.

Vocês deverão habituar-se, não tanto aos seus novos veículos dimensionais, mas, sobretudo, à revelação de sua consciência, que funcionará, como eu lhes dizia, em modo unitário.
Vocês compreenderão, naquele momento, pouco a pouco, que, realmente, o pensamento é criador, que, realmente, o mental pode matar, tão seguramente como uma bala de revólver.
Vocês compreenderão que uma emoção pode destruir as estruturas físicas, tão seguramente como uma bomba atômica.

Cabe-lhes cultivar, em vocês, essa noção de Unidade de consciência, progressivamente e à medida que as portas abrirem-se, progressivamente e à medida que os novos veículos ativarem-se em vocês e ao seu redor.

Ser-lhes-á essencial preparar, afinar, refinar seu estado de consciência comum, não em momentos nos quais vocês fogem do comum, mas, verdadeiramente, transformar seu comum de consciência, através de cada instante.
A cada sopro, a cada minuto de seu veículo em encarnação, vocês deverão centrar-se, reconectar-se em si mesmos, alinhar-se, totalmente, a cada instante, com a Fonte Terra e a Fonte Sol.
Alinhar-se com sua própria Fonte.
E, progressivamente e à medida de seu tempo, habituar-se a funcionar nessa consciência unitária, que é aquela da quinta dimensão.
Para isso, a atenção deve ser a palavra chave: uma atenção permanente em seus feitos e gestos, em seus pensamentos, em suas emoções, a fim de controlar qualquer excesso que os faria sair de seu eixo de alinhamento, de seu alinhamento à Fonte de que vocês são.

É preparando sua consciência para preparar seu controle sobre seus veículos físico, emocional, mental, espiritual, energético, que vocês chegarão, o mais facilmente do mundo a viver, a exprimir-se nessa nova dimensão que vem, pouco a pouco, a partir de agora e deste mês, que vem de modo, eu diria, um pouco mais evidente, de modo um pouco mais demolidor, infelizmente, para seu planeta que, ele também, busca seu alinhamento para sua sacralização.

Vai tornar-se evidente, para cada alma na estrada, nesse caminho, que o acesso à Fonte do conhecimento, que o acesso à Fonte da sabedoria, que a Fonte do conjunto de todos os possíveis torna-se acessível; que, a cada questão, haverá uma resposta, antes mesmo que a questão seja colocada: bastará que ela emirja de seus veículos para ter a resposta.

A palavra chave desse controle é a palavra «precisão» porque, a partir do momento em que vocês estiverem nesse alinhamento total à Fonte que vocês são com a Fonte de baixo e do alto, naquele momento, vocês poderão exprimir, totalmente, a totalidade da energia da alma, da Luz na quinta dimensão.

Como vocês, talvez, já perceberam, inúmeros de vocês que estão nesse caminho, há uma concordância, ou mesmo, em alguns casos, uma concomitância de manifestações, de ajustes de planos, até o presente separados.

A quinta dimensão interpenetra, agora e já, sua terceira dimensão, as redes magnéticas que foram ativadas desde certo número de anos.
Tanto as redes magnéticas chamadas Crísticas como as redes cósmicas percebidas desde o evento a que vocês chamaram «a convergência harmônica», há agora mais de doze anos, permitiram e permitem, ainda hoje, alinhar suas estruturas, alinhar a energia de sua alma com o que ela é, realmente, para além dessa dimensão limitada e dissociativa na qual vocês vivem até o presente.

Não há mais distância com o que vocês são, fundamentalmente, e os planos nos quais nós evoluímos, nós, Seres de Luz.
Esse controle e essa precisão da vida de sua consciência devem afinar-se, progressivamente.
Vocês devem aprender a controlar seus pensamentos, a cada minuto, porque, quando o momento estiver, totalmente, aí, vocês se aperceberão de que o pensamento que emitem será captado, instantaneamente, por todos os seres, eu digo, efetivamente, todos os seres que viverem na mesma dimensão que vocês.

E, se vocês não treinam seus pensamentos para serem claros e precisos, vocês se arriscam, quando o momento tiver chegado, a encontrar-se confrontados a elementos bastante desagradáveis, que não podem subsistir muito tempo na quinta dimensão.

A precisão, também, da emoção: vocês devem, não analisar, mas conscientizar-se, totalmente, da natureza da emoção que os anima.
O que é que os empurra, em todos os sentidos do termo, a conduzir-se de tal maneira ou de tal outra maneira?
Convém não inundar as outras almas Fontes que os acompanharão de emoções contrárias à expansão da Luz e à manifestação da Luz e da Verdade.
E esse trabalho de longa respiração, é-lhes intimado, hoje, a pôr em prática o mais frequentemente possível, a fim de encontrar a liberdade, a fim de encontrar a vacuidade que permitirá a livre expressão da energia do amor desde a Fonte coração de que vocês são.

Nenhuma mancha, nenhuma sombra deve subsistir na região de seu peito; a Luz deve dali sair livremente, como foi recebida, livremente, a Luz do Sol e da Terra, devido às suas raízes celestes e suas raízes terrestres.

Vocês devem iluminar e transmitir apenas as vibrações de emoções e de pensamentos que vão ao sentido dessa vibração do coração e do amor.
Vocês devem treinar-se, porque não haverá mais essa faculdade de amortização da terceira dimensão que fazia com que vocês pudessem, desde 50.000 anos, viver fenômenos de distorção, diríamos, tanto em seus mecanismos de pensamentos como em suas emoções, sem, contudo, serem afetados, de maneira direta, mas com um fenômeno de amortização, bem compreensível, ligado a esse corpo de terceira dimensão, que era a interface de amortização de emoções e de pensamentos que poderíamos chamar de «negativos».

Na quinta dimensão, embora esse corpo seja de densidade diferente, não haverá mais fenômeno de amortização possível.
O fenômeno de elevação de consciência e de elevação vibratória de seu sistema planetário e de sua galáxia inteira será tal que vocês não poderão, em momento algum, sobreviver a fenômenos de distorção emocional ou de pensamento.
Não vejam em nada disso algo de difícil, algo de intransponível, mas, efetivamente, um fenômeno de consciência que deve tornar-se natural.

A partir do momento em que sua atenção leva-se, dirige-se, focaliza-se no mecanismo de seus pensamentos e de suas emoções, muito facilmente, devido ao que vocês estão se tornando, vocês poderão exercer o pleno controle.
Basta-lhes, para controlar isso, que se alinhem, totalmente, com sua Fonte do alto e com sua Fonte de baixo.
Esse alinhamento de Fontes permitirá à sua energia Fonte manifestar-se no meio de seu peito, em seu coração e em seu timo e, pouco a pouco, iluminar as zonas de sombra que possam subsistir, as cristalizações que possam, ainda, perdurar, apesar de seus níveis de consciência que, certamente, afinam-se, cada vez mais, e que vão permitir-lhes afinarem-se, elevarem-se, ainda mais e cada vez mais frequentemente, estar em contato de consciência e vibratória com essa dimensão nova que vocês experimentam agora.

Nesse estado, vocês compreenderão e viverão, sobretudo, em toda lucidez, a noção de Unidade, a noção de empatia, a noção de amor entre tudo o que está vivo.

Eu lhes agradeço por essa escuta especial que vocês têm para com o que eu lhes transmito.

É-lhes, agora, permitido colocar as questões que lhes pareçam úteis no eixo do que eu acabo de dizer-lhes, e que lhes permitirão ir para esse controle da precisão de emoções e do pensamento.

Questão: como cultivar o melhor possível esse controle?

O único modo de melhor cultivar esse controle não é, absolutamente, um processo mental.
Não convém adotar um mecanismo de pensamentos para controlar o próprio pensamento.
Basta, simplesmente, a cada inspiração e a cada expiração, pensar, não nesse controle, mas pensar em religar-se à Fonte: vocês inspiram o ar da Fonte e expiram o ar da Fonte.
É necessário que cada uma de suas células torne-se consciente de que ela é um receptáculo dessa Luz específica da quinta dimensão.
É necessário que cada uma de suas células deixe irradiar sua Luz interior.
É necessário que cada uma de suas partes de corpo tome consciência dessa respiração da quinta dimensão.

Não se trata de controlar.
Quando eu falo de controlar, trata-se, sobretudo, de estar consciente da Fonte que os anima, de conectar-se ao Sol e à Terra, a cada inspiração e a cada expiração, o mais frequentemente possível, antes de dormir, ao acordar, ao olhar alguém, ao olhar um vegetal, ao olhar uma paisagem, estar consciente dessa respiração que está em vocês e da Fonte que vocês são.

Nós não controlamos as emoções pelas emoções; nós não controlamos o pensamento pelo pensamento, mas efetivamente, por esse fenômeno de sentir, de respiração, de vai-e-vem entre quem vocês são e ao que vocês estão ligados e, em prioridade, esse planeta que os porta e esse Sol que os faz viver.
Eles são, de fato, os dois arquétipos os mais fundamentais, os mais essenciais, que lhes permitem manifestar, aqui mesmo, o que vocês são, nesse estado de consciência.

Se não houvesse esse casal indissociável de Fontes, vocês não poderiam ser, não poderiam manifestar o que vocês são.

Questão: como reconhecer se um pensamento está, totalmente, alinhado à Fonte?

Isso se reconhecerá num sentir específico.
A partir do momento em que sua consciência leva-se à sua cabeça e ao Sol, a partir do momento em que sua consciência leva-se aos seus dois pés e à Terra.
Basta que seu pensamento, sua emoção, sua intenção conecte-se a essa Fonte Sol e a essa Fonte Terra para que, a partir daquele momento, uma ressonância crie-se entre essas duas Fontes.
Essa ressonância vai, primeiro, ativar o sétimo chacra ou a «coroa», depois, os chacras dos pés vão entrar em ressonância.
A ressonância desses três pontos – cabeça e pés – vai permitir ativar sua Fonte coração.

Enquanto vocês permanecem centrados nessa Vibração de consciência da Fonte Céu do alto e da Fonte Terra de baixo, essa conexão dos três pontos vai permitir conectar sua Fonte interior ao nível do coração.
E aí, nesse estado de ressonância, de reativação do que vocês são, vocês poderão apenas exprimir o pensamento, a emoção precisa, o olhar preciso, o gesto preciso.
O controle situa-se nesse nível.

Não se trata de um processo de controle do pensamento, nem da emoção, nem de compreensão, mas, simplesmente, de um fenômeno de sentir que vocês poderão experimentar, doravante, a cada minuto de sua vida: Fonte Sol, Fonte Terra, Conexão, Ressonância, Ativação da Fonte de que vocês são.
E, naquele momento, unicamente: alinhamento, pensamento preciso, gesto preciso e emoção precisa serão seu lote quotidiano e a manifestação a mais perfeita da expressão da vontade Divina e da vontade de alma de que vocês são.

Enquanto vocês sentirem o palpitar da Fonte do que vocês são, vocês estão na precisão da ação, na precisão da emoção, tanto no fato de comer como de passear, como de falar, como de reencontrar.

Enquanto a Fonte vibra, vocês estão alinhados à vontade Divina.
Vocês devem habituar-se a viver com essa Fonte palpitante e vibrante, permanentemente, porque, na quinta dimensão, é esse elemento que terá a maior importância, o maior significado.

Estando nessa vibração/pulsação, vocês têm acesso à humanidade, em sua totalidade; vocês têm acesso a todas as dimensões, a todos os conhecimentos, a todos os ensinamentos, e vocês podem agir.

Quando vocês tiverem tomado consciência dessa vibração, dessa pulsação no meio de seu ser, se, a um dado momento, ela enfraquecer, quando vocês estiverem estabelecidos, quando estiverem instalados nessa vibração, se, a um dado momento, ela enfraquecer ou afastar-se ou interromper-se, vocês saberão que, naquele momento, vocês se afastam da vontade Divina.

Questão: o que você quer dizer por «revelação da consciência ao modo unitário»?

O que eu posso, simplesmente, dizer disso é que, a partir do momento em que vocês estão alinhados em sua Fonte de que vocês são e que o que estiver na quinta dimensão será de modo unitário, nesse mesmo estado que vocês, vocês poderão interagir, comunicar-se, diretamente, no que nós chamamos de coração a coração, mas que, para vocês, evocará, mais, o que vocês chamam de telepatia.
Esse fenômeno que vocês chamam «telepatia» hoje, em sua dimensão, será um processo inato na quinta dimensão.
O problema é que, se não há uma manifestação unitária da vontade de todas as Unidades que estiverem em presença, haverá desordem, o que não pode ser o caso demasiado longo tempo na quinta dimensão devido, eu os lembro, à ausência do corpo físico de terceira dimensão.
E o sofrimento não pode, tampouco, existir na dimensão na qual vocês vão entrar.
Não pode ali haver sofrimento; vocês não poderão existir, manter-se nesse estado quinto se não estão nesse estado permanente.
Não basta realizar o que vocês chamam o veículo Merkabah, realizar uma ascensão por uma ascese ou um trabalho pessoal, por uma cultura do amor no sentido o mais nobre.
Convém, agora e já, que vocês se aclimatem a esses modos de funcionamento especiais, entretanto, perfeitamente naturais, muito mais naturais do que aqueles nos quais vocês funcionam até o presente, que fazem e que são essa quinta dimensão.

Questão: a consciência individual será levada a desaparecer?

Não.
A individualização foi um fenômeno desejado, gerado pelos Senhores do Carma para esse sistema de humanidade.

As entidades que decidiram encarnar-se nesse plano de manifestação, seguir a evolução para uma sacralização, enriqueceram-nos, todos, tanto o planeta como toda parcela de vida sobre este planeta como nesse Sistema Solar, da experiência da individualização.
Em momento algum a vida na quinta dimensão fará desaparecer essa individualização, mas haverá individualidades que não estarão mais distanciadas e separadas, mas que funcionarão em Unidade.

Um pouco como alguns povos que não estão no passado, mas que vivem, espontaneamente, nessa dimensão coletiva, ao mesmo tempo sendo almas únicas.

Eu quero falar, por exemplo, de alguns povos do intraterra, de alguns povos como os seres de Vega da Lyra, que vivem e perpetuam sua individualidade e sua reunião à Unidade Divina, através das próprias individualidades.

Existem, efetivamente, outras vias de manifestação da Fonte primeira, outras vias de desenvolvimento e de expansão da vida, que não se acompanham desse fenômeno de individualização.

A passagem de dimensão em dimensão, de expansão, cada vez mais ampla, de dimensões, não se acompanhará, em momento algum, da perda da identidade que faz com que cada ser seja um ser único.

Minha entidade, como as entidades situadas bem mais alto na cadeia vibratória da expansão de consciência até a trigésima terceira dimensão, guardam sua individualidade e a soma de todas as experiências vividas desde éons e éons.

Mas, em caso algum, mesmo um Sol Central, que é uma Fonte ao mais perto da Fonte primeira, não pode perder a Unidade que faz com que ele seja ele mesmo.
Apenas o Espírito humano, habituado a essa forma pensamento, pode pensar que haja um risco de perda da individualidade.

Não há perda da individualidade, mas é como se cada individualidade estivesse conectada a todas as outras individualidades.
Não há mais distanciamento, não há mais separatividade.

Do mesmo modo como eu me exprimo nesse canal, ao mesmo tempo estando consciente de que eu sou uma consciência em outra consciência.
E, entretanto, ao mesmo tempo estando no interior de uma consciência, eu não sou essa consciência.
E a consciência que me acolhe não é eu.
É, simplesmente, uma distância vibratória que permite uma conexão, uma comunicação.

***
Sugerido por Rosa Muruci
__________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.
Tradução para o Português: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com/

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário