Coletânea: FOGO É AMOR - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação





Nota: Recomendada a leitura da mensagem de SRI AUROBINDO – 2 de agosto de 2010 (com áudio, leitura em Português), pois ela inteira fala desse fogo; só para se ter uma ideia, a palavra fogo foi utilizada 81 vezes!

Meu amigo, meu amado, eu sou sua Fonte, sua Fonte de água viva que, para você, é fogo de Amor.
Aproximo-me de você na esperança que você se religará a mim, tão certamente como eu me religo a você.
Religarmo-nos juntos e raciocinarmos juntos, o desvinculará de seus laços de Ilusão.
A FONTE - 2 de outubro de 2009 


Então, minha Irmã, o que quer que tenha podido ser escrito pelos profetas, o que quer que tenha podido ser dado por alguns Anciões em sua vida, concernente à chegada do fogo do Amor: o fogo do Amor é o mesmo para todos, mas a tradução, para cada um, será profundamente diferente.
E essa tradução dependerá, unicamente, do estado no qual vocês estão, no momento em que isso se realizar, inteiramente, no que foi nomeado, eu creio, um tempo coletivo da Terra.
Todo o resto é apenas futilidade, todo o resto é apenas medo, que somente pode arrastá-los para bem longe do Coração e levá-los à personalidade, ao terror.
O Amor é o inverso de tudo isso.
No Coração não há nem terror, nem medo, nem apreensão e, sobretudo, não há amanhã, porque, a partir do instante em que o Coração Vibra (porque o fogo do Amor e o fogo do Espírito estão ativos), a partir do instante em que o conjunto de seu corpo – que é esse Templo – Vibra no fogo do Amor, o que pode existir de importante ou de mais importante do que o que vocês estão vivendo?
Nada.
Absolutamente nada.
Então, é claro, aquele que não vive isso pode apenas tencionar precaver-se, pode apenas vislumbrar sofrimentos, pode apenas vislumbrar elementos catastróficos.
O mesmo evento coletivo sobre esta Terra é o mesmo para todos, mas a resposta aportada por cada um depende, unicamente, de seu estado Interior.
Então, se uma mulher deve acolher uma alma, que ela o faça.
Se, hoje, vocês não estão mais no estado de acolher uma alma, hoje, vocês estão em tal função, em tal lugar, é que esse é seu exato lugar.
Toda decisão deve ser encarada e pode ser encarada sob dois ângulos: aquele da personalidade e do medo, e aquele do Amor.
Cabe a vocês decidir.
MA ANANDA MOYI - 4 de dezembro de 2011


Você, humano que me escuta e que me ouve, na Vibração do seu Coração, da nossa Presença.
Eu sou você e você é eu porque nós somos UM.
Porque tudo é UM, em meio à Verdade, em meio à Beleza.
No fogo da Alegria que é o fogo do UM, fogo do Amor, Amor que consome e que abre o Coração onde jamais a privação pode aparecer.
Onde jamais o que priva pode aparecer porque tudo é Pleno.
URIEL - 19 de novembro de 2011


Vocês são o fogo que se ergue, deste mundo para seu Destino.
Vocês são o fogo da Terra e o Sal da Terra, aquele que os chama para viver a Eternidade, para viver a Beleza e a Alegria da sua Presença.
Na Presença d’Aquele que vem, pela Porta de suas costas (ndr: Porta KI-RIS-TI, entre as omoplatas), chamá-los a elevarem-se, chamá-los a juntar-se a Ele nas moradas da Beleza, chamá-los no fogo do Amor.
Pela Graça do Amor, pela Graça da Verdade, e pela Graça do fogo.
Unidos no mesmo fogo, soltando os laços dos tormentos da ilusão, soltando os laços dos tormentos dos sonhos, aqueles que os mantiveram prisioneiros da densidade, prisioneiros do peso, prisioneiros do sofrimento.
O momento chegou, pelo fogo do Amor, de queimar o conjunto dos sofrimentos da humanidade.
URIEL - 13 de setembro de 2011


Lembrem-se: a Luz é um fogo devorador.
É um fogo de Amor que Consome tudo o que não é Verdadeiro, que Consome tudo o que é crença.
Estar de acordo com si mesmo é não estar de acordo com a Luz.
Portanto, até certo ponto, podemos ignorar a Ação da Luz.
Mas chega um momento em que ela é tão intensa, ela é tão presente, que ninguém poderá mais mentir em relação à Luz: é o ‘choque da humanidade’, é o face a face, é a Passagem da Porta Estreita.
O.M. AÏVANHOV – 26 de novembro de 2011


Então, para retornar à questão específica, se existe uma Vibração ao nível da Coroa Radiante (do Coração, da cabeça ou do Triângulo Sagrado), se vocês estão abertos ao nível dos chakras superiores, evidentemente, a Porta Estreita, vocês a atravessarão porque vocês estão abertos à Luz.
Mas aquele que não abriu, Vibratoriamente, alguma coisa, como é que vocês querem que ele esteja preocupado com a Luz?
É preciso ser lógico: ele está desviado da Luz e ele não deseja a Luz porque, para ele, a Luz é o inferno.
Porque, para ele, como ele está invertido, a Luz é o fogo, o fogo do inferno.
Para ele, a Luz é o que vai fazer desaparecer sua pequena pessoa.
Então, vocês veem, a abordagem é diferente, mas, e eu os tranquilizo, se a Vibração de uma Coroa está presente, vocês passarão a Porta Estreita.
O.M. Aïvanhov - 24 de setembro de 2011


A Luz virá reencontrá-los não mais, unicamente, em seu Ser Interior, mas na superfície desse mundo.
E a Luz é um fogo, um fogo de Amor, um fogo que vem consumir a totalidade do que não é o Amor e a Luz, a totalidade do que é Ilusão, a totalidade do que é (como disseram) efêmero.
Esse momento supera tudo o que vocês podem imaginar, tudo o que vocês podem temer ou esperar porque, quaisquer que sejam as imagens, quaisquer que sejam as percepções, quaisquer que sejam os sentires, quaisquer que sejam os sonhos, independentemente do que vocês percebam, atualmente, em seu corpo, qualquer que seja, mesmo, seu acesso total e Livre ao Estado de Ser, vocês não têm as ferramentas que lhes permitam, eu repito, pôr em palavras e conceituar o que será vivido.
Então, é em relação a esses eventos, a esse evento específico, pontual, que é necessário aprender a dizer «sim».
Dizer «sim» à Luz é aquiescer.
Aquiescer a essa Consumação de tudo o que é a Ilusão, a esse fogo de Amor devorador que vem, efetivamente, tanto no sentido literal como no sentido simbólico, Consumi-los: Consumi-los no Amor, na Alegria, numa Verdade tão grande e tão incompreensível.
MA ANANDA MOYI - 27 de setembro de 2011


Nada escutem do que pode chegar como pensamento.
Nada escutem do que pode ser dito no exterior de sua própria Consciência.
Não escutem ninguém.
Escutem apenas vocês mesmos, escutem apenas essa Luz que vem consumi-los no Amor e na Alegria.
Esse fogo é um fogo de Amor, e o fogo de Amor Consome.
Ele os extasia e é um Êxtase.
É claro, aqueles de vocês que, naquele momento, tiverem medo, terão dificuldade para extasiar-se.
Então, vocês não são seus medos.
MA ANANDA MOYI - 27 de setembro de 2011


Questão: O que é do fogo do Amor quando se tem a sua volta seres negativos?
Como é que alguém que estivesse estabelecido no fogo do Amor poderia ser alterado pelo que quer que seja de exterior? Isto é impossível. O único obstáculo é si mesmo. Não há inimigo, nem Interior, nem exterior. Não há sempre senão a personalidade e o ego. Enquanto existe a impressão de um obstáculo exterior (que seja um filho, um pai, que seja financeiro, que seja o corpo), isto não é senão um álibi encontrado pelo ego e nada mais.
Questão: Como desenvolver e estabilizar o fogo do Coração?
Simplesmente, deixarem-no trabalhar, e aceitar sempre os Quatro Pilares (nota: Transparência, Humildade, Simplicidade, Infância) que são, de alguma forma, os elementos que vão permitir a este fogo do Coração se manter. Lembrem-se também o que foi dito, por numerosos interventores (Irmãs, como Anciãos ou Arcanjos): o chamado da Luz vai se tornar cada vez mais intenso, ele vos pegará desprevenidos. É naqueles momentos que será preciso demonstrar, a vocês mesmos, que vocês aceitam e aquiescem ao fogo do Amor e que vocês não sucumbem ao fogo do desejo. Lembrem-se que a cada dia, cada minuto, cada sopro, vocês estão cada vez mais nesta evidência. Um e outro não podem ir de par: eles se distanciam, de maneira definitiva. Vocês não podem manter o que quer que seja desta Dimensão onde vocês estão, no fogo do Amor. É esta escolha ai, última, que é o choque da Humanidade, através das circunstâncias seja de vosso próprio corpo, seja de vossa própria família, seja de vosso país, seja da Terra inteira, em definitivo.
MA ANANDA MOYI - 12 de setembro de 2011


A problemática é a seguinte: a Luz Vibral, para muitos de vocês, sobre esta Terra, pode ser chamada de fogo do inferno, porque os condicionamentos fizeram-nos chamar a Luz de fogo destruidor.
Não é nada disso.
Tudo depende do ponto de vista.
Aquele que está confinado na encarnação e nas leis da alma, não pode conhecer o Espírito.
E, então, a irrupção do Espírito, ou da Luz Vibral, que ele não procurou, que se manifesta em sua consciência, é chamada de destruição, o fogo do inferno.
Mas, para aquele que vive a Unidade, isso se chama Liberação.
Anael - 20 de novembro de 2011


A Luz os quer inteiros e não pela metade.
A Luz é o que vocês são, sem exceção.
Simplesmente, os pesos múltiplos e variados dos condicionamentos, das crenças e da densidade desse mundo afastaram essa Verdade, mas ela está em vocês, de toda Eternidade.
Esse fogo, porque é um, é o fogo do Amor.
A Luz é um fogo de Amor, um fogo devorador que, literalmente, transporta-os e eleva-os bem além da simples condição humana.
E, no entanto, hoje, é nessa condição humana que vocês encontram isso, no Interior.
Não é uma fuga do mundo, é uma fuga da Ilusão e uma reentrada na Verdade.
É preciso, para isso, aceitar mudar de olhar.
Não mais ver com os olhos, mas aceitar que seja possível ver com o Coração.
É ser guerreiro.
Um guerreiro pacífico.
Aquele que não se bate, mas aquele que aceita a Luz e que aceita tornar-se seu braço e seu Coração.
O melhor vocês se deixam ir, melhor vocês irão para seu Ser, melhor a Luz os tomará e os possuirá inteiramente.
MA ANANDA MOYI – 8 de abril de 2011


Esse dia, hoje, é um dia abençoado porque todo o seu sistema solar, em sua parte a mais externa, entrou agora na Onda Galáctica, permitindo se alinharem ainda mais com a Verdade, com a Unidade.
A tríplice radiação de Luz abriu muitos numerosos de meus Filhos.
Resta cultivarem e manterem esse fogo.
Porque é bem de um fogo que se trata.
Oh certamente, aqueles que não o viverão não o verão como um fogo de Amor, mas como um fogo de loucura.
Não tenham qualquer inquietação.
Cada coisa e cada um estão em seu lugar.
A Vibração do seu Coração é a garantia da Autenticidade, de sua Autenticidade.
A Vibração do Coração não pode mentir.
MARIA - 7 de setembro de 2010


Questão: podemos sentir, quando sentimos o fogo do Amor, como uma corrente de ar fresco que percorre o peito?
O ar é o que precede o fogo. O ar precede o embrasamento. Trata-se da etapa inicial do fogo do amor.
Entretanto, esta Vibração de ar percebida no peito traduz a aproximação do Supramental, do Coração.
Questão: quando sinto o fogo do Amor no peito, por que meus tornozelos ficam dolorosos?
Caro irmão, a razão é muito simples: o fogo do Amor está bem além do fogo nuclear e do fogo da fusão e da fissão atômica.
Se não houvesse alguns fusíveis, em alguns seres, eles se volatizariam instantaneamente.
Sentir, naquele momento, os tornozelos dolorosos, ou como que aprisionados, corresponde a um fusível que te permite evitar a combustão espontânea ou o desaparecimento espontâneo. Trata-se, portanto, de uma proteção.
Questão: o fogo do Amor está aí para fazer cair as barreiras da dualidade?
Sim, totalmente. O fogo é o que é chamado para queimar a Ilusão, totalmente. É seu fogo Interior, de início, que deve realizar isso, completado em seguida pelo fogo exterior.
Questão: qual é esse fogo Interior e esse fogo exterior?
Continuando simples, com palavras simples, o fogo Interior e o fogo exterior participam da mesma realidade.
Trata-se, de fato, de um certo número de Radiações cósmicas, retransmitidas, como vocês o sabem, pelo Sol Central de sua galáxia e o Sol Central das galáxias, por Sirius e Alcyone.
Essa Irradiação é constituída de um certo número de partículas que têm efeitos biológicos e espirituais, cuja vocação é de render-lhes sua liberdade Dimensional.
Deve acontecer um processo que será chamado a adequação do fogo Interior com o fogo exterior que permitirá, então, no momento vindo, derretê-los, sem resistência e sem sofrimento, nesse fogo exterior, mas vocês não estão ainda lá.
Entretanto, esses dois fogos participam da mesma realidade e da mesma finalidade. Esse fogo, assim como dizia, representa uma energia e uma Consciência de longe superior ao que vocês chamam a energia atômica ou a energia da fusão atômica.
É esta Consciência e esta Luz que descrevi em minha vida e que, hoje, está iminentemente próxima de vocês, como está próxima de seu Coração e de sua descoberta que alguns seres já viveram.
SRI AUROBINDO - 9 de janeiro de 2010


Cristo é Fonte do fogo, fogo Redentor e fogo de Amor, fogo que consome e queima, literalmente, as Sombras ou o que vocês têm tendência a chamar, alguns de vocês, os pecados, as Sombras ou as doenças.
Cristo é a dimensão de Estado de Ser, reencontrada inteiramente e manifestada, inteiramente, nesta densidade.
RAM - 26 de setembro de 2009


Questão: quando, em nossa vida encarnada de 3ª dimensão, somos submetidos a constrangimentos ou contrariedades, como ter acesso, apesar de tudo, ao fogo do Amor?
É preciso bem compreender que as contrariedades ou os constrangimentos que se manifestam em sua Dimensão, assim como disse, não são senão os resultados de sua ausência de Unidade passada.
Querer ali responder é fato para fazê-los descer novamente na dualidade e na materialidade e provocar, de maneira infinita, o fogo da dualidade e do atrito que vocês chamam constrangimento e contrariedade.
Apliquem-se no estar no fogo do Amor e perceberão que os constrangimentos e as contrariedades não existem mais.
Não se trata de negá-los, não se trata de não vê-los, mas trata-se de transmutá-los.
Assim, um evento chamado contrariedade manifesta-se a vocês enquanto o princípio de atração e ressonância que é o seu não é aquele da Unidade.
Penetrando diretamente, etapa por etapa, em sua Unidade, vocês perceberão que o princípio de ressonância e de atração trará e conduzirá a vocês os eventos, as coisas, as pessoas, que não são mais de acordo com esse princípio de dualidade, mas sim mais em relação com a Unidade que se manifesta em vocês.
Enquanto se manifestam, de modo ruidoso, em seu ambiente, as manifestações do tipo dual, ou de atrito (quer seja através de pessoas, através de eventos, através de objetos mesmo), isso significa unicamente a distância que lhes resta a percorrer para estar em Unidade.
Mas esta distância é apenas um ponto de vista, não é um desenvolvimento ou um trabalho. É uma atitude interior.
Assim, portanto, as contrariedades que vêm a vocês são apenas a expressão de sua própria dualidade.
RAM - 4 de novembro de 2009


Questão: Omraam Mikhaël falou de «grelha-planeta» para ilustrar os efeitos do fogo sobre a Terra. Onde se está hoje?
O fogo do Amor não é o fogo que destrói.
O fogo do Amor é o fogo que eleva.
Olhem, aliás, a oposição que pode existir entre o que quiseram lhes insuflar, pelo medo, certas religiões (como falando de fogos do inferno que não existe senão em suas imaginações distorcidas).
O fogo é Amor e nada mais.
Se você adora, se você venera o fogo, sob qualquer forma que seja (quer seja o Sol, quer seja a chama das velas), é o mesmo fogo que aquele que você libera.
Assim, o Mestre Omraam Mikhaël Aïvanhov, no mês de maio, lhes falou de «grelha-planeta», falou-lhes dos casamentos do Sol com a Terra.
O sol que vocês vêem, é, de fato, constituído, totalmente, de seus corpos de Estado de Ser, aí está porque a maior parte dos místicos adoraram o Sol, porque a maior parte das religiões falaram dos novos Sóis, de antigos Sóis e da aparição de um outro Sol .
Vocês vão reencontrar seu Estado de Ser, seu veículo de Eternidade, aquele é um veículo que vibra em frequências que esse plano de Ilusão não pode conhecer.
Assim, obviamente, o que a lagarta chama a morte, a borboleta chama o nascimento.
Isso quer dizer que, no momento que penetrar nessas reuniões totais com a Luz, será necessário transmutar, totalmente, qualquer coisa.
Não se trata, ainda uma vez, de uma destruição final mas bem mais de uma elevação sobre um outro plano vibratório.
Saibam que as Vibrações e as dimensões apoiam-se uma sobre a outra, ou seja, que uma dimensão superior vai tomar apoio sobre uma dimensão inferior que, para ela, esta dimensão inferior será apenas mais uma matriz, ela também, que será apenas um apoio à expansão de uma nova dimensão.
Assim é sua dimensão que deve se reencontrar purificada e elevada pela potência do fogo do Amor.
O fogo do Amor não é destruição.
O fogo do Amor é Revelação e translação.
Então, a expressão empregada pelo Mestre Omraam Mikhaël Aïvanhov de «grelha-planeta» corresponde à realidade mas não creiam se encontrar como o que vocês chamariam um pedaço de pão queimado, bem ao contrário.
A Luz vem.
Quando esse Sistema Solar for alinhado, totalmente, com o centro da galáxia, vocês verão a Luz de seus olhos mas, nesse momento, verão desaparecer algumas estruturas ligadas à Ilusão e, nesse momento, serão o que chamamos ascensionados.
Mas isso pode ocorrer de maneira antecipada para todo Ser Humano que poderá e quererá viver isso, não ainda agora, mas dentro de muito pouco tempo.
Alguns Seres já ascensionaram com seus corpos, sem passar pela morte.
Isto, vocês ouvirão pouco falar porque isso concerne, essencialmente, ao continente sul americano que, por sua origem vibratória, está um pouco mais próximo que vocês desta Verdade.
Com efeito, esse continente teve povos que ascensionaram, à sua época, totalmente.
Os Mayas, hoje, estão talvez muito perto desta Verdade que outros povos que têm, o que chamaria, a cabeça dura e em particular os ocidentais.
ANAEL - 2 de outubro de 2009


A missão de Miguel é portanto a de lhes render à sua filiação original, de lhes revelar, pelo fogo do Amor, o que nada tem a ver com que quis chamar a igreja católica como o fogo do inferno.
Compreendam bem que apenas existe um fogo do inferno, é aquele da divisão ligada ao Diabo e a Deus.
O fogo do Amor é um fogo que eleva, que transcende, que transforma e que purifica.
ANAEL - 6 de outubro de 2009


A Luz essencial, a Luz Autêntica, a Luz Vibral é um fogo. Um fogo que não o consome. Perguntem-se porque, mesmo na religião católica, quiseram lhes fazer assimilar o fogo ao inferno. E, no entanto, os místicos que viveram esta transmissão do fogo e este Despertar no fogo, pelo Arcanjo Miguel, ou pelos Serafins, descreveram esta iniciação sobre o fogo, retomada pelas sociedades ditas tradicionais, como as marchas sobre o fogo ou as provas do fogo. O fogo é o elemento purificador, ele é o elemento motor que os leva a sua Divindade. Ele brilha, literalmente, o que não é a Luz.
Então, a Luz é Vibral e fogo. Ela é Vibração.
Agora, a luz que vocês podem perceber, o mais frequente, é apenas um reflexo da Luz, tanto que não é Vibração.
Ao contrário, se você percebe uma Luz, de olhos abertos ou fechados, qualquer que seja a cor desta Luz, e se ela está acompanhada de Vibração, então, vocês estão num dos componentes da Luz Vibral.
ANAEL - 17 de outubro de 2009


Questão: ver fogo manifestar-se em sonho é um processo ligado à Luz ou não?
O fogo, obviamente, na tradição judeu-cristã, está assimilado ao inferno. Isso é o que quiseram lhes fazer crer os Arcontes.
O fogo está ligado à Luz, bem mais que todo outro elemento. O fogo é o agente purificador, o fogo é o agente de Shiva, o fogo é o agente da Luz. Portanto, toda manifestação de fogo vai corresponder, em suas estruturas, a algo em relação com a Luz.
ANAEL – 30 de janeiro de 2010


A Luz Vibral é uma Vibração rápida que vem de Dimensões etéreas, modificando-se atualmente e portanto, de algum modo, o atrito com as forças eletromagnéticas, as forças de compressão de seus corpos, gera esse sentimento de fogo.
fogo de Amor, fogo que não queima, mas, entretanto, fogo real.
Esse fogo manifesta-se em diferentes lugares, assim como vocês o percebem.
Preferencialmente na cabeça, no Coração e agora, para um número cada vez mais importante de Seres Humanos, no Sacrum.
Por vezes esse fogo percorre o conjunto do corpo físico, traduzindo sua captação da irradiação da Fonte, essa irradiação de natureza específica, conhecida por seus cientistas, chamada raio gama, tem a particularidade de fazer alterar sua Consciência e fazer seu funcionamento separado, dissociado de seu cérebro, no modo oposto, que é o modo da Consciência pura, não mais prisioneira da razão.
A razão é uma Vibração densa e pesada. O Coração é uma Vibração leve e acelerada.
Sua Consciência segue a Vibração e sua Consciência é Vibração.
ANAEL - 20 de março de 2010


E quando digo o Coração, não é o Coração feliz, é o Coração Vibratório, é o fogo do Amor, aquilo nada tem a ver.
E o fogo, nós sempre colocamos isso, na Igreja católica, como o fogo do inferno. Quiseram afastá-los do fogo. Ora, o fogo de Shiva, o fogo de alguns Seres (porque, no meu tempo, eu controlava o fogo? Coloque-se a questão), o fogo é o que está ligado à espiritualidade a mais elevada. Dizer «as chamas do inferno», é uma bela falsificação, ainda uma vez.
Não existem chamas no inferno. O inferno é o frio, é a ausência de Vida, é a ausência de expansão.
O.M. AÏVANHOV – 21 de novembro de 2009


Questão: o fogo do Amor se manifesta realmente por uma sensação de queimadura?
Sim, completamente, de Radiação que percorre todo o Coração com formigamentos por todo o corpo e que arde sem queimar. É um fogo, efetivamente. É exatamente o que começa a viver cada vez mais seres humanos. Se você o vive, é que você é capaz de suportá-lo.
O.M. AÏVANHOV – 21 de novembro de 2009


Vocês acreditam verdadeiramente que aqueles que esperam, de uma maneira ou de outra, num sistema religioso, o retorno de uma entidade de Luz que vai fazer o trabalho em seu lugar, vocês acreditam que eles vão se mover quando o fogo chegar?
Vocês acreditam que eles vão penetrar o Estado de Ser?
Não, eles vão dizer: “é o fogo do inferno, é a punição”.
O que vocês querem fazer contra isso, dado que o fogo, em todas as tradições, quando se fala do fogo do inferno, quando se fala da prova iniciadora em que é preciso atravessar o fogo, é algo de terrível.
Enquanto que o fogo é o Amor.
O.M. AÏVANHOV – 3 de julho de 2010


Questão: é o que se chama de fogo Redentor?
Sim, para não confundir com o fogo do inferno.
Aliás, o fogo que vem, no fim, é um fogo de cor branca, enquanto que o fogo do inferno é vermelho.
Lembrem-se que eu ensinei, há alguns meses, que os mundos da Essência, nos multiuniversos não dissociados, participam da forma e da cor.
O fogo vermelho, ou o fogo inferior, é uma chama.
O fogo Redentor é um fogo redondo e branco.
Os dois queimam: o fogo inferior queima o corpo, a alma e o Espírito; o fogo superior queima o corpo e a personalidade, mas eleva a alma e o Espírito.
Questão: esse fogo é o que se chama de «o beijo do Pai»?
O beijo é uma aproximação.
O fogo é mais que o beijo.
O beijo poderia ser assimilado à Marca do Pai e ao Selo do Pai por intermédio da Luz Metatrônica.
Entretanto, o fogo, no final, é o abraço do Pai e da Mãe.
Questão: a representação iconográfica das auréolas dos Santos evoca esse fogo?
Evoca em parte, a primeira etapa do fenômeno: evoca a primeira parte da Transfiguração, que é a Iluminação do mental pelo supramental.
Mas o fogo, tal como vocês o veem nos Santos, não desceu ainda no coração.
É, entretanto, uma representação real da constituição do corpo de Luz, a fim de permitir-lhes viver o corpo de Estado de Ser ou corpo incorruptível.
É o momento em que esta auréola se torna Verdade, no conjunto de seus veículos, e não mais somente ao nível da cabeça.
Questão: quando você fala de queimar o corpo, é uma queimadura física, real?
No final, esta é uma realidade física, obviamente, e total.
Não pode ser de outro modo, salvo para alguns seres que serão colocados ao abrigo, durante certo tempo, porque eles devem fazer subir certo número de material genético preciso na nova dimensão.
Mas aqueles serão acompanhados, guiados e ensinados pelo próprio Metatron, por mim mesmo, por seu Arcanjo e por Orionis, durante um tempo preciso, em um lugar preciso deste planeta, que terá sido já queimado.
A Ascensão, ou Translação Dimensional, só pode se fazer através da prova do fogo.
O fogo de que falo não é um fogo dos infernos, entretanto, o fogo da Luz é um fogo que vem queimar a Ilusão e vocês estão num corpo de Ilusão.
Vocês não podem aceder à Luz, aos mundos Angélicos e aos mundos não dissociados com um corpo de Ilusão, salvo nos casos precisos em que se deve levar a efeito um corpo espiritual e um DNA novo na nova dimensão.
Entretanto, vocês não perderão a Consciência.
Não se trata de uma morte, mas sim de uma Revelação, de uma transfiguração e de uma Ressurreição.
Eu lamento por aqueles que tinham a ideia de subir com o corpo de carne na nova dimensão.
A queimadura do fogo do Espírito, do fogo Celeste, da Luz, vocês constatarão, no momento em que isso chegar, que seu corpo desaparecerá sob seus olhos enquanto vocês penetrarão seu corpo de Estado de Ser.
Não há aí qualquer sofrimento, exceto, certamente, para aqueles que não terão transmutado, durante o tempo e os dois tempos, o que deve sê-lo.
Isso faz parte da Revelação essencial que a Humanidade deve compreender, se ela quer aceder ao Céu.
É isso o que temem aqueles que vocês chamam de Répteis e de Sombras.
É isso também que deve ser superado, em vocês.
Aceitar a Luz, abandonar-se à Luz, é aceitar o fogo que vem.
Não há nada a temer se vocês estão em seu coração, se vocês acenderam suas lâmpadas e se vocês acederam anteriormente (e como esse será o caso), de maneira mesmo intermitente, a seu corpo de Estado de Ser.
Assim como os seres que fizeram experiências de morte iminente compreendem que eles voltaram para realizar uma missão, que é uma missão de testemunho e de Serviço à Luz, eles sabem, entretanto, completamente, que o corpo no qual eles estão é perecível e nada tem a ver com a Luz.
Eu concebo que, pelo momento, para aqueles de vocês que não viveram uma experiência de morte iminente, para aqueles que ainda não tiveram acesso ao veículo de Estado de Ser, isso possa ser aterrorizador, mas, entretanto, este Anúncio deve ser feito, porque vocês estão nos Tempos.
ANAEL – 4 de agosto de 2009


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário