Coletânea: O CHOQUE DA HUMANIDADE - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação





Questão: poderia desenvolver sobre a expressão «o choque da humanidade»?
Bem amada, o choque da humanidade foi descrito, nas suas consequências, por Sri Aurobindo, há algum tempo.
A natureza desse choque refere-se, obviamente, à irrupção da Luz sob suas diferentes formas, nesse mundo.
Irrupção da realidade dita extraterrestre.
Irrupção de novas luzes presentes em seus céus.
Irrupção de irradiações novas, como é o caso desde alguns dias em seu céu.
Irrupção da irradiação solar nas suas qualidades Vibratórias profundamente diferentes.
Existirá, a um dado momento, a conjunção desses diferentes elementos que irão realizar realmente o que foi chamado de choque da humanidade.
A intervenção, de maneira muito mais intensa do que o que tem produzido até agora por algumas forças da Luz Unificada, em seus céus, em cima das suas cidades, irá contribuir grandemente para o estabelecimento desse choque.
A manifestação e a modificação que ocorre também em seu céu, pela ignição de um segundo sol e pela chegada de Hercólubus, de maneira visível, irão completar esse choque da humanidade.
Isto irá se desencadear de modo concomitante, de maneira quase simultânea, eu diria.
Anael - 20.02.2011


Muitos seres humanos sentem esses pontos de Vibração, sem jamais terem ouvido falar, ainda que apenas de um chacra, ou também da Luz.
Essa conexão permitirá a eles, quando chegar a hora, a partir da revelação da Luz Vibral, compreender diretamente, sem passar pelo que quer que seja pertencente ao Corpo de desejo, o que é a Luz Vibral e o que representa a revelação da Luz Vibral na Sombra desse mundo.
Assim, a vocês vão se juntar, nessa fase final, muitos dos seus Irmãos e das suas Irmãs que irão aderir, de um dia para o outro, à própria Unidade, porque eles irão vivê-la.
Certamente, isso de longe se refere ao conjunto da humanidade, mas irá permitir, em todo caso, cuidar para que o Choque da Humanidade aconteça segundo regras fluidas, permitindo, se tal for o destino desta alma, deste Irmão, desta Irmã, reencontrar a sua Unidade, sem nisso sofrer quanto às forças de resistência que se opõem, no nível do Corpo de desejo, à sua própria Unidade.
Ma Ananda Moyi - 19.06.2011


Assim, quanto melhor vocês se colocarem no seu Coração, quanto melhor vocês se colocarem no Abandono à Luz, melhor vocês irão aquiescer a esse salto no Desconhecido, melhor vocês irão viver esse Desconhecido para se aperceberem, em última análise (e essa é a estrita Verdade), que vocês vão sair de um sonho ruim ou de um pesadelo.
Isso vai acontecer exatamente assim.
É claro, para aqueles dos seus Irmãos e das suas Irmãs que não terão a possibilidade de aceitar essa transformação, isso não poderá ser o fim do pesadelo, mas o início de um pesadelo.
Contudo, esse pesadelo, quer ele esteja no início ou no seu fim, é, eu repito, apenas uma Ilusão, porque, um como o outro (seus Irmãos, como vocês que estão despertos) irão reencontrar, de um modo como de outro, a sua Liberdade e a sua Unidade.
Assim, portanto, o choque da humanidade vai revelar-se em todo o seu esplendor como eu havia anunciado.
Lembrem-se (e eu os remeto a isso, no que eu havia dito, naquele momento, com relação às cinco etapas desse choque): é isso que é o resultado da revelação da Luz, inteiramente, no seu corpo, na sua alma e no seu Espírito: vocês são Espírito, vocês não são esse corpo, vocês não são essa pessoa.
Vocês são bem mais do que isso.
É preciso, agora, sair da Ilusão, inteiramente; sair da promessa Luciferiana de um futuro melhor nesse mundo; sair da ilusão matricial que os mantém no ciclo de reencarnações do Samsara, ou seja, da ilusão que faz crer que, um dia, tudo irá melhorar, quando vocês tiverem feito suficientemente o bem.
Não existe nem bem, nem mal, na Unidade porque, na Unidade, tudo é perfeito.
O bem e o mal existem apenas pela oposição das forças Ahrimanianas e Luciferianas fazendo-se passar por Cristo.
Sri Aurobindo - 06.07.2011


Muitos dos seus Irmãos e das suas Irmãs, ainda adormecidos, vão perceber o apelo da Luz, ainda que eles não tenham capacidade para perceber de onde vem o apelo.
Vocês, Despertos, primeiros e últimos, poderão responder às expectativas deles.
Filhos da Lei do Um, a hora chegou de sair à vista de todos, na frente do mundo, a fim de mostrar a verdadeira Vida, aquela do Coração e da Unidade.
Os fatores de resistência e de oposição à Luz, conscientes ou inconscientes, em vocês como no exterior de vocês, vão iluminar-se como nunca, permitindo a vocês, Despertos nas primeiras horas ou nas últimas horas, verem todo o conjunto de dissimulações e da Ilusão desse mundo.
Choque da revelação, choque da humanidade, chamando-os à Alegria, à sua Liberdade e à sua Liberação.
A Luz, Una, Vibral, vai estabelecer-se, de maneira cada vez mais consequente e perceptível nesse mundo.
O conjunto da humanidade ainda não desperto vai agir ou reagir ao impulso final da Luz Una, a ela aquiescendo e a ela despertando, ou recusando-a e se opondo a ela.
Mais do que nunca, vocês, Despertos das primeiras horas, como das últimas horas, a sua Ética deve levá-los a manifestar o seu testemunho de Luz, apagando a personalidade e a própria Ilusão da dissimulação.
Uriel - 21.05.2011


O que vocês observam sobre a Terra e o que vocês vão observar, cada vez mais, eu descrevi isso, inteiramente, com as palavras da época, no Apocalipse.
Cabe a vocês voltarem a mergulhar, além mesmo da Vibração, agora, mas no significado real que adere, inteiramente, aos tempos que começaram ontem e que vão, como vocês sabem, acentuar-se, acelerar-se, de maneira desmedida, sem qualquer sentido de medida em relação ao que existia sobre a Terra, entre agora e o final do seu ano, ou mesmo antes do final deste ano.
É durante esse período de tempo que se estende o choque da humanidade, a fusão dos Éteres, a interpenetração Dimensional entre o tempo linear que se dissolve e o tempo Ilimitado que aparece.
A questão que vai se colocar, em vocês, a cada minuto, a cada respiração, é: vocês querem reencontrar o seu Ser?
Vocês querem ir para a sua Liberdade?
E vocês querem ir para a sua autonomia, para o Ilimitado, ou permanecer no limitado?
Mas vocês não podem estar em desacordo.
O seu mental não poderá mais decidir, nem os seus apegos, nem o que pode permanecer, no nível da sua moral, da sua ética exterior.
Somente irá determinará o seu futuro, a sua capacidade para se instalar nesse presente, que não tem mais muito grande coisa a ver com um futuro Terrestre.
Isso vocês vivem a partir de agora.
Sri Aurobindo - 07.04.2011


Independentemente do seu nível de Consciência pessoal e do seu estado de realização de Si, vocês estão, no entanto, submetidos a um ambiente coletivo planetário.
A emoção que vai se manifestar, em um primeiro momento, pode ser denominada um choque.
Esse choque é, de algum modo, uma sideração.
Essa sideração, resultando no medo coletivo, ao qual, obviamente, será conveniente nem se identificarem de maneira alguma, nem aderirem, porque esse não é seu medo, assim como não é seu choque.
Sri Aurobindo - 17.10.2010


Vocês mesmos, seja qual for a sua evolução nesta transformação, vão passar de um estado a outro.
Somente o período intermediário, correspondendo ao que vocês vivem agora, que é, de algum modo, uma instauração, pode se mostrar penoso e difícil, de acordo com o ponto de vista que vocês adotarem.
Quanto mais rapidamente vocês superarem a noção de choque, ligada à divulgação e à revelação da Luz, melhor vocês poderão se estabelecer no seu despertar.
Esse despertar não se fará de modo global, no início, em todo caso, para o conjunto das formas de Consciência que povoa esta Terra.
Sri Aurobindo - 21.11.2010


O período que está aí, inscrito no seu tempo linear, supera de muito longe o contexto desse tempo linear e desse espaço em que vocês estão presentes, neste corpo e nesta personalidade.
Tomar consciência disso, pela Vibração, leva-os a viver o que nós chamamos de Núpcias Galácticas, o que eu chamei de retorno do Cristo, preliminarmente ao seu retorno na Unidade e na Verdade.
É neste espaço que tomam todo o sentido as palavras pronunciadas, há muito tempo, afirmando que Ele era o Caminho, a Verdade e a Vida.
Ele era a Porta.
Isso apenas pode se realizar se vocês mesmos estiverem ajustados e alinhados à sua própria Presença, que apenas pode ser vivida e encontrada desacoplada de toda influência da personalidade, de toda reflexão, de toda cogitação e de toda emoção.
Este estado de Consciência específico denominado Alegria, Samadhi, propiciando também a Paz Interior e a Paz Suprema, vai, portanto, criar, progressivamente e à medida dos dias que passarem neste espaço-tempo linear em que vocês estão, as condições propícias para a instalação da presença Dele na Presença de vocês.
Como foi dito, no tempo Dele, convém então ter a sua casa limpa, vazia de tudo o que é Dualidade, preocupação e medo, como eu lhes disse.
Paralelamente a esse retorno de Cristo, vive-se, nesta humanidade, um mecanismo que eu chamei, há algumas semanas, de choque da humanidade, porque Cristo, é claro, não vem sozinho.
Nós, Melquisedeques, o conjunto do Conclave e as Estrelas de Maria, assim como o conjunto das Forças da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, preparamos esses momentos há muito tempo.
Como vocês sabem, os Anjos do Senhor (Vegalianos) estão doravante instalados e preparados na sua atmosfera.
Resta a vocês se estabelecerem, inteiramente, no Aqui e Agora, na sua Presença a vocês mesmos que, unicamente, irá lhes permitir viver o Caminho, a Verdade e a Vida, na companhia e na Presença Dele.
Sri Aurobindo - 01.12.2010


A revelação da Luz verá também a revelação dos seus Corpos de Estado de Ser, para aqueles que não o viveram ainda (e que não o sintetizaram nesse Corpo do Desejo), revelar-se e manifestar-se a eles.
Assim, cada um, real e concretamente, ver-se-á face a face, sem possibilidade alguma de artifícios, sem possibilidade alguma de trapaça, de si mesmo a Si.
É assim que irá se revelar, para muitos, e para a maior parte da humanidade, o que o Bem Amado SRI AUROBINDO chamou de Choque da Humanidade, que começou no nível geofísico sobre a Terra.
A revelação da Luz, efetivamente, acompanha-se de uma série de revelações de processos, aos quais vocês assistem.
Os Arcanjos, e desde os Casamentos Celestes (em especial MIGUEL), haviam falado da desconstrução que levava, pouco a pouco, ao desaparecimento da zona astral coletiva e, depois, agora, da individual.
É justamente o desaparecimento do seu astral individual que vai pô-los face a face com vocês mesmos.
O desaparecimento dessa zona tampão, chamada de astral ou de Corpo de Desejo vai permitir, realmente, verem-se tal como vocês são e não como vocês creem que vocês sejam.
Há, para alguns, uma adequação total entre a Vibração da alma, a Vibração do Espírito e a Vibração do corpo.
Para eles, isso se fará de maneira totalmente natural.
Para aqueles que estão ainda afastados desse estado de Unidade, isso poderá representar um último impulso, permitindo abrirem o próprio coração, inteiramente.
E, para outros, isso será o fechamento desse acesso à Unidade, embora concorra, devido ao próprio princípio dessa colocação face a face, à Liberação da matriz.
Assim, cada um será provado pela Luz, será forjado pela Luz, permitindo viver aquilo a que ele se destina, devido à sua própria Vibração.
Aí está o que vocês são chamados a viver.
Isso irá acontecer assim que a revelação da Luz tiver sido realizada na humanidade e em cada individualidade.
Um Amigo - 16.06.2011


O que até agora manifestou-se por partes mais ou menos curtas ou mais ou menos longas vai agora, nos tempos que vocês vão viver, imediatos, instalar-se de maneira muito mais duradoura.
Da sua capacidade para se extraírem da sua Consciência comum (ao mesmo tempo estando plenamente presentes e Conscientes), da sua faculdade para fazerem cessar as atividades denominadas mentais, emocionais (ou, de maneira mais global, as atividades da personalidade), irá depender a sua facilidade para integrar e manifestar a nova Consciência.
Alguns de vocês já manifestam esta nova Consciência, mesmo na sua vida comum, através de tudo o que corresponde à sua vida comum, que se torna, portanto, isenta de dualidade, isenta de traves inerentes à personalidade.
A etapa preparatória que vocês vivem doravante e que os preparam, de algum modo, para encaixar o choque da humanidade, é primordial, para vocês, porque, do modo como vocês integrarem isso, vocês, os seres em vias de despertar ou despertos, irá depender também o modo como os seus Irmãos e as suas Irmãs, ainda adormecidos, poderão, para alguns deles, aquiescer e abrir-se para esta nova Consciência.
Sri Aurobindo - 20.02.2011


Como ele lhes disse, prestem atenção para não confundir a Paz e a resignação.
A resignação é uma forma de derrota.
A Paz é uma Vitória.
Vitória, em vocês, da Luz.
Vitória da Verdade, fazendo-os cruzar uma etapa a mais para o seu Despertar definitivo e total.
Durante os momentos a viver, a Paz será, no nível dos seus comportamentos, o melhor testemunho do seu estado Interior.
Porque a Paz estabelece um estado de serenidade, preliminar à Alegria, mas, sobretudo, que vem fazer barreira, sem se opor, justamente, ao choque da humanidade.
Sri Aurobindo - 30.03.2011


Então, a partir daí, quem poderá se opor e quem poderá manifestar, ainda, o livre arbítrio, que irá se opor à Liberdade total?
Será, obviamente, o que vocês chamam (e o que nós chamamos com vocês) de mental, de ego, de emoções, ainda abrigados na alma e no impulso para a Repulsão e que não estão inteiramente iluminados pelo Espírito e pela Luz Vibral que se derrama, em fluxo total, eu diria, nessa Trilha específica que corresponde a AL e REPULSÃO.
Tudo isso vocês vão viver de maneira extremamente Consciente, extremamente lúcida.
O que SRI AUROBINDO havia chamado de Choque da Humanidade corresponde a essa Revelação, extremamente brutal, do que é a Luz e do que não é Ela.
E é aí que vocês vão se ver, como foi dito, quando desse Julgamento Final, vocês mesmos frente a vocês mesmos.
Quer dizer, entre o que vocês creem (aquilo a que aderiram) e o que é a Verdade, que lhes permite, então, em Consciência, apreciar a totalidade da distância ou da sincronia existente entre a Vibração da Unidade e a Vibração da sua Dualidade (se é que ela está afinada pela Luz, que se derrama, agora, para todos, sobre esta Terra).
Irmão K - 09.07.2011


Vocês sabem, há seres que, até o fim final, irão brincar de avestruzes.
É como, infelizmente, alguns seres humanos que têm muito medo da morte, enquanto que, aí, não é a morte.
Vocês vão entrar na Vida, mas tomem o exemplo da morte: há seres humanos, no choque da humanidade ou no choque do anúncio da morte de alguém, que vão estar na recusa até o último momento e, mesmo quando morrem, são persuadidos de que não estão mortos.
Há o mesmo processo com o nascimento que se vive atualmente.
Aïvanhov - 02.04.2011


O fogo do ego vai se expressar por uma apropriação da Luz e por uma reivindicação do ego para ser, de algum modo, um servidor da Luz.
Vocês não podem servir a Luz, uma vez que vocês são a Luz.
Assim, pretender servir a Luz ou um papel, qualquer que seja, leva-os, inevitavelmente, a distanciarem-se da Luz Vibral que vocês receberam.
Essa é a armadilha magnífica do ego, que ocorre nesses tempos finais nos quais, pelo medo, pelo ego, pelo mental ou pelo emocional, vão apropriar-se da Luz, dela fazendo algo que vai permitir certa forma de continuidade da consciência limitada, com um pouco mais de Luz.
O que se desvenda (através do choque da humanidade e da revelação da Luz) não pode, em caso algum, ser compatível com um prosseguimento qualquer da personalidade, de um papel, de uma função, do mental, do ego, do emocional.
É uma mudança total de vida, denominada Ressurreição, ou Renascimento, que nada mais tem a ver com qualquer condicionamento religioso, social, econômico, político, afetivo e mesmo nos papéis que vocês desempenham em um casal ou em uma família.
Irmão K - 03.07.2011


Mas, assim como nós dissemos, o seu papel e o sentido da sua presença, aqui mesmo sobre esta Terra, é acompanhar o movimento de nascimento e de parto da Terra.
Isso orá ocorrer tanto mais facilmente se vocês amortecerem, vocês mesmos, em vocês como no exterior de vocês, esse choque, essa onda do choque da humanidade.
Essa onda do choque não pode ser amortizada por qualquer reação de medo, mas, unicamente, por um processo de integração cada vez maior da Luz.
Pois é inegavelmente o mesmo processo que irá desencadear, junto àqueles cujas Coroas estiverem ativas, a sua realização e a sua Ascensão, mas também, pelo processo de decantação, para aqueles que estiverem no medo em nome de Crenças obsoletas, uma sobrecarga de peso da consciência e um terror.
Isso está em andamento.
Não é mais tempo de esconder isso de vocês.
É tempo de olhar de frente, na Verdade e na Unidade, o bombardeamento cósmico que chega agora sobre a Terra.
Isso irá se refletir, para vocês, por um sentimento de Fogo, como disse o Arcanjo Miguel, por uma irradiação total pela Luz.
Anael - 29.03.2011


A ação da Graça é completamente outro estado (fazendo-os sair da ação/reação e penetrar nas esferas do ilimitado, nas esferas da beleza), ligado ao Coração e ligado ao seu estado Interior que se desacopla, de algum modo, de qualquer exterior.
O que não quer dizer que haja um desinteresse ou uma renúncia, mesmo se, na minha época, foi o que eu vivi, de algum modo.
Mas essa renúncia exterior resulta em uma visão Interior e que vai permitir, para alguns, dar ao mundo, ou seja, ao exterior, tudo o que é procedente, justamente, dessa Beleza, do Amor e da Graça.
Sem ir até lá, hoje, o que vocês têm que viver, o que se vive sobre a Terra vai impeli-los, de maneira inegável, a reagir.
Essa reação pode ser procedente, como eu disse, da sua educação, do modo de agir natural nesse mundo, mas também, e agora, a reagir sendo arrastado pelo pensamento coletivo, pelo medo coletivo, pelas emoções coletivas.
É justamente a isso que vocês devem escapar para manter a sua Paz, para criá-la, e para aproximar-se cada vez mais da sua Graça, a fim de viver e de estar na Paz Interior e não na ebulição das emoções, do choque, do qual falou o Bem Amado SRI AUROBINDO.
Então, pacificar-se é já compreender todos os mecanismos da vida, quaisquer que sejam, que são sempre, em última análise, apenas procedentes, permanentemente, da ação e da reação.
Alguém lhes testemunha uma atenção, vocês ali respondem por uma atenção.
Alguém os agride, vocês ali respondem com uma agressão ou então com uma fuga.
Mas isso implica, necessariamente, em uma reação, seja ela qual for.
Não é questão de julgar a reação como boa ou má, mas é, sobretudo, importante conscientizar que está aí o próprio princípio da reação que os mantêm na Ilusão.
Hildegarda de Bingen - 13.04.2011


Seja qual for a necessidade, seja qual for o desejo, todos vocês vivem, neste momento, onde atrações ligadas à matriz, desaparecem.
Isso pode ser alimentar, pode ser social, pode ser afetivo, pode ser sexual, não importa.
Vocês estão, efetivamente, extraindo-se desse mundo.
De qualquer modo, vocês não têm escolha.
Como foi dito, é esse mundo que desaparece.
Portanto, se ele desaparece, como vocês querem permanecer?
É o princípio do choque da humanidade, de que lhes falava Sri Aurobindo: quando anunciam que vocês vão morrer, a primeira etapa é a negação: «isso não é verdade».
O ego não pode morrer, é claro, todo o mundo sabe disso.
Portanto, ele vai negar, ele vai estar na negação total.
Depois, ele estará na raiva.
Depois, ele estará na negociação: «Não eu, não agora, mais tarde, etc..».
Mas todo ser humano passa por aí.
O único evento, se quiserem, importante, é que aí, isso não se refere a um ser humano que chega ao fim de vida, é toda a humanidade que chega no fim de vida, da ilusão.
Vocês saem da morte e entram na Vida.
Mas, como vocês foram muito habituados a considerar que esse lado do véu é a vida, bem, é claro, o desconhecido é chamado de morte.
Mas é a Ressurreição, é a Ascensão que vocês vivem.
Isto é muito importante de compreender.
Aïvanhov - 30.05.2011


Nós temos também insistido muito, nós, Arcanjos, como os 24 Anciões, sobre o choque da Revelação de Maria, mas também sobre o choque da Revelação da Luz.
Porque, na Revelação da Luz, será necessário se desapegar e se distanciar de todas as crenças que tiverem.
Sem exceção.
E nós lhes dizemos que a matriz é Ilusão, inteiramente, e que os corpos que habitam são Ilusão, inteiramente.
Uma coisa é aceitar, enquanto conceito, outra coisa é viver, em Vibração e em Consciência.
É nesse sentido que a Revelação da Luz irá representar, de todos os modos, um choque importante na humanidade.
Quer estejam despertos, realizados, ou simplesmente na fase de despertar, ou completamente adormecidos, o choque será o mesmo.
Anael - 03.08.2010


Mais do que nunca a consciência humana é chamada a acompanhar o movimento.
Para alguns de vocês isso pode representar um desafio, uma abnegação nova, uma confiança total no movimento.
Frente a esse movimento, é claro, uma série de medos, inerentes, podem aparecer.
Como o medo do desconhecido, medo da mudança ou medo da morte.
Nesta etapa, a consciência humana individual e coletiva passará necessariamente por esse choque (como foi chamado por Sri Aurobindo), choque da humanidade.
E isso é agora.
É um momento em que o que pertence às projeções exteriores vai se ver ameaçado e, portanto, induzir reações, oposições, pavor, medos que serão, obviamente (como disse o bem amado João) para superar, para integrar, para viver a aquiescência, a aceitação ao movimento e à Reversão.
Hildegarda de Bingen - 13.03.2011


Então, obviamente, o reencontro com o Corpo de Estado de Ser é, eu diria, creio que a palavra que foi empregada, “o choque da sua vida”.
E esse choque é algo de extremamente violento.
Olhem, por exemplo, Incansável (o canal), ele teve uma pneumonia no ano passado, apenas por viver o Corpo de Estado de Ser.
Portanto, vocês podem imaginar que é algo que é um grande choque e eu imagino também que os seres que estiverem apegados, de uma maneira ou de outra, a esta terceira Dimensão, mesmo se não estiverem mais cortados do seu Estado de Ser, o fato de saberem que o Estado de Ser existe (porque todo o mundo irá vivê-lo) e serem obrigados a purificar algumas coisas e ver o Corpo de Estado de Ser e não poder ir ali, isso será mesmo um trauma importante, eu não vou omitir de vocês, mesmo se não houver mais separação.
É por isso que nós esperamos sempre que, até o último momento possível, um máximo de almas seja capaz de se juntar ao Espírito.
Aí está o que isso quer dizer.
Aïvanhov - 19.07.2010


Meditar, alinhar-se com o que vocês são em Verdade, perceber as diferentes Vibrações existentes, meditar, conectar-se com a Merkabah interdimensional, irão se tornar os elementos que vão mais estabilizá-los, com relação à excitação geral exterior, mas também a excitação do seu mental.
Mesmo aqueles que, até agora, tinham conseguido fazer desaparecer a bicicleta, correm o risco de terem pequenas bicicletas que reaparecem.
É muito importante compreender, e se dizer, com a sua Consciência, que assim que houver uma atividade de superaquecimento, é para colocar-se instantaneamente no Coração, para reconectar-se com a Merkabah interdimensional, com a sua própria Vibração Interior, a fim de não ser levado (eu creio que Sri Aurobindo chamou isso de choque da humanidade).
Porque as ressonâncias ligadas às Crenças, às egrégoras, se preferirem, não as egrégoras astrais necessariamente, mas, sobretudo, as egrégoras das Crenças, dos pesos que foram colocados na humanidade, irão se entrechocar, eu diria.
Portanto, não é preciso se deixar levar por esse movimento exterior, mas também pelo seu próprio mental, que pode fazê-los questionar sobre as suas próprias escolhas e fazer colocar em dúvida o que vocês vivem.
O mais importante será, sempre, e cada vez mais, o que vocês vivem Interiormente.
Aïvanhov - 01.12.2010


Os seus estados vibratórios Interiores e is seus estados de Consciência poderão apenas amplificar-se, na condição de aceitarem, inteiramente, vocês também, a sua própria redenção pela Luz e a sua própria liberação.
Nós concebemos, como Arcanjos, que uma Consciência que foi fechada desde tempos imemoráveis nos mundos da limitação possa conservar, no interior de si mesma, uma série de medos da liberdade, uma série de medos da liberação.
Isto irá se ilustrar, como foi anunciado, exatamente depois da liberação do Sol, pelo mecanismo de choque da humanidade, tal como descrito por Sri Aurobindo, que eu os convido a recordar-se.
Vocês irão compreender melhor assim o caminho realizado nestas poucas semanas que os liberaram de alguns obstáculos inscritos nas suas estruturas cerebrais e, em especial, no que foi chamado de cérebro reptiliano, como engramas de medos, engramas de preservação, engramas ligados a manipulações genéticas que ocorreram em vocês mesmos, em tempos imemoráveis.
Miguel - 29.01.2011



A humanidade viveu, em diferentes períodos, esta noção de choque.
A diferença com o que irá acontecer, dentro de pouco tempo, corresponde à própria finalidade desse choque.
Inúmeros seres humanos encarnados não irão apreender a finalidade da experiência desse choque.
Eles serão afetados como durante uma guerra ou durante a irrupção de uma surpresa importante que faz mudar os quadros de referência, sem, no entanto, serem capazes, pelas consciências fechadas, de estabelecerem um novo contexto de referência que se estabelece na Liberdade ou na Unidade.
É nesse sentido que isso irá representar um choque.


Questão: seria possível suavizar esse choque da humanidade a título preventivo?
Bem amada, da capacidade de cada ser humano para absorver, literalmente, esse choque, vai depender a suavização deste choque.
Não pode existir melhor prevenção, ou melhor suavização, do que o seu próprio alinhamento individual, do que a sua própria capacidade para manifestar a Unidade durante os seus alinhamentos, mas também na sua vida, na ação dual desse mundo.
Cada um é corresponsável e coator do que irá gerar esse choque da humanidade.
A finalidade, a nós, como Arcanjos, nos é perfeitamente conhecida: é a liberação da humanidade.
As vias desta liberação são, contudo, ajustadas e adaptáveis a cada instante, em função do despertar coletivo e individual de cada ser humano.
A capacidade coletiva e individual para deixar o mundo da aparência, do parecer e da personalidade, é capital e essencial para determinar a forma como esse choque será vivido.
Mas, uma vez mais, o choque não é a finalidade.
Eu diria que é o início desta finalidade, refletindo a passagem na última onda da revelação da Luz.
Um choque, quando vocês o vivem, atualmente, como humanos encarnados, é uma surpresa, é uma modificação do seu quadro de referência ou de percepção.
Esta surpresa pode ser boa ou má.
Ela depende, obviamente, não da forma como é vivido o choque, mas do que é tirado como consequência e conclusão desse choque.
Nisso, a suavização do choque, em si mesma, não é a finalidade.
A finalidade é simplesmente o que vai resultar no nível da sua consciência individual e coletiva.


Questão: este choque é para logo?
Bem amado, é para agora.
Ele está suspenso.
Ele chegou aos planos sutis.
Resta materializar-se neste plano.
Isto é preparado há vários meses.
Como anunciou o próprio Arcanjo Miguel, pela manifestação das frotas Vegalianas Unificadas de 3ª Dimensão nos seus céus, aparecendo em 3 ondas sucessivas, tendo começado durante a primeira quinzena de outubro e prosseguindo, atualmente mesmo, em diferentes cidades e em diferentes continentes.
O momento é ditado, não pela ascensão da Terra que irá ocorrer em seguida, mas também pela chegada de fenômenos astronômicos extremamente precisos.
Eles estão em andamento.
Bem amada, na linguagem humana, eu diria que um dia de cada vez.
O importante é o que você é no seu presente e não o que será o seu presente, amanhã.
Assim, portanto, alinhando-se no seu próprio presente, não há mais espera, há simplesmente a Realização.
Assim que houver projeção em um futuro, há afastamento do instante presente e, portanto, atraso do que é aguardado e esperado.
Ainda uma vez, certamente vocês sabem que sua qualidade de consciência está ligada à qualidade de irradiação do Sol.
O Sol, que contém o seu Corpo de Estado de Ser que foi liberado, está em ressonância com a sua Consciência.
Se sua Consciência estiver alinhada, o Sol irá responder.
Se vocês forem cada vez mais numerosos estando alinhados na sua Unidade presente, o Sol irá responder cada vez mais depressa, assim como as irradiações intergalácticas.
Tudo está interligado.
Assim, portanto, da sua capacidade para instalar-se no presente, sabendo ao mesmo tempo do que está chegando, mas não tendo qualquer espera, naquele momento, vocês irão permitir e irão ativar a realização e a precipitação desse processo.
Anael 20.02.2011


Questão: o que fazer quando a chegada da Luz gerar um enorme medo?
Bem, naquele momento, se está muito exatamente no que eu chamo de Guardião do Limiar.
O medo pode assumir uma máscara: o diabo, as crenças, o avô que tinha um olhar terrível, não importa o quê.
E depois, mais fundamentalmente, isso será esse medo no ventre de abandonar-se.
É o medo arquetípico do ego.
É preciso passar do outro lado desse medo para ser ressuscitado.
Há quem passe, assim, graciosamente, digamos.
Há os que vão espernear, porque perder o ego é um luto.
É isso o choque da humanidade.
É preciso abandonar-se.
Aïvanhov - 11.07.2011


Questão: as dificuldades que você cita correspondem ao que AÏVANHOV chama de terror?
Não, vocês não estão ali ainda.
O que vocês vivem está diretamente ligado ao seu ajustamento entre o que eu chamei de Corpo de desejo e de Corpo de Estado de Ser.
O Choque, ou o Terror, ocorrerá quando a realidade das Núpcias Galácticas (correspondendo à chegada das manifestações de Luz nos seus Céus, vindas do Sol, da Onda Galáctica, de Hercólubus e da manifestação das Embarcações de Luz) intervier de maneira sensível.
Naquele momento, o choque e o terror manifestar-se-ão para uma grande parte da humanidade.
Mas, aqueles que estiverem estabelecidos e firmados na Vibração do Coração, conectados com o Sol, com o Sol deles, irão permitir amortecer, naquele momento, o que vai acontecer.
O processo de redução ou de aumento do corpo, ou de modificação de percepção corporal, está ligado à adição das Partículas Adamantinas, modificando o próprio funcionamento da sua estrutura energética e de Consciência.
Os Casamentos Galácticos preparam-se ativamente.
Ainda uma vez, ao mesmo tempo especificando que isso depende, definitivamente, sobretudo e antes de tudo, da resposta da Terra, a resposta da Terra que irá  depender também da capacidade de vocês, na Merkabah Interdimensional Coletiva, para elevar sempre mais o nível Vibratório, a título individual e coletivo.
Sri Aurobindo - 02.11.2010


Questão: qual será o nosso papel no momento do impacto do choque da humanidade?
Além de entrar no interior do seu próprio Coração, nenhum.
De qualquer modo, não haverá escolha.
Ou você participa do que acontece no exterior, ou você participa do que acontece no Interior: Unidade ou Dualidade.
Portanto, a partir do momento em que as radiações do Ultravioleta, as partículas Adamantinas, atingirem onde você está, aí também haverá essa espécie de sideração, onde ou o mental e a pequena bicicleta vão se pôr e girar em todos os sentidos e a toda velocidade, ou você será capaz de entrar no Interior de si e estabelecer-se no seu Coração.
Não haverá alternativa.
De qualquer modo, vocês não terão escolha, vocês terão apenas que fazer isso.
Tudo o que lhes pareça, como dizer..., hoje, ocupar as suas vidas, as suas preocupações, as suas obrigações, quando tudo isso desaparecer, vocês não terão escolha, não é?
...
Alguns estão mais avançados do que outros, no nível dos povos, de acordo com o lugar onde vocês estão.
E, de qualquer modo, vocês estão vivendo a dissolução total das lagartas.
Não sei como é necessário que eu lhes diga.
Eu já digo isso há um mês e, a cada vez, retorno nisso.
Mas, se quiserem, obviamente, muitos seres humanos recusam entender, mesmo entre os que vivem as Vibrações, porque eles não podem concordar.
O choque da humanidade é isso.
Vocês recusam ver a Verdade de frente.
E, a um dado momento, vocês serão obrigados, efetivamente, a ver a Verdade de frente, opondo-se a essa Verdade.
Depois, a negociar com essa Verdade.
E, por último, a aceitar essa Verdade.
Portanto, todos aqueles que hoje, mesmo vivendo os processos Vibratórios das Coroas, enquanto não estiverem instalados no Coração, podem estar na ignorância total e na rejeição total dessa dissolução.
Por outro lado, assim que penetrarem na Vibração do Coração e começarem a viver estados de Ser, estados de Samadhi, de Alegria, pouco a pouco, vocês vão se extrair da Ilusão.
Isso não acontece em dois minutos.
...
O choque da humanidade é também o choque da personalidade com a Luz.
É também o choque final que foi descrito por Sri Aurobindo quando era São João.
Quando cada um for levado ao Céu, frente à sua própria Verdade e à sua própria Luz, vocês vão ver a defasagem que existe entre o que vocês quiseram manter na resistência e o que vocês são, em Verdade.
Não se enganem, tampouco, há muitos seres que estão, como eles dizem, no caminho espiritual.
Mas tudo vai bem enquanto eles mantiverem a própria ilusão, não é?
Mas hoje o choque está aí.
Vocês vão aceitar tornar-se borboleta?
Tudo se resume nisso.
Isso se resume também, agora, em decidir viver isso, viver aquilo, seguir tal caminho, tal outro caminho, fazer tal viagem, deixar a sua profissão, permanecer na sua profissão.
Há uma única questão, e cada dia que passar, vocês vão ver isso por si mesmos: vão aceitar não ser mais uma lagarta?
...
O choque da humanidade é como se anunciassem a um ser humano que ele vai morrer.
Primeiro ele recusa: não é possível, isso não é para mim.
Em segundo lugar, ele vai negociar, ele vai dizer: não, não, não agora, um pouco de tempo.
Depois ele vai pôr condições e em seguida, depois disso, ele vai fingir aceitar, ver horários, ver se isso não funciona, no outro sentido.
E depois, em seguida, ele vai aceitar.
É assim para toda a humanidade e é assim para cada um.
O único modo de aceitar é estar no Coração, porque a Vibração da Consciência do Estado de Ser vai levá-los para a Unidade e para a dissolução.
Aïvanhov - 08.04.2011


Questão: qual é o papel da Intraterra, especialmente durante o choque da humanidade?
Cara Irmã, os povos da Intraterra evoluem, ou na 3ª dimensão Unificada, ou na 5ª Dimensão.
Eles estiveram, de algum modo, uns e outros, em diferentes funções de Guardiões da Terra, cuidando das portas intraterrestres e interditando o acesso às forças opostas à Luz, nos mundos interiores, existentes em algumas regiões desta Terra.
Isso permitiu evitar a falsificação total do núcleo cristalino da Terra e a perda de Luz total desse sistema solar.
Assim, esses povos, a maior parte deles humanos ou não humanos, são levados a juntar-se à sua Unidade, inteiramente.
O seu papel não tem mais razão de ser nesta Terra.
É claro, alguns de vocês já foram contatados por esses povos intraterrestres, sejam humanoides ou não.
Esta forma de contato é levada a se desenvolver.
Alguns, aliás, entre vocês, têm por destino a Intraterra, na sua nova Dimensão.
Um Amigo - 20.03.2011


Questão: como se abandonar mais à Luz quando sentirmos uma resistência?
Bem amado, todos e cada um, no caminho, iriam encontrar este medo.
Isso prefigura e antecipa o que o bem amado Sri Aurobindo chamou de choque da humanidade.
Este medo reflete apenas o fim da personalidade que tem dificuldade para terminar.
Isso não corresponde a algo de particular para fazer ou para empreender, porque vocês vaõ passar, todos vocês, em um momento ou outro, por este medo final.
O que você vive é isso.
É a impressão que alguns de vocês podem chamar de sentimento de morte iminente ou de angústia do vazio.
É a etapa, mais frequente, antes da elevação da Coroa Radiante do Coração.
Essa é uma etapa, de algum modo, lógica, e uma passagem lógica correspondente à eliminação ou à cristalização do seu próprio processo de passagem no Estado de Ser.
Não há, portanto, que agir em relação a isso, mas que considerar que vocês observam um processo do estabelecimento da Luz em vocês.
Anael - 05.03.2011


Questão: eu esperava ser mais empurrado, interiormente.
O maior empurrão será quando Maria vier fazer o seu Anúncio.
Será um choque.

Verdadeiramente um choque, mesmo para os seres Despertos.
Um choque de Amor, mas um choque, assim mesmo.
Para alguns, por outro lado, será um choque de horror.
Particularmente para todos aqueles que participaram, de maneira lúcida, da falsificação do mundo.
Agora, eu penso que, mesmo se forem murmúrios iniciais, os acontecimentos que se desencadearam sobre o planeta, desde o início do seu ano, e mesmo a um pouco mais de tempo, são assim mesmo extremamente pesados, no nível da lagarta, não é?
Seja para os seres que se despertam, seja para os que se afastam do Despertar.


Questão: a transmutação poderá ser feita na suavidade?
Mas isso é impossível.
Como querem extrair-se de uma Dimensão como esta, na suavidade?
A única maneira de vivê-lo na suavidade, é penetrar no santuário do Coração e se abandonar, inteiramente, à Luz.
A única suavidade está neste nível.
Aïvanhov - 19.07.2010


Questão: sinto, ao mesmo tempo, uma atração e um grande medo da Luz.
Bem amada, onde nasce o medo?
O medo nasce no nível da personalidade, dela faz parte permanente.
Assim, portanto, enquanto você mesma estiver identificada com o seu medo, isso significa que você considera que o seu medo é uma manifestação de si mesma e, portanto, esse medo está inscrito na personalidade.
Não há qualquer meio de combater o medo, porque combater o medo reforça o medo.
Jamais há possibilidade de superar o medo pelo seu domínio ou pelo seu controle.
Isso é possível na personalidade, mas, então, ele será substituído por outro medo.
A transcendência do medo é, agora, não mais estar identificado com os seus medos porque, efetivamente, no seu Ser verídico, você não é absolutamente esse medo.
O fato, portanto, de sentir-se incomodada, você mesma, pelo seu próprio medo assinala, de maneira formal, que você se identificou com ele e o que se identifica com ele, sempre, é a personalidade.
A transcendência do medo já está associada, primeiramente, à não identificação com esse medo.
Eu os remeto, para isso, ao que exprimiu Sri Aurobindo sobre o choque da humanidade, porque tudo está ali.
Isso corresponde ao desvendamento da Luz na humanidade: a irrupção do desconhecido no conhecido.
Anael - 07.04.2011


Questão: como superar o medo quando se vive esse tipo de fenômenos?
Eu responderia que isso é impossível.
Porque o medo é também aquele que se manifesta durante o último Sopro, quando há passagem do que vocês chamam de «vida para a morte».
Isso passa pela compreensão e pela vivência do que foi chamado, em um primeiro momento, bem antes da etapa coletiva, de «switch da consciência» e, agora, de «choque da humanidade».
O antigo Sopro e a antiga animação de Vida deve ceder o lugar ao novo.
É uma Ressurreição.
O medo é apenas a resistência da personalidade que não quer, justamente, se apagar.
Não existe qualquer meio, na referida personalidade, para fazê-la aderir a esse Sopro Novo.
É a amplificação do Sopro Novo e o seu aparecimento no Éter da Terra, pela fusão dos Éteres, que irá realizar, para a maior parte de vocês, esse processo.
Com ou sem resistência.
RAM - 10.04.2011



Esses elementos, esses contatos, essas relações de Consciência a Consciência, começam a refletir o que eu havia chamado de Choque da Humanidade, deixando-se perceber, de diferentes modos, o que eu acabo de nomear as Dimensões Invisíveis. Isso é uma realidade comum ao conjunto da Humanidade.
SRI AUROBINDO - 21.05.2012


******

Trechos extraídos de mensagens do site francês Autres Dimensions
http://autresdimensions.info/index.html

Traduzidas para o português por:
Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com e
Zulma Peixinho http://portaldosanjos.ning.com

******


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário