5

Coletânea sobre Maria ( Is-Is ) e os Elohim Parte 1

Clique aqui para comentar esta publicação




Nota MA: No plano estritamente biológico, todos nós somos filhos de Maria (Is-Is); como nossa querida mãe é uma Eloha (Elohim), esta coletânea aborda um pouco sobre nossa criadora, e, de um modo geral, sobre os demais Elohim, que se "sacrificaram" encarnando na Terra no sentido de serviço há 320 mil anos, com um Amor imenso (imcompreensível para nossa mente 3D). O que é uma vida efêmera de um saco de comida (que vive aproximadamente 75 anos), quando comparado com 320 mil anos?


Questão: qual diferença você faz entre a Fonte Pai/Mãe Una e Maria?
Será extremamente delicado explicar, com palavras, que não existe qualquer diferença entre Maria, a Criadora, e a Fonte Pai/Mãe Una.
Maria não é uma entidade feminina, no sentido que você entende.
Maria é andrógina, assim como os Arcanjos são andróginos.
Nós não conhecemos a dualidade dos sexos.
Nós somos o sexo, na totalidade, no sentido em que você entende, mas isto escapa a seu campo de compreensão e a seu campo mesmo de percepção.
Assim, por vezes eu expresso a noção de Fonte Pai/Mãe e por vezes eu exprimo a noção de Divina Maria Criadora.
Mas, trata-se em definitivo da mesma, não entidade, mas da mesma Consciência.
ANAEL - 20 de setembro de 2009

Questão: Maria indicará, durante seu Anúncio, o que haverá a fazer durante esses 3 dias?

O Anúncio de Maria é o Anúncio de sua filiação a Maria e nada mais.
É a reconexão ao DNA de Maria, conscientemente, não na projeção de suas cabeças, não na ideia de que Maria é importante, mas na vivência Vibratória do que é Maria.
É isso, o Anúncio de Maria, mas não é um Anúncio mental, é um Anúncio Vibratório.
Talvez alguns, naquele momento, ouvirão palavras.
Mas vocês terão, sobretudo, a convicção íntima e Vibratória de que Maria é sua Mãe.
O. M. AÏVANHOV – 2 de agosto de 2010

Questão: se Maria, como geneticista, criou nossos corpos, quem criou nossas Consciências?
A Divina Maria é efetivamente a Criadora desses corpos que habitam.
Mas ela não é a falsificadora. Essa história ocorreu depois.
Agora, no que concerne a suas Consciências, isto é extremamente delicado de exprimir com palavras porque vocês são, vocês mesmos, seus próprios Criadores.
Vocês são, ao mesmo tempo, sem qualquer jogo de palavras, Criatura e Criador e diria mesmo Criadora.
Esta dimensão que lhes foi retirada, a fim de evitar-lhes compreenderem-se como Criador. O fato de remeter este eterno feminino os envia à Triplicidade. Esta Triplicidade ou triunidade não está ligada ao corpo/Alma/Espírito. Está ligada a que vocês são realmente Consciências que são Criador/Criatura e Criadora.
Vocês são essa tripla Unidade que lhes foi escondida até o presente.
ANAEL - 12 de dezembro de 2009

Vocês imaginam já um golfinho que sorri todo o tempo. Então, vocês imaginam um golfinho em pé, que sorri e vocês têm a imagem de Maria em sua Dimensão original.
O.M. Aivanhov - 30 de maio de 2010

eu sou um ser vindo de outra parte, de uma outra parte extremamente longínqua para vocês, de uma forma extremamente incomum.
Para vocês, humanos, emprestei um corpo humano mas, fundamentalmente, não sou humana, assim como vocês não o são.
Vocês esqueceram e isso retorna.
Esta Revelação, esta Consciência vai se fazer de maneira progressiva, para que o desvendamento se faça, para vocês, no Amor, na doçura, sem choque.
Minha forma inicial é muito distante da forma de Maria e eu sou Maria, entre outras.
MARIA – 17 de maio de 2010

Questão: não sinto do mesmo modo a energia de Maria e a de Is-Is. Por que?
Bem amada, existe uma defasagem devido mesmo à matriz espaço-temporal.
Maria é Is-Is, incontestavelmente, mas Maria é portadora, por sua encarnação, de certo número de características Vibratórias que vão especificar, na função que é tida naquele momento, uma função diferente do que ela foi como Is-Is, mãe de Osíris e professora de Osíris. Do mesmo modo, bem antes desse ciclo, seu nome foi ainda diferente.
É a mesma entidade, a mesma Consciência, em manifestações defasadas.
Alguns sentirão mais Is-Is e outros, Maria.
Do mesmo modo, minha Presença entre vocês pode se fazer de diferentes modos, de acordo com a Vibração Dimensional que conduzo até vocês.
O mais frequente, nós fomos obrigados, uns e outros, a conduzir nossa Vibração a mais baixa (que é a mais elevada para vocês), a saber, da 5ª Dimensão.
Um Arcanjo vindo da 18ª Dimensão, se ele manifestasse sua 18ª Dimensão aqui mesmo, a Terra toda, inteira, não existiria mais.
Isso é, para vocês, difícil para compreender, porque vocês vivem, pelo momento ainda, numa forma fixa.
Na Multidimensionalidade não há fixação dentro de uma forma, de uma Vibração. Não há fixação em um tempo e em um espaço, o que explica que eu possa estar lá e, em dez mil outros lugares ao mesmo tempo e ter a mesma Consciência no mesmo momento.
É isso que expliquei há pouco, que vocês começarão a viver, vocês também.
Assim, Is-Is é uma Vibração de uma determinada Dimensão. Maria era um corpo com o qual Is-Is se distribuiu. Is-Is está presente na 18ª Dimensão, como um Arcanjo. Ela está também presente na 11ª Dimensão.
Isso, obviamente, vai se traduzir, para você, por diferentes percepções muito sensíveis.
Assim, na viagem possível na Existência, você vai reencontrar outras Consciências Unificadas.
É-lhes possível reencontrar um Arcanjo na 5ª Dimensão (onde haverá uma forma antropomórfica mutável), como é possível percorrer os mundos na Embarcação que representa um Arcanjo, porque um Arcanjo, em um nível, é uma Embarcação.
Uma embarcação é feita para conter outras Consciências.
Isso escapa, é claro, a seu entendimento, porque não é algo que possa se desenvolver com palavras, mas que pode apenas se viver.
ANAEL – 21 de setembro de 2010

Questão: outros de seus nomes poderiam ser Isis, a Criadora de Urântia, Nemônia?
Querido Filho, meu nome, minha Vibração de origem, é Is-Is, chamada efetivamente Isis ou Seth.
Bem outros nomes poderiam, nas rondas da encarnação, ser meu nome.
Mas meu nome de origem é Is-Is.
Mas a Vibração de Maria corresponde à Vibração de Mãe.
A denominação Is-Is é minha denominação Vibratória original, nos mundos unificados.
MARIA – 17 de maio de 2010

Cada uma das Companheiras de Maria tem uma função, cada uma é um pilar, à sua maneira, esse pilar permitindo ancorar as virtudes essenciais durante este parto e este novo nascimento.
Como toda mãe, Maria, como eu, como todas as outras, portamos a Inteligência da Vida, a Inteligência criadora.
SNOW - 29 de maio de 2010

Não foi à toa que Maria criou esse corpo carbonado há extremamente muito tempo. Não foi à toa que o Demiurgo apagou essa noção de criação pelos geneticistas de Sírius, a fim de confiná-los na Ilusão da criação e da procriação por uma entidade feminina que, com isso, ela também perdeu sua própria criatividade e sua própria criação total na Unidade.
Assim, portanto, todo humano é portador dessa polaridade feminina. Não é questão de fazer, dela, uma polaridade sexual, mas, efetivamente, manifestar, agora, seu polo feminino, inteiramente; reencontrar, de algum modo, sua completude; reencontrar, de algum modo, sua Unidade, reunificando suas duas polaridades e, sobretudo, descobrindo o que é, realmente, a feminilidade, que não é uma atração sexual, que não é uma Matriz que põe no mundo, mas, efetivamente, um Polo Criador dos Mundos.
GABRIEL - 8 de julho de 2011

Mas há seres, Consciências, que evoluem dentro de linhagens evolutivas (os humanos, dos quais nós fazemos parte), criadas, a um dado momento, pela Grande Eloha Maria, pelos mestres geneticistas.
O. M. Aïvanhov - 16 de maio de 2010

Assim, Is-Is é uma Vibração de uma determinada Dimensão. Maria era um corpo com o qual Is-Is se distribuiu. Is-Is está presente na 18ª Dimensão, como um Arcanjo. Ela está também presente na 11ª Dimensão.
ANAEL – 21 de setembro de 2010


O problema do amor humano é que é um amor de medo e de posse; é um amor ligado à falta.
Vocês são atraídos pelo que lhes falta; vocês são atraídos por uma sedução, qualquer que seja.
Mas, enquanto sua relação é baseada nisso, ela não é livre e ela não pode ser livre.
Na Unidade, nas Dimensões Unificadas, ter relação sexual, isso não existe, não há sexo, de acordo?
Mesmo se há polaridades: um Arcanjo é dito de polaridade masculina; um ser geneticista de Sírius é de polaridade feminina.
Mas não é por isso que eles fazem sexo, não é?
Isso não existe.
Vocês são completos em si, sozinhos.
São as leis dessa matriz, na qual vocês foram, nós fomos todos confinados que criam essas faltas.
A falta é o quê?
É a ação/reação, é o carma.
A Unidade é o quê?
É a Liberdade e é a Ação de Graça.
Vocês não podem estar submissos ao carma e viver a Graça.
AÏVANHOV - 14-06-2011

O Espírito Santo é também denominado Polaridade Feminina da Fonte, em ressonância com os Mundos da criação, criados pelos intermediários da Fonte (denominados Mestres Geneticistas ou entidades de Sírius), tendo, justamente, criado este mundo há 20 milhões de anos.
O Espírito Santo é uma qualidade Vibratória permitindo ser guiado pelo Amor, revelando-se pelo Amor e no Amor.
Pode-se dizer que se trata de uma qualidade ou de uma polaridade, de natureza ‘feminina’, feita de recepção, feita de acolhimento, feita de receptividade, permitindo ver claramente, de algum modo, o Interior de si.
ANAEL - 22-05-2011

Vocês entram também, desde a abertura da boca, na manifestação, a mais importante, na energia qualificada de Feminina, nesse mundo. Cabe-lhes também desenvolver, em vocês como no exterior de vocês, quer vocês sejam homem ou mulher, essas qualidades vibratórias de que eu falei, a responsabilidade. Esta nutrição interior, que vocês encontrarão no interior de vocês, faz justamente parte integrante do que eu chamei a polaridade Feminina, de que vocês devem se nutrir em prioridade.
GEMMA GALGANI - 05-03-2011

O que é anunciado é o retorno, obviamente, da feminilidade.
Não a feminilidade traída e falsificada nesta dualidade, mas o que alguns de vocês puderam nomear como IS IS, Maria, o eterno feminino, em outras palavras.
Mas, antes de tudo, é preciso compreender que é um corpo coletivo, é uma entidade coletiva que se manifesta.
Assim como o retorno do Cristo de Luz é, antes de tudo, um retorno Interior.
SRI AUROBINDO - 27-03-2010

Questão: poderia nos falar dos Elohim?
Os Elohim, entidades criadoras, intervêm na ronda dos mundos e em dimensões diversas, para ali semear formas correspondentes à Vibração preexistente na matéria, existente nos materiais que vocês chamam de amorfos.
A matéria não é unicamente aquela que vocês veem nesse mundo.
Existem diferentes matérias, tão densas, tão pesadas, que convém avivar.
O esquema é sempre o mesmo: há inicialmente semeadura, na matriz cristalina, pelos mestres geneticistas.
Essas criações estendem-se por tempos longos, muito longos, bem além mesmo do que vocês podem conceber.
A partir do momento em que uma ‘Consciência livre’, chamada de planeta, decide acolher, em seu seio, formas de vida diferentes de sua própria Consciência, convém, de início, inserir, nesta matéria precisa, certo número de Vibrações.
Essas Vibrações são então trazidas pelos Elohim criadores, trazendo, não primeiro a vida sob forma de DNA, mas uma vida simples, sob forma de Vibração, que vocês chamam de cristais.
São essas criações cristalinas que vão permitir o desenvolvimento e o apoio da vida.
Assim, ao final de certo tempo de semeadura (diferente segundo o tipo de matéria), se torna então possível criar o DNA, cuja expressão pode ser muito diferente, de acordo com o tipo de matéria e de acordo com a forma de vida desejada pelos criadores.
Esses criadores (que são de fato criadoras) semeiam então, quando de uma segunda onda, certo número de vidas conscientes, nas quais podem vir almas ou Espíritos preexistentes, que não têm ainda alma, inteiramente liberta, para viver experiências na matéria, que elas podem deixar a qualquer momento.
Algumas Consciências fazem então a escolha de aperfeiçoar sua própria evolução, que é infinita, por Essência, nos mundos Unificados, até se tornarem, a seu turno, superiores a suas próprias criadoras, nesta matéria específica ou fora dela.
Assim, o que é chamado de Elohim, são seres que percorreram a superfície desse mundo, bem antes que Deus e Diabo tomassem posse.
A um dado momento, quando da intrusão dessas forças opostas à Luz e que queriam realizar experiências de confinamento, os Elohim foram obrigados a se retirar, mesmo aqueles que foram chamados de Gigantes ou de Nefilins, cujo simples nome pode fazer tremer de horror alguns seres e, aí também, são crenças que lhes foram inseridas.
Os Nefilins são seres muito próximos da Fonte Unificada.
Esses gigantes deixaram então certo número de marcas de sua Presença e de seu trabalho de Luz, nesses mundos.
Eles em seguida partiram, para sua esfera planetária e estelar de origem, para continuar seu trabalho.
A evolução nunca tem fim, jamais.
Mesmo uma Dimensão fixada num plano evolutivo, o que não quer dizer que ela não evolui, mas sim, que permanece nesta Dimensão, tendo acesso às outras Dimensões.
Assim o é dos Arcanjos.
Assim o é de algumas esferas planetárias ou de alguns Sóis.
Apenas nos mundos divididos, dissociados, que o esquema evolutivo, falando de nascimento e de morte, existe.
Em outros lugares, existe uma criação, mas não existe morte.
Questão: qual é o número de Elohim e qual é seu papel hoje?
A história dos Elohim é muito antiga.
Ela remonta a mais de vinte milhões de anos.
Agora, nesses 6 ciclos falsificados, os Elohim mantiveram uma presença específica. Eles tiveram êxito em não perder o fio de sua própria criação e de não abandonar sua criação dentro da matriz.
Eles portanto colocaram regras e certo número de atos que permitem, hoje, viver o que vocês vivem, sem dever mergulhar e renascer na matriz.
Os Elohim foram os 12 Elohim criadores de Atlântida, vindos de Órion, vindos deAltair, de Vega.
Eles eram em número de 12, chegando sob o comando de Orionis, na Jerusalém Celeste, dentro de um Concílio que foi chamado de Concílio d’Alta e que ocorreu em uma região precisa do México chamada de Teotihuacán, em 50. 731 antes de Cristo, no equivalente a um mês de Maio.
Esses 12 Elohim sabiam, vindo nesta matriz (pelo menos duvidavam, mesmo se alguns não aceitaram), que, para manter um fio de Luz nesta matriz, eles deviam ser eles mesmos precipitados nesta matriz.
Eles então, pouco a pouco, nesta primeira tomada de forma nesta matriz, perderam em certa medida sua memória.
A maior parte desses Elohim caiu, porque foram presos, eles também, pela matriz.
Somente muito grandes seres, até agora, puderam escapar da matriz e eles se contam nos dedos de uma mão e esses seres não são Elohim.
Hoje, o único Elohim ainda presente conseguiu levar seu corpo para fora da matriz e mantê-lo numa estrutura em carbono, mesmo vindo de uma Dimensão de longe superior, para regressar no momento oportuno. Trata-se de IS-IS, ou Maria.
No que concerne aos 12 Elohim criadores, quando da criação de Atlântida, a maior parte caiu e terminou hoje seu ciclo de encarnação.
ANAEL - 26 de junho de 2010

Questão: poderia desenvolver sobre a nuance que vocês fazem entre Fonte e Pai/Mãe?
Vocês têm todos um Pai e uma Mãe comum. O Pai comum, de acordo com a carne, que lhes permitiu experimentar, antes da falsificação, a estrutura de carbono, é Orionis, Melquisedeque.
A Mãe, segundo a carne, que criou essas estruturas de carbono, é, como sempre, os Elohim criadores, é Maria e as outras (porque ela não estava só), que permitiram fecundar a matéria e ali aportar uma Liberdade de deslocamento para as Consciências Livres e Unificadas.
Portanto, resumindo, vocês têm uma Fonte Pai/Mãe que se espelha nela mesma, como Fonte e Reino.
Há Entidades existentes nos mundos da Criação que foram Pai e Mãe das estruturas de carbono, ou seja, que a Consciência delas criou, literalmente, esta Dimensão na qual os Filhos da Estrela, os Filhos de Um, vieram tomar posse de um corpo, mas, na época, sem falsificação.
Quer dizer que havia a possibilidade de estar, ao mesmo tempo, nesse corpo, mas também, ao mesmo tempo, em outras Dimensões. Não havia separação.
A “queda” é um fechamento na matriz, um processo de separação que os fez esquecer o que vocês são e que nos fez esquecer, a mim também, o que se era, quer dizer, os Filhos da Luz e das Luzes inteiramente.
Portanto, há um Pai e Mãe na carne e segundo a carne, e há uma Fonte em Espírito.
Aí está o que se pode dizer.
O. M. AÏVANHOV – 2 de outubro de 2010

... resta o verdadeiro Neb’Heru (Nota MA: Não confundir com Nibiru, que é a embarcação dos Anunakis já expulsa do nosso sistema solar), que é uma Embarcação que foi denominada, há muitíssimo tempo, Yeroushalaïm.
É a Embarcação dos grandes Elohim que se sacrificaram sobre essa Terra, que retorna e que havia sido anunciada, no ano passado, visível em seu céu porque ela chegou no seu sistema solar.
O. M. AÏVANHOV - 25 de setembro de 2010

Biologicamente, nesse quadro limitado, temporal, desta vida, você é a filha biológica de seu pai e de sua mãe; agora, no plano estritamente biológico, você é a filha de Maria. No plano do Espírito, você é a filha da Fonte.
MA ANANDA MOYI – 28 de abril de 2011

Do mesmo modo que Maria está consciente de cada um de seus Filhos, a Mãe Terra, ela também, tem Consciência de vocês todos, sem exceção.
Ela registra, em sua matriz Cristalina Unitária, em seu centro, absolutamente tudo.
SNOW – 6 de agosto de 2010

Questão: poderia desenvolver sobre a diferença entre ISIS e MARIA?
A entidade MARIA nada tem a ver com a entidade ISIS.
É um apoio Vibratório.
MARIA porta ISIS.
Mas ISIS está bem além dos mundos da encarnação.
IS-IS é como quando nós dizemos KI-RIS-TI.
É uma palavra cuja Essência é Suméria.
KI-RIS-TI ou KIR-IS-TI é, simplesmente, o Filho Ardente do Sol.
ISIS é a Filha da Água.
Ela é a matriz primordial.
Ela é Gaia, se querem.
Ela é a virgem negra.
Ela é tudo o que se pode imaginar.
Ela é, também, a Shakti.
Então, é claro, ISIS é a Vibração que vem de Sírius A.
MARIA vem, também, de Sírius A,.
Será que Jesus e Jesus Cristo era o CRISTO?
Jesus reencarnou-se numerosas vezes sobre a Terra, e também não há muito tempo.
CRISTO é um princípio de realização do Si.
Questão: ISIS seria, portanto, um princípio Vibratório e MARIA seria a contrapartida encarnada que portava essa ressonância?
Perfeitamente.
Assim como MA ANANDA MOYI portava MARIA.
Questão: e do mesmo modo como Jesus portava CRISTO?
Exato.
O. M. AÏVANHOV – 7 de agosto de 2011

Um Arcanjo mesmo, que se aproxime demasiado perto da matriz, seria preso, a seu turno, dentro da matriz e tomaria corpo e não poderia escapar.
O sacrifício dos Elohim, há 50.000 anos, como há 320.000 anos, foi exatamente da mesma natureza.
É um eufemismo dizer que o sacrifício era meio consentido, mas há um sentido de Amor e do Serviço, de outro modo mais importante, ao nível das formas de Consciências Livres, que não suportam ver Consciências fechadas, mas respeitam sua escolha e sua liberdade de decidir permanecerem fechados.
ANAEL – 14 de julho de 2010

Vocês têm, em vocês, as marcas dos 12 Elohim porque eles são, efetivamente, as Entidades Criadoras que lhes permitiu existir, nesta dimensão, sem perder sua Divindade, pela Presença e a Graça, também, de Maria, do alto de suas dimensões, antes que ela se encarnasse nesta dimensão.
ANAEL - 26 de setembro de 2009

Questão: é exato que alguns Elohim teriam caído?
Alguns deles, nesta encarnação, decidiram ir ainda mais longe no processo chamado de queda, mas que não é uma queda no sentido que vocês entendem.
Trata-se de uma descida nas esferas ainda mais encarnadas e ainda mais densas que aquelas que vocês experimentam.
Entretanto, a memória do que eles são, um dia, em outros lugares, revelar-se-á.
Não há queda no sentido negativo.
Assim como você mesmo caiu nesta dimensão. Esta queda não é nem uma punição nem um desagrado. É uma experiência.
SERETI - 14 de agosto de 2008

Questão: que vão se tornar os Elohim que participaram da Criação da Terra?
Alguns se juntarão, não mais à Ordem dos Melquisedeques sobre esta Terra, mas prosseguirão a missão de liberação participando de uma outra Ordem de Melquisedeques, em outros universos.
Outros juntar-se-ão enfim a sua dimensão de origem e, alguns, que não conseguiram se liberar da matriz, serão obrigados a fazer um pequeno ciclo na 3D unificada.
O. M. AÏVANHOV - 22 de março de 2010

Deus não é o Criador, ele é a Ilusão suprema. O Criador é uma Criadora, e é uma geneticista, e é a Mãe Primordial que vocês chamam Maria, Is-Is, ou ainda Sekhmet ou Inanna junto aos Sumérios.
Isso nada tem a ver com o que lhes fizeram engolir nas Estrituras, obviamente. Deus se quis criador. Ele criou a Ilusão na qual vocês estão, mas além deste Arconte, além desta dualidade, existe a Fonte Una.
O. M. AÏVANHOV - 3 de dezembro de 2009

Maria e os povos Delfinoides que vinham de Sírius, modelaram a Criação na qual Espíritos livres puderam experimentar uma forma específica, que era a forma carbonada. Portanto, a Terra está ligada, por seu núcleo central, a Sírius, que é o Sol Central desta galáxia.
Mas Alcyone é o Sol Central do conjunto das galáxias, é a Fonte.
A irradiação de Sírius é ligada a Sírius A e B, que são ligados aos Mestres geneticistas, aos Golfinhos, e que são ligados, sobretudo, à Luz azul.
O. M. AÏVANHOV – 3 de junho de 2011

Questão: as 12 estrelas de Maria são os Elohim que participaram da criação?
Participaram da criação, como dizer... , aquelas que intervieram quando Maria veio há 320.000 anos.
Na primeira criação, há 500.000 anos, antes que a matriz e os maus rapazes induzissem forças gravitacionais de oposição, eram efetivamente essas estrelas de Maria, mas não as mesmas.
Do mesmo modo que eu, há 50.000 anos, obviamente, não era um Melquisedeque.
Torna-se Melquisedeque, ou torna-se estrela de Maria a partir do momento em que se tenha êxito para elevar certo nível Vibratório.
E depois há seres que partem também, que estavam em diferentes Assembléias, que deixam o lugar, a um dado momento, porque eles devem continuar seu caminho.
Houve, efetivamente, a cada ciclo, e sobretudo quando do último ciclo, a vinda de 12 Elohim diferentes que não eram os Elohim vindos de Sirius, mas que vinham de outros lugares e que permitiram, se querem, manter a coesão da Luz, apesar da ilusão.
Mas não são as mesmas.
O. M. Aïvanhov - 2 de julho de 2010

Questão: as doze estrelas de Maria acompanham Maria desde o início?
Caro irmão ou irmã que me coloca esta questão, as doze estrelas de Maria acompanham Maria desde o início.
Elas fazem parte do que foi chamado de ‘Elohim criadores’, que instauraram esta Criação nas estruturas em carbono.
Assim, portanto, elas acompanham Maria e se revelaram progressivamente e à medida de suas encarnações.
UM AMIGO - 1º de julho de 2010
Continua na Parte 2, clique aqui
Trechos extraídos das mensagens do site http://www.autresdimensions.com
Traduzidas para o português por:
Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com e
Zulma Peixinho http://portaldosanjos.ning.com
Seleção e edição: www.mestresascensos.com

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

5 comentários:

  1. Ao ler estas mensagens: chorei e meu corpo todo vibrou muito, senti muita alegria e paz... De alguma maneira a eu e Mirian Rodriguez que comentou acima nos aproximamos e numa conversa informal, ela me falou deste conteúdo... Mas naquele momento não dei muita importância... Passados alguns meses naturalmente e sem intenção alguma, fiz uma postagem em meu perfil do face book denunciando Anthônio Magalhães por fraude... Eu havia até esquecido o que a Miriam tinha me dito, e assim que fiz a postagem, pelo celular em viagem, num posto de gasolina á noite, fui dormir. Quando acordei vi o estardalhaço que aconteceu: Várias pessoas que eu nem conhecia curtiram, compartilharam e comentaram. Até o próprio Anthônio Magalhães se manifestou na postagem, fazendo ameaças e tentando me expor, ridicularizando e intimidando na tentativa de me convencer a parar com a denúncia... Mas a coisa ganhou proporções que estavam além de meu entendimento limitado e a partir deste momento soube exatamente qual era a fonte do conteúdo ´que o Anthônio divulga dizendo ser dele... Ele se apropriou, deturpou, adulterou tudo segundo seus interesses sórdidos e financeiros... Agora posso tomar consciência do porquê que fui motivado pela centelha divina de minha mãe que está em mim, a fazer o que fiz e que continuarei a fazer para colaborar com a luz... Gratidão Miriam Rodrigues e Zulma Peixinho por fazerem parte de da minha história... Abraço eterno!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Do meu Coração ao seu Coração. Na Luz e na Paz!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir