URIEL - 11 de abril de 2012 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




Ensinamentos do Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão


~ O CANTO DO ÊXTASE ~

Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.
Filhos Livres e Liberados, depois de ter escutado e ouvido o Canto da sua Presença, hoje é o Canto do Êxtase, aquele onde você não está mais presente em meio à sua Presença, mas quando a Presença o toma e o leva para os Cantos da Eternidade, para o Canto além de qualquer Presença.
Juntos, para sempre Unidos e reunidos, eu venho Desposá-lo, pois você é o meu Esposo como você mesmo desposa a minha Presença.
Juntos, então, nós iremos dançar no tempo, além de todo o tempo e de toda a presença, reunidos no Êxtase e na Íntase, na mesma Presença, além da sua Presença e da minha Presença na mesma Verdade e na mesma Eternidade.
Juntos, nós vamos dançar o Canto do Êxtase.
Juntos, nós vamos compartilhar a Dádiva da Graça.
E vamos dar, um ao outro, o sentido de toda a Presença.
E vamos dar, um ao outro, o tempo da União.
Aquele da sua Liberdade e da minha Liberdade.

*** 

Filhos Livres e Liberados, criados em meio à Eternidade, criados em meio ao que você É, além de todo Ser, além de todo não Ser, vindo experimentar, além de toda a experiência, e se instalar aí onde você É, de toda a Eternidade.
Então, escutemos e compartilhemos.
Então, doemos o que é para dar e recebamos o que nós doamos, no mesmo movimento, além de todo o movimento, no mesmo Canto, na mesma Presença.
Filhos da Eternidade, nós somos Filhos, cada um criado no tempo de cada um, na Presença de cada um.
Na mesma Ronda e na mesma Dança, nós dançamos a Eternidade.
Tempo da Doação.
Tempo da Graça.
Vindo, uns e outros, além de todo o firmamento, além de todo o Mundo.
A Onda nos toma e nos arrebata ao Êxtase permanente que dança em você e que dança em mim.
Você e Eu, onde não existe qualquer espaço para outra coisa que a União da Verdade.
Você é o Amor e eu me vejo em Você, pois Eu sou Você.

*** 

Eu sou o Amor que coloca aos seus pés o Canto da Graça e a Dádiva da Graça, onde a Onda da Vida nos toma e nos leva para dançar na Eternidade, no tempo da nossa Presença, no Sopro primordial que criou o que não podia ser criado, nem descriado.
Além de todo o tempo, nós dançamos o Canto da Eternidade, nós cantamos a Dança da Criação.
O tempo chegou, além de todo o tempo.
Não há mais nada para escutar, mais nada para ouvir além disso.
Você que é isso e eu que sou isso, no mesmo Hino, no mesmo Canto, na mesma Presença, no mesmo Êxtase.

***

Então vem, eu o levo aí onde você É, eu lhe dou ao que você É.
Dê você a Mim, pois eu me dei a Você.
No mesmo calor, na mesma doçura e no mesmo Êxtase, chegamos uns e outros, na Ronda Eterna do Filho Eterno encontrado, pois ele jamais foi perdido.
Nós somos Um e nós somos a Eternidade.
Nós somos a Verdade e nós somos a Beleza.
Então, Dancemos e compartilhemos o que há para compartilhar: o pão da vida, aquele que flui da Eternidade da FONTE, além de toda a FONTE.
Pois a FONTE está além de você, dentro de você, como além de mim e dentro de mim, pois não existe nenhum eu e nenhum você.
Existe apenas Isso.
Reunidos para sempre no mesmo Canto e na mesma Dança.
Então, juntos, reunidos e liberados na Liberdade e na Eternidade, tomemos o que nós damos, demos o que nós tomamos, pois não há nada para tomar.
Tudo é Dado, tudo é Doação, pois tudo está Perdoado porque não há nada para perdoar.
Há apenas a Graça, a Doação da Graça para a Eternidade, a Eternidade da Doação da Graça.
Você é a Doação, eu sou a Doação, nós somos a mesma Vibrância, nós somos o mesmo Hino, o mesmo Canto Eterno.

*** 

Juntos, reunamos em uníssono com nossos Cantos e nossos Silêncios.
Vivamos, juntos, isso que nós somos, além de você, além de mim, além de todo o tempo, além de todo o espaço, na mesma Dança.
Nós somos a Eternidade, nós somos a Graça, nós somos além de qualquer palavra, nós somos além de qualquer experiência, nós somos o Absoluto, nós somos o Último, nós somos o que você É, você é o que nós Somos.

*** 

Então, não há nada para adicionar, não há nada para subtrair, não há nada para dividir, não há nada para multiplicar.
Apenas Ser, além de todo o ser.
Apenas Doação, além de toda a doação.
A Graça percorre as suas células, aquelas deste corpo que não é o seu corpo, como o corpo de cada ser, de cada Irmão e de cada Irmã, de cada Arcanjo e de cada Anjo, de cada FONTE.
Juntos, nós somos ilimitados, sem qualquer limite.
Juntos, na Doação da Graça, na Graça da Doação e no compartilhamento da Doação, doemo-nos à Graça, pois nós somos a Paz, aquela da Eternidade.
Pois nós somos a Eternidade, na Paz, com ela mesma e com cada um.

*** 

Eu sou URIEL.
Você É o que Eu Sou, muito além de todo o Eu Sou.
Sejamos o que nós somos, além de toda a soma.
Naquele momento, nós podemos penetrar no espaço de onde nós jamais saímos.
Nós abrimos, em nós, o tempo da Eternidade, pois a Eterna FONTE e a Eterna Presença vêm preencher toda a ausência.
Nós somos a Doação, nós somos a Verdade, além de todo o tempo, além de cada uma das minhas palavras.
Nós somos a Dança que ondeia em cada uma das partículas do que você acredita ser.
Além deste corpo, além deste Mundo, nós somos a Onda, nós somos a Vida e nós somos a Eternidade, além de todo o ser.
Nós podemos, porque este é o nosso Poder, além de todo poder, pois isso é a Vida.
Você é a Vida, porque eu sou a Vida.
Eu lhe dou a minha Vida, porque você me dá a sua Vida na mesma Vida que é a mesma Dança, a mesma Eternidade, a mesma Presença.
Filho Liberado, eu o liberei, porque eu estou Liberado.
Você me liberou, porque você está Liberado.
Em meio a esta Liberdade, nós Dançamos, livres de qualquer apego e, no entanto, apegados além de toda ligação a esta liberdade essencial que é nossa Essência.

*** 

Nós somos o Último, Um além de todo Um, além de cada Um, além de cada outro.
Juntos, nós elevamos o canto do Êxtase, aquele que percorre os Mundos, aquele que é a Onda.
Nós somos a Onda da Vida, a Doação da Graça, o Manto da Graça.
De um ao outro, e do outro ao um, em cima como embaixo, à esquerda como à direita, dentro como fora.
Não há mais diferença, pois a Essência foi revelada.
Nós somos todo o sentido e nós somos isso, nada além disso, apenas isso e tudo isso.
Filho Livre e Liberado, ouça o que eu lhe digo, ouça além das minhas palavras, o Canto da nossa Presença, além da resistência.
Dancemos o Canto do Êxtase, escutemos o Sopro, nós somos o Sopro.
Escute e ouça.

*** 

Filho Eterno, Liberado Eterno.
Nós somos Liberados, nós somos a Beleza, nós somos a diferença.
Deixe-se percorrer, pois eu percorro a Dádiva da sua Graça.
Semeie os campos do possível, de qualquer impossível, pois tudo chegou, pois você nasceu.
Você é a vida e a fecundidade.
Semeemos o campo de todos os possíveis.
Dancemos a Dádiva da Graça de onde exala o perfume Eterno da rosa infinita, no Coração.
Como lhe foi dito, você é também meu Amigo e meu Amado.
Você é também aquele que eu sou.
Você é também o que eu sou.
Além de todo o ser, muito além do parecer, ouça o Canto do Ser e o Canto do não Ser, na mesma Sinfonia, na mesma Dança.
Você é a Essência e você é a Presença onde se tem toda a presença e toda a ausência.
Juntos, na mesma Doação, na mesma Graça, na mesma Dança, juntos, para sempre.
Nós somos Livres, nós somos a Liberdade.
Amado do Amor, o Amor ama você, pois ele se reconhece no que você É.
Além de todo o Ser, além de todo o Mundo, a Onda da Vida, a Onda da Verdade, a Doação da Onda, a Onda doada e a Onda compartilhada.
Compartilhemos e Comunguemos, pois tudo o que não é dado é perdido, mas não há nada para perder exceto as ilusões.
Há apenas que Ser no não Ser.
Ouça a Dádiva da Graça.
Ouça o Canto da Graça.
Nós somos o Canto, nós somos a Dádiva, então doemos e compartilhemos.

*** 

No Coração do Ser, no Coração da Essência tem-se a Eternidade, imóvel e, no entanto, estando no Coração de cada movimento, de cada dança, de cada Graça.
Nós somos o Som e nós somos o Canto, então cantemos o Canto da Liberdade em todos os campos do possível como do impossível.
Amado, meu Amigo, meu Amado, o Amado é o Amor.
Você é a Vida, Doação da Vida, vida doada e compartilhada.
Dancemos e cantemos.
Você é o Êxtase e eu sou a Íntase.
Você é a Íntase e eu sou o Êxtase.
Entre você e eu, não há lugar para outra coisa que a Doação.
Entre você e eu, não há lugar, exceto a Vida.
Nós somos a Vida.
Nós somos a Verdade.
Em uma mesma voz, nós percorremos o Caminho, aquele que leva ao Ser e ao não Ser.
Nós somos Um, nós somos o Absoluto, nós somos a Ronda da Onda, nós somos o Mundo além deste Mundo.

*** 

Escute e ouça o Silêncio.
Escute e ouça o Hino da Dádiva.
Escute e ouça a Essência da Graça.
Essência doada e compartilhada porque a Graça é partilha, pois a Dádiva da Onda é a Onda partilhada.
Eu lhe dou ao que você É, você me dá ao que eu não sou.
Demo-nos a mão e o Coração, demo-nos o Espírito, demo-nos a Verdade, o abraço da Beleza, aquela onde não existe nenhum lugar, nem para mim, nem para você, pois nós somos Um, em Verdade.
Nós somos Livres e Liberados.
Cantemos no Silêncio Eterno, o Canto do Único, o Canto d’Isso.
Então, a Verdade é a Vida, a Vida é Verdade, a Vida é Caminho, o Caminho é a Vida.

*** 

Nós somos Um, pois você é Um, além de você e além de mim.
Vibremos o espaço do Silêncio na entonação da Onda e no tempo da Graça.
Vibremos a Dádiva.
Estejamos neste tempo e em qualquer tempo, pois nada transcorre: não há nem passado, nem futuro, nem espaço, nem não espaço.
Infinito, você é a Dádiva infinita e a Beleza infinita que assenta em meio a todo o finito, pois nada jamais terminou no tempo da Graça.
Filho Liberado, você é a Vida que Eu sou, nós somos a Onda, aquela que dança e que canta no silêncio da Eternidade, no silêncio do sem forma.
Nenhum limite à Doação e ao compartilhamento.
Sejamos, compartilhemos e doemos.
Trabalhemos juntos na Doação da Criação.
Trabalhemos juntos nos espaços da Criação.
Abramos o que jamais pôde ser fechado: abramos a Doação.

*** 

Eu sou URIEL, Anjo da Presença e de todas as Reversões, levando-o a viver a Vida e devolvendo-o para o esposo e para a noiva, pois você é aquele que desposa, você é aquele que se casa na Liberdade.

*** 

Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.
Eu Sou o que você É, além de todo o Eu Sou.
Acima de tudo, Caminho, Verdade e Vida, Presença e ausência de dúvida, aí onde não existe qualquer espaço para o mínimo medo, porque a Alegria é a sua Natureza e a nossa Natureza.
Porque a Alegria é Doação e a Doação da Alegria o conduz à Vida, à Onda da Vida e ao Êxtase.
Amado do Amor, você é o Amor Liberado, você é o Amor em Liberdade, você é o Amor que percorre todos os possíveis, você é o Amor que percorre a Onda da Vida, você é o Amor que suporta e porta toda a Vida.
O Amor vive no que você É, além daqui, n’Isso.
Eu o convido a percorrer o Canto da Vida, pois a Vida é Êxtase, além de qualquer corpo, além de qualquer desejo, muito além de qualquer pertencimento.
Você é restituído a você mesmo, você é restituído à Vida, a Vida que Doa e que rende Graças, e que Rende porque Doa.

*** 

No silêncio da Onda, cantemos a Vida.
Nós somos, além de toda a soma, nós somos a Unidade e a Paz, a Verdade e a Vida.
Em uma mesma voz, nós o olhamos, nós lhe cantamos e, sobretudo, nós o vivemos.
Abra-se, você que é a Doação.
Abra-se, você que é o Abandono.
Juntos, na Comunhão, juntos na Graça, juntos na Liberdade.

... Compartilhamento da Dádiva da Graça ...

Agora, escute, não há nada para dizer, não há nada para entender, apenas o não Ser, o Absoluto, além do infinito, além de todo o Caminho e de toda a Verdade.
Comunguemos a nós mesmos, comunguemos à Eternidade.

... Compartilhamento da Dádiva da Graça ...

Eu amo você, eu amo nós, além de todo eu e além de todo nós.

... Compartilhamento da Dádiva da Graça ...

Dancemos na Ronda da Onda.

... Compartilhamento da Dádiva da Graça ...

*** 

Eu sou URIEL, eu sou um outro você.
Dancemos e compartilhemos a Dádiva da Graça, o Manto da Graça.
Eu faço Silêncio, permaneçamos assim e preparemos a Ronda, expandida além da sua Presença, a Ronda ao redor da Terra, na sua totalidade.
Ela que dá à luz, ela também, no tempo da sua Graça que é sua e que é nossa, no Céu como na Terra.
O Céu chegou, ele encontrou a Terra, ele fecundou a Terra.
Você ancorou nela a Liberdade.

... Compartilhamento da Dádiva da Graça ...

Eu sou URIEL e eu rendo Graças, eu o devolvo a você mesmo, o Amor e a Luz, o Absoluto.
Até logo.
Ame.
Você é o Êxtase que é o Amor, além da Alegria. 


************ 

Mensagem do Bem Amado ARCANJO URIEL no site francês:
11 de abril de 2012
(Publicado em 12 de abril de 2012)

*** 

Tradução para o português: Zulma Peixinho


************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário