URIEL - 24 de março de 2012 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação





~ O Sangue Novo da Nova Aliança ~


Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.
Bem amados Filhos da Luz, Aqui e Agora, neste espaço como em qualquer espaço, desta Terra como em outros lugares, eu os convido, sem qualquer exceção, a viver o que é para viver.
A Onda da Graça recorre ao Estado de Graça que é sua Natureza, além de todo estado, além mesmo da sua Presença.
Vocês são a Vida.
Vocês são o Caminho.
Vocês são a Verdade e a Eternidade.
Porque esse é o próprio princípio de toda vida, de ser a Eternidade.
Vocês são além do que é conhecido.
Vocês são além do que lhes parece.
Vocês são muito além de todo parecer, além de toda Ação e de toda Reação, aqui como em outros lugares.
Vocês são os que levam a Graça, porque vocês são a Graça, expressa em meio à sua Presença.
Então, vão buscar vocês mesmos, além de toda ilusão, além de todo efêmero, no próprio sentido da sua Presença, porque vocês são a Essência do Caminho, porque vocês são a Essência da Verdade.
Em um sentido onde não existe mais sentido, simplesmente Ser, além de todo parecer, além de todo ser.
Aí, neste instante, além deste instante e além de todo tempo, vocês são a Eternidade da Beleza, vocês são a Eternidade da Graça.
Em vocês, canta a Vida.
Em vocês, canta a Eternidade.
Vocês são Presença, além de toda presença.
Vocês são além de toda forma, além mesmo do sem forma, porque vocês transcendem a noção de forma e de sem forma.
Vocês são o Tudo.
Nada pode existir subtendido e sustentado pela Onda da Graça e pela Onda da Vida.
Então, o que resta para se opor ao que é Verdadeiro?
O que resta para evitar o que é a Verdade, o que é a Eternidade?
Pergunte a si mesmo.
Nada há a deixar.
Nada há a retirar.
Apenas estar aí, além de todo tempo, além de toda presença.
Então, a Onda da Vida Ascensiona em vocês, realizando o Ser.
Realizando o Ser além de todo Ser.
Onda da Verdade.
Hino e Ode à Eternidade.
Vocês são a Beleza.
Vocês são além de toda denominação e de tudo o que pode ser soletrado.
Então, vivam.

***


Do mesmo modo que CRISTO lhes disse: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”, por sua vez, além de todo desvio, além de toda Ronda, digam o que vocês São, além do Ser.
Digam o que vocês São: o Caminho, a Verdade e a Vida.
Testemunhem.
Testemunhem a Graça que é Êxtase e que é Deleite.
Penetração Eterna, além de todo objeto, além de toda carne.
Transcendência de toda carne, levando-os a estabelecer-se em sua Morada da Eternidade, em sua Presença Eterna.
Amados do Amor, o Amor é o que os Ama, porque vocês não podem ser, nem não ser, o que vocês São desde toda Eternidade: a Ode do Amor, a Dança da Vida (além de toda dança), o som de toda Vida (além de toda fala).
Vocês são a Eternidade, Beleza e Graça.
A Onda da Graça convida-os a ser a Graça, além de todo estado, convida-os à Alegria, além de toda beleza.
Vocês estão além.
O além não está em outros lugares.
O além não está no amanhã.
O além está Aqui.
O além é Agora.
Simplesmente, resta-lhes aquiescer à Última Renúncia, dando-lhes a viver o Último Absoluto da sua Eternidade, onde tudo é Beleza, onde tudo é instantâneo, onde tudo é Graça, onde nada pode se opor, nem mesmo vocês mesmos.
Pois, quem pode se opor à Onda da Graça?
O efêmero não pode controlar o que é Eterno.
Vocês são além do efêmero deste corpo.
Vocês são além da aparência do ser.
Vocês são além de todo limite, além de todo confronto, porque vocês nada têm a confrontar.
A Onda da Graça é evidência.
Ela os apreende, a fim de desarmá-los de suas próprias ilusões, de seus próprios limites (não existindo em parte alguma em outros lugares senão no conhecido e no efêmero).

***


Então, o Canto, aquele da Vida Unificada para sempre presente na sua Presença, eleva-se em vocês, tal um ímpeto que vem arrebatá-los, além de toda ilusão, para viver o enlevo do Amor.
Aquele da sua Eternidade, da sua Presença, da Sua Beleza.
Então, vocês podem dizer, enquanto Graça: “eu sou a Graça”.
Somente o ego, aquele que está confinado, vai negar a possibilidade da Eternidade, vai negar a instantaneidade da Eternidade, do que é imanente, muito além de toda transformação.
Porque, hoje, além mesmo de toda forma (aquela que vocês habitam, como a forma desta Terra ou de todo cosmos), vocês São, não o sem forma, mas o conjunto das formas.
Vocês são a Eternidade, aquela que canta, aquela que dança, aquela que os fortalece, não neste corpo (e que, no entanto, está neste corpo), a fim de elevar a Vibração e a frequência e descobrir o que É, além de toda aparência.
Porque vocês são a Essência.
A sua Natureza é isso e nada além disso.
Amados do Amor, vocês são o Amor, vocês são a Luz, além do que vocês possam apreender-se, além do que vocês possam deter.
Nada há a deter.
Há apenas que superar, sem se mexer, sem se mover, porque a Onda se move em vocês.
Ela se move em vocês porque ela é o movimento da Graça.
Ela é o Êxtase que vem apreendê-los, a fim de liberá-los dos últimos tormentos do isolamento e do confinamento.

***


Bem amados do Amor, bem amados da Graça, a Graça é sua Eternidade, ela é sua Essência, sublimando a carne e toda oposição.
Porque, ainda uma vez, nada pode se opor, nada pode evitar o que é inevitável, o que está inscrito além de toda forma e além de todas as formas.
Amados do Amor, vocês são o Caminho, a Verdade e a Vida.
O Caminho além de toda palavra.
A Verdade além de todo relativo.
E a Vida além de toda vida confinada, aquela que corre e flui desde toda Eternidade, neste mundo como em todo mundo e muito além dos mundos, muito além das Dimensões, envolvendo no mesmo Amor, do menor ao maior, da menor ilusão à mais terrível das ilusões.
Vocês são a Verdade.
Vocês são a Eternidade.
Há, para isso, nada mais a estabelecer, nada mais a manifestar.
Nada há a pedir porque, como vocês podem pedir o que Está aí desde toda Eternidade?
Há apenas que ali se colocar, depositar os seus fardos, depositar as suas mágoas.

***


Vocês são a Vida, além desta vida.
Vocês são a Vida, além de todo sofrimento.
Vocês são a Vida, além de toda ilusão.
Vocês são a própria Verdade, em Ação sobre este mundo e não mais em Reação, superando os limites, transcendendo-os.
Os limites se desfazem, permitindo ao esplendor do Ilimitado alojar-se em sua Eternidade.
Vocês nada mais são do que isso porque, o que mais pode ter senão a absoluta Verdade do seu Amor, a absoluta Verdade da sua Presença, além de toda presença, fazendo dissolver todo limite, toda barreira?
Vocês são isso e nada mais.
Há apenas que deixar nascer o que nasceu, desde toda Eternidade.
Há apenas que deixar dar à luz o que já deu à luz, desde toda Eternidade.
Perguntem a si mesmo.
Perguntem a si mesmo aí onde vocês estão.
Aí onde vocês estão é o lugar correto.
Porque não existe qualquer outro lugar permitindo-lhes viver e dizer: “eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”.
Sejam esta Eternidade.
Aceitem nada mais ser aqui, a fim de ser tudo, aqui como em outros lugares, a fim de não mais ser limitado.
Vocês são o Ilimitado.

***


Vocês são a absoluta Verdade da Graça, aquela (de cima para baixo e, de hoje em diante, debaixo para cima, neste espaço orientado, na Onda rutilante) vindo arrebatá-los e levá-los à sua Morada, nesta carne transfigurada, nesta carne transparente, dando a ver a Unidade, dando a ver e a manifestar a Humildade e a Simplicidade, na beleza da sua evidência, na beleza do seu Ser, além de todo ser.
O outro é apenas vocês, em um outro momento, em um outro tempo.
Não há o outro.
Não há vocês.
Há apenas a Onda que percorre a sua Morada da Eternidade, de cima para baixo e debaixo para cima e, em seguida, sem mais qualquer sentido.
Porque a Essência está em todos os sentidos.
Não há mais sentido a rejeitar.
Não há mais desejo que não possa ser preenchido pela Verdade da sua Essência.
Então, na Majestade do Instante, vocês colocam a sua Eternidade no Templo da sua Morada, neste espaço onde não há mais espaço.
Neste espaço onde tudo se torna o tempo, imobilizado e detido na Eternidade, fazendo-os sair do ilusório efêmero, de ser o que vocês acreditavam ser antes.
Porque não há mais tempo, não há mais antigamente, não há sequer mais futuro, porque tudo chegou.
Vocês são isso, neste instante e em qualquer tempo: Graça e Magnificência.

***


Acolhamos a Onda da Vida, porque vocês são a Graça, porque a Onda da Vida apenas é o que nós somos, desde toda Eternidade.
Um no outro, e o outro no um, e em cada Um e em cada outro, porque não existe, na Graça, qualquer limite, qualquer perda, porque tudo é doação.
Então, doem-se.
Abandonem-se e, enfim, vivam o tempo da Eternidade, além de todo tempo da Terra, além de todos os sentidos.
Vocês Estão além, que é Aqui, além, que é Agora, onde não há mais nada a segurar, onde nenhuma mão pode apreendê-los, porque é a Graça que os apreende, liberando-os do que os confinou.
Vocês são o Caminho, a Verdade e a Vida.
Seres de Fogo, Seres de Transparência, inscrevendo-se além dos seus próprios limites, mesmo em meio à Luz.
Vocês são o Amor.
O Amor é Luz.
O Amor é Tudo.
O Amor é Graça.
Essa é a sua Essência, como é a nossa Essência.
Este Êxtase permanente de encontrar-se, permanentemente, na Imanência.
Cabe a vocês Ser isso.
Porque nada há a descobrir.
Há que Ser, além de toda descoberta.
Vocês nada têm a descobrir.
Vocês apenas têm que viver, para embeber-se na Fonte de Água Viva, na Fonte de Cristal, aquela que, pelos seus pés, aquela que, pela sua cabeça, aquela que, pelas suas extremidades, propicia-lhes Ser e estabelecer-se no que está estabelecido, desde toda Eternidade.

***


Filhos do Ilimitado, a hora chegou de nascer para a Verdade, para a Beleza.
Vocês deram à luz, porque a hora chegou de pôr-se de pé e de se elevar, acompanhando esta carne em sua Beleza e na Transcendência.
Nenhuma carne nunca mais será opaca.
Nenhuma carne nunca mais será sofrimento, nos tempos que se instalam, além de todo tempo.
Vocês são a Eternidade, que não conhece qualquer tempo, qualquer Dimensão.
Vocês são a Onda da Vida, Presença Infinita, superando o contexto da presença do indivíduo, superando o contexto de toda pessoa, porque, efetivamente, vocês são o Tudo, muito além da pessoa, muito além de um indivíduo.
Vocês são o Único, a Verdade, a Beleza, a Eternidade, a Graça.
Isso é o desabrochar do que floresce, sem jamais murchar, sem jamais se extinguir.
Apenas isso.
Apenas tudo.
Juntos, Unidos e Livres, para sempre, de toda condição, de todo limite, crepitando deste Amor, desta mesma onda de Êxtase Infinito, vindo em vocês, porque isso É vocês.
Então, instalados neste estado, além de todo estado, vocês irão descobrir o que jamais deveria ter sido acobertado ou separado.
Porque, como o que é da Natureza e da própria Essência da Vida poderia ser separado da Verdade, do Caminho e da Vida?
Isso é.
Então, a Ronda dos Arcanjos, dissolvida, está presente em vocês, não mais como uma ronda, mas como uma espiral de Vida, elevando-se e descendo, realizando o Casamento Místico, do que está em cima, do que está embaixo.
Porque, em meio a este estado, não há nem em cima e nem embaixo.
O em cima e o embaixo fazem apenas uma única e mesma coisa, no centro do Templo Interior, aí de onde chega a Onda da Vida, a Graça da Vida a si mesmo.
Chegando, enfim, além de todo destino.
Chegando, enfim, além de todo tempo.
Vocês São o que nós Somos.
Nós Somos o que vocês São.
Não há jogos de palavras, nem o jogo do Eu, mas, sim, a estrita intimidade da Verdade.
Nenhuma distância pode separar mais o que quer que seja.
Nenhum tempo pode apagar mais a Verdade.
Nenhuma memória é necessária.
Vocês são o Caminho, a Verdade e a Vida.
E isso está inscrito, na Eternidade dos Céus, como na Eternidade da Terra, desta Terra, como em toda terra, da sua carne, como em toda carne.

***


Então, ousem.
Ousem Ser o que vocês São.
Ousem viver a Onda da Graça que se eleva.
Seiva ofuscante e que, no entanto, não ofusca, mas põe na Verdade, na Sabedoria, no santuário do Amor, além de todo santuário.
Porque o conjunto dos mundos é apenas o santuário da Graça, da Beleza, da Verdade e da sua Eternidade.
Então, juntos, finalmente Livres de todo apego, nesses espaços onde não existe qualquer mácula e qualquer sombra, nesses espaços onde não há lugar para o que quer que não seja a própria Essência da Graça, nós lhes dizemos, nós, Arcanjos, do mesmo modo que vocês se dizem a vocês mesmos: “eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida”.

***


Então, flui em vocês o Sangue Novo, aquele da Nova Aliança, aquele da Eternidade, vindo romper o que deve ser rompido.
Então, Amados do Amor, presentes à sua Presença, a Graça percorre o conjunto da sua carne.
Casamento Místico.
Êxtase permanente da sua própria Verdade.
Então o silêncio se faz porque no silêncio existem todos os sons, dissolvendo-se no mesmo som, no mesmo canto: canto de Eternidade, canto de Beleza.
Então, o Coroamento, além de toda Coroa, vem colocar, em vocês, a Semente que já germinou, desde toda Eternidade, da sua própria Graça, do seu próprio Êxtase, propiciando-lhes viver a União, Mística, Total.
Vocês São isso.
O resto tornar-se-á o que ele deve se tornar, fecundado pela Graça.
Não se preocupem de outra coisa senão disso.
Vivam o Caminho, a Verdade e a Vida.
No instante da sua Presença, no instante de toda Presença, no instante de todo tempo, além de todo espaço, vocês são o Último Absoluto.
Vocês são o Amor e a Graça.
Como poderia ser outra coisa senão o que vocês São?
Além do papel, além de toda máscara, vocês são o sorriso eterno da Graça, vocês são o riso infinito da Verdade.
A Onda da Vida nada mais é senão a sua Presença Eterna, Imutável e Infinita, propiciando-lhes viver, enfim e finalmente, além de todo percurso, além de todo caminho, o Instante da Graça e o Instante do Eterno, Instante da Eternidade.
Sorriso vindo abrir o que jamais pôde ser extinto, nem confinado, nem encerrado.

***


Amados do Amor, eu sou o Anjo URIEL.
Juntos.
Eu me abro a vocês, na Graça do Infinito, na Graça do Amor.
Eu os convido ao banquete do Céu, ao banquete do seu Céu, ao banquete da sua Eternidade, aquele onde nada falta, onde nada se extingue, onde nada acaba.
Eu os convido a Ser o que vocês São.
Eu os convido a Ser a Vida.
Escutem, além de ouvi-lo.
Escutem, além de escutá-lo e além do som, o canto da sua Eternidade, que vem apagar tudo o que os fez entristecer, em meio às suas experiências efêmeras a fim de, mais uma vez, e para sempre, serem enlevados e assistidos, na Eterna Graça da Eternidade.
Vocês estão sobre este mundo.
Ele alimenta, não somente o sofrimento, mas, muito mais, agora e sem interrupção, a Graça que se eleva.
Onda vivificante, Fonte de Cristal, que emerge e propicia viver a Justeza.

***


Bem amados Filhos da Graça, bem amadas Sementes de Estrelas, Filhos do Amor, deixemos nascer o Tempo da Graça.
Deixemos elevar-se a Graça.
Êxtase.
Casamento.
Caminho e Verdade.
Verdade e Vida.
Absoluto.
Último.
Transcendência.
A vocês.
A cada um.
Escutem.
O tempo além do tempo, a Eternidade está aí.
A Graça, Onda do Éter, vindo abrir e atravessar o que deve sê-lo.
Pondo fim a toda transgressão, aquela desta carne, confinada em sua própria Ilusão.
Carne Sagrada, Iluminada, Transfigurada.
O tempo é para as suas Núpcias Místicas, Núpcias do Céu e da Terra, desenrolando-se na Graça, desenrolando-se nesta carne.
A carne torna-se Graça, além de toda posse, além de todo sofrimento.
Porque a carne, também, é Amor.
Porque, na Graça, nenhuma distância e nenhuma separação pode alterar o próprio sentido do que foi elevado.
Vocês são a Beleza.
Vocês são a Eternidade.
Vocês São isso, neste Instante, em qualquer tempo.
Então, Vibrem em vocês, como em qualquer outro, como em qualquer olhar e em qualquer sentido, a mesma Onda que vem fazê-los viver, enfim, este Último, temido e esperado.
Vocês são o Amor.
Juntos, decretemos a Lei da Graça.
Juntos e Livres.
Exala, de cada célula (física, da carne, como mística), a mesma Onda.
Último sentido e olor do Absoluto.
Vocês são Perfeitos.
Porque a Graça é Perfeição.
Porque a Graça é Amor.
Deleite permanente da Beleza e da Verdade.
A Onda da Graça.
Juntos.
 Eu sou URIEL.
Eu sou Vocês.
Cada um de vocês.
Juntos, na mesma Onda, na mesma Vida, na mesma Eternidade, na mesma Graça.
Sejam Livres.
Porque vocês são liberados dos entraves e de toda ilusão.
A Graça é Liberdade.
A Graça é Totalidade.

***


Eu sou o Arcanjo URIEL e eu abençoo, em vocês, a bênção da sua Presença.
Amados do Amor.
Caminho, Verdade e Vida.
Filhos Ardentes do Sol, abrasando o Éter.
A Onda da Graça torna-se este Graça ondulante, percorrendo toda carne, toda alma, todo Espírito.
Então, juntos, deixemos livremente elevar-se a Onda da Graça, vindo desposar o Céu.
Vocês são o Céu.
Vocês são a Terra.
Amados do Amor, o Anjo URIEL os ama e lhes diz: “sejam Livres”.
Sejam os Filhos da Liberdade.
Sejam a Graça.
Porque tudo é Graça e Liberdade.
Nada mais pode ter peso senão aquele do olhar que vocês poderiam ali colocar.
Hoje, a Graça lhes pede para depositar todos os seus fardos.
Vocês querem ser leves ou vocês querem ser o peso?
Vocês querem ser o que freia ou vocês querem ser o que se doa?
Vocês querem ser o Caminho, a Verdade e a Vida?
Ou vocês querem ser outra coisa?
Eu sou o Anjo URIEL.
Vivamos agora, no tempo da minha Presença e do meu silêncio, em vocês e em cada um, a Comunhão da Graça.

... Compartilhamento da Doação da Graça ...

URIEL saúda, em vocês, a Beleza e a Eternidade da sua Graça, porque eu reconheço, nesta Graça, a minha própria Graça.
Como cada um de vocês reconhece cada um de vocês, na mesma Graça.
Silêncio.
Eu terminarei por essas palavras: sejam Livres, porque vocês são a Liberdade.
Nenhum ser pode privá-los, nenhuma ilusão pode privá-los, nenhum mundo pode privá-los, do que quer que seja.
URIEL saúda vocês.
Vocês são a Saudação.
Eu Amo vocês.
Até breve.



************
************


Mensagem do Bem Amado ARCANJO URIEL no site francês:
24 de março de 2012
(Publicado em 26 de março de 2012)

***


Tradução para o português: Zulma Peixinho


************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário