URIEL - 10 de dezembro de 2011 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




Intervenção do Anjo da Presença (a Pomba) e Arcanjo da Reversão

 Imagens da internet (desenhos de Pablo Picasso)

ÁUDIO mp3 ORIGINAL:


~ O tempo do UM e o tempo de cada Um ~

Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.
Bem-amados Filhos do UM, eu venho, até vocês, pelas minhas palavras e pela minha Presença, em sua Presença e na majestade de nossa Comunhão, a fim de engendrar o tempo do UM e o tempo de cada Um.
Pois, Amados do Um, vocês São.
Pois vocês São a Verdade.
Pois vocês São o Caminho e a Vida.
Vocês São a Vida, e a Vida vem a esse mundo.
Este mundo que não conhece a Vida porque inscrita na ambiguidade, porque inscrita na dúvida.

***

Hoje, a Luz vem restabelecer (por sua Reversão e por sua Transparência, pela Reversão e pela Transparência de vocês) a Clareza e a Transparência.
Viver o UM é viver a Alegria.
É viver a Vida além deste mundo.
Pois este mundo que vive não é a Vida Eterna, já que, privada do Éter, ela é efêmera.
Hoje, pela Fusão e pela Graça de seu Éter, em meio ao Éter, vem se expressar e ser vivida a Vida Una, que não é outra senão a Verdade, que não é outra senão a Alegria vindo pôr fim ao sofrimento, à separação.
Unifiquemos a Unidade, pois vocês São Unidade e nós estamos presentes, Arcanjos e seres humanos, na mesma ronda, no mesmo tempo, na mesma Unidade, além de todo o tempo, além de toda a Ilusão.
Então, juntos, cantemos o Canto, aquele da Verdade e da Vida Una, acabando, enfim, com o que está separado, com o que está isolado.
Vocês estão sobre este mundo, mas este mundo vai viver a Vida, aquela que é verdadeira, além de todos dogmas, além de todos limites.

***

Filhos do UM, nós estamos em vocês.
Nós estamos com vocês e nós somos Um, pois o que eu sou, Arcanjo URIEL, é o que vocês São, de toda a Eternidade.
Pois o tempo do Eterno está chegando.
Ele põe fim à Ilusão.
Ele põe fim a todos os sofrimentos.
Então, resta escutar, resta ouvir e resta Vibrar o tempo do UM, o tempo da Alegria que não tem fim, o tempo da Alegria, saturado de Alegria, vivendo a Vida Una, pela Vibração e pela Presença.
Tempo da Presença além do limite, além do confinamento.
Isso está aí.
Isso está inscrito no Templo da sua Presença pelo tempo da sua Transparência, na Unidade e na Simplicidade.
Tornar-se de novo a Criança, aquele que não está mais separado e aquele que não está mais confinado, pois não de novo confinado pelas leis deste mundo, leis pecaminosas que os confinaram e privaram da Liberdade da Consciência Unificada, aquela que Vibra, em todos os tempos e em todos os espaços, além de toda a Ilusão, onde nada vem constranger, onde nada vem limitar, onde nenhuma lei pode resistir à Liberdade e à iluminação da Unidade e da Simplicidade.

***


Amados do UM, Amados da Verdade, a Vida é Verdade, em uníssono com o Coração e em uníssono com o Sopro, aquele do Éter, vindo liberar e vindo abrir o tempo da Graça que é o tempo da Eternidade e que é o tempo, além de todo o tempo.
Amado do UM, visto que é Um, você mesmo e nós mesmos, na mesma ronda, na mesma dança e no mesmo Silêncio, aquele da nossa Presença.
Amados do UM, além de toda a Ilusão, o tempo do Renascimento em meio à Eternidade, fazendo-o passar da Sombra (do jogo estéril do mental e das emoções, apanágio deste mundo, erigido na verdade), à Luz.
Mas a lei deste mundo não é a Lei da Vida, pois a Vida é Una e ela é Ilimitada.
Então, juntem-se, conosco, ao Canto da Liberdade e se tornem o Ilimitado de sua Presença e da minha Presença.
Filhos do UM, no mesmo Coração, no mesmo poema, na mesma estrófe, no mesmo verso, no mesmo Silêncio e no mesmo espaço, além de todo o espaço, contendo, nele, inteiramente, o UM.

***

A Verdade é Verdade.
A Verdade é Vibração.
Vibração da Verdade abrindo as portas da Alegria, aquela do seu Coração Eterno, além dos limites deste coração, deste mundo, deixando-se viver o Coração do Um, como o Coração do outro, pois não há distância de Coração a Coração.
Pois existe Comunhão.
E da Comunhão dos nossos Corações, neste espaço e em todo o espaço, vive-se o mecanismo onde os Éteres se liberam, onde os Éteres se fundem, levando o Coração em um novo Canto onde não há mais batimento, onde há Presença e respiração Eterna da Verdade.
Amado do UM, você é Um porque todos nós estamos conectados, pela mesma ressonância dos Éteres liberados, conectados pela mesma Liberdade e pela mesma Alegria.
A Consciência que se expressa, além das minhas palavras, é também o seu Coração que Vibra ao Apelo d’A FONTE UNA, que Vibra ao Apelo da Luz vindo bater à porta do seu Templo Interior.
Abramos, juntos, e revelemos as asas da Eternidade que não são outras senão suas asas que vêm liberar o que estava confinado, que vêm liberar a Verdade Única: aquela do seu Coração.
Filhos do UM e Amados do UM, nós somos Um, no mesmo Silêncio, na mesma Comunhão, na mesma Presença, na mesma Fusão, a fim de viver a Verdade Una, de viver a Vida e não a ausência de Vida, em meio a este mundo.

***

Você é a Verdade e a Luz deste mundo, desde o instante em que você se volta para você e você escala a montanha das incertezas, a montanha das Ilusões, aí onde não há mais acima, aí onde não há mais embaixo, aí onde não há mais dentro, aí onde não há mais fora.
Pois a Consciência está em todos os tempos, em todos os espaços e em cada Coração.
Espaços de reunião.
Espaços de Liberdade.
Fusão dos Éteres, de Coração a Coração, deixando-se viver o espaço de nossa Eternidade.
Então, juntos, abramos as asas, aquelas da Liberdade e aquelas da Verdade onde nenhum espaço para a perturbação pode subsistir (ou mesmo existir), onde nenhum espaço para a Sombra pode macular o brilho da Luz que é a sua Presença e a nossa Verdade comum.
Então, juntos, Comunguemos.
Então, juntos, nos fundamos.
Então, juntos, vivamos o UM.
Fusão dos Éteres, em seu Coração e no meu Coração, nesta Dimensão como na minha Dimensão.
Não há mais separação.
Não há mais divisão.
Não há mais Ilusão, a partir do momento em que o seu Coração escuta a Vibração e o Canto do UM, a Vibração e o Canto d’A FONTE que é o seu Canto, que é a sua propriedade, pois ela não é simplesmente sua, mas ela é, para todos, a mesma propriedade.
Dádiva da Liberdade, além da esperança, além do sofrimento.
Abra sua Essência para a Verdade essencial de nossa Comunhão, no tempo de nossa Fusão e no tempo de nossa Dissolução (pela Graça do UM, pela Graça da Vida, pela Graça da Criação), presente em todos os espaços.

***

Nunca mais poderá estar separado o que foi reunido, em meio à Liberdade, de seu Coração e do meu Coração, no Templo de nossa Presença e no Templo de nossa reunião, de nossa Fusão.
O que estou dizendo?
Amado do Amor (pois você É o Amor) e Querido, você que ouve e que Vibra o tempo de minha Presença, já que Vibra, em você, a própria Presença.
Você é o que você É, de toda a Eternidade.
Há, em você, o princípio da Vida, o embrião da Vida e a Vida, em sua totalidade, sem limite, sem resistência, sem sofrimento e sem Ilusão.
Então, eu o convido para o banquete do Céu.
Então, eu o convido para viver sua Passagem em meio ao Eterno.
Esteja na Alegria, pois você É a Alegria.
Esteja na Paz, pois você É a Paz.
Seja a Unidade, pois você É Um.
Seja a Verdade, pois você É a Verdade, além de qualquer jogo, além de qualquer forma, pois você É todas as formas, já que você é o sem forma e o com forma.
Pois você É infinito em meio aos espaços finitos como aos espaços sem fim.
Você É a Verdade, pois eu sou Um e você é Um.
Então, juntos, abramos a porta para Aquele que vem lhe dizer: “siga-me”.
Pois você É você.
Pois Ele vem lhe revelar a Verdade do seu Ser.
Pois Ele vem lhe revelar a Verdade do seu Espírito.
Pois Ele vem lhe dizer que você É a Vida.
Que você É a Vida além deste mundo e que você vai levar a Semente da Vida em meio a este mundo que nós, juntos (Arcanjos e seres humanos), liberamos.
Liberamos do tormento do sofrimento.
Liberamos do tormento do fim, a fim de que nunca mais ali haja sede.
A fim de que nunca mais a alma e o Espírito sintam sede, a fim de saciar o Espírito da Verdade, o Espírito da Vida.
Você É isso.

***

Em Verdade, eu digo a você, você É a Vida e você É o Éter que percorre os mundos, que percorre as Dimensões onde nenhuma forma pode limitar sua Presença, onde nenhum estado pode liberar seu Ser, porque você já está liberado.
Pois você é o Portador da Vibração do Amor, que é a sua natureza e a sua Essência e que é a Verdade e, sobretudo, que é a Liberdade.
Então, escutemos, juntos, o Canto do Coração.
Luz UNA.
Amor indizível e Amor Eterno que nenhuma restrição, que nenhum limite pode confinar.
O Canto do Coração é o Canto da Vida.
É o Canto da Unidade, o Canto do Único, vindo ressoar, como no Céu, como sobre a Terra, em você como em cada um (cada Um).
Anunciando a Trombeta da Liberdade, vindo reunificar a Liberdade e vindo revelar a Transparência do Ser Essencial.
Vindo Unificar o que estava fragmentado, deixando-se viver a Alegria do Encontro e da União, aqueles que tornam Livre, que tornam Eterno e que tornam Verdade, porque esse é o seu direito, porque essa é a nossa Essência.
A você, a você que ressoa na frequência das minhas palavras, a você que ressoa às poesias da minha Presença, a você que ressoa no sentido do Um, ali onde o Coração não pode mais ser alterado porque ele está completo, elevado e Verdadeiro.

***

Então, Filhos do UM, cantemos o tempo da Fusão, o tempo do Amor, o tempo da Verdade, porque a sua Verdade é o nosso Bem comum.
Porque a nossa Verdade é aquela da Luz que torna Livre.
Porque você é Livre e porque eu sou Livre.
Saiamos, juntos, dos tempos do seu sofrimento.
Saiamos, juntos, do tempo dos seus limites, porque você é o Ser Ilimitado, de bondade e de Beleza, revelando a Vida, revelando a Alegria que é aquela da Consciência.
Então, juntos, vamos abrir o tempo da Presença, o tempo da Comunhão e o tempo da Graça, no mesmo espaço, de Presença para Presença.
De mim para você, a Liberdade.
E, de mim para você, a Luz que é Liberdade.
Ressoemos e Vibremos no tempo de nossa Comunhão, neste espaço, e em qualquer espaço, pois você é a Vida e você é o Caminho, e este Caminho não é somente o deste corpo que você habita, porque você está além deste hábito.
Você não é um hábito, mas você é a Eternidade.
Você é A FONTE e você é a Vida, pois é o que eu sou.
E o Arcanjo URIEL, que eu sou, é o Mensageiro que o leva a viver, na brancura de sua Presença, a Fusão dos seus Éteres, e que o leva a viver o impulso do Coração que o conduz ao topo que não é um cume, que o conduz a profundezas que não está na profundidade, mas que é a totalidade dos espaços, além de qualquer imagem.

***

Amados do UM, nós estamos, juntos, reunidos neste espaço como em qualquer espaço, a fim de curar.
Curar do quê?
Curar da Ilusão.
Curar de todos os sofrimentos, não lutando, não se opondo, não resistindo, mas deixando a Graça da Luz trabalhar na sua Presença e na nossa Comunhão, dando a você, então, a notação correta, aquela que vai Liberar a totalidade de quem você é. 
Enfim, chegou o momento de viver a Verdade, no Coração do Um, no Coração de cada um (cada Um), no Coração de todos, no Coração do mundo, no Coração da Vida além deste mundo.
Você é a Alegria Eterna da Luz, pois essa é a sua natureza, pois essa é a sua composição, além de qualquer intento, além de qualquer vontade.
Você é a confiança e você é a Alegria, a partir do momento em que você sai das sombras de falta, criadas aqui, além de toda a criação.
Esta criação que foi decretada e que impediu a sua Liberdade.

***

Juntos, hoje, nesse espaço e nesse tempo, em qualquer espaço e em qualquer tempo, nós instalamos a Graça, nós instalamos o UM e nossas Comunhões, no espaço de nossa Fusão.
Tempo de cura onde não há mais perguntas, porque tudo é evidência, porque tudo é resposta.
Pois a Luz apenas cede o lugar para a Luz.
Pois a Luz apenas permite o tempo e o espaço para a Luz.
Amado do UM, como Ele lhe disse, juntos, criemos o tempo de nossa Presença.
Criemos o tempo da Graça, pela Vibração e pelo Silêncio, no Templo de nosso espaço onde nós Comungamos.
Vivamos.
Vivamos o UM, pois nós somos Um e aí está a fonte e a centelha que vão acender o Templo do seu Coração, a fim de que, nunca mais, a lâmpada se apague.
A fim de que, nunca mais, você passe pela separação e não tenha mais necessidade de qualquer conhecimento, se o seu Ser estiver na Vibração da sua Presença, ali onde Vibra A FONTE, ali onde Vibra a minha Consciência que é sua.

***

Eu me dou a você como a Vida é dada a cada um (cada Um), como a Vida é Dádiva, a fim de viver a Doação, além de qualquer troca, porque a troca é consolidada e transformada pela nossa Fusão.
Abrasamento de Alegria do Amor Unitário, vivenciado na Vibração e no tempo do Silêncio.
Vindo saciar e dissipar qualquer sede em você.
Deixando-se viver a Água Viva da Fonte de Cristal do Templo da Eternidade, de Yerushalaïm revelado em seu Coração, que contém tudo, além do UM, e que contém tudo o que é possível, o conjunto das Criações e o conjunto de Alegrias.
Então, da minha Presença para sua Presença, e da sua Presença para minha Presença, juntos, o Canto da Liberdade, ouvido em suas células como em seus ouvidos, como no Templo do seu Centro, Centro do Coração onde palpita a Vida, onde não há mais necessidade de contrair, pois tudo é expansão, pois tudo é Verdade, pois tudo é Beleza.

***

Juntos, no tempo do Aqui e Agora, vamos nos abrir, na Unidade e na Simplicidade.
Vamos acolher o Filho que nasce para jamais morrer, que renasceu para si mesmo, no tempo de nossa Presença, no tempo de nossa Fusão.
Juntos, criamos o Canto de nossa Presença no mesmo Coração, na mesma Liberdade.
Nós somos a Verdade, pois nós somos a Vida.
Pois a Vida é infinita e não conhece qualquer limite.
Pois cada momento é Eternidade.
Pois cada sopro é portador de seu sentido e de sua Vida, que é sua, já que ela é minha.
Nenhum comprometimento a não ser com a Liberdade.
Nenhum comprometimento a não ser com o Amor, com a Luz.
Então, juntos, na Fusão de nossos Éteres e de nossos Corações, vivamos a Vida e a Verdade.
Vivamos o Sopro.
Amado do UM, eu sou o Mensageiro e a Mensagem, pois você próprio é a Mensagem: aquela da Vida que, além de todo o confinamento, subsistiu, perseverou.
Agora, regozije-se com a Alegria da sua Paz, aquela que o fez restabelecer a Eternidade de quem você É, a Eternidade do Ser.

***

Então, nós, os Arcanjos, presentes ao meu lado e nós quatro, somos o reforço e a elevação de seus quatro Pilares, vindo consumi-lo na Alegria do Coração e de sua Presença, deixando-se viver o Éter da Liberdade, deixando-se viver, além de toda a Terra.
Então, cantemos o Canto do Coração, aquele do Amor infinito onde nenhuma condição pode frear a expansão, onde nenhuma condição pode criar a mínima Ilusão.
Filho Ardente do Sol, Filho Ardente da Luz, Filho Ardente do UM, nós somos, nós todos (Anjos, seres humanos e além disso), o sentido e a Essência da Vida.
O Fogo do Amor vai abrir o Coração para sua verdadeira Vida, para sua Verdade e sua Beleza.

***

Juntos, neste espaço e neste instante, ouçamos o Canto.
Neste espaço e neste instante, ressoa a palavra “Presença” que é um sinal do Amor, que é o sinal e o sentido da Liberdade, da Luz.
Amados do UM, então, nós transpassamos, juntos, os últimos véus da Ilusão, a fim de ir para além da aparência, na Transparência de nossa alquimia, de nossa Fusão.
Juntos, nós curamos o mundo de sua ausência de Vida, porque a Vida é Una, mesmo neste mundo.
Amado do UM, eu venho lhe dizer que você é a Criação, presente em cada mundo.
Amado do UM, eu venho restabelecê-lo na Luz Branca e no azul dos Éteres liberados.
Então, você pode renunciar a toda a vaidade deste corpo e desta pessoa, pois você é mais do que este corpo e esta pessoa.
Você ouve o Canto do seu Ser, a Vibração do seu Coração?
Você ouve o Fogo que o consome na Alegria do Eterno?
Ouça o Mensageiro.

***

Juntos, neste espaço, neste instante, em qualquer espaço e em qualquer instante, nós somos Um.
Nós somos o Amor e nós somos a Vida e nós somos o Caminho (Voz) que não é mais um Caminho (Voz).
Nós somos o Som da Criação.
Nós somos o Som da Essência e o Som de nossa Presença.
Nós somos o Som de nossa Comunhão.
Nós somos o Som de nossa Fusão.
De meu Éter para seu Éter, de seu Ponto ER para meu Ponto ER, de sua Coroa para minha Coroa, Comunguemos.
Juntos, nós somos a Vida.
Juntos, nós somos a Verdade.
Juntos, nós somos o Canto.
Bênçãos e Graças.
Majestade.
Sementes de Estrelas, em nome do Amor e em nome da Liberdade, sejamos a Verdade de nossa Eternidade.
Presença e Comunhão.
Tempo de Majestade e de Fusão.
O Coração é a resposta, a única e exclusiva.
Não existe outro, pois o Coração é Único.
Pois o Coração é Um.
Fusão.
Então, agora, no Silêncio de minhas palavras e na plenitude de nossa Presença e de nossas Vibrações, instalemos a Alegria e a Paz, o Amor Luz, o Amor Vibral.
E acolhamo-nos, uns aos outros, no tempo da Graça de nossa Fusão.

... Efusão Vibratória / Comunhão ...

Você é a Alegria.
Você é minha Alegria como eu sou sua Alegria.
Não há mais distância, no espaço de nossa Fusão.
Então, eu lhe digo: “para sempre”, no tempo de nossa Fusão que é para ser vivida a cada momento.
Se, em sua vida deste mundo, os elementos pesados parecerem freá-lo e resistir à sua Transparência, saiba que você é a Alegria e a Vida.
Então, sele, em você, o Beijo do meu Coração, aquele de nossa Fusão, porque, naquele momento, você poderá se dizer: “eu sou o Amado, eu sou a Verdade”.
Eu faço Silêncio, a fim de glorificar nossa Presença e nossa Graça.

... Efusão Vibratória / Comunhão ...

Eu sou o Anjo URIEL, Anjo da sua Presença e Anjo da sua Alegria.

... Efusão Vibratória / Comunhão ...

Até logo, no Coração.

... Efusão Vibratória / Comunhão ...


************

Mensagem do Bem-Amado Arcanjo URIEL no site francês:
10 de dezembro de 2011

***

Tradução para o português: Zulma Peixinho

************



Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário