PROTOCOLO: DESLOCALIZAÇÃO DA CONSCIÊNCIA

Clique aqui para comentar esta publicação





Informações transmitidas por O.M. AÏVANHOV, em 27 de dezembro de 2011 (texto integral na seção de mensagens «separadas por interveniente»).
Uma segunda intervenção irá completar esta, até meados de janeiro de 2012.
Protocolo publicado no site Autres Dimensions (páginas 12-14):


Para pôr em ação o princípio e a função da Deslocalização da Consciência.
Para favorecer a Obra no Branco, a desidentificação consciente do corpo, para favorecer o desenvolvimento da Multidimensionalidade.

PRINCÍPIO:
Diferentes posições e um movimento da cabeça permitem a Revelação da Luz sobre pontos específicos do corpo.
Isso facilita a revelação da multidimensionalidade.
Os Pontos e Zonas citados são desenvolvidos há vários meses pelos diferentes intervenientes.
Vocês encontrarão os detalhes nas seções «mensagens a ler» e «protocolos a praticar».
Os Triângulos são desenvolvidos, por exemplo, no protocolo «as Doze Estrelas de Maria».
A fim de relembrar, apenas a localização é lembrada abaixo:

Posição 1 – Indiferente
A cabeça é colocada no eixo do corpo, sem movimento (o olhar coloca-se diante de si).
Ponto(s) ativado(s):
- ER da cabeça: no topo da cabeça, no cruzamento da linha que passa pela ponta das duas orelhas e da linha que passa pelo nariz e pelo occipital.
ER do peito: no eixo do esterno, na sua parte superior, acima do chacra do Coração, na saliência do esterno, chamada de ângulo de Louis.


________________________________________________

Posição 2 - Flexão
A cabeça é inclinada para a frente.
Ponto(s) ativado(s):
Ponto KI RIS TI (nas costas): entre as omoplatas, no meio, sob a quinta vértebra dorsal (Raiz do chacra do Coração).
Triângulo da Terra (parte traseira da cabeça).




__________________________________________

Posição 3 – Extensão
A cabeça é inclinada para trás.
Ponto(s) ativado(s):
OD do peito: na ponta inferior do esterno.
ER do peito: no eixo do esterno, na sua parte superior, acima do chacra do Coração, na saliência do esterno, chamada de ângulo de Louis.
Triângulo do Fogo (à frente da cabeça).




_______________________________________

Posição 4 – Inflexão lateral esquerda
A cabeça é inclinada do lado esquerdo (como se a orelha esquerda fosse colocar-se sobre o ombro esquerdo).
Ponto(s) ativado(s):
Triângulo da Água (no lado direito da cabeça).
AL do peito: chakra de enraizamento da alma - do lado direito do peito, uma largura de mão acima do mamilo, no nível do 2o. espaço intercostal.




______________________________________

Posição 5 - Inflexão lateral direita
A cabeça é inclinada do lado direito (como se a orelha direita fosse colocar-se sobre o ombro direito).
Ponto(s) ativado(s):
Triângulo do Ar (no lado esquerdo da cabeça).
UNIDADE (UNITÉ) do peito: chakra de enraizamento do Espírito - do lado esquerdo do peito, uma largura de mão acima do mamilo, no nível do 2o. espaço intercostal.


_________________________________

Movimento - lemniscata (chamada, também, de símbolo do infinito: ∞)
A cabeça traça um «8», no plano, cujo ponto de cruzamento é a garganta.
Pode-se começar, indiferentemente, para a direita ou para a esquerda.
Se a lemniscata for difícil de reproduzir (a cabeça que vai, no plano, para trás), um movimento leve basta: é a intenção que conta.

  
Ponto(s) ativado(s):
OD, ER, UNIDADE e AL do peito, e KI-RIS-TI das costas, de modo sincrônico.




NA PRÁTICA:
- Sentado ou em pé,
- com os olhos fechados,
- com a boca entreaberta,
- a respiração sendo nasal (inspirar e expirar pelo nariz).
Depois, sigam o seu sentir, sabendo que:
- a ordem não tem importância, entre as cinco posições e o movimento da lemniscata.
- as cinco posições e o movimento podem ser praticados independentemente uns dos outros.
- vocês podem, também, encadeá-los, não importa em qual ordem.
- esta prática pode ser feita a qualquer momento. 
- centrar-se no movimento ou na posição. Nada mais. Vocês podem, também, dizer, interiormente: «Eu sou UM».

__________________


Versão para o português: Célia G.   http://leiturasdaluz.blogspot.com/
 Postado por Célia G.

***
Transcrição e edição: Andrea Cortiano e Zulma Peixinho

******


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário