COLETÂNEA: OS 4 PILARES DO CORAÇÃO - TRANSPARÊNCIA (3) - AUTRES DIMENSIONS

Clique aqui para comentar esta publicação





"A transparência é deixar passar a Luz.
Não mais manifestar resistência.
Tornar-se transparente necessita não mais existir, não mais reivindicar o que quer que seja.
É tornar-se, efetiva e concretamente, a Luz.
A transparência de que falo é, obviamente, em relação com a transparência de uma vidraça.
É exatamente a mesma coisa.
O ego, ligado ao fogo do ego, é o fogo da resistência à transparência, ligado ao isolamento e ao confinamento na ilusão.
O ego existe apenas pela resistência, porque, se não houvesse resistência e sim transparência total, naquele momento, vocês se dissolveriam inteiramente na Luz e viveriam a Alegria e o Samadhi".
Mãe - Companheira de Sri Aurobindo (29-04-2011)


"Abram, abram-se ao Éter.
Ressonância do Um.
Canto de Graça.
Beleza.
Unidade.
Transparência.
Estado de Ser e Unidade são Transparência e Clareza.
Abrir sua porta a Ele que vem fecundar, por Sua Presença, a Presença de vocês, elevando o Canto do Éter e da confiança.
Verdade".
Uriel (08-04-2011)

"Vocês não podem pretender estar na Paz se vocês não estiverem na Paz.
Vocês não podem pretender estar na Alegria se vocês não manifestarem a Alegria.
O ego manifestar-se-á sempre de maneira oposta à Paz, e de maneira oposta à Alegria (qualquer que seja a denominação que isso possa tomar: burocracias, prazeres, desejos, etc.).
A Vibração do chacra do Coração, da Coroa Radiante do Coração, a ativação da nova Tri-Unidade, apenas é possível a partir do momento em que o Ser se abandonar à Luz, entrar na Transparência.
Transparência a si mesmo.
Transparência no que diz respeito ao outro.
Isso requer, de fato, a Humildade, a Simplicidade, um conjunto de características que lhes foram dadas e comunicadas, de diferentes modos".
Anael (03-05-2011)

"A comunicação de Coração, ainda uma vez, imediata e mediata.
Nesta comunicação, não se esqueçam de que tudo se torna para vocês transparente.
Que a transparência não é feita para julgar, para condenar, para supor ou para imaginar.
A transparência é somente destinada para atravessá-los.
Para não ser bloqueada por qualquer filtro.
É efetivamente uma comunicação nova que se estabelece em vocês, bem além das palavras, bem além dos olhares, de Presença a Presença.
Neste estado, vocês captam tudo, absolutamente tudo, do outro como do Universo inteiro".
Anael (07-09-2010)

"Na Alegria não existe nem Bem e nem Mal, existe apenas um Estado de Clareza, um Estado luminoso, ilustrado por minha própria irradiação, que é apenas a irradiação da Fonte, sobre a qual nenhum elemento próprio à distanciação, à separação, pode vir se opor.
A partir do momento em que não houver mais resistência, mesmo na encarnação, a Alegria pode se desfraldar.
É um Estado de fusão místico, de êxtase, no qual nada mais pode alterar ou perturbar este Estado.
É um Estado Interior, porque a partir do momento que vocês se voltam para o fazer e à ação, obviamente, este Estado permanece no Estado de lembrança, porque a ação, no mundo exterior, pode apenas ser dual, porque é um mundo de dualidade ainda.
O que explica que, em minha vida, eu tenha feito a escolha consciente de manifestar, inteiramente, esta Clareza, esta transparência, esta Unidade, que fez com que eu não tenha podido manter um corpo em vida muito tempo.
Era o meu caminho, era a minha demonstração, é o que eu havia escolhido viver.
Hoje, o conjunto de Irmãos e Irmãs desta humanidade vai necessariamente passar por esta etapa.
Esta etapa de Clareza e Transparência, Irmãos e Irmãs irão vivê-la facilmente".
Gemma Galgani (05-03-2011)

"Na Unidade não há nada a tomar na letra.
Há apenas a Vibrar.
Há apenas a englobar.
Há apenas a Ser, porque o Ser é o próprio sentido da Unidade.
A Vibração é portada e transportada além do som de minhas palavras, do meu Coração ao seu Coração e do seu Coração ao meu Coração porque nós somos um único Coração no Único: espaço de encontro, testemunho da Alegria, instalação no Ser.
Ao centro do centro, no espaço palpitante e imóvel, englobando o conjunto dos possíveis, o Único vem a vocês.
A Terra se junta ao Único.
Filhos do Um, vocês se descobrem o Um, ele mesmo, espaço onde não existe qualquer distância, espaço onde existe apenas a Essência do Coração conduzindo à floração da Essência, fonte perpétua, Cristal cuja Luz tem igual apenas a transparência.
A Luz nasce da transparência".
Uma Estrela (13-03-2011)

"É evidente que com esse modo de comunicação multidirecional certifica-se uma equidade, uma verdade e uma ausência total de falsificação entre o que pode ser emitido por um emissor e recebido por um receptor.
Torna-se então evidente que a própria organização da vida social vai ocorrer segundo normas totalmente diferentes onde a noção de dissimulação, a noção de opacidade, não terá mais andamento.
A transparência será a regra e a transparência deverá levar em conta outras entidades vivas, tanto na estrutura geodésica de 24, como em relação a relacionamentos um pouco mais profissionais, digamos, ou até mesmo afetivos que existem, no entanto, para nós, mesmo se eles não têm as mesmas conotações que vocês ali colocam, vocês mesmos, através das noções de apego.
Na realidade, a colocação em relação ou a colocação em comunicação desta maneira nova, correspondente à 5ª dimensão, está associada à presença da estrutura hexagonal da luz e não permite a presença da mentira, da falsificação e, em caso algum, a noção de propriedade.
A propriedade corresponde a um confinamento".
Ramatan - A Humanidade que Começa - Capítulo 5

"Hoje, a Clareza é superar a separação, é superar o isolamento da consciência.
É levando o olhar e a atenção sobre este ambiente, esta natureza, é reforçar, ao mesmo tempo, a capacidade da consciência para fundir com si-mesma como com todo o resto.
É realmente um caminho para a Unidade.
Ir para o ambiente, ir para a natureza, é também ir para Si, porque é superar a separação da consciência do ser humano encarnado com a consciência da natureza.
É desenvolver a Clareza, o silêncio.
É ir à profundidade de Si, porque o olhar amoroso e a atitude amorosa para com o ambiente os remetem a vocês mesmos, para mais Clareza, para mais transparência, para mais silêncio.
Nos tempos que vocês vivem, do despertar e do voo da Fênix, onde o barulho do mundo vai tornar-se incessante, não é necessário excluírem-se do mundo.
Entrar no Interior de Si não é isolar-se.
Não é necessário ver a interiorização como um recesso, mas efetivamente como um desenvolvimento, um pouco como uma respiração.
Entrar no Si é entrar no ambiente.
É descobrir uma nova profundidade.
É tornar-se transparente e cada vez mais claro".
Snow (06-03-2011)

"Se vocês aceitarem e acolherem esses poucos preceitos, se vocês estiverem atentos, a integração da Luz e a Paz serão o seu lote quotidiano.
Se a resistência se manifestar, então, a Paz irá fugir, e vocês se arriscam muito, naqueles momentos, em deixar manifestar-se o Fogo do ego, com comportamentos contrários à Luz.
Recordem-se de que a Vibração que percorre seu corpo é o seu guia.
Esta Vibração será por vezes um apelo, um apelo para entrar em si mesmo.
É no respeito ao que dirá o seu corpo e a sua consciência, no respeito ao que lhes dirá a Luz que irá se realizar a sua Paz.
Retenham, enfim, que nada há para fugir, assim como nada há a temer e nada há a esperar.
Simplesmente viver o instante, na lucidez, na transparência, aquiescendo à realidade e à Verdade da Luz fazendo irrupção cada vez mais em sua vida e nesse mundo".
Sri Aurobindo (02-04-2011)

"Vocês são a Eternidade.
Vocês são contínuos.
Vocês são permanentes em sua imanência.
Vocês são isso.
Então, vibremos na Presença do Um.
Cantemos juntos a ronda do Um, a ronda dos Arcanjos.
Abertos.
Abertos e permeáveis.
Transparentes e Transparência.
Presença.
Instante eterno.
Em vocês.
Escutem o Som, escutem o Canto, escutem o que lhes diz seu Coração.
Apelo palpitante.
Apelo ao Um.
Apelo a Ele, porque vocês são o Um e Ele.
Nenhuma distância, a não ser o olhar que não quer olhar.
Nenhuma distância, a não ser o grito do que desaparece.
O que desaparece não é nada, porque o que aparece é tudo".
Uriel (12-04-2011)

"Vocês sabem que a sombra projetada, por exemplo, está ligada à insuficiente transparência que existe nesta Densidade.
Nos mundos Unificados, a sombra não pode existir, ela não existe, tudo é transparência.
Mas quando lhes digo transparência, como vocês podem compreender a transparência, uma vez que não a vivem?
Vocês têm o hábito de uma certa densidade, de um certo peso.
Quando vocês percorrem os caminhos do Estado de Ser, quando vocês têm acesso à Verdade, além da matriz, vocês penetram estados de Consciência e fenômenos ligados a visões, ligados à Consciência, ligados à percepção de cores e de formas que estritamente nada têm a ver com o que existe neste Plano".
Aïvanhov (29-05-2010)

"Existe na humanidade, devido à irrupção da Luz, certo número de seres humanos que captaram essa Luz, que a guardaram e que, portanto, permitiu um obscurecimento dessa Luz, devido à não transparência deles.
Essa não transparência é escolha deles.
Os seres humanos que entram em ressonância com essa não transparência, chamada de exaltação ou emoção (nada tendo a ver com a Alegria ou com o Fogo do Coração) estão necessariamente sob a influência de forças que os afastam da Unidade, da integridade e que os afastam, ainda e sempre mais, da própria Realização.
O despertar, a Realização, não é algo que possa se encontrar, de maneira alguma, no exterior de si.
Qualquer ser humano, hoje, que se proclame investido de uma Luz e que queira retransmitir essa Luz não pode, em caso algum, pertencer às esferas da Unidade, isso é impossível.
A Maternidade Interior passa pela porta da humildade, pela porta da simplicidade.
Vocês não podem ser, nesse mundo, outra coisa que Portadores de Luz, outra coisa que Sementes Estelares".
Ma Ananda Moyi (28-04-2011)

"O momento da comunicação ou o encontro consciente com o Anjo Guardião é estabelecido, para cada alma, de maneira diferente.
Isso corresponde necessariamente ao que eu chamaria de grau de transparência, um grau de Abandono à Luz tal, que, naquele momento, a possibilidade do contato e, portanto, a presença de uma outra Consciência, no interior da sua Consciência, torna-se possível.
Não há técnica propriamente dita.
O estabelecimento da companhia, como você diz, do Anjo Guardião, foi estabelecido, no ano passado, nos Casamentos Celestes, pelo Arcanjo Jofiel, permitindo, desde aquele momento, sob diferentes formas e não unicamente verbal, obviamente, estabelecer, em todo caso, uma comunicação nem sempre consciente com o Anjo Guardião.
Uma série de véus ou de isolamentos limitou, até agora, de maneira importante, a conscientização da presença do Anjo Guardião.
Hoje, muitos de vocês descobrem, através de presenças múltiplas, à noite, assim como de dia, que estão cercados de seres.
Esses seres vêm de múltiplas Dimensões, de múltiplos universos e de múltiplos mundos.
O Anjo Guardião é apenas um dos elementos presentes nesta atmosfera, nova para vocês.
Obviamente, a manifestação dessas Consciências, na sua própria Consciência, pode fazer-se apenas a partir do momento em que uma série de medos foi transcendida".
Anael (24-01-2011)

"Na Vibração, no Ilimitado, além dos véus, além da Ilusão, além da aparência.
Aqui e agora.
Sua consciência, além da Ilusão, decide.
Transparência.
Face a Face.
Identificação e ressonância.
Então, estendem-se o Canto da Terra e o Canto do Universo, ressoando, eles também, em uníssono, no mesmo timbre e na mesma intensidade.
Festejando, eles também, o retorno à sua Unidade primeira".
Uriel (29-03-2011)

"Vocês vão, portanto, mesmo na Consciência que permanece encarnada e comum, manifestar esse próprio princípio da Unidade.
Vocês irão constatar então, facilmente, que lhes será cada vez mais difícil jogar o jogo do ego, o jogo do mental, das emoções, dos apegos, porque vocês irão se tornar efetivamente cada vez mais transparentes.
Esta transparência que pode tornar-se, efetivamente, aí também, embaraçosa para aqueles que, justamente, não estão nesta transparência ou nesta busca de transparência, mas há quem se oponha.
Isso, entretanto, não poderá alterar vocês.
Se vocês forem alterados, é que o Supramental não está ainda estabilizado".
Sri Aurobindo (20-02-2011)

"Passar da Terra exterior para a Terra Interior é a alquimia que vocês vivem neste momento, e encontrando a sua realização na aurora do último dia.
Fusão dos Éteres, revelação da Luz Azul, instalação da Luz Branca e retorno na matriz de Verdade.
Paralelamente a isso, a matriz de carbono da Terra, devido a um mecanismo de evolução, qualificado de lógico, passará de um sistema de carbono para um sistema de silício, sem entrar nos detalhes chamados de química ou de alquimia.
A passagem do carbono ao silício traduzir-se-á por qualidades Vibratórias, por qualidades de transparência e por qualidades de retorno ao ilimitado, permitindo-lhes, ao mesmo tempo, ser uma Consciência nesse novo corpo, como uma Consciência na Fonte, ou ainda uma Consciência em todas as matrizes de Verdade e ali passar, de maneira totalmente consciente e livre".
Anna (28-04-2011)

"Quaisquer que sejam as manifestações dessa entrada no Interior de vocês mesmos, seja a Alegria inefável do Samadhi ou ainda um simples sono, aceitem, porque esses instantes são verdadeiramente instantes de Graça em que a Luz se estende.
Haverá sempre sobre esta Terra vozes para elevar-se e empregar palavras que nada têm a ver com a finalidade do que se produz.
Para parafrasear o que disse o Comandante dos Anciões, qual será o ponto de vista que vocês irão adotar? Aquele da lagarta, aquele da borboleta?
Disso vai depender a sua capacidade real para viver e para integrar a Luz, a fim de tornar-se, inteiramente, a Luz e a transparência".
Maria (27-04-2011)

"Vocês respiram a Luz pela boca.
Vocês integram a Luz pela boca.
Mas é preciso que essa Luz possa também irradiar, é preciso que a humildade e a simplicidade permitam a integração da Luz e a restituição dessa Luz.
Isso implica na transparência, isso implica na Integridade, integração".

"Então lembrem-se: dois olhares.
A lagarta que vê que as outras lagartas morrem, ou o olhar da borboleta.
A ação na Unidade é muito outra.
Eu repito, isso será desenvolvido depois, por Sri Aurobindo e não é uma resignação, o estado de Unidade, é uma ação Interior, é um apelo para estar ainda mais na Integridade, na Transparência e na Clareza.
Quer dizer que, para tomar um exemplo que é muito conhecido, o sábio que está no fundo de sua caverna, em Unidade, é muito mais eficaz para a Luz do que aquele que gesticula em todos os sentidos para fazer o bem.
Porque há um que eleva as Vibrações e o outro que mantém a Vibração no nível da ação/reação.
E é, como vocês sabem, até agora, perpétuo, não é"?
Aïvanhov (30-03-2011)

Questão: se toda relação pelo olhar é distorcido, que olhar se tem ao espelho?
Vocês olham sua própria ilusão.
Eu responderia: olhando o que há além do espelho, vocês verão a Verdade, mas, em nenhum caso, a imagem refletida.
Recordem-se que nos mundos Unificados, a transparência é total.
Esta transparência se refere tanto aos pensamentos, como à ação, como ao próprio corpo que vocês habitam.
Não há qualquer opacidade e qualquer sombra.
Ora, o que vocês olham num espelho é uma sombra, que só existe justamente porque a Luz não pode penetrar.
Anael (23-06-2010)


"Em breve, vocês mesmos não poderão nada esconder de vocês mesmos.
A Luz é transparência e vocês se tornam, vocês mesmos, transparência.
Nada do que fazia seu ego e que podia ser escondido sob a máscara, no interior de vocês mesmos, ocultado do resto do mundo, não poderá sê-lo.
Não se esqueçam de que vocês se tornam transparentes uns para os outros e de que não há necessidade de palavras para ver a Verdade, porque quem está na Verdade vê, necessariamente, a Verdade do outro, o que quer que ele diga, o que quer que ele pense e o que quer que ele faça.
Obviamente, isso pode levar a algumas confrontações, mas essas confrontações não são uma luta, mas, efetivamente, a resultante do estabelecimento da Luz, a fim de que esta resplandeça e irradie em seu mundo.
Como lhes foi dito, Cristo está presente no seu Éter.
Ele está também presente no seu Coração e se revela, hoje, em sua majestade, a sua potência e a sua Verdade".
Anael (21-01-2011)

"O chamado da alma, o chamado do Espírito (o seu, como o Espírito Unitário, que é o mesmo), faz-se cada vez mais urgente.
Isso induz, bem evidentemente, a transformações profundas do conjunto de suas estruturas, do conjunto de seus Veículos, que vão se tornar cada vez mais perceptíveis e flagrantes, para vocês como para todos aqueles que estão ao redor de vocês e que vão ver.
A transparência, o brilho da Luz, a irradiação da Luz far-se-á independentemente de sua vontade, porque vocês manifestarão, cada vez mais facilmente, a Graça e a Presença de quem vocês são, mesmo nesse mundo".
Uriel (19-02-2011)

"Vocês podem mentir a vocês mesmos, mas quanto mais sua Consciência se expande, mais acedem a momentos de Unidade, de paz, de Samadhi, de Alegria, mais vocês veem claramente.
Ver claramente, não é com os olhos, é com o Coração.
E ai vocês sabem pertinentemente que é a Vibração de quem está frente a vocês.
Ele até lhes conta todas as lengalengas do mundo, vocês sabem que ele mente.
E o outro não pode saber que vocês sabem que mente, o que gera situações cômicas ou difíceis, de acordo com os casos.
Mas vocês entram na transparência.
O estado Cristo é um estado de transparência Vibratória total, de Amor, de doação total.
Não há meia-medida.
As histórias, como eu disse há um ano ou ainda há alguns meses, de nádegas entre duas cadeiras, terminaram.
Os jogos estão feitos, a roda gira, olha-se, não se tem mais direito de alterar os números.
Eu digo isso para os jogadores.
Vocês já mudaram de mundo, mas vocês não o sabem ainda inteiramente.
A 5ª Dimensão nasceu.
A Terra dá à luz.
Isso vocês sabem.
O parto terminou, mas resta conscientizá-lo".
Aïvanhov (21-01-2011)

"Este Reencontro, este Face a Face, vocês sabem, é inelutável e inexorável no plano de Liberação da Terra.
Porque cada alma, como vocês sabem, deve ser Liberada.
E para ser Liberado, é preciso reconhecer a Luz, qualquer que seja a distância ou a coincidência que pode existir entre ela e cada Consciência.
Este Reencontro com a Luz é o elemento principal que permitirá, nós o esperamos, a muitos seres humanos, voltar-se a esta Luz, em toda Liberdade e em todo Conhecimento da Luz.
Para isso, e como isso lhes foi dito, é-lhes preciso entrar nesta Humildade, ou seja, aceitar tudo o que a vida vai propor-lhes, sem qualquer restrição, sem qualquer limitação e sem qualquer limite.
Penetrar a Luz, deixar-se penetrar pela Luz e se tornar ela, não pode ajeitar-se de qualquer condição, de qualquer medo, de qualquer emoção.
Tornar-se Transparente à Luz, tornar-se si mesmo esta Transparência, é Vibrar na Alegria de CRISTO.
É esquecer, no espaço deste instante, todos os sofrimentos, todos os condicionamentos da sociedade e mesmo os condicionamentos das crenças espirituais.
É apresentar-se como uma criança, tornar-se de novo esta criança".
Gemma Galgani (24-09-2011)

"É necessário simplesmente deixar agir a Luz e compreender que o Jogo entre a Sombra e a Luz é uma maneira, para a Luz, de desalojar, em vocês como também para a sociedade, onde inúmeras Consciências sobre este planeta, mesmo sem terem imaginado o que acontece ou compreender o que acontece, vivem episódios de colocação na luz das zonas de Sombra.
Esse mecanismo exterior, que vocês observam fisicamente, produz-se, obviamente, também, no interior de vocês, em sua estrutura física, mas também, de maneira mais geral, nesse jogo entre a Sombra e a Luz.
É um período de iluminação intensa.
É um período de purificação intensa que, como sempre com a Luz verídica, Adamantina, obriga-os, de algum modo (mas na condição que vocês se abandonem a esta obrigação), a irem para mais autenticidade, mais transparência e mais honestidade, já com relação a você mesmo, Interiormente, mas também ao conjunto de seu ambiente".
Aïvanhov (19-02-2011)

"Acabar com o Eu é também aceitar olhar, com franqueza, com Transparência, o que vocês são.
Não há qualquer vergonha, qualquer culpabilidade, qualquer julgamento a fazer sobre si mesmo.
Vocês têm apenas que olhar, franca e honestamente.
Tentem, enquanto se pode fazer, estar mais nos instantes que vocês vivem".
Anael (01-05-2011)

"Vocês irão para onde os levar a sua Vibração.
Muitos fomos a dizê-lo, a confirmá-lo.
Somente a Vibração decide.
Não os seus desejos, não os seus pensamentos, não qualquer projeção, mas a sua capacidade para tornarem-se transparentes, a capacidade para nada ser sobre esse Mundo, para Tudo ser do outro lado.
Existe um princípio de vasos comunicantes".

"Vocês não são suas resistências.
Vocês São a Luz.
Então, não resistam.
Abandonem-se inteiramente ao Amor.
O Choque da humanidade deve ser vivido, mas pode ser suavizado.
O desaparecimento da personalidade não é a dissolução de sua Consciência, mas é a Ressurreição de sua Consciência, liberada do entrave de tudo o que os fechava nos corpos da Ilusão e nos corpos efêmeros.
Aquilo ao que vocês vão assistir é, de fato, sua própria Liberação, sua própria saída da projeção da Ilusão desta Matriz e de seu confinamento.
Isso se realiza sob seus olhos e no Interior de seus olhos.
Isso se realiza ao olho de seu Coração e em seu Coração.
Estejam atentos, estejam vigilantes, estejam lúcidos, estejam transparentes para o que se derrama em vocês a cada instante, doravante".
Anael (29-04-2011)

"A Transparência é o que os faz sair da aparência, é o que os faz sair da ilusão de ser uma pessoa, neste mundo, e que faz com que não possa mais ali ter a menor interação, neste mundo, ligada à pessoa, mas sim uma ação, lúcida e consciente, diretamente conectada à Presença do Si, da Unidade, da Verdade, da Beleza.
Tornar-se Transparente à Luz é certificar-se de que, no interior da Consciência, não existe mais zonas de resistências.
A Luz pode então atravessá-los, inteiramente, sem que ela seja interrompida, no interior da Consciência, por qualquer elemento.
Tornar-se Transparente à Luz confere, é claro, o que eu já disse, confere um estado de Serenidade, um estado de Paz, um estado de Alegria, a nenhum outro parecido, um estado de Serenidade e de Beatitude.
Viver a Unidade e manifestar a Unidade, tornar-se Transparente, é estar além mesmo da identificação à Luz, é tornar-se si mesmo, em Consciência, a totalidade da Luz.
Para isso, não deve mais existir a mínima coisa chamativa da pessoa, a mínima vontade da pessoa além do que permanecer no estabelecimento desta Luz, desta Transparência".
Um Amigo (14-09-2011)


Leituras complementares:
"UM AMIGO - 14-09-2011 - AUTRES DIMENSIONS"
"PROTOCOLO - OS 4 PILARES DO CORAÇÃO - 19-09-2011 - AUTRES DIMENSIONS"

Veja também

COLETÂNEA: OS 4 PILARES - HUMILDADE (1) - AUTRES DIMENSIONS
COLETÂNEA: OS 4 PILARES DO CORAÇÃO - SIMPLICIDADE (2) - AUTRES DIMENSIONS
COLETÂNEA: OS 4 PILARES DO CORAÇÃO - INFÂNCIA (4) - AUTRES DIMENSIONS

Trechos extraídos das mensagens do site
http://www.autresdimensions.com
Traduzidas para o português por:
Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com e
Zulma Peixinho http://portaldosanjos.ning.com
Seleção e Edição: Minha Mestria


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário