MARIA - 26 de setembro de 2011 - 1a. intervenção do dia

Clique aqui para comentar esta publicação






Eu sou MARIA, Rainha dos Céus e da Terra.
Filhos bem amados, eu rendo Graças à sua Presença.
Eu rendo Graças à sua ação, em meio à Unidade.
Eu rendo Graças ao que foi realizado.

***


Eu irei me exprimir, hoje, enquanto representante e porta-voz do conjunto dos Anciãos, dos Arcanjos, das Estrelas,
E, naturalmente, do conjunto das Forças da Luz Una, presente na Alegria.
Eu serei também a porta-voz da Fonte Una.
Eu venho, hoje, a fim de comungar, com vocês e com o conjunto da Luz Una.
A Porta foi aberta para a chegada de CRISTO, na sua Consciência.
Os tempos terminaram permitindo, hoje, viver, na Consciência que é a sua e que é a nossa, a Unidade, a Alegria e a Verdade.
Os tempos que terminaram são aqueles do retorno, na sua totalidade, da Luz Una, da Fonte, permitindo pôr fim à ilusão do tempo e da separação.

***


Então, não podendo mais deter a ação de KI-RIS-TI, em vocês, o momento chegou de viver o júbilo do novo Nascimento.
Aquele que irá cobri-los de Graças e que irá mostrar-lhes a Verdade do seu Estado Interior, a Verdade da Luz Una.
Tempo de Graça e de realização que abre, hoje, a nova Porta, aquela dos novos Céus.
Permitindo, a partir de hoje, viver as Núpcias de Luz: aquelas do retorno ao Estado de Ser, à Verdade, à Alegria, à Beleza, aqui mesmo, neste mundo.

***


Então, onde vocês estiverem sobre esta Terra, escutem, preparem-se para ouvir o Canto da Luz.
O momento do meu apelo chegou.
Aquele de reunificá-los, inteiramente.
De viver a Alegria, de maneira infinita.
Filhos do Um, Sementes de Estrelas, Luzes do Eterno, nesses tempos realizados, da parte de todos aqueles que se têm, agora, à Porta desta Dimensão onde vocês estão, nós dirigimos um imenso Canto de Amor, permitindo conectarem-se e serem ligados à sua Liberdade eterna e à sua Eternidade.

***


Tempos de Paz Interior, como essas Núpcias de Luz que põem fim, para cada um de vocês (à sua maneira, ao seu modo), à fragmentação e à separação, sendo realizado também, sob os seus olhos e sob os seus sentidos (aqueles deste mundo).
Permitindo abri-los, na totalidade, ao sentido da Luz e da Unidade.
A hora é para a Liberdade e para a Verdade.
A hora é para o júbilo.
Pela sua Presença, pelo seu Fogo, vocês começaram o mundo da Nova Terra e dos Novos Céus.
Nesses tempos, onde tudo está realizado, a sua Presença, em meio a esta Terra, trabalhou para a Unidade.
É tempo, hoje, para cada um de vocês, recolher os frutos das suas próprias sementes.
É tempo, neste dia, para cada Consciência, de encontrar-se no que ela criou, para o tempo novo: aquele deste instante.

***


O Fogo do Coração, levado por KI-RIS-TI, e por todos nós, é oferecido ao seu Coração.
Para que vocês possam manifestar a Alegria, a Serenidade e a Beleza.
Nós entramos, com vocês, no tempo da Graça ou, já, em vocês, cada vez mais numerosos entre vocês, de viver a Alegria da Eternidade.
Nós penetramos, a partir de hoje, a Porta do seu Coração, chamando-os à última revolução, aquela da pacificação, aquela das suas Núpcias de Luz.
O conjunto dos elementos, do Sol, da Terra, o conjunto das Consciências da Terra e do Céu, trabalha, doravante, nos mesmos espaços e na mesma Vibração, para o estabelecimento da elucidação, para o estabelecimento da Criação.
O apelo está em vocês e apenas vem em vocês, sem qualquer exceção.
O que seus olhos veem, no Sol e nos Céus, é precisamente o que se vive e se vê, em cada um.

***


O Coração, vibrando em uníssono com a Luz, vem revelar, no conjunto deste Universo, a sua Majestade.
Vocês são, então, convidados e orientados a viver, a partir de hoje, as Núpcias de Luz.
Ressurreição da Vida Una, Nascimento na Unidade, estabelecido para a Eternidade.
Vocês são convidados ao banquete do Céu e da Terra, ao banquete da Ressurreição.
Nós os convidamos a viver a Alegria, a viver o Amor.
A proclamá-lo, e a declamá-lo, pela Vibração da sua Consciência, pelos seus olhos e pelas suas mãos, pelos seus pés sobre esta Terra, pela sua cabeça, e pelo conjunto da Consciência Unificada da Embarcação de Luz reconstituída.

***


Abre-se, hoje, esse tempo da Graça que foi anunciado no mais alto dos Céus, no mais profundo da Terra.
E que se revela, como a Luz que se revela em vocês, sobre a totalidade deste mundo e deste Universo.
Filhos do Um e Filhos da Unidade, nós comungamos, em vocês e com vocês, porque nós estamos, agora, hoje, conectados pelo Cordão Branco da Unidade, à esquerda do seu corpo.
Vindo chamá-los, pelo seu nome e prenome, aquele da sua Eternidade, além da forma, para viver o Coração, para viver a Unidade.
Núpcias de Luz, seguindo às Núpcias Celestes e às Etapas [Núpcias Unitárias] (preparações terminadas, hoje).

***


O meu Coração de Mãe, falando em nome do conjunto das Consciências Unificadas, pedindo-lhes para Liberar o Amor, que é a sua natureza.
Que seus olhos o mostrem.
Que suas atitudes e seus atos sejam esses.

***


Filhos do Um, a coragem e a constância são, neste dia, recompensadas.
Nós que estamos ao seu lado, à sua esquerda e em vocês, falamos e iremos falar, cada vez mais diretamente, à sua Consciência.
A Luz Inteligente chegou a bom porto, no seu Coração e na sua Consciência, permitindo ao canto da Luz aparecer, a qualquer momento, a partir de hoje.
Não existirá mais momento separado e mais tempo separado.
Não há mais data, exceto aquela do momento, porque este instante é perpétuo, é aquele de CRISTO, vindo romper as correntes do tempo, que foram rompidas.

***


Nós continuaremos, durante este período de Núpcias de Luz, a manifestar nossa Presença, também, por meio deste mensageiro.
Mas lembrem-se de que vocês são, igualmente, onde vocês estiverem, os próprios mensageiros, aqueles da Luz, e de que a Luz os convida a percorrer os campos da Criação, aqueles da Unidade.
Convidando-os a romper o ciclo da ilusão, os ciclos do sofrimento e da dualidade.

***


Hoje, nesta hora, nós instalamos, vocês e nós, o Tempo da Luz, sem qualquer concessão, sem qualquer restrição, sem qualquer alteração.
Mais do que nunca, os encontros de alinhamento às 19 horas [hora francesa] verão, em vocês, revelar as Núpcias de Luz, tanto sobre a Terra, como sobre o Céu.

***


Hoje, nós podemos dizer-lhes: “bem-vindos à Luz”, “bem-vindos ao Templo do Coração”.
Ainda uma vez, nós, o conjunto de Consciências da Luz Una, à beira deste mundo, nós rendemos Graças à sua Beleza, nós rendemos Graças à sua Luz.
E a minha Consciência Una, de Mãe, comunga no seu Coração, trazendo a palavra dos Anciãos, dos Arcanjos e das Estrelas, chamando-os ao Amor, chamando-os à Vibração e à Unidade.
Comunguemos.

... Efusão Vibratória ...

***


Assim se instalam as Núpcias de Luz, hoje.
Juntos, nós comungamos na Graça.
Juntos, nós somos, todos nós, Um na Luz.

***


Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra, eu acrescentarei isso: tudo provem e tudo retorna ao Coração.
Somente o afastamento do Coração pôde fazer crer na ausência do Coração.
Mas isso foi apenas uma crença, induzida e perpetuada por aqueles que puderam pensar que o afastamento, fortalecendo o desejo, permitiria um Amor e uma Consciência maior.
Mas como é possível que o que é perfeito, desde a origem, se tornasse ainda mais perfeito?
A ilusão foi aí.

***


A Luz é Una, em qualquer tempo e em qualquer espaço, como em qualquer Dimensão.
Aí está a única lei.
Aí está a única Verdade.
Aí está a única Graça.
Não pode existir outra.
Hoje, as Núpcias de Luz restabelecem esta exclusiva e única Verdade, permitindo-lhes, em consciência, realizá-la.
Todo o resto (como todo jogo Sombra / Luz) não pode existir no mundo da Graça.
Cada um de vocês é a Graça personificada.
Cada um de vocês tem a possibilidade de viver isso, pondo fim, assim, à sua própria separação, à sua própria ilusão.

***


CRISTO está aí, em vocês, para isso.
Vindo procurá-los e vindo chamá-los, se sua Consciência vivê-lo.
Lembrem-se, hoje, de que absolutamente tudo já é perfeito na Luz, que não há então absolutamente nada a procurar, ou a provar, nem a encontrar, fora da Luz e fora do seu Coração.

***


As Núpcias de Luz, hoje, são o Apelo final para viver a Unidade, para atravessar a Porta, hoje, para viver a Alegria, a Paz e o Amor.
Vocês sozinhos podem fazê-lo.
Vocês sozinhos podem Sê-lo.
Não há nada a esperar, hoje, no exterior de vocês.
Então, vivam, vivam a Verdade.
Nenhuma densidade, nenhum abafamento, nenhum peso pode, hoje, impedi-los de viver e de Ser a Luz do mundo.

***


Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.
Espaço e tempo de bênção, hoje, neste instante.
Juntos, vivamos a Comunhão em CRISTO, no Amor, na Vibração e no Fogo.

***


Eu sou Maria, Rainha dos Céus e do Amor, hoje e para sempre.
Eu amo vocês.
Até muito em breve.



************


(Publicado em 26 de setembro de 2011)

***


Tradução para o português: Zulma Peixinho


************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário