PROTOCOLO: YOGA INTEGRATIVO

Clique aqui para comentar esta publicação





As Cruzes Mutáveis das Estrelas – PRIORITÁRIO EM ABRIL




Esse protocolo foi dado por UM AMIGO, ao longo de suas intervenções, em canalização, nos dias 6, 8, 10 e 11 de abril de 2011.

UM AMIGO pediu para que esse protocolo seja divulgado o mais rapidamente possível para poder ser vivenciado, em particular, durante o mês de abril.

Ele tem por objetivo revelar as funções totais de todas as Estrelas presentes ao nível da cabeça e ativar as conexões entre a cabeça, o Coração, o canal do éter e o sacro, ou seja, o conjunto dos circuitos e de redes energéticas permitindo a ascensão.

Isso favorece a fusão dos Éteres, a fusão das 3 Lareiras, a fusão final do conjunto das estruturas, permitindo colocar em ação as Forças Ascensionais presentes em nossas estruturas, no nosso corpo de Estado de Ser, para viver esse corpo de Estado de Ser, aqui como “em outros lugares”.




3 eixos, conectando cada 2 Estrelas de Maria

Foram apresentados por UM AMIGO como tendo, hoje, um papel fundamental no processo de Translação Dimensional: os pontos de extremidade, denominados Estrelas, suficientes para ativar as Cruzes Mutáveis e então, o conjunto dos circuitos.

• 1º eixo: PROFUNDEZ – CLAREZA
Conectando essas 2 Estrelas, este eixo desenvolve o impulso da alma, a tensão para a Intenção.

• 2º eixo: UNIDADE – PRECISÃO
Conectando essas 2 Estrelas, este eixo desenvolve a capacidade para manter a Unidade.

• 3º eixo: KI-RIS-TI – REPULSÃO
Conectando essas 2 Estrelas, este eixo desenvolve a capacidade para se identificar com Cristo.

• Existe um 4º eixo: Visão – Atração que NÃO é solicitado aqui porque ele corresponde (como o desenvolveu GEMMA GALGANI, em sua intervenção de 10 de abril último) a um “desvio” do eixo AL/OD, ligado a uma ATRAÇÃO da VISÃO exterior, característica da predominância da Dualidade, no triângulo Luciferiano tendo nos conectado a uma Luz falsificada (Luz oblíqua).



Vocês encontrarão os detalhes das posições dos pontos das Estrelas na série de protocolos sob o título: “as 12 Estrelas de Maria”.




3 Cruzes Mutáveis aparecem então, acoplando 2 eixos

Essas Cruzes são ditas mutáveis por oposição à Cruz Fixa da Redenção (procedente do cruzamento do eixo AL-OD e do eixo IM-IS). De fato, elas podem permutar umas com as outras, criando um conjunto de redes Vibratórias de Luz remetendo ao arquétipo do Cabelo de Buda.

• A 1ª Cruz Mutável é procedente da combinação dos 1º e 3º eixos

• A 2ª Cruz Mutável é procedente da combinação dos 1º e 2º eixos

• A 3ª Cruz Mutável é procedente da combinação dos 2º e 3º eixos






ESCOLHA DAS CRUZES A ATIVAR

Convém ativar 2 Cruzes dentre as 3 possíveis, permitindo colocar em ação os 3 eixos, estando um deles em cada Cruz e então repetir 2 vezes.
A ordem das Cruzes ou a ordem dos eixos nas Cruzes não têm importância.

• Escolher as 2 Cruzes que são mais sentidas, ou seja, que sentimos mais, Vibratoriamente, os pontos das Estrelas correspondendo aos eixos. Se o ponto não for sentido, faz-se apenas o eixo a contatar.

• Ou escolher as 2 Cruzes correspondendo o que representa, para vocês, a proposta mais importante que ilustra: impulso da alma ou manutenção da Unidade ou identificação com Cristo.

• O ponto da Estrela pode ser encontrado precisamente ou ser localizado dentro de uma área de aproximadamente 2 centímetros ao redor desse ponto.


ATIVAÇÃO DAS CRUZES, SOZINHO

• Instalar-se, sentado em uma cadeira, os tornozelos fazendo um ângulo de 90º com as coxas, os olhos fechados.
• A boca está entreaberta e a respiração nasal.
• Escolher 2 Cruzes, ou seja, 4 eixos.
• Colocar delicadamente o dedo indicador esquerdo sobre o ponto da Estrela estando na extremidade do 1º eixo da 1ª Cruz escolhida e, ao mesmo tempo, o dedo indicador direito sobre o ponto da Estrela na outra extremidade desse mesmo eixo.
O exemplo abaixo mostra a ilustração de um eixo, sabendo que há então 4 eixos a praticar: o 1º eixo da 1ª Cruz, depois o 2º eixo da 1ª Cruz, depois o 1º eixo da 2ª Cruz, e enfim o 2º eixo da 2ª Cruz:




• Manter esta posição por pelo menos 10 minutos.
• Colocar delicadamente o dedo indicador esquerdo sobre o ponto da Estrela estando na extremidade do 2º eixo da 1ª Cruz escolhida, o dedo indicador direito sobre o ponto da Estrela na outra extremidade desse mesmo eixo.
• Manter esta posição por pelo menos 10 minutos.
• Encadear diretamente para a ativação da 2ª Cruz ou esperar, para ativar a 2ª Cruz, um período máximo de 12 horas.
• Colocar delicadamente o dedo indicador esquerdo sobre o ponto da Estrela estando na extremidade do 1º eixo da 2ª Cruz escolhida e, ao mesmo tempo, o dedo indicador direito sobre o ponto da Estrela na outra extremidade desse mesmo eixo.
• Colocar delicadamente o dedo indicador esquerdo sobre o ponto da Estrela estando na extremidade do 2º eixo da 2ª Cruz escolhida e, ao mesmo tempo, o dedo indicador direito sobre o ponto da Estrela na outra extremidade desse mesmo eixo.
• Não cruzar os braços. O que supõe que o dedo indicador esquerdo se coloca unicamente sobre os pontos das Estrelas do lado esquerdo da cabeça, e o dedo indicador direito, sobre os pontos das Estrelas do lado direito da cabeça.
• Esse protocolo, completo, é para repetir 3 vezes no máximo.



ATIVAÇÃO DAS CRUZES, EM 3 PESSOAS

• Aquele que “recebe”, escolhe 2 Cruzes, ou seja, 4 eixos, e os comunica a 2 outras pessoas.
• Aquele que “recebe” instala-se, sentado em uma cadeira, os tornozelos fazendo um ângulo de 90º com as coxas, os olhos fechados, as palmas das mãos sobre as pernas, palmas voltadas para o Céu.
• A boca está entreaberta e a respiração nasal.
• A 1ª pessoa coloca delicadamente o dedo indicador esquerdo sobre o ponto da Estrela estando na extremidade do 1º eixo da 1ª Cruz escolhida e, ao mesmo tempo, o dedo indicador direito sobre o ponto da Estrela na outra extremidade desse mesmo eixo e mantendo esta posição por pelo menos 10 minutos.
• A 2ª pessoa coloca delicadamente o dedo indicador esquerdo sobre o ponto da Estrela estando na extremidade do 2º eixo da 1ª Cruz escolhida e, ao mesmo tempo, o dedo indicador direito sobre o ponto da Estrela na outra extremidade desse mesmo eixo e mantendo esta posição por pelo menos 10 minutos.
Essas 2 pessoas colocam seus indicadores, ao mesmo tempo, para constituir a 1ª Cruz
O exemplo abaixo mostra a ilustração de uma Cruz, sabendo que há então 2 Cruzes a praticar:


• Encadear diretamente para a ativação da 2ª Cruz ou esperar, para ativar a 2ª Cruz, um período máximo de 12 horas.
• Esse protocolo, completo, é para repetir 3 vezes no máximo.


Protocolo publicado no site Autres Dimensions em 13 de abril de 2011:
http://autresdimensions.info/articlee3e0.html


Tradução para o português: Zulma Peixinho

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário