ANAEL - 29 de abril de 2011 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação





- Ensinamentos do Arcanjo da Relação e do Amor -

ÁUDIO mp3 ORIGINAL:

~ O AMOR ~


Eu sou ANAEL, Arcanjo.
Bem amados Filhos da Luz e bem amadas Sementes de Estrelas, que o Amor e a Alegria estejam com vocês.
Eu venho dar continuidade ao apelo d'A MÃE (Mira Alfassa), referente à Vibração e aos conceitos de Ilusão, de Verdade, de Atração, de Sedução.
Eu vou abordar isso passando por uma palavra essencial e que, no entanto, enquanto não for Vibrada, corresponde apenas a uma ilusão.
Essa palavra é a palavra mestre do ser humano, seja qual for o seu caminho, seja qual for o seu destino.
Essa palavra é a palavra Amor.
Pois nenhum ser humano, seja ele quem for sobre a Terra, poderá ignorar que é um ‘ser de Amor’.
Contudo, esse Amor vai procurar exprimir-se, manifestar-se, para cada ser humano, segundo circunstâncias profundamente diferentes e, por vezes, totalmente opostas. 

*** 

O amor humano tem a característica de ser algo de limitado no tempo e no espaço.
O amor de uma vida pode efetivamente existir, mas, mais frequentemente, o amor não dura a vida toda.
Ele encontra modos de expressão e modos de manifestação dependentes de todo um conjunto de coisas, profundamente diferentes para cada ser humano, fazendo com que a vivência do Amor, a compreensão do Amor e a própria Vibração do Amor sejam profundamente diferentes.
Assim, nós introduzimos, há agora quase três anos, o conceito de Luz Vibral, porque a Luz Vibral remete ao Amor, bem além das contingências do humano, bem além das limitações do humano, bem além de qualquer apreciação pessoal do que é o Amor.
O Amor é, portanto, a Luz Vibral.
O Amor pode ser definido como um ímã que magnetiza, que puxa e que atrai. 

*** 

Além da personalidade, o Amor é, de algum modo, eu diria, o cimento e a liberdade dos Mundos.
Cimento dos Mundos, na medida em que ele permite aos mundos articular-se entre eles, nos seus múltiplos universos, multiversos e múltiplas Dimensões.
O Amor faz parte ainda da Essência da Criação.
Mesmo tudo o que poderia parecer, ao olhar do humano, como afastado do Amor, contém em si a Semente do Amor.
Mesmo a oposição ao Amor, poder-se-ia dizer, é o Amor.
O Amor não tem oponente.
Frequentemente o Amor teve como oponente, no sentido humano, o que é chamado de ódio.
Mas o ódio é apenas um dos componentes do Amor, é apenas o seu oposto, definido justamente em relação ao Amor, segundo as concepções de cada um.
O Amor é uma Atração.
O Amor é uma Unidade.
O Amor é uma Vibração.
Frequentemente há confusão ou, em todo caso, restrição do Amor, chamado de Amor condicional, em oposição a um Amor incondicional, mas o próprio Amor incondicional supõe que existam Amores condicionais.
Ora, o Amor não pode ser nem condicional, nem incondicional.
Ele é a Vibração da Essência, ele é a Vibração da FONTE, ele é a sua Vibração, quando a personalidade se desvenda, desmascara-se e se dissolve. 

*** 

O Amor está além da Atração.
O Amor está além da Unidade.
O Amor é, sobretudo, manifestado pela sua capacidade para irradiação.
O Amor está em ressonância direta com o que é chamado de Lei da Graça, vindo formalmente opor-se à lei de ação/reação ou lei de karma.
Assim, o Amor pode exprimir-se, através da ação/reação, apenas como uma consequência ou como implicação de uma consequência na Ilusão.
O Amor é estabelecido no que é chamado de Ação da Graça ou também de Lei de Atração e de Ressonância.
Essa Lei de Atração, ilustrada pelo ponto ATRAÇÃO, uma das Estrelas da sua cabeça, antes fechada na Ilusão Luciferiana, na Atração-Repulsão ou Ação-Reação ou Lei de Karma.
O Amor é livre.
Ele não pode ser fechado por qualquer repulsão ou por qualquer Fogo.
O Amor propaga-se ao longo das doze Estrelas para fazer a Verdade do ponto ER.
O Amor é Irradiação.
O ódio é limitação dessa Irradiação.
O Amor é tudo o que é Um, por que o Um é Amor e o Um é Tudo.
O Amor é o estado no qual se encontra o ser que encontra o seu Coração, pois o Amor se basta a si mesmo. 

*** 


No estado de Amor há a capacidade do ser para viver a dissolução do ego, a dissolução da personalidade, a vivência do Samadhi, também chamado de Alegria Interior ou Êxtase ou Íntase, mas, sobretudo, a capacidade para viver o Amor pelo Amor, fazendo-se Amor a si mesmo.
Fazer-se Amor a si mesmo é manifestar o Amor a Si, correspondendo, assim, às frases de CRISTO: «Amem-se uns aos outros como eu os amei», «Você amará o seu próximo como a si mesmo, por que você mesmo não é diferente do seu próximo».
Amar é fazer desaparecer a distância.
Amar é estar na Atração, indo além da dualidade, além da Repulsão, manifestar-se de um modo diferente.
O Amor é apenas Luz.
Assim, portanto, tornar-se si mesmo o Amor é tornar-se a Luz, além da personalidade.
É, portanto, estabelecer-se em uma Dimensão onde não pode existir qualquer resistência e qualquer oposição.
É estabelecer-se si mesmo nas esferas da Verdade, além das ilusões e das verdades, como foram denominadas, pessoais, mas na Verdade do Amor e da Vibração.
O Amor é, portanto, uma Vibração, expressa pelo Fogo do Coração, pelo abrasamento do ego, pelo abrasamento desse corpo, Fogo do Espírito, Fogo do Espírito Santo, Fogo do Coração, Fogo da Terra, em um único Fogo que queima o que não é Amor.
Ora, nada pode existir sem Amor.
Não é então questão, em última análise, de queimar qualquer coisa oposta ao Amor, exceto o ego que nega o Amor, mas, efetivamente, simplesmente estabelecer-se no seu Samadhi, na sua Presença a vocês mesmos. 

*** 

O Arcanjo URIEL, Anjo da Presença, frequentemente manifestou a sua Presença a vocês, a fim de fazê-los encontrar a sua própria Presença, pela Atração e pela Ressonância.
A Atração e a Ressonância não são o Amor, mas contribuem para dirigi-los ao Amor e para revelá-los no Amor.
O Amor, como sabem, pode revelar-se apenas por si mesmo, por que vocês são ao mesmo tempo a chave e a porta.
Não pode existir Paz exterior, como não existe porta exterior.
Apenas você é que pode abrir a porta, a fim de compreender que não existe porta.
Apenas você é que pode girar a fechadura, a fim de compreender que não existe fechadura.
O Amor é a manifestação mais etérea e mais total da Unidade.
O Um, a FONTE, de que vocês são receptores, parte integrante, parcela e totalidade, é apenas Amor.
Esse Amor expressa a Graça, expressa a imantação de todas as partículas que constituem os Universos e as Dimensões, mesmo nesta Dimensão falsificada que vocês percorrem.
A ilusão seria crer que o Amor que vocês são depende de outro Amor.
Assim, a Liberdade é Amor.
O confinamento é freio e confinamento do Amor, limitando-o à sua mais simples expressão, impedindo-o de viver o Tudo e de viver os outros estados do Amor nos estados múltiplos do Ser. 

*** 

Viver o Amor e manifestar o Amor não é outra coisa senão Irradiar.
Amar é Irradiar.
Como lhes dizia o Governador dos Anciões: «Amar é Servir. Servir é Irradiar».
O Amor é uma Irradiação.
Essa Irradiação não pode ser fechada.
Assim que houver confinamento, o próprio Amor se limita.
O Amor é Doação.
Eu empreguei, há algum tempo, a palavra ‘Abandono’.
O Abandono à Luz permite-lhes manifestar o Amor.
A resistência ao Abandono permite-lhes manifestar um amor do tipo egoísta, pessoal, apropriando-se desta liberdade do Amor e o privando da sua própria Liberdade.
O Amor é um estado onde nada mais pode existir.
Viver em estado de Amor, além do que os Anciões chamam de Samadhi, de Êxtase ou de Íntase, é um estado de irradiação permanente, um estado de Fogo.
Esse Fogo, chamado de Fogo do Espírito, é um Fogo que não queima e que, no entanto, os devora.
É um Fogo, refletindo-se por uma queimação, uma queimação intensa, que vem queimar a alma, queimar o Espírito, queimar o corpo e que, no entanto, nada queima de tudo isso, por que ele é apenas Revelação dele mesmo. 

*** 

Vocês são os Filhos do Amor, os Filhos do Um, vocês são as Sementes de Estrelas, e o que é uma Estrela senão o Amor?
Cada um de vocês, mesmo limitado nesse corpo, é a expressão da perfeição do Amor.
Vocês já são isso, de toda a Eternidade.
Apenas os jogos de papéis, os jogos de poder, os jogos de ilusão é que os arrastam para a negação desse Amor, enquanto vocês requerem o Amor.
Tornar-se o Amor é reencontrar a sua Dimensão original.
É tornar-se um amante do Um e um amante da Uma, a fim de descobrir o que é ser amante de si mesmo, a fim de imantar o resto da Criação porque, naquele momento, vocês eliminam as distâncias entre vocês e tudo o que não é vocês, porque vocês não estão mais limitados no vocês, mas se tornam o conjunto da Criação.
Isso não é uma visão da mente, isso não é uma visão do ego, mas, efetivamente, a realidade concreta do que é o Fogo do Amor, quando ele se revela e se desvenda em vocês. 

*** 

A ilusão é a apropriação do Amor.
A ilusão é crer que o Amor pode ser apropriado.
A ilusão é crer que o Amor pode ser possuído.
O Amor não se possui, porque, como se pode possuir o que se é?
Pode-se apenas restituir o que se é, a fim de identificar-se com o Tudo e sair da identificação com a pessoa e com a Ilusão da pessoa.
Um Arcanjo, na minha Dimensão, não está cortado de nada.
Um Anjo não está cortado de nada.
Um ser humano está cortado da sua parte mais íntima e, no entanto, ele permanece, entretanto, a imagem da perfeição.
Essa perfeição, inscrita no corpo e inscrita em todos os seus componentes, tem necessidade apenas de revelar-se a ela mesma, a fim de Vibrar ao som do Amor, ao Canto do Amor e à Verdade do Amor. 

*** 

O Amor é, portanto, a Luz Vibral, aquela que se verte, atualmente, sobre o seu Mundo, a fim de permitir-lhes, se tal for a sua escolha, extrair-se da Ilusão desse Mundo.
A maior parte dos professores, vindos da Índia como do ocidente, falou da Ilusão desse Mundo.
Eles a chamam de Maya.
Esse Mundo não tem qualquer realidade senão a própria projeção de vocês mesmos, no exterior de vocês mesmos.
Assim, portanto, o conjunto da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, manifestando-se doravante em visualização total no conjunto dos seus Céus, vem para revelar-lhes isso.
Eles não vêm para liberá-los, pois apenas vocês é que podem se liberar.
Nenhuma liberação pode vir do exterior.
CRISTO volta a chamá-los para se liberarem.
CRISTO volta a chamá-los para salvarem-se a si mesmos dessa própria Ilusão.
Para isso, vocês devem tornar-se claros, tornar-se transparentes, tornar-se Unificados, tornar-se o que vocês São, de toda a Eternidade, e que, no entanto, foi ocultado por uma série de circunstâncias que vocês devem, hoje, transcender e superar.
Vocês são os Filhos do Amor, os Filhos da Lei do UM, vocês são as Sementes de Estrelas, vocês são, como disse MIGUEL, os Portadores e os Ancoradores da Luz.
Vocês são também essa Luz.
Para isso, não basta disso se convencer, é preciso, sobretudo, manifestá-lo e vivê-lo.
É preciso ir além da afirmação, é preciso ir além da manifestação, é preciso ir além da crença no Amor para vivê-lo inteiramente.
Para isso são-lhes dados os meios Interiores para realizá-lo.
O sacrifício de algumas Consciências elevadas, que vieram até vocês, tendo passado pelas portas da encarnação, para permitir-lhes, quando chegar a hora, descobrir o momento que vocês vão viver em breve. 

*** 

Chegou o momento da dissolução.
Essa dissolução não é uma palavra em vão, nem uma ilusão.
Ela é o desaparecimento desse Mundo no Amor e pelo Amor.
Então, é claro, aquele que está na resistência ao Amor apenas vai falar de destruições, apenas vai falar de Apocalipse, de catástrofes e de coisas terríveis.
Não é nada disso.
A lagarta deve desaparecer, como foi dito, para dar o lugar à borboleta.
Chegou o momento de tecer o casulo e de entrar no interior da sua crisálida, no seu Templo Interior, para acolher o CRISTO que vocês são de toda a Eternidade.
Não há distância entre vocês e CRISTO.
Não há distância entre vocês e eu.
Não há distância entre vocês, entre uns e outros.
Há apenas a Ilusão dessa distância, há apenas a crença nessa distância.
O corpo é batalha.
O corpo é uma resistência à Luz e, no entanto, ele é, como dissemos em várias ocasiões, o Templo onde se estabelece a Luz.
Não há paradoxo aí, não há contradição, mas há uma forma de complementaridade do que há para realizar na Atração e na Ressonância do Amor.
A Atração e a Ressonância são a manifestação do Amor, da Graça, da Luz Vibral e da Verdade, permitindo-lhes extrair-se do Fogo Prometeico, onde a Luz é apenas adiada, onde a Luz é apenas adiada para um instante posterior que existe apenas na Criação do Demiurgo, daquele que os fez crer que ele era o seu Criador. 

*** 

Vocês são Criadores de si mesmos.
Vocês foram criados por si mesmos.
Vocês simplesmente tomaram posse de uma matriz de carbono, de maneira totalmente livre, mantendo a sua Liberdade e mantendo o seu acesso à sua Multidimensionalidade.
Isso foi fechado a um dado momento da História.
Mas a História é apenas transitória.
Ela leva apenas a dissolver-se no Tempo eterno do Presente, no Tempo eterno da FONTE.
Sair da Ilusão requer extrair-se do que é, justamente, essa Ilusão: a ilusão de um papel, a ilusão de um corpo, a ilusão de uma relação, a ilusão de um caminho, a ilusão da sua própria Ilusão.
Os momentos que se instalam e que vão começar agora, sobre esta Terra, no seu calendário, correspondem, em um primeiro momento, à colocação na Luz das suas próprias resistências para o estabelecimento da Luz.
Vocês não são as suas resistências.
Vocês São a Luz.
Então, não resistam.
Abandonem-se inteiramente ao Amor.
O Choque da humanidade deve ser vivido, mas pode ser suavizado.
O desaparecimento da personalidade não é a dissolução da sua Consciência, mas é a Ressurreição da sua Consciência, liberada do entrave de tudo o que os fechava nos corpos da Ilusão e nos corpos efêmeros. 

*** 

Aquilo ao que vocês vão assistir é, de fato, a sua própria Liberação, a sua própria saída da projeção da Ilusão desta Matriz e do seu confinamento.
Isso acontece sob os seus olhos e no Interior dos seus olhos.
Isso acontece no olho do seu Coração e no seu Coração.
Estejam atentos, estejam vigilantes, estejam lúcidos, estejam transparentes para o que se verte em vocês a cada instante, doravante.
Muitos de vocês perceberam a ampliação do Som.
Muitos de vocês perceberam a ampliação da Coroa da Cabeça, da Coroa do Coração e, para alguns, do Triângulo Sagrado.
O apelo da Luz torna-se cada vez mais premente no Interior de vocês, convidando-os para sair da Ilusão, convidando-os para sair da limitação.
Vocês não podem ser ilimitados e limitados ao mesmo tempo.
Cabe a vocês decidir, pela capacidade Vibratória, pela capacidade para a sua transparência, o que vocês querem ser.
Não há qualquer julgamento, não há qualquer condenação, não há qualquer confinamento: vocês são totalmente livres.
É claro, uma série de eventos que acontecem na superfície da Terra foi apresentada como punições ou castigos ou advertências.
Essa é uma concepção doentia, inculcada em suas crenças pelos próprios Arcontes, por aquele que chamam de Demiurgo.
Pois, de fato, coloquem-se a questão.
Existem ciclos na humanidade.
Dessa maneira, então, se o retorno de Hercólubus, tal como ele será visível em seus Céus de maneira real, concreta e palpável dentro de algum tempo, muito limitado, se isso corresponde a um deslocamento em meio a um espaço, mesmo no seu espaço-tempo ou em outro espaço-tempo, então, se esse instante foi programado de toda a eternidade, como poderia haver ali qualquer punição?
Como poderia ali ter que pagar, em meio à ação/reação, seja o que for, uma vez que isso estava programado desde sempre?
Esse instante que vocês vivem, esses instantes que vocês são chamados a viver e a transmutar e a transcender estão inscritos, efetivamente, de toda a Eternidade, desde o próprio dia do início da falsificação deste mundo.
Assim, portanto, não há punição alguma.
O que o Demiurgo chama de punição é, de fato, a sua Liberação.
Como sempre, ele inverteu e serviu-se da Luz para inculcar em vocês o medo de um julgamento final, que é, de fato, apenas a sua própria Liberação da Ilusão e o fim das suas ilusões, para ele (ndr: ele, o Demiurgo), que era a verdade dele, na qual ele quis fechá-los. 
*** 

Vocês são os Filhos da Liberdade, os Filhos da Unidade: é tempo agora de sair desse confinamento, é tempo agora de realizar o que vocês são, de toda a Eternidade.
As circunstâncias cíclicas, de que acabo de falar, estão se manifestando em seus Céus.
Nós, o Conjunto de Presenças da Luz Una, nós, o Conjunto da Frota Intergaláctica da Luz, estamos aí para acompanhar a sua Ressurreição e o seu Renascimento.
Isso acontece agora, como disse o Grande Comandante, isso é agora.
Isso é agora, vocês vivem os sinais, para a maior parte de vocês que estão despertos à Luz, no nível de sons, no nível das Vibrações, no nível da sua própria Consciência. 

*** 

Então, o que vocês esperam?
Vocês esperam simplesmente o momento que está vindo.
Esse momento que vocês esperam em um espaço-tempo linear não é um instante fixo.
Ele foi programado e, portanto, já realizado, no início mesmo da falsificação.
Vocês o vivem através de um período longo, uma vez que se trata de 320.000 anos.
Mas, de fato, nas Dimensões Unificadas, o tempo não existe, esse tempo é o mesmo que há 320.000 anos.
A Ilusão desse mundo é tê-los feito crer que, através do amor limitado, vocês chegariam ao Amor ilimitado.
A Ilusão desse mundo consistiu em fazê-los crer que, buscando algo no exterior, vocês encontrariam o seu ser Interior.
A Ilusão desse mundo consistiu em fazê-los crer que, através de uma busca, qualquer que fosse, através de uma progressão, vocês poderiam encontrar a Liberdade.
E, no entanto, vocês continuam todos aí, sem exceção.
Então, é preciso, hoje, ousar ser o que vocês são.
É preciso, hoje, render Graças, aquiescer à Luz.
CRISTO volta em seus Céus, isso foi anunciado pela própria MARIA.
MIGUEL quase terminou a sua missão de dissolução desse Mundo.
O Arcanjo METATRON vem afixar o seu Selo, na Nova Dimensão da Terra já criada, que espera apenas vocês e o fim da Ilusão desta Terra para que ela passe a própria Consciência, como vocês, nos seus mundos da Eternidade e do Ilimitado.
Então, o caminho da Redenção é, de fato, a ativação das suas Cruzes, a ativação das suas Dimensões de Sementes de Estrelas, despertando e revelando o seu DNA multidimensional, permitindo-lhes juntar-se a essa Multidimensionalidade.
Vocês irão para onde os levar a sua Vibração.
Numerosos fomos em dizê-lo, em confirmá-lo.
Somente a Vibração decide.
Não os seus desejos, não os seus pensamentos, não qualquer projeção, mas a sua capacidade para tornarem-se transparentes, a capacidade para nada ser sobre esse mundo, para Tudo ser do outro lado.
Existe um princípio de vasos comunicantes. 

*** 

Foi pedido também, durante este período que eu chamei, a um dado momento, de decantação da humanidade, para aceitar o caminho de cada um.
Seja ele o seu cônjuge, um filho, um ascendente, cada um deve encontrar a sua Liberdade total de decisão.
Vocês nada podem levar ao outro lado, a não ser a sua Consciência.
Então, reflitam bem nisso: nada há para levar ao outro lado além de vocês mesmos.
É para isso que vocês são convidados, é para isso que vai chamá-los o mês de maio, que se esclarece agora.
Os sobressaltos da Terra serão também sobressaltos da sua Consciência, entre essa forma, não de confrontação nem de combate, mas de colocação na Luz das suas últimas resistências, seja nos sonhos, seja em seus dias.
Vocês devem, hoje, transcender tudo isso, por que vocês não são isso. 

*** 

Hoje, e nos próximos dias, uma forma de Ilusão vai terminar, substituída por uma forma de Verdade, que é a Verdade absoluta e não a verdade relativa do seu ser.
Vocês serão levados a viver isso, cada um à sua maneira, cada um no seu ritmo, sabendo que esse tempo é extremamente curto, dado que ele representa, em termos humanos, uma duração de 31 dias, o que é extremamente breve.
Trata-se da fase final, como foi dito, da sua preparação para o seu retorno final à Unidade.
Alguns povos, algumas Consciências estão doravante aptos a juntar-se aos Mundos da Unidade.
É exatamente o que está acontecendo sobre a Terra já há algumas semanas e que será festejado pelos povos que conhecem essa Liberação.
É claro, uma série de estados emocionais vai procurar prendê-los a esta Ilusão, no seu ambiente e, sobretudo, em relação ao seu próprio Interior, que tem dificuldade para pôr fim a algumas das suas ilusões.
É a vocês que cabe observar-se, é a vocês que cabe penetrar no Santuário, abrir a ‘porta’ e a ‘fechadura’ que não existem, e penetrar no que existe em Verdade.
Para isso, não há necessidade de nada mais além da sua própria Luz para reconhecer e para deixar parecer, além do parecer, a fim de ser isso. 

*** 

Aí está o que é levado a manifestar-se, aí está o que é levado a acontecer, segundo o calendário linear do seu tempo.
Isso se instaura agora.
Isso se instaura em vocês, para alguns de vocês, agora, desde algumas semanas.
É o momento em que vocês saem do Fazer para entrar inteiramente no Ser.
É o momento em que, como disse A MÃE (Mira Alfassa), vocês irão descobrir a ausência de desejo, vocês irão descobrir a Graça da sua própria Presença a si mesmo, realizando, assim, o que vocês são, na sua Presença, o conjunto da Criação.
O exterior é apenas uma projeção, o Interior é a única Verdade.
Esse Interior, que lhes tinha sido privado, o que os impediu de manifestar a sua Consciência em todas as formas exteriorizadas possíveis.
Isso está sendo restituído a vocês, e isso é agora.
Isso será cada vez mais evidente, devido às suas capacidades para extrair-se da Ilusão, alguns pelo sono, outros por uma incapacidade para fazer o que fazem habitualmente e outros, enfim, para poder penetrar nos domínios do Estado de Ser, no Corpo de Estado de Ser, além mesmo da Vibração desse corpo, além mesmo desse Templo.
Isso acontece e vai acontecer agora.
É nesse sentido que as últimas recomendações ligadas às Estrelas são feitas, eu repito, não para levar qualquer julgamento sobre o que vocês são ou sobre o que vocês fazem, mas, efetivamente, para que vocês tenham todos os elementos em sua posse, no olho da sua Consciência e no olho do Coração, permitindo-lhes ir livremente, sem resistência, para onde os levar a sua Vibração.
Os próximos 31 dias irão permitir-lhes liberar, de algum modo, a Vibração do seu Ser.
Cabe a vocês liberar-se.
Vocês têm em mãos todas as peças.
Vocês têm em mãos todas as Luzes e vocês têm, sobretudo, no seu Coração, todos as possibilidades, sem exceção. 

*** 

Aí está o que eu tinha que dizer, completando a Lei de Atração.
Simplesmente, não é uma advertência, simplesmente, prestem atenção à sedução deste mundo, pois esta vai, ela também, reforçar-se, reforçando as suas resistências ao seu próprio Abandono à Luz.
As últimas relações existentes, criadas pela matriz, sobretudo no que se refere aos seus ascendentes e descendentes e às suas relações afetivas, vão encontrar-se, de algum modo, abaladas.
Não é questão de abandonar ou de perder seja o que for.
Vocês devem redefinir-se em todas as suas relações, em todos os seus laços, em relação ao que vocês São em Verdade e não mais em relação a essas ligações.
O que quer dizer, eu repito, que não é necessário romper as relações, mas vê-las pelo que elas são.
Cabe a vocês voltar a ganhar os domínios da Graça, pela Lei de Atração e de Ressonância.
Cabe a vocês ir além da Sedução.
Cabe a vocês descobrir o Íntimo e o Último.
Vocês são UM.
Vocês são a FONTE.
A FONTE jamais mentiu a vocês quando ela lhes disse isso.
Somente o olhar separado do confinamento os fez vislumbrar e crer que tudo estava separado, que tudo estava no exterior.
Ora, nada, absolutamente nada pode ser exterior ao que vocês São, em Verdade.
Aí estão as Vibrações que eu devia transmitir-lhes na continuidade das intervenções de hoje, de NO EYES e d'A MÃE.
Eu irei acompanhá-los durante o seu momento de alinhamento.
Se existirem e se tivermos tempo para eventuais questões, então, eu gostaria de ouvi-las e de respondê-las. 

*** 

Nós não temos perguntas, nós lhe agradecemos. 

*** 

Então, bem amados Filhos da Lei do UM, bem amadas Sementes de Estrelas, eu estarei com vocês dentro de alguns instantes, do mesmo modo, eu estarei com vocês esta noite, para a Revelação da Luz Branca e da Luz Azul em vocês.
E eu lhes digo até já.
Que a Paz, o Amor, a Alegria, a Luz, sejam a sua morada, na Eternidade. 



************


Mensagem do Bem Amado ARCANJO ANAEL no site francês:
29 de abril de 2011
(Publicado em 30 de abril de 2011) 

***


Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com
Postado por Célia G. 

***


Transcrição e edição: Zulma Peixinho



************



Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário