SRI AUROBINDO - 06 de agosto de 2010 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Ensinamentos do Bem-Amado Sri Aurobindo -



ÁUDIO mp3 ORIGINAL:

~ A REVOLUÇÃO DA CONSCIÊNCIA ~

Eu sou SRI AUROBINDO.
Caros Irmãos e Caras Irmãs nesta humanidade, eu venho falar com vocês e me expressar sobre a Consciência e, especialmente, sobre a revolução da Consciência.
Na realidade, em meio ao seu mundo, quer seja no mundo profano, nos mundos iniciáticos ou espirituais, sempre foi inculcado em vocês, como crença, que a Consciência evoluía de modo linear, já que, mesmo em modelos comumente admitidos na sua humanidade, fizeram-nos crer que as leis da evolução eram diretamente aquelas que tinham sido inventadas, literalmente, não as leis da evolução.
Mas isso não existe como lhes foi apresentado.
O homem jamais descendeu do macaco, mas ele descendeu do Céu.
Nunca existe sucessão em meio à Consciência.
A passagem da Consciência para outra Consciência (que isso se refira à Dimensão em que todos nós fomos confinados, que isso se refira à passagem de uma Dimensão a outra nos Mundos Unificados) apenas ocorre através de um processo localizado e identificável, refletindo o modo de funcionamento desta Consciência, a um dado momento, em outro modo de funcionamento, em meio a outro Universo, a outra Dimensão, a outro Sistema Solar.
Dessa maneira, então, não há sucessão.
Durante a minha vida, quando eu descrevi a chegada da Supraconsciência ou Supramental, foi-me permitido receber uma série de informações sobre esta transformação da Consciência que vocês estão prestes a viver agora.
Esta transformação não ocorre de maneira gradual.
O que ocorre de maneira gradual é a transformação do DNA e a transformação dos seus circuitos energéticos.
Mas a própria transformação, mesmo sendo suportada por esses circuitos energéticos e pelo DNA, passa de um mundo ao outro de maneira rápida e instantânea.
Eu, aliás, chamei sua atenção desde o início deste ano para o switch da Consciência que alguns de vocês puderam experimentar durante as fases de meditação regular, quando nós marcamos encontro, no início do ano, para as 19h00 (hora francesa).
A Consciência passa de um estado a outro, de uma esfera a outra, através de algo que é extremamente preciso e notado, correspondendo a um switch, a uma reversão.
É preciso diferenciar a experiência e a expansão da Consciência, permitindo aceder a outros sistemas de referência e a outros sistemas de experiência, e induzindo a um retorno em meio ao mundo inicial da sua própria Consciência ordinária, ou seja, aquela que vocês vivem, a cada dia, a experiência final da transformação da Consciência. 
***
Atualmente, acontecem na Terra duas modificações principais: a primeira é sobre a influência da Luz Vibral no que eu chamaria de Consciência coletiva, visando, como eu havia dito, destruir uma série de ilusões, remover uma série de crenças e levá-los a viver em meio à coletividade, na nova experiência.
Este momento irá firmar, quando ele chegar, o fim desta Dimensão e a passagem em outra Dimensão.
Agora, no nível individual, vocês têm que viver uma série de passagens, também vivenciadas de maneira rápida, se não instantânea, permitindo expandir a sua Consciência e levá-la a outra esfera de experiência, quer seja em meio mesmo à Consciência ordinária ou em meio a outra Consciência supraconsciente que existe no veículo de Estado de Ser.
Há, durante este período, uma espécie de alquimia ocorrendo entre o seu corpo efêmero e o seu Corpo Eterno.
Esta alquimia, de algum modo, tornou-se possível pela agregação da Luz Vibral às suas estruturas, permitindo lentamente tomar o lugar das estruturas efêmeras através de uma permeabilidade cada vez maior do que vocês chamam de corpo físico.
Esta permeabilidade, todos vocês se depararam com ela em um momento ou outro, e isso se refletiu por um aumento das suas percepções Vibratórias, das suas percepções da Energia, das pessoas, dos lugares ou ainda da sua própria Energia, circulando no interior de vocês como no seu exterior.
Isso representou um aprendizado.
Para alguns de vocês, isso se apresenta desde o início desta vida.
Para outros, começou a entrar em manifestação no momento em que as primeiras Radiações da Luz, aquelas do Espírito Santo, penetraram neste mundo, depois da minha morte. 
***
Nesse sentido, vocês efetuaram então uma série de transformação.
Transformações envolvendo tanto as suas estruturas celulares como o seu DNA, como a sua própria Consciência, preparando-os para viver o que vocês estão prestes a viver, de maneira muito mais recente.
A passagem de uma Consciência ordinária para uma Consciência diferente (seja qual for o nível em que vocês forem, mesmo indo aos Mundos Unificados), é sistematicamente acompanhada de uma mudança de Vibração, de uma mudança estrutural e também de uma mudança de corpo.
Isto não é um privilégio deste final de transformação que vocês vivem em meio a esta Ilusão, mas, sim, um mecanismo real e concreto existente na passagem da 5ª Dimensão para a 11ª Dimensão, ou ainda da 11ª para a 18ª Dimensão.
Não pode haver mudança de experiência sem mudança de veículo.
Isto é uma constante.
Há então a construção, no seu mundo, de um novo veículo chamado de Terra Ascensionada.
Esta Terra Ascensionada não corresponde, de modo algum, à imagem que vocês têm.
Esta transformação tampouco é linear.
Ela passa por uma série de elementos que vão impulsioná-la, sob a influência do que é chamado de Fogo. 
*** 
O Fogo criador é, de fato, o Elemento que impulsiona, em meio aos quatro Elementos, a mudança de forma, a mudança de manifestação e a mudança de Dimensão.
O Fogo é então, não unicamente um agente do Despertar, mas um agente de transformação, permitindo a dissolução de uma forma de Consciência que passa a outra forma.
A passagem do seu mundo dissociado, em meio aos Mundos Unificados, necessita do que foi chamado de dissolução total desta matriz.
É a única diferença do que existe nos Mundos Unificados, onde a passagem de uma forma para outra forma não leva à destruição da forma que foi deixada, mas, sim, a uma aquiescência a esta dita forma.
O processo do Fogo foi denominado, em meio à sua Consciência ordinária, Fogo do Amor.
Ele se reflete pela ignição da Coroa Radiante do Coração e da Coroa Radiante da cabeça, a garantia do seu acesso possível ao veículo do Estado de Ser que eu denominei (no Apocalipse de São João, sob o ditado de CRISTO): a passagem ao Corpo Imortal.
Foi dito que CRISTO iria chamá-los um a um.
 Evidentemente, este apelo é um apelo Vibratório.
Não esperem ver aparecer um Cristo em outra Dimensão pedindo para segui-lo.
Cabe a vocês passarem em meio a sua Dimensão de Filho Ardente do Sol ou KI-RIS-TI.
Isso é uma revolução de Consciência total, pois ela firma o abandono de uma série de coisas existentes na matriz e às quais, infelizmente, a humanidade, a título coletivo, e também vocês, a título individual, deram crédito, consistência e realidade.
Mas esta realidade não é real.
Ela é simplesmente um meio de fazê-los subsistir em meio à Ilusão. 
*** 
O momento atual é um momento de grandes mudanças.
O bem-amado OMRAAM explicou a vocês o que significava a passagem da Cruz.
Isso corresponde, efetivamente, à revolução da Consciência.
A vantagem é que a revolução da Consciência, a título individual, acontece antes revolução da Consciência ocorrendo no meio coletivo, permitindo ao maior número possível de Consciências, em meio a esta matriz, despertar si mesma em sua Verdade.
Há então uma latência, efetivamente, entre o processo ocorrendo a título individual e o processo ocorrendo a título coletivo.
Esta latência é o tempo necessário e suficiente que permite a um número sempre maior de almas viver esta revolução da Consciência.
Há a possibilidade, agora, desde as Núpcias Celestes, e principalmente há algumas semanas, de um aumento dos processos Vibratórios alquímicos existentes em meio à Coroa Radiante do Coração e da cabeça, permitindo, por intermédio também do Fogo da Kundalini, realizar esse Fogo do Amor.
O Fogo do Amor é o agente que permite viver o Amor e conectar com os Mundos Unificados.
Não há outra possibilidade.
 A dissolução da matriz passa também pelo Fogo cósmico vindo acabar com a Ilusão.
Vocês sabem pertinentemente, mesmo com o pouco de dados históricos que existem e que podem ser consultados no seu mundo, que cada civilização conhece um período específico que é chamado de desaparecimento.
Evidentemente, o desaparecimento de uma civilização não corresponde ao desaparecimento das Consciências.
Há simplesmente uma migração da Consciência em meio a outra esfera. 
*** 
Até agora, civilizações desapareceram, mas reencarnaram na mesma esfera, sem poder escapar desta esfera de Ilusão.
Hoje, as coisas são profundamente diferentes, pois, através da Revelação e do estabelecimento da Luz Vibral, é literalmente possível passar para algo diferente, para outro campo de experiência, que não estará mais, de qualquer maneira, limitado por uma forma, por uma crença, seja ela qual for.
O problema, no nível coletivo, é que o ser humano - no sentido global - deu crédito e deu forma a uma série de crenças às quais ele aderiu, a título coletivo.
E, no nível individual, é extremamente difícil se desligar de alguns tipos de crença.
Essas crenças, todos vocês conhecem: além daquelas que vocês escolheram, há aquelas que lhes foram impostas pelo modelo da sociedade na qual vocês estabeleceram o mundo ocidental (e, infelizmente, juntando hoje o mundo da Índia e do oriente, que a maior parte dos mundos aderiu), dando ainda mais crédito e levando a crer que esse modelo único de sociedade é o único existente e o único possível.
No entanto, durante a minha vida e nas gerações anteriores, houve diferentes modelos de civilização que coexistiram.
Aqueles que agem na trama da Consciência, impedindo-os de aceder a este aspecto Ilimitado de si mesmo, tudo fizeram para unificar as suas próprias crenças em uma única humanidade.
E isso é chamado de Nova Ordem Mundial.
Eles chegaram a eliminar da superfície da Terra, gradativamente, qualquer crença em outro modelo de civilização ou em outro modelo de sociedade.
É preciso então, hoje, não aderir mais a qualquer um desses modos de crença e àquele, que se tornou exclusivo, chamado de materialidade.
O problema é que mesmo os seres espirituais (em meio a atitudes perfeitamente autênticas, querendo escapar deste condicionamento) estão apoiados nesta dita materialidade, sem poder vislumbrar qualquer saída da matriz ligada a esta materialidade.
E deste modo, então, vocês têm, hoje, nos movimentos espirituais que seguem as linhas diretrizes inscritas em meio à matriz, uma incapacidade total para escapar da dualidade e da matéria.
Isto, entretanto, reflete as escolhas.
Estas escolhas foram impostas, mas, no entanto, alguns ali aderiram. 
*** 
E a Revelação que vai ocorrer agora corresponde realmente a esta oposição, não tanto entre uma Ilusão (que está condenada) e aqueles que estão despertos, mas entre os que estão despertos e os que resistem à realidade da Luz, mantendo, ao mesmo tempo, sistemas espirituais obsoletos.
O desafio que existe é este.
Eu falo no nível das esferas espirituais que ainda existem em meio à matriz.
Vocês vão se ver confrontados, uns e outros, no nível espiritual, com a liberdade que lhes é prometida e à qual vocês acedem, e com aqueles que (mesmo em meio ao que é busca espiritual) iriam impedi-los de aceder (em si mesmo como no seu exterior) a esta liberdade, pela adesão a sistemas de crenças antiquadas, pela adesão a sistemas de crença completamente falsificados, chamados de ensinamentos espirituais e que iriam impedi-los, e que irão impedi-los, de viver a sua revolução.
Como foi dito (agora, durante a minha vida) e especificado de maneira muito hábil por aquele que vocês chamaram de Krishnamurti: ele falou para vocês com palavras simples (mesmo se, naquele momento, poucas pessoas entendessem), pois não havia como alcançar o que Krishnamurti chamava de “o outro lado do rio”.
Hoje, isso é possível para vocês.
Mas, mesmo através deste acesso, mesmo entre vocês, aqui presentes, há quem viva as Vibrações, há quem viva o Fogo do Coração, mas tentando, a todo custo, transpor o que é vivido para uma experiência conhecida.
Entretanto, vocês devem se liberar do conhecido.
Não há possibilidade de acessar o Estado de Ser se vocês não estiverem liberados do que é conhecido, no nível espiritual.
Este caminho é inteiramente novo.
Jamais ele foi frequentado, jamais ele foi empreendido.
É por isso que, no final das Núpcias Celestes, houve (independentemente do bloqueio em relação ao DNA, que o Mestre OMRAAM acabou elucidando com os Mestres Geneticistas) muito poucos seres capazes de conectar com o seu Estado de Ser.
Independentemente da capacidade para Vibrar na Coroa Radiante da cabeça, na Coroa Radiante do Coração ou mesmo em meio ao Despertar da Kundalini.
O que bloqueou não foi devido à matriz, mas, nesses indivíduos, os seus próprios apegos a modelos que não existem nos Mundos Ilimitados. 
*** 
Assim, hoje, é solicitado a vocês, realmente, se vocês quiserem aceder a esta revolução total da Consciência, para se prepararem, para se desligarem de todos os sistemas que existiram na superfície da Terra.
Quer vocês o chamem de budismo, quer vocês o chamem de cristianismo, de judaísmo.
Seja qual for o modo de religião tendo existido, sejam quais forem as crenças às quais vocês tenham aderido, seja através de circuitos energéticos, de escolas energéticas, mesmo as mais puras, é preciso, hoje, tornarem-se novamente novos.
Ou seja, vocês não poderão aceder, livre e facilmente, à realidade da Verdade absoluta da Luz enquanto vocês aderirem a alguma crença ou a algum caminho oriundo dos modelos existentes em meio à matriz.
Entendam que isso não significa existir um julgamento em relação à verdade ou a não-verdade desses modelos, mas que existe, nesse nível, uma necessidade de superação, uma necessidade de transfiguração real de tudo o que existiu, em vocês e ao redor de vocês, até agora, a fim de encontrarem-se totalmente novos e virgens no plano Vibratório.
Isso vai facilitar muito o seu trabalho e isso também vai facilitar o que foi chamado, por ANAEL, e amplamente desenvolvido, de Abandono à Luz.
Lembrem-se do que nós sempre lhes dissemos: são apenas vocês que podem dar esse passo.
E este passo apenas pode ser dado em meio ao Abandono da Luz e, também, no ato de se desviarem, com consciência e na totalidade, de tudo o que constituía as suas crenças existentes em meio à matriz. 
*** 
Vocês não podem penetrar no Estado de Ser aderindo a qualquer coisa pertencente à matriz.
Não há nada da lagarta que deve ir para a borboleta.
Seja qual for o quadro de referências e de crenças que lhes permitiram evoluir até hoje, mesmo isso deve desaparecer.
Evidentemente, não é questão de fazê-lo desaparecer, já que vocês vivem isso, mesmo no nível energético, mas de adotar um ponto de vista da Consciência totalmente novo e totalmente liberado de tudo o que constituía os engramas da matriz, até mesmo, e principalmente, no nível espiritual.
É preciso então abandonarem todos os modelos que existiram em meio à matriz.
É preciso então abandonarem tudo o que estiver relacionado com uma crença.
Não é preciso crer em nada, exceto no que vocês vivem.
Evidentemente, o mental vai tentar, até o momento em que vocês o controlarem (não querendo controlá-lo, mas ao se abandonarem à Luz e à Coroa Radiante do Coração), arrastá-los para um princípio existente na dualidade que é a justificativa e o princípio de adesão.
O que são esta justificativa e este princípio de adesão?
Isso significa, através do que vocês vivem no plano da expansão da Consciência, querer explicar, justificar e validar isso através de algo fora de vocês.
Entretanto, enquanto o mental agir assim, ele vai representar, para vocês, o freio mais importante para o seu acesso ao Estado de Ser.
Lembrem-se das palavras de CRISTO: “ninguém pode penetrar no Reino dos Céus enquanto não se tornar de novo como uma criança”.
Ou seja, virgem de qualquer crença, de qualquer ideia, de qualquer suposição e de qualquer adesão a alguma coisa. 
*** 
Vocês devem se apresentar livres, para a Luz, a fim de poderem esperar viver esta revolução, sem qualquer zona de atrito e sem qualquer freio existente na Consciência limitada.
É preciso desde já, então, aceitar, além do Abandono à Luz, não mais dar crédito a qualquer crença, mesmo ao que lhes permitiu subsistir em meio mesmo às suas atividades, sejam elas quais forem.
É preciso aceitar viver o que vocês têm que viver, sem tirar qualquer proveito, sem dar qualquer interpretação, pois o proveito e a interpretação sempre serão o que vai ser sugerido pelo mental e não pelo Estado de Ser.
Sempre foi dito que o Coração é suficiente em si mesmo.
Ele é.
Ele não tem necessidade de ter.
Ele não precisa de justificativa e ele não precisa de referenciais, sejam eles quais forem.
A facilidade para se estabelecerem em meio à revolução da Consciência e para passarem no Estado de Ser resulta diretamente do seu abandono ao que não é do Estado de Ser.
Passar do casulo, da lagarta, para a borboleta, apenas pode ocorrer deste modo.
Dessa maneira, então, cabe também a vocês, hoje, dissolver totalmente, em vocês, o que não pertence ao mundo do Estado de Ser, e podemos dizer inequivocamente que tudo o que vocês presumem pertence à Ilusão.
Vocês não podem penetrar nas esferas do Absoluto estando limitados de alguma maneira.
Então, vocês devem pensar e viver em meio ao Ilimitado.
É apenas deste modo que vocês irão aceder a esses Mundos Ilimitados.
Vocês não podem levar consigo alguma parte do limitado para o Ilimitado. 
*** 
switch da Consciência, e a transferência total da Consciência no momento final, associada à dissolução deste corpo ilusório, apenas poderão ocorrer se vocês tiverem preparado tudo isso.
E é exatamente este trabalho que lhes resta para fazer, nos tempos que se abrem para vocês, a partir de hoje.
Esta revolução da Consciência requer, o que é difícil para o ser humano, eliminar todas as suas referências.
Sejam quais forem estas referências (que lhes permitiram resistir aos seus próprios medos, afastar-se dos seus próprios medos), é preciso, hoje, superá-las e transcendê-las.
Isso exprime um mecanismo da Consciência, mais do que o fato de renunciar a este mundo, que estritamente nada significa e que seria, aí também, uma fuga da Verdade.
Mas convém, como disse o Mestre AÏVANHOV, estar cada vez mais lúcido, mais esclarecido sobre o que vocês São: tornar-se Transparente frente a vocês mesmos, para poder esperar penetrar na profundeza da Verdade.
A profundeza da Verdade nada tem a ver com os papéis sociais.
Ela nada tem a ver com as aparências e ela nada tem a ver com o que vocês construíram em meio à Ilusão. 
*** 
Lembrem-se agora, em relação às portas da morte física, de que vocês nada levam para o outro lado, a não ser a sua Consciência, e apenas ela.
Agora, em meio ao Estado de Ser, vocês levam apenas a sua Consciência e a sua lucidez, e nada mais.
E vocês não podem levar consigo qualquer crença ou quaisquer das suas suposições adquiridas, tendo permitido chegarem aí onde vocês estão.
Então, é preciso abandonarem todas as crenças e se centrarem, cada vez mais, na Consciência do Coração, vivendo cada minuto da sua vida, da sua Consciência e da sua atenção, dentro do peito.
Do que o ser humano, na maioria das vezes, não está ciente (mesmo percebendo o que vocês chamam de Energia, quer seja magnética ou Supramental), é que a maior parte do que acontece em meio à Consciência ordinária acontece no nível do ego e também no nível da testa, ou seja, no nível do aspecto discursivo, comparativo e do aspecto que permanentemente vai levá-los a julgar o que é bom e o que é ruim para vocês.
Entretanto, em meio ao Ilimitado, como nós lhes dissemos, não há nem bom nem ruim.
Há apenas o estabelecimento no Ser, que está muito além do aspecto do bem e do mal que foi impulsionado e impresso nas suas estruturas biológicas.
Há então, nesse nível, um fator de Transcendência que é o não-julgamento, como foi anunciado por CRISTO.
Este não-julgamento, que deve ser exercido como um ato da Consciência lúcida, em meio ao Coração, é um exercício para ser feito a cada respiração da sua vida, a fim de não julgar.
Quer seja si mesmo ou alguma pessoa ou qualquer circunstância.
Isso é extremamente importante, pois é através deste aprendizado de não julgar que vocês irão se desfazer deste hábito (que existe na sua vida e que permitiu, aliás, subsistir em meio à Ilusão): fazer a triagem do bem e do mal, do que é bom e ruim para vocês.
Isso foi denominado, pelo Mestre OMRAAM, o Abandono à Luz e, também, a Fluidez da Unidade. 
*** 
É apenas em meio a esta Fluidez ou a esta Ação da Graça, se vocês preferirem, que a sua vida vai acontecer como a Luz entende isso, e não como entendem o seu ego e a sua personalidade.
Mas a Luz Vibral, assim que Ela se instalar em vocês e for construída, coloca a sua vida nas linhas de menor resistência.
E Ela vai instalar lentamente, em vocês, a Fluidez, a Unidade, a sincronia e, sobretudo, a facilidade.
Basta darem o primeiro passo.
Basta fazerem a experiência desta facilidade para compreenderem e viverem que a verdadeira solução está neste nível e em nenhuma das suas escolhas e das suas decisões.
Pois as suas escolhas e as suas decisões sempre irão decorrer do seu mental e, em meio ao mental, vocês sistematicamente se enganam uma vez a cada duas vezes, mesmo se vocês forem clarividentes.
Isso, vocês podem verificar todos os dias nas decisões que vocês tomam.
Agora, superar esta etapa do mental e então aceder ao Supramental, é a confiança na Luz e, sobretudo, deixar agir a Inteligência da Luz que irá guiar os seus passos, a sua vida e a sua Consciência para a facilidade, para a evidência, para a simplicidade.
Neste caminho, nesta revolução da Consciência, tudo é simples, sejam quais forem as circunstâncias do ambiente.
Parafraseando, eu digo que vocês poderiam estar no meio de um evento extremamente traumatizante e coletivo, sem serem afetados de maneira alguma, pois a Inteligência da Luz tudo fará para vocês não serem afetados pelo princípio da dualidade ou de destruição.
Assim é a Inteligência da Luz.
Alguns disseram que a Luz é mais Inteligente do que a personalidade.
Isso é totalmente verdadeiro.
Pois Ela sabe como se comportar e como agir para que esta ação sempre ocorra em meio à Luz Unitária, o que não é o caso na sua dualidade.
É preciso então, lentamente, pouco a pouco, eu diria até mesmo, cada vez com mais urgência, e cada vez mais diretamente, colocar-se sob a influência da Luz Vibral.
Isso está além dos sinais, pois (vocês podem notá-los como seres humanos, como eu também notei durante a minha vida) assim que um sinal se manifesta, o mental começa a tentar rotulá-lo e anexá-lo a algo que vai, na maioria das vezes, evidentemente, no sentido do que se quer, e não no sentido do que quer a Luz.
O que é profundamente diferente. 
*** 
A confiança na Luz é algo que deve se estabelecer, de agora em diante, e pelo princípio da revolução da Consciência coletiva que chegou, permite-lhes viver isso cada vez mais lucidamente e cada vez mais facilmente.
Isso será muito mais fácil pela adição das sete e últimas Chaves de Luz e das três Estrelas de Maria, em meio a sua Coroa Radiante da cabeça.
Na fusão da Coroa Radiante da cabeça e do Coração, o Coração supera o mental.
Ainda é preciso avaliar, através da Vibração, o que chega do Coração e o que chega da cabeça.
Ainda é preciso avaliar, nos eventos que surgem e que ocorrem na sua vida, o que está ligado ao seu mental e o que está ligado à Unidade.
As coisas são profundamente diferentes.
Observem como o ser humano tem tendência, mesmo com aqueles que já vivem esta transformação da Consciência, a querer identificar, projetar e principalmente justificar um elemento que é vivenciado, ou tem necessidade de uma interpretação, para aderir a um modelo existente e onipresente, enquanto que jamais a Luz lhes pede isso.
Isso os afasta do abandono, e é preciso desembaraçar-se, agora, cada vez mais rápido, desse hábito de querer explicar.
A explicação sempre vai se situar no nível do mental e, então, no nível de deslocá-los para as crenças.
A experiência da Luz Vibral libera vocês, na condição de aceitarem ser liberados.
Esta é a armadilha do ego levando-os a se estabelecerem na cabeça e na Ilusão Luciferiana.
Estabelecer-se no Coração e deixar Vibrar o Coração, e principalmente estar lúcido no momento em que o Coração Vibrar e no momento em que a Vibração do Coração for mais devagar ou se extinguir quando não estiverem em conformidade com a Inteligência da Luz: é com este desafio que é preciso lidar nas próximas semanas.
Ainda mais que as circunstâncias ambientais, como nós comunicamos em várias ocasiões, chegaram, hoje, a uma aceleração sem precedentes e a uma modificação do seu ambiente, sem precedentes, mesmo nesse país onde vocês estão.
É preciso, então, passar por tudo isso com facilidade. 
*** 
É apenas no Coração que vocês irão encontrar segurança e facilidade.
Nada do que estiver no exterior, se vocês ali derem crédito, poderá ser fácil ou evidente.
Deste modo, então, tudo o que obstrui e sobrecarrega, neste caminho da Unidade, simplesmente deve ser colocado na Luz, sem ali dar mais importância ou Energia do que isso.
Sigam, na sua vida, as linhas de menor resistência e observem a resposta do seu Coração.
O Coração jamais vai mentir.
Ele sempre irá levá-los para onde é preciso irem.
Ali onde é preciso se estabelecerem, em vocês como no seu exterior.
Vocês devem compreender e fazer a experiência de que não são mais vocês que decidem, mas que é a Luz que decide por vocês.
Evidentemente, no que se refere às funções fisiológicas, é evidente que não é a Luz que vai decidir fazê-los respirar.
Aliás, eu me estendi longamente sobre o que acontece no momento em que o switch da Consciência é estabelecido: isto é, que a respiração não ocorre mais no nível dos pulmões, mas no nível celular e no nível do Coração.
O que não significa que não há mais respiração, no sentido em que vocês entendem.
Isso explica que no Samadhi ou no Maha Samadhi, a respiração se torna cada vez mais superficial e se torna inexistente quando vocês alcançam a esfera do Estado de Ser.
Há uma respiração, mas ela não ocorre mais pelo oxigênio, ela é feita pelo Éter, o que é profundamente diferente.
Tudo isso está prestes a se manifestar no nível da sua fisiologia.
Observem o seu ritmo respiratório e o seu ritmo cardíaco, durante os seus espaços de Alinhamento.
É certo que, quando vocês se colocam em meio ao Coração, a respiração ocorre cada vez mais tênue.
E esta respiração passa no nível do Coração.
Os batimentos do coração ficam mais devagar e vocês se estabelecem em meio ao Estado de Ser.
Isso deve ser a mesma coisa nas suas decisões, no que vocês têm que fazer e que Ser. 
*** 
Deixem-se guiar pela Luz.
Isso não significa ser passivo.
Isso não significa acusar, muito pelo contrário, os eventos que irão se apresentar a vocês e que já estão se apresentando, agora, a vocês.
Mas, muito mais, transcendê-los pela Consciência da Unidade, estabelecendo-se nela.
A Luz será, de algum modo, o seu direito de Ser.
Ela será, eu empregava uma palavra da sua dualidade, o seu escudo protetor, nos combates da Sombra com a Luz.
Vocês não vão dar qualquer oportunidade à ação da Sombra e da Luz, em meio à dualidade, em vocês, pois vocês estarão estabelecidos na Verdade da Unidade e no seu Estado de Ser.
Naquele momento, vocês vão começar a perceber, pelas primícias, a transferência da Consciência em meio ao seu Corpo de Estado de Ser, independentemente da sua Dimensão de origem.
Isto será anunciado pelas modificações ligadas aos Samadhi que eu acabei de explicar: diminuição do ritmo cardíaco, diminuição do ritmo respiratório, desaparecimento de toda a percepção Vibratória, levando à transferência da Consciência (precedido, é claro, antes, por uma amplificação das percepções Vibratórias, especialmente nas Coroas Radiantes e no Triângulo Sagrado).
Este é o caminho que os leva para a revolução da Consciência.
Aí estão, Irmãos e Irmãs, as poucas palavras que eu tinha que dar a vocês, explicitando a ação da Luz, em vocês, e esta revolução da Consciência que acontece, em vocês, como vocês sabem, agora, nos próximos dias.
Meus Irmãos e minhas Irmãs, em meio a sua Presença, eu lhes digo até breve.
Que a minha Luz azul possa inundá-los como todo o meu Amor. 

************ 
Mensagem do Bem-Amado SRI AUROBINDO no site francês:
06 de agosto de 2010 
*** 
Tradução para o português: Zulma Peixinho
  
************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário