ANAEL - 13 de julho de 2010 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Ensinamentos do Arcanjo da Relação e do Amor -


ÁUDIO mp3 ORIGINAL:
Pergunta: o que é a Luz e a visão de uma floresta que eu vi durante Ilahinoor?
Bem amado, como já disse a várias pessoas, aqui mesmo, há algum tempo, não é questão de interpretar cada uma das suas visões.
O importante não é a interpretação ou a compreensão do que acontece em sua tela, no momento em que realizam um trabalho Vibratório.
O importante, mesmo se houver símbolo, é, antes de tudo, impregnar-se da Vibração.
Dessa maneira, então, não é em meio a qualquer explicação do que é visto, percebido, que se encontra o significado real do que é vivenciado, mas, bem mais, no seu aspecto Vibratório ou da Luz pura.
Se não, vocês se arriscam, completamente, de se encontrarem presa da ativação do seu mental, que é ele que vai buscar sistematicamente interpretar e encontrar equivalências no que vocês percebem.
O importante é compreender que vocês têm, aí também, de se desligar do que vocês percebem, para penetrar na Vibrância, na Luz e na Vibração, exclusivamente.
Qualquer projeção ocorrendo em meio a protocolos que denominam energéticos, quer sejam rostos que se desfilam, quer sejam símbolos, quer sejam cores, quer sejam Luzes, finalmente, apenas se referem a um imaginário mental, ou espiritual, mas vocês se afastam do seu objetivo.
Convém então acolher e deixar passar o que se manifesta, mas não desejar buscar uma interpretação formal, mesmo se ela existir, porque ela os remete inexoravelmente à Dualidade da manifestação.
***
Pergunta: como sair da vontade e estar no soltar ?
Bem amada, isso faz parte de alguns ensinamentos que eu comuniquei há mais de um ano, que eu denominei, à época, abandono à Luz.
O abandono à Luz é o momento em que o ser abandona a sua personalidade para deixar-se esculpir, deixar-se moldar, pela Luz.
A Vibração e a Inteligência da Luz são capazes de colocar atos e escolhas, em meio à sua vida.
Dessa maneira, então, trata-se de uma revolução fazendo-os passar de uma decisão pessoal a uma decisão da Luz.
A diferença essencial é que, enquanto vocês estiverem no nível da decisão da personalidade, tudo será resistência, ao passo que, enquanto vocês estiverem no abandono à Luz, em meio à Vibração, e ela decidindo por vocês, naquele momento, as coisas se concatenam segundo a lei de ação da Graça e segundo a simplicidade, segundo a Unidade e segundo a evidência.
Assim, há realmente um aprendizado.
Mas, lembrem-se de que a personalidade e o seu mental jamais desejam deixar o comando para a Luz.
É todo o combate que está resumido, atualmente, entre vocês e vocês mesmo, em dois escalões, em dois níveis, personalidade ou Estado de Ser.
Convém, portanto, fazer a experiência, em meio às suas vidas, deixar agir a Luz em vocês e não decidir por vocês mesmos.
Dessa forma, vocês se apercebem muito facilmente de que, naquele momento, as coisas se tornam evidentes, tornam-se fáceis, tornam-se simples e se tornam fluidas.
Essa é toda a diferença em relação às decisões tomadas pela vontade, em meio à personalidade.
***
Pergunta: os Anjos Guardiões sofrem ataques da Sombra?

Bem amada, nos mundos Unificados, não existe Sombra.
A Sombra é o apêndice dos mundos dissociados.
Nos mundos Unificados, a Luz há apenas que Ser, e é somente pela propagação do Ser, seja qual for a Consciência ali possuída, que a Luz se estabelece.
Nos mundos Unificados, não existe Sombra.
Por isso, quando o Arcanjo MIGUEL combate, como vocês o representam na sua Dimensão, isso corresponde, simplesmente, ao direito de estabelecimento da Luz em meio ao seu mundo, mas, em outros lugares, não existe combate, exceto nos mundos dissociados.
A Sombra não existe.
Ela faz parte da visão dual existente no seu mundo e em meio à dissociação que lhe foi imposta.
Nos mundos de Luz, não há lugar para a Sombra, há apenas Unidade.
Não esqueçam jamais que a visão que vocês têm da Sombra e da Luz, assim como a visão que vocês têm do seu cosmos, é uma visão profundamente deformada.
***

Pergunta: o Anjo Guardião fica situado bem atrás da pessoa que ele protege?

Bem amada, absolutamente não e eu agradeço por evocar essa problemática essencial, ligada às noções geográficas no nível das suas auras ou dos seus corpos sutis.
Convém assimilar e compreender que o Anjo Guardião intervém sempre do lado esquerdo, no nível do Antakarana.
Ele intervém então, pela sua Presença, nessa região.
O que intervém nessa região que é simétrica, do lado direito, corresponde ao mundo da matriz denominado desencarnados.
O que intervém por trás ou pela frente corresponde às forças opostas à Luz.
Isso não permite qualquer exceção, quer sejam, no seu idioma, canhoto ou destro.
Assim, então, o Anjo Guardião, antes de descer no canal mediano e no chakra coronal, intervém, antes de tudo, pela sua Presença, no lado esquerdo.
Lembrem-se também, pois estamos falando de noções holográficas e geográficas, em suas estruturas, de que o fato de perceber e de sentir a Coroa Radiante da cabeça não permite estarem seguros e certos de estarem ligados à Luz Vibral.
De fato, as forças da Sombra existentes na sua Dimensão, particularmente no nível astral, penetram, elas também, por esse chakra.
A única diferença situa-se no nível da Vibração do Coração.
É somente naquele nível que vocês podem fazer a distinção Vibratória entre a Sombra e a Luz, na sua Dimensão.
Enquanto vocês não tiverem a capacidade para manifestar a Vibração do Coração em meio à Coroa Radiante do Coração, não existe qualquer meio fiável e fiel permitindo-lhes assegurar que o que existe, é da ordem da Sombra ou da Luz na sua Dimensão.
Bem amada, para continuar, eu penso que isso lhe diz respeito diretamente, como a um grande número de pessoas.
É muito fácil e muito cômodo, para as forças matriciais opostas à Luz, manifestar-se a vocês, sob forma de visões, sob forma mesmo de aparições.
Do mesmo modo, tem existido, na sua humanidade, há mais de um século, uma grande falsificação executando uma série de forças utilizando a percepção de alguns médiuns e passando por certos médiuns,diretamente pelo chakra da Coroa.
Assim, pelo seu chakra da Coroa, pela sua Coroa Radiante da cabeça, são dois modos de estarem ligados: à Luz Vibral (que é branca) ou à Luz negra (que é a Luz Luciferiana).
A percepção Vibratória é exatamente a mesma.
Somente o ego vai fazer a diferença.
Se o ego estiver ausente, a Coroa Radiante do Coração é ativada.
Naquele momento, vocês não podem mais ser enganados pela Sombra, pois naquele momento, se a Sombra se manifestar, a Vibração do Coração é interrompida, de forma instantânea.
Do mesmo modo, os fatores topográficos que eu havia lhes dado: um Anjo Guardião irá intervir sempre no alto e à esquerda, enquanto que um Anjo da Sombra irá intervir sempre no alto e à direita, ou um desencarnado, da mesma maneira.
A diferença essencial, independentemente mesmo da Vibração do Coração, é que, em um caso, nós, Anjos Guardiões da Luz Vibral autêntica, nós lhes guarnecemos de Consciência e de Energia, enquanto que um Anjo da Sombra vai lhes extorquir Energia e Consciência.
O resultado, obviamente, é o oposto.
***
Pergunta : qual a melhor forma de administrar uma relação que suga energia, é se proteger?

Bem amado, a resposta pode se dar em diferentes níveis.
Se existir, em você, uma capacidade para se ligar à Luz Vibral e, então, para vibrar em meio à Coroa Radiante do Coração, naquele momento, essa pessoa não poderá ficar na sua frente.
Agora, o problema é muito mais delicado se se tratar de relação afetiva próxima.
Mas, aí também, isso corresponde à iluminação e à transparência que lhes são solicitados nesse momento.
Cada um, hoje, cada ser humano, encontra-se frente aos seus próprios problemas e ele deve, ele mesmo, supera-se a fim de se liberar, se ele desejar ir para a Luz Vibral, para a transparência, para a autenticidade.
A partir do momento em que vocês considerarem as técnicas, como vocês as chamam, de proteção, isso irá acorrentá-los e aprisioná-los, definitivamente, nos mundos da Dualidade.
Lembrem-se de que os mundos da Luz Vibral estão além do bem e do mal, além do jogo da Sombra e da Luz.
Não esqueçam que a Luz, no seu mundo, é uma Luz falsificada, que foi obscurecida pelo próprio fato da existência das forças gravitacionais.
A Luz Unitária nada tem a ver com a Luz que vocês percebem no seu mundo.
Ela está ligada a outro estado de Consciência e a outro estado Dimensional.
Portanto, desejar aceder a esse estado, passa necessariamente pela porta do Coração, mas absolutamente não passa mais pelo jogo da Sombra e da Luz, que os sentencia inexoravelmente a vagar em meio à Dualidade.
***
Pergunta: como ajudar uma pessoa próxima que é confrontada com as Sombras?

Bem amado, a única maneira que vocês têm de ajudar, como lhes disse o próprio Arcanjo MIGUEL, é Ser, e Ser recorre à Unidade.
Estar na Vibração do Coração, e nada mais.
A partir do momento em que houver vontade de ajudar, necessariamente há necessidade de voltar novamente em meio à Dualidade, o que é então contrário, por Essência, à visão Unitária e à Vibração Unitária.
Portanto, o “querer ajudar” corresponde a um afastamento da Unidade.
Cabe a vocês, então, refletir em relação aos pedidos de ajuda existentes em meio às suas relações.
A partir do momento em que quiserem ajudar, de acordo com os princípios que justificam isso, na sua Dualidade, denominados compaixão e se denominando, eventualmente, Serviço, isso os faz implacavelmente recair na Dualidade e no jogo da Sombra e da Luz.
O modo de ajudar, se quiserem se situar na Unidade e na Coroa Radiante do Coração, apenas pode acontecer a partir do momento em que, vocês mesmos, se estabilizarem nesse estado Vibratório.
A ajuda, naquele momento, está ligada à irradiação da sua Luz e não a uma vontade pessoal de ajuda, o que é profundamente diferente.
Cabe também admitir e compreender que a partir do momento em que vocês se situarem no estado de Ser onde a Luz os irradia e se derrama e se infunde, em vocês e ao entorno, é claro, um grande número de relações é levado a se transformar, ou mesmo a desaparecer, mas isso, vocês ali nada podem fazer.
Exceto recair em meio à Dualidade.
***
Pergunta: a maior parte dos sons que eu percebo vem do ouvido direito. É normal?
Bem amada, os sons são ouvidos no ouvido esquerdo ou no ouvido direito ou, e no ouvido direito.
Não há relação com uma presença situada à direita.
Os sons ouvidos são, antes de tudo, os sons associados à construção do Antakarana.
Eles correspondem aos sete sons conduzindo-os ao que foi denominado, na sua Dimensão, o Nada ou ‘canto da alma’, depois ao ‘canto do Espírito’.
Não há então qualquer ressonância nem qualquer relação com as Presenças situadas à esquerda ou à direita.
***
Pergunta: e sobre a relação de ajuda quando se é terapeuta?

Bem amado, a resposta pode ocorrer, nesse nível, em diferentes estágios ou em diferentes ‘pontos de vista’, se você preferir.
No nível relativo, que eu denominaria o ‘ponto de vista relativo’, a partir do momento em que vocês são terapeutas, há uma relação de dependência que se inscreve em uma relação de ajuda.
Ela é inexorável, seja o que for que você fizer, seja o que for que desejar e seja qual for a sua pureza.
Existe, naquele nível, uma troca energética às vezes consciente, às vezes inconsciente.
Mas o ato terapêutico em si mesmo situar-se-á, de todo modo, em meio à Dualidade.
Pois, nos mundos Unitários, não existe doença e não existe, portanto, relação de ajuda, no sentido em que vocês entendem.
Agora, no ponto de vista sempre relativo, há necessidade, é claro, de agir, quando vocês tiverem certa forma de conhecimento, para auxiliar aqueles que vêm pedir a vocês, mas vocês devem estar conscientes, no plano absoluto, de que isso os faz recair na Dualidade, quer queiram ou não.
O único modo de agir, naquele momento, para adotar um ponto de vista Unitário, seria estar na Vibração do Coração e propor a Luz, sem o desejar, que emana de vocês.
Isso explica como CRISTO curou e como curaram alguns grandes taumaturgos presentes na história da humanidade, simplesmente pela sua Presença, pela sua radiação, sem qualquer conhecimento e sem qualquer vontade.
Agora, não esqueçam que o período os leva a viver estados Unitários, cada vez mais intensos, para alguns de vocês.
Se vocês fizerem a experiência da Vibração do Coração, vão entender instantaneamente que a partir do momento em que trabalharem em meio a um conhecimento resultante da 3ª. Dimensão dissociada, vocês irão extinguir, literalmente, a Vibração do Coração e isso, vocês ali nada podem fazer.
A relação de ajuda, mesmo feita com o Coração, não se faz com a Vibração do Coração, nessa Dimensão.
Ela se estabelece pelas Crenças mentais, mas ela não se estabelece na Vibração do Coração, pois, se ali tiver Vibração do Coração, não há necessidade de nada além da Vibração do Coração para curar seja o que for, em si como no seu exterior.
***
Pergunta: convém, após um ato terapêutico, praticar algum ato para se recentrar?

Bem amado, permita-me dizer que, naquele caso, você vai proceder ao contrário.
Você deve se recentrar, assim como você diz, alinhar-se em meio ao seu Coração, antes, e não depois.
***
Pergunta : se o fato de dar uma ajuda reconduz à Dualidade, como se recentrar depois?

Não, você deve se recentrar, antes.
Pois, se você for capaz de gerar a Vibração do Coração, naquele momento, bem amado, o que acontece?
Você permanece nessa Vibração, se a ajuda for justificada no Coração.
Agora, desejar passar da Dualidade para a Unidade, permanentemente, pode não ser um jogo Vibratório satisfatório.
***

Pergunta : se não chegarmos a gerar essa Vibração do Coração ou se ali nos mantivermos e, depois de uma ajuda, tivermos um problema energético, como administrar isso?
Bem amado, as perturbações energéticas ocorrendo depois de uma ajuda ou de uma terapia, seja ela qual for, estão aí apenas para chamar sua atenção, justamente, sobre o que é para viver ou para não mais viver.
Isso pertence a uma decisão da alma, com toda consciência, para se tomar em relação aos atos que vocês praticam na sua vida, sejam eles quais forem.
***
Pergunta : os vórtices da Terra podem viver uma queda energética?

Bem amada, devemos entender a natureza humana e, vocês têm a experiência em vários países e, parece-me, mesmo na França em diversos locais, assim que um lugar passa a ser conhecido pelas suas capacidades e pelas suas propriedades Vibratórias reais, autênticas, levando-os à Luz Vibral, o que acontece?
Um grande número de seres humanos ali acorre.
E entre aqueles que ali acorrem, há os que estão na Luz e há outros que estão na Sombra.
Vocês não podem evitar isso.
Dessa maneira, então, em um lugar Unitário, encontram-se seres que estão na busca, seres estabelecidos na Unidade, mas também seres que servem à Sombra.
Mas, novamente, o que é para reconsiderar, é compreender e aceitar e, viver, que a única fonte de Luz é o seu ser Interior, no nível do Coração.
Enquanto a sua busca se voltar para o exterior, seja qual for, vocês não estarão no seu Ser Interior.
A ignição da Vibração do Coração, o recebimento da Luz Vibral em meio ao abandono à Luz, corresponde a isso e unicamente a isso.
Não há outro, como diria UM AMIGO, senão o Si.
Todo o resto é ilusório.
Enquanto vocês buscarem no exterior seja o que for, vocês não estão no Si.
***
Pergunta: como saber se vivemos a verdadeira Alegria?

No nível da Luz Vibral, e da Alegria da Luz Vibral, não pode existir emoção.
Se existir a mínima emoção, isso não pertence à ordem da Luz Vibral.
Eu vou dar um exemplo muito simples que vai lhe permitir, eu espero, compreender isso.
Você tem falado de Alegria.
Será que alguém que assiste a uma final de Copa do Mundo e cujo país é vencedor, sente a Alegria?
Essa alegria é de natureza emocional.
Ela nada tem a ver com a Alegria vivenciada na Coroa Radiante do Coração, que é Paz, que é Samadhi, como dizem os orientais na sua cultura e como é dito entre os intervenientes que vêm entre vocês: Sat Chit Ananda, a Felicidade Suprema, que nada tem a ver com a exaltação astral relacionada às emoções.
O domínio da emoção é o domínio da matriz.
Ela é uma criação artificial.
A maioria dos seres humanos experimenta emoções e busca uma emoção que eles denominam alegria, mas que não é nada mais senão prazer, quer seja sexual ou ligado à uma Vibração percebida em um espaço.
Tudo isso os leva a considerar que a emoção está voltada para o exterior, enquanto que a Alegria, no sentido mais íntimo, está voltada para o Interior e, naquele momento, ocorre um resplandecer da Luz Vibral.
A diferença é essencial e ela se situa, exclusivamente, nesse nível.
Quando vocês manifestam um estado emocional, seja ele qual for, mesmo o mais autêntico em relação ao que vocês vivem, a emoção provém da personalidade e, portanto, do ego.
A Alegria, no sentido mais autêntico, é proveniente do Coração e não depende do ego.
***
Pergunta: o que pensar do caminho de Compostela e da excitação que ele suscita?

Bem amada, há dois modos de percorrer um caminho para Si.
O importante, efetuando esse caminho exterior, é também compreender que é um caminho para Si, antes de tudo, e não inverter os papéis e as funções.
Então, é claro, o fato de caminhar pode também permitir resolver emoções, resolver o mental e permitir-lhes ir para si mesmo.
Mas, lembrem-se de que, enquanto vocês buscarem no exterior, enquanto vocês seguirem alguém, vocês não seguem o seu caminho, mas o caminho de alguém.
A única Verdade é aquela da Coroa Radiante do Coração.
Nós lhes transmitimos isso, uns e outros (Arcanjos, Anciãos, Estrelas de MARIA), cada um ao seu modo.
Somente a Vibração é a garantia da autenticidade do seu caminho.
Não são absolutamente as suas Crenças, não são absolutamente os seus estados emocionais, não são absolutamente as suas atitudes mentais que vão lhes permitir estar na Verdade.
A Verdade é Luz Vibral.
Ela é Vibração e Fogo no Coração.
Ela resulta no Fogo do Amor, no Fogo do Coração e na Alegria.
Novamente, essa Alegria nada tem a ver com a emoção da alegria, mas é, bem mais, um estado de estabilidade da Luz encontrada no interior do Si e de Si.
Compreendam bem, também, que o princípio KI-RIS-TI ou CRISTO MIGUEL, encarnando-se neste momento, na sua Unidade, no que vocês são em meio ao Estado de Ser, se isso permanecer uma Crença, isso não irá fazê-los progredir uma polegada.
Se isso permanecer Verdade Vibratória, naquele momento vocês irão alcançar e viver a Unidade.
Não há outro caminho para aceder à sua Unidade.
Mas, se lhes for agradável esse caminho percorrendo o caminho de Santiago de Compostela, então, façam-no.
Se lhes for agradável viver isso fazendo amor, então, façam-no.
Se lhes for agradável viver esse estado olhando para o Sol, então, façam-no.
***
Pergunta: a extinção de todas as Crenças desencadeia o ‘switch’ da Consciência?

Bem amado, eu vou responder que isso contribui.
Enquanto permanecer, em vocês, a mínima Crença exterior, não pode haver basculamento em meio à Unidade.
O mundo da Unidade não é um mundo de Crenças.
É um mundo de Vibrações e de experiências.
Vocês estão em um mundo de Crenças e, portanto, as Crenças participam na manutenção da ilusão, sem qualquer exceção.
************
Mensagem do Bem Amado ARCANJO ANAEL no site francês:
13 de Julho de 2010
(Publicado em 30 de Julho de 2010)
***
Tradução para o português: Zulma Peixinho
************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário