O.M. Aïvanhov - 30 de junho de 2010 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- E BEM, CAROS AMIGOS... -


E bem, caros amigos, estou extremamente contente de reencontrá-los e de vê-los.
Então, eu lhes transmito minhas bênçãos e venho escutar o que têm para me perguntar.
***
Pergunta: na 3D Unificada, o modo de vida será semelhante àquele dos ameríndios?

Perfeitamente e eu sei que vocês tiveram ontem um magnífico réquiem da Terra de SNOW.
Obviamente, ela falou de uma época passada para vocês, mas isso será um tempo futuro para a 3D Unificada.
***
Pergunta: quando as árvores Mestres ascencionarem, em qual Dimensão ela vão?

As árvores vão unicamente à 5a. Dimensão, portanto, uma árvore permanece uma árvore mesmo se o que for visível na 5ª Dimensão não tiver mais nada a ver com o que vocês denominam árvore, aqui.
***
Pergunta: sob que forma aparecem na 5a. Dimensão?

Com a da Luz Interior, frequentemente de cor azul ou verde, mas com a mesma arborescência que apresentam em sua Dimensão.
A arborescência sendo a malha energética da árvore, mas não há mais necessidade de ter folhas já que não há mais síntese de oxigênio.
***
Pergunta: ela apenas seria equivalente a um tronco com galhos?

Sim e de Luz, de energia, se preferirem.
***
Pergunta : na 3D Dissociada, como produzir ações que não causariam reação?

Muito simples, querida amiga: estando na ação da Graça.
Quando você vive o Fogo do Coração, suas ações vivem na Graça.
O ‘princípio de atração e ressonância’ irá colocá-la bem depressa, unicamente, frente à fluidez, à Unidade, à sincronia.
Não haverá mais fenômenos tais como vivem.
Alguns de vocês já a vivem.
Evidentemente, se você deixar cair uma maçã, ela continuará a cair no chão, pela existência das forças gravitacionais, mas, você, você será submetida, ao nível do seu corpo, às forças gravitacionais, mas, ao nível do seu Espírito, ao nível da sua conduta, tudo o que produzir como ação em meio à Graça retornará cem vezes na Graça.
É muito simples: a partir do momento em que viverem a ação da Graça e o Fogo do Coração, a sua Vida se desenrola na bondade, na Alegria, na facilidade.
O que é resistência e dificuldade vem do ego e da ação/reação.
Penetrar nos mundos da Graça é se encontrar si mesmo projetado em meio à Graça.
É viver em Alegria, em Samadhi.
Viver sem contradição, sem resistência, na facilidade.
É uma experiência maravilhosa que corresponde a um novo estado de Consciência, em meio mesmo a esta Dimensão.
Muitos seres humanos, entre os que estão mais despertos, já vivem isso, por todo o planeta.
Quando vocês estão sob a influência da Graça, sua Vida se torna simples simplicidade.
Se lhes chegam coisas desagradáveis, são apenas de resistências e do jogo do ego, nada mais.
***
Pergunta: a coragem pode estar ligada a formas de poder?

Completamente.
É muito simples: o que denominam coragem, nesta Dimensão, é, por exemplo, a coragem para ir ganhar sua Vida.
É a coragem para acordá-los de manhã, mesmo se estão fatigados ou doentes.
Ora, a coragem apenas se traduz por forças de resistências porque vocês vão lutar contra ou lutar com, mas, de todo modo, é uma luta.
Portanto, vocês chamam isso de coragem, de força, de perseverança.
Vocês podem mesmo gratificar a si próprios dizendo que é muito corajoso, não é.
Mas, se você examina o que vislumbro em relação à coragem, à luz do que eu venho lhe responder, cara amiga, a questão anterior lhe faz de imediato a ligação.
Se vocês estão sob a influência da Graça, hoje, vocês não têm mais que lutar.
A luta é o inverso do abandono.
Vocês não têm mais que resistir, pois a Luz se encarrega de tudo em sua Vida.
Naturalmente, isso não significa dizer para ficar abanando as mãos, não é.
Isso quer dizer simplesmente que tudo o que empreendem sob a influência da Graça, se faz na evidência, na simplicidade e na facilidade.
Então, qual coragem ali tem para viver isso?
A coragem é a aplicação de uma tensão.
A Luz é tudo, exceto tensão.
Vocês acham, claro, com razão, ao nível de sua Ilusão, que ter coragem é essencial para conseguir criar seus filhos, para exercer o melhor sua profissão e, toda sua Vida, vocês lutam para manter o que têm como ideal, portanto, vocês são muito corajosos.
E, mais vocês são corajosos, e mais o ego se fortalece.
A Vibração da Luz que lhes é proposta hoje é um ‘abandono à Luz’, porque vocês aceitam remeter sua vontade e sua coragem à vontade e à coragem da Luz, mas não é mais vocês que estão agindo.
A reversão que têm que viver é uma mudança completa de valores e de paradigma, total.
Isso faz parte do ‘abandono à Luz’.
Enquanto estão nas resistências, enquanto estão na vontade, enquanto estão no desejo mesmo da Luz, é a personalidade que se expressa, sempre, quaisquer que sejam as experiências que vivem que podem ser, aliás, muito luminosas e muito agradáveis.
Mas, chegar ao Fogo do Coração, como nós os incitamos agora, é outra coisa.
Não é unicamente uma questão de energia, como isso, que vocês percebem ou das visões que podem captar.
É outro nível que lhes é solicitado, agora, que não tem mais nada a ver com o funcionamento habitual.
Cabe, portanto, substituir a tensão pelo abandono.
A tensão corresponde ao 2º ou ao 3º chakra.
O abandono corresponde ao 4º chakra.
***
Pergunta: você poderia dar exemplos de outras situações de poder distorcido?

Todos sem exceção, sob essa forma que chamam de coragem.
Vocês apelam às suas energias que se denomina o Hara.
Esta, aliás, encontra-se na supra-renal.
É aí que se encontra a ‘força vital’ e vocês dizem que vocês têm a força.
Sim, é sua força.
E a força da Luz?
Por que querem pensar que vão tomar a Luz e que terão mais força nesse local?
É exatamente o inverso.
Se vocês fizerem isso, isso se denomina também o ego.
É a mesma coisa que deixar a Luz ao nível do 3º olho.
É também o poder do ego, o que é chamado de ‘poder espiritual’ do qual Buda disse: “quando encontrares o poder, salva-te depressa”.
Estar no Fogo do Coração, é uma Graça e viver essa Graça, é aceitar essa Graça e vocês não podem viver a Graça e decidir que são vocês que decidem.
Na Graça, tudo é simples. Tudo é fácil.
Tudo ocorre conforme a Lei de Fluidez.
Tudo ocorre segundo a Lei de atração e de ressonância.
A Graça atrai a Graça.
O Coração é um espaço de resolução.
Em meio a esse espaço de resolução, não existem tensões.
A partir do momento em que fazer qualquer coisa se torna um esforço, vocês não estão na Graça.
Em meio à Graça, as coisas acontecem como que por milagre.
Vocês têm a energia para fazê-lo, mas essa não é a sua energia, é a energia da Luz.
Eu não sei se estou sendo claro.
A única diferença, vocês a vêem uns e outros, é em função de como está sua Vida, sobretudo hoje.
Ela está fácil ou ela está complicada?
Se ela ocorre na resistência?
Se ela ocorre na facilidade?
Então, não vale a pena colocar a culpa em outro ou nas circunstâncias.
Isso também, é o ego.
Se, em meio à Vibração, em meio ao que vivem, vocês vivem a Consciência e as energia ao nível da Coroa Radiante da cabeça e se instalam no Coração, tudo tornar-se-á fácil, sem exceção.
Se está difícil, a Luz mostra-lhes as próprias zonas de resistências.
É a iluminação da Luz sobre as suas zonas de Sombra.
***
Pergunta: a ação sem intenção, em função do que se apresenta, é uma ação da Graça?

Isso se chama a ‘não ação’.
A ação é intenção, mas, ou a intenção se faz na Fluidez e na Graça, ou ela se faz na ação ou na reação.
A diferença para entender é simples.
O ser que está na ação da Graça tem sua vida que é simples.
Isso se chama não agir, tampouco.
É a fluidez.
Você pensa em tal pessoa e, de um golpe, ela se manifesta, por exemplo.
***
Pergunta: vocês dizem que, quando se encontra o estado de Estado de Ser, tudo se torna fácil. Mas trabalhar a terra (jardinar), fazer a limpeza, tudo isso demanda um grande esforço físico...

Justamente.
Quando vocês estão na Luz, isso não é mais um esforço.
Quando vocês estão realmente na Vibração do Coração, seja qual for sua idade ou seu déficit físico, isso se torna fácil.
Enquanto for esforço, isso não é a Luz.
É isso que vocês têm, como dizer, dificuldade de integrar e assimilar.
***
Pergunta: porque nada como a força da gravidade, para se abaixar e tudo...

Mas ela não mais existe, com a Luz.
Aos 80 anos, eu andava como um garoto.
Ninguém conseguia me acompanhar.
Então, isso é o quê?
Na Unidade, tudo é fácil e, mesmo admitindo que vocês tenham, por exemplo, um déficit físico que faz com que fique difícil, por exemplo, cultivar seu jardim, bem, a Graça vai enviar um jardineiro.
É tão simples assim.
A Luz provê as suas necessidades.
Isso é válido para tudo.
***

Pergunta: portanto, se o meu acidente aconteceu é que eu não estava então na Luz?

Então aí, é uma interpretação.
Por que é que a Luz asseguraria que você não teria jamais o menor problema?
Sob a influência da Graça, o problema que vai lhes chegar, que lhes é imposto, tem sempre sentido, além do que o seu mental pudesse tentar saber ou compreender.
Pode ser que, para você, fosse necessário parar.
***
Pergunta: como devem evoluir os zumbidos nos dois ouvidos?

Isso deve se tornar uma canção magnífica: o coro dos Anjos.
Há milhares de violinos e coros de Anjos cantando ao mesmo tempo.
Os sons dos ouvidos, lembrem, vivem nesse momento uma preparação em meio ao Antakarana que deve lhes permitir ouvir a doce voz de Maria.
Vocês são, efetivamente, muito numerosos, aqui como em outros locais, a perceber as flutuações desses sons.
***
Pergunta: quando eu me concentro sobre o 13o. Corpo, isso ativa o meu Coração. É mental?

Não, isso é uma realidade.
Caro amigo, há o que se denomina o Antakarana.
Há o cordão que conduz à alma e o cordão que conduz ao Espírito.
São os chifres das vacas.
E ao centro, entre os chifres, se encontra a ‘coroa solar’ que vocês têm em certas representações egípcias, não é.
Existe realmente, independentemente do que denominam o cordão de prata, o cordão de ouro, existe também um cordão de diamante que parte do 13º Corpo e que chega diretamente no centro da cabeça e que conduz, é claro, diretamente ao Coração.
***
Pergunta: como fazer para colher o benefício?

Isso é simples, basta parar de agir como salvadores.
É tão simples assim.
O Coração é leve.
Ele não se coloca a questão de colher o que quer que seja.
Eu repito que estar no Coração, não é fazer o bem, é Ser e quando você está no Ser, o bem se faz por si mesmo.
Mas não é o mesmo bem que aquele que espera uma recompensa que, ele, acrescenta, e não alivia.
***
Pergunta: os Melquizedeques se incorporaram no continente africano, na África Negra?

Esta é uma questão muito pertinente.
Há, ao nível desta Terra, o que é chamado de diferentes raças, de diferentes cores.
Há, em meio ao continente africano, descendentes da Lemúria que estão extremamente associados à corrente de evolução da Lemúria.
Eles não necessitam dos Melquizedeques.
Simplesmente, eles são muito infelizes neste mundo porque eles não evoluem de acordo com as mesmas regras.
Mas isso não é forma alguma racismo.
Isso não tem nada a ver.
É unicamente questão de linhagem e de evolução que são, digamos, diferentes.
Como vocês têm percebido que os Asiáticos são também muito raros.
E há. E houve.
Os Asiáticos também seguem linhas evolutivas um pouco diferentes.
***
Pergunta: qual é a origem dessa evolução particular?

É como eu acabo de dizer, não vem do mesmo lugar.
***
Pergunta: poderia desenvolver?

Isso seria extremamente complicado.
Basta simplesmente responder que o povo negro africano, em sua grande maioria, não necessita viver uma energia ligada aos 24 Anciãos.
E os níveis Vibratórios não são os mesmos.
Isso não significa dizer que são superiores ou inferiores, longe disso.
Significa dizer simplesmente que eles evoluem sobre outras frequências Vibratórias, é tudo.
***
Pergunta: eles são acompanhados pelo seu próprio Conclave, pelas suas próprias Assembleias?

Perfeitamente.
***
Pergunta: de alguma forma, vocês não interferem com o apoio dos outros?

Absolutamente.
É como se eu quisesse tomar o lugar de um Arcanjo.
***
Pergunta: então as raças humanas seriam de origem, de linhagem diferente?

Não se deve generalizar.
Vocês têm, no continente africano, almas que estão encarnadas em um corpo negro, mas que não fazem parte dessas linhagens negras.
Isso é algo bastante comum.
Portanto, o que é válido para um continente, não tem valia a título individual.
***
Pergunta: de onde vêm, então, as diferentes raças humanas?

Trata-se de criações genéticas diferentes, ao nível dos corpos, eu digo, físicos, biológicos.
Quando eu falei da Lemúria, eu disse em escala de tempo muito anterior à história recente, ou seja, 320.000 anos.
Mas é de dados históricos que iriam encher excessivamente a sua cabeça.
***
Pergunta: como funciona a Lei de causa e efeito?

Ela não funciona no sentido em que acreditam.
E o único objetivo da Lei de causa e efeito, ou da ação/reação, é manter, de maneira perpétua, as forças de atrito e de resistências e de oposição.
***
Pergunta: então, isso significa que a Lei de causa e feito foi criada pelos Dracos?

Sim, como tudo o que é atração gravitacional, é a mesma coisa.
A ação / reação, a reencarnação, é uma Criação de Yaldébaoth.
Isso não existe.
Quando vocês passam ao Estado de Ser, tudo isso é varrido.
Isso não tem nenhum sentido.
Isso tem sentido para a personalidade que vai aderir a esse sistema e que vai se reencarnar de forma permanente porque vai acreditar que se reencarnando, vai se aperfeiçoar.
E é isso que vocês têm acreditado, mesmo em meio à espiritualidade.
E é isso que todos nós temos acreditado.
Porque esse sistema de crenças faz parte da matriz, mas a matriz, ela não está exclusivamente presente em meio às forças astrais.
Ela também está inscrita em seu próprio DNA.
É a parte reptiliana do humano.
***
Pergunta: isso significa que não se conhece nenhuma Lei Divina?

Naturalmente, porque vocês estão em um corpo dissociado.
Em primeiro lugar, não há leis divinas.
Não há Lei porque, no nível do Estado de Ser, da Unidade, existe Graça em permanência.
A única lei é a Graça.
Não há outras leis.
***
Pergunta: se Yaldebaoth, inicialmente, "estava na Unidade", onde ele está agora?

Ele se esconde.
Procura-se.
Mas é aquele que está representado em toda a Terra, que vocês têm chamado de Deus ou o diabo.
É a mesma entidade, Yaldebaoth, que usurpou a Criação.
Ele se apossou de uma Criação preexistente.
Ele não pode criar.
E é por isso que ele se denomina o seu Criador, mas ele jamais criou.
Pelo contrário, ele os subjugou e os escravizou.
Ele os aprisionou, literalmente.
E o milagre, é que ele fez vocês acreditarem que tinham o livre arbítrio e que o inferno não era aqui, mas quando vocês fossem para o outro lado, que vocês haviam feito o mal.
É maravilhoso, não é.
***
Pergunta: é um ser que evoluiu no Estado de Ser?

No início, sim, é claro, mas ele criou Dimensões desligadas, alteradas.
Ele se aprisionou ele mesmo em algo.
***
Pergunta: ele fez sua própria prisão gradativamente e à medida que seu programa se desenrolava?

Plenamente.
Ele se trancou nele mesmo.
Isso se denomina obscurecimento.
E vocês poderiam chamá-lo também de demiurgo.
Vocês não notaram, em todo caso, na língua francesa, silábica: Dieu e diable, é a mesma coisa.
Ele teve uma ideia, uma ideia muito malvada.
***
Pergunta: é uma forma de ego. Como essa forma de ego pode existir?

Mas ele não o tinha concebido como o ego, ele o tinha concebido como uma Criação.
Estando louco furioso de não poder criar como Maria ou os Mestres geneticistas, ele apreendeu qualquer coisa, não aqui, em muitos lugares.
E ele quis recriar uma Criação, colocando outras regras.
E essas regras, elas têm por nome karma, evolução, morte, reencarnação, sofrimento, tudo o que desejam.
Mas ele nada criou.
Há mais de 320.000 anos, os seres que faziam a experiência da matéria eram liberados.
***
Pergunta: como se pode, como você disse, estar louco furioso quando se está no Estado de Ser?

Porque isso se denomina orgulho, mas não o orgulho do ego, é o orgulho de qualquer um que tem um papel importante no nível de Potências e que deseja transformar essa Potência em Criação, mas a Potência não está aí para criar, ela está aí para manter.
***
Pergunta: isso poderia se reproduzir?

Não, é impossível porque o que permitiu a Fonte, e certos Conclaves específicos no nível da civilização dos Triângulos, não está prestes a se reproduzir.
***
Pergunta: tudo isso está ligado ao princípio de liberdade da Fonte, que faz com que a Fonte “deixe fazer”?

Não, a Fonte não deixa fazer.
A Fonte É.
Quando vocês estão no Estado de Ser, vocês estão também na mesma Dimensão e na mesma qualidade, se desejam.
A Fonte deixa estabelecer todas as criações.
Há Consciências que são especializadas na Criação de Vida e de Dimensões.
Há Consciências que são especializadas em acolher a Criação: a Terra.
Há Consciências que são especializadas nos movimentos: os triângulos, etc., etc..
Então, há uma liberdade total, mas, a liberdade, é estar de acordo com sua própria ressonância, sua própria forma e sua própria função.
Então, eu digo que é muito sedutor, quando se está na prisão, imaginar que não se vai mais estar na prisão.
Vocês o têm de fato, a maioria, tão bem imaginado, que vocês não imaginam que possa existir outra coisa que a prisão.
É o que lhes repetem sem parar: saiam da prisão.
Mas vocês não podem sair da prisão com suas boas ações ou com as crenças sobre o bem e o mal, porque as duas participam para manter a prisão.
Então, vocês têm as prisões que são mais bonitas.
Elas são de cor mais vibrante que as prisões que são menos douradas, digamos.
Mas são sempre prisões.
Agora, como desejam que lhes expliquem isso ou que, nós mesmos, lhes façamos aderir a isso?
Não é possível.
Enquanto vocês não tiverem vivenciado o Fogo do Coração e o acesso ao Estado de Ser, vocês permanecem em seus esquemas antigos, vocês permanecem na prisão.
Se nós tivéssemos tido, ou se a Fonte tivesse tido, uma melhor ideia desde o que vocês chamam todo este tempo, creiam bem que isso teria sido feito.
***
Pergunta: a matriz inclui todo nosso Sistema Solar?
Naturalmente.
Pelas três camadas.
Muito maior mesmo do que o Sistema Solar porque isso compreende a ionosfera, a magnetosfera e a heliosfera que é muito grande.
***
Pergunta: isso significa então que todo o Sistema Solar vai ascensionar?

Totalmente.
***
Pergunta: isso compreende o Sol?

Perfeitamente.
***
Nós não temos mais perguntas, nós lhe agradecemos.
***
Então, queridos amigos, eu lhes transmito todas as minhas Bênçãos.
Eu lhes digo até breve.


************
Mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês: 
https://issuu.com/ultimasleituras/docs/127-om_aivanhov-30_juin_2010-articl

30 de junho de 2010
(Publicado em 26 de julho de 2010)
***
Tradução para o português: Zulma Peixinho
************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário