MARIA - 05 de maio de 2010 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Intervenção da Rainha dos Céus e da Terra -

 “Em nenhum caso, eu posso ser uma mãe que vem punir. A partir do momento em que vocês aceitam esse fato, esse princípio, se vocês o aceitarem, torna-se muito difícil para vocês acreditarem na realidade de algumas mensagens que falam de castigo e de punição. Tudo o que fala de punição e de castigo não é meu, mas está em relação direta com as aparições que nada têm a ver com minha Consciência e cujo único objetivo é dominá-los ainda mais em modelos de dependência chamados religiões.”



Eu sou Maria, Rainha dos Céus e da Terra.

Queridos Filhos, estou com vocês a fim de clarear sua visão e de elucidar o que vocês São através de perguntas que queiram me fazer.

Tentarei ajudá-los a ir para o essencial.


Então, Queridos Filhos, se houver, em vocês, perguntas, questões, estou aí para vocês.

Tentarei dar os elementos por palavras, mas também pela Luz.
***

Questão: os laços entre pais e filhos adotados são da mesma natureza que aqueles que existem entre pais e filhos naturais?

Querido Filho, não, pois, nesse nível, não existem laços relacionados com a genética.

Trata-se, mais frequentemente, de encontros de almas que não têm, no entanto, necessariamente os mesmos tipos de ligação que aquelas existentes em uma filiação genética.
***

Questão: existem árvores mestres de polaridade feminina e outras, masculina?

Bem-amado, eu poderia responder que as árvores, cujas funções estão em relação com a elevação, seriam antes de natureza masculina, devido ao sentido da orientação de sua energia, enquanto que aquelas que trabalham na outra polaridade, no movimento de sua energia e de sua Consciência, seriam mais de natureza feminina.

Mas isso é uma visão da mente, não corresponde a uma polaridade do tipo sexuado ou distanciado em função de um aspecto masculino ou feminino.
***

Questão: na 5ª Dimensão, apesar da androginia, existe ainda uma polaridade específica?

Querido Filho, esta polaridade existe bem além da 5ª Dimensão, mas esta noção de polaridade nada tem a ver com qualquer sexualidade, no sentido em que entendem.

A polaridade desempenha ao nível de emissões e de recepções de Consciência e de energia.

A polaridade criadora permanece feminina, por Essência.
A polaridade que permite o desenvolvimento é, por Essência, masculina.

Assim, portanto, existe uma forma de polaridade que nada tem a ver com o que vocês chamam de polaridade, em sua Dimensão.

Esta polaridade se encontra até o limite das Dimensões antropomorfizadas.
Para além disso, há a tendência a desaparecer, pela qualidade e pela simplicidade da radiação das formas das Consciências mais evoluídas.
***

Questão: você realmente se manifestou nos lugares que lhe são dedicados?

Querida Filha, a presença de minha Consciência não está unicamente relacionada com minhas aparições.

Do mesmo modo que, para meu Divino Filho, a partir do momento em que uma alma humana ou várias almas humanas me solicitam e estabelecem um lugar, minha Consciência e minha Vibração estão presentes nesse lugar.

Há portanto aparições que são decididas, por mim mesma, em função de alguns objetivos.

Existem também numerosas aparições que não são minhas, mas que são falsificações destinadas a induzí-los a erro e a dominá-los ainda mais em modelos específicos de crenças.

Existem também lugares onde jamais apareci, mas onde a oração e a devoção, no sentido em que entendem, permitiu a minha Consciência manifestar-se.

Cara Filha, eu poderia responder, de maneira formal, para cada um dos lugares que vocês pudessem citar, mas não me compete fazê-lo.

Lembrem, mesmo num lugar falsificado, a devoção humana é capaz de criar minha própria Presença e minha Consciência, ainda que, no início, ali jamais apareci.

Lembrem, como eu o disse várias vezes, eu sou aquela que pode ser chamada sua Mãe (em todos os sentidos do termo) e uma mãe que vem ajudá-los e salvá-los.

Em nenhum caso, eu posso ser uma mãe que vem punir.

A partir do momento em que vocês aceitam esse fato, esse princípio, se vocês o aceitarem, torna-se muito difícil para vocês acreditarem na realidade de algumas mensagens que falam de castigo e de punição.

Tudo o que fala de punição e de castigo não é meu, mas está em relação direta com as aparições que nada têm a ver com minha Consciência e cujo único objetivo é dominá-los ainda mais a modelos de dependência chamados religiões.

Mas compreendam também que mesmo nesses lugares, o fervor humano conscientiza minha Presença e minha Radiação e minha Irradiação e minhas Graças.

Em resumo, qualquer que seja o lugar de minhas aparições, supostas ou reais, o importante não são absolutamente as palavras que ali foram pronunciadas, o importante é o que vocês podem viver e sentir e vocês podem viver e sentir, em um lugar, minha Presença, minha qualidade, ainda que não tenha ali jamais aparecido, devido mesmo ao fato da devoção humana.
***

Questão: e sobre a prece « Ave Maria »?

Bem-amada, esta oração, como muitas outras orações, foi falsificada.
Elas implicam na noção de dualidade, de bem e de mal.
Esta oração, de origem pura, foi desviada muito rapidamente de suas funções.
***

Questão: e sobre a oração « Pai Nosso » ?

As coisas são diferentes nesse nível.

Inicialmente, essas palavras foram efetivamente pronunciadas pelo meu Filho, mas como todas as coisas nesta humanidade, mesmo as coisas as mais elevadas, foram sempre transformadas para dominá-los ainda mais.

Assim, portanto, repetir palavras não eleva a Vibração, mas une-os a uma egrégora em relação a essas palavras.

Mas esta egrégora foi recuperada, obviamente, pelas forças que procuram, por todos os meios, manter a sua dualidade.

Os Mundos que vocês procuram, os Mundos da Unidade, nada têm a ver com o que lhes propuseram até hoje a humanidade e suas experiências de vida, quaisquer que sejam.

O Amor, tal como é falado, tal como vocês o concebem, provoca sistematicamente o mal, porque o Amor, tal como vocês o concebem, não é Unitário.

O Amor, tal como foi concebido nesse Mundo falsificado, não é a Verdade.

Não há mal, no sentido da Unidade, para experimentar um ou outro, isso faz parte do seu caminho de retorno à Unidade, na condição que tomem um dia consciência de que o que os levou, a um dado momento, e lhes pareceu ir no sentido do bem, apenas fez reforçar a dualidade.


É necessário que vocês, a um dado momento, saiam de todos os condicionamentos, saiam de todas as orações, porque a única oração que ouço não é uma oração de palavras, mas uma oração de intenção, aquela que está ligada à Unidade, que está além do bem e do mal e que está relacionada com a Luz a mais autêntica.

Mas tranquilizem-se, mesmo os Santos passaram por esta ilusão, não pode ser de outro modo.

É muito fácil, com a energia e a emoção, fazê-los tomar algo que não é a Luz pela Luz, mas isso faz parte, ainda uma vez, do seu aprendizado, do aprendizado de seu discernimento e, além do discernimento, do seu acesso mesmo ao Mundo Unitário.

Não há tampouco que julgar e dizer isso é mal ou isso é bem.
Isso faz parte simplesmente de uma experiência que vocês viveram ou que alguns de vocês vivem ainda e viverão ainda até o momento em que a consciência chegar a tocar o que está além das crenças e das orações.


Todas as crenças, por definição, são destinadas a dominá-los a uma egrégora, de ligá-los a esta egrégora.

Mas a Liberdade não tem egrégora.
Mas a Unidade não é uma egrégora, é uma Verdade além das egrégoras.

Devo dizer que algumas línguas ditas primitivas e algumas orações ditas primitivas estão bem mais próximas da Verdade do que as religiões constituídas pelo homem.

E, ainda uma vez, vocês devem compreender e viver que existem efetivamente numerosos meios de juntar-se à Unidade, mas que se juntar à Unidade consiste mesmo em rejeitar esses meios.
***

Questão: o Anúncio que irá acontecer, que denominamos «seu Anúncio», será feito para todos os humanos ao mesmo tempo?

Querida Filha, não haverá meio de escapar à minha revelação, qualquer que seja a idade, qualquer que seja o povo e quaisquer que sejam as crenças.

Depois, cada um irá onde lhe dita sua Consciência e sua Vibração.

Alguns esquecerão muito rápido ou esforçar-se-ão para esquecer, outros negarão e rejeitarão.

Apenas faço propor e a Consciência do humano irá dispor.

Mas não é preciso fazerem demasiadas ilusões, vários dos meus filhos não estão prontos a reintegrar os Mundos Unificados.

Não há que julgar, não há que condenar, não há a querer outra coisa que o que essas almas decidiram.

Isso faz parte de uma certa forma de liberdade que é atribuída a toda criação.

Toda entidade que facultou criar formas de vida deve aceitar isso, é um princípio essencial à criação da Consciência nos Mundos que vocês chamam de materiais.

Quando eu falo criação, obviamente, não se trata de criação extensiva ou no vazio de almas, mas, bem mais, favorecer a densificação dessas almas em experiências novas, livres: o que foi e permanece o meu papel em numerosos universos.

Tendo criado uma forma de Vida, eu tenho que acompanhar esta forma de Vida criada até seu termo.

Esse também é um princípio, a princípio, inviolável.

No mais, o que criei tem por vocação tornar-se, de longe, mais elevado do que eu.

Isso também aceito como um princípio fundamental da Fonte.
***

Questão: depois do Anúncio, haverá 2, 3 dias de estase. Isso se refere à Terra inteira?

Meu Anúncio é a revelação do que eu sou, a Mãe de todos vocês.

A partir desta revelação, desencadeiam-se vários eventos que foram descritos, desde tempos muito antigos, pelos profetas.

Dentro desses eventos posteriores, e não concomitantemente, existe efetivamente um processo específico chamado de «os três dias de trevas».

Mas este evento não é absolutamente concomitante com meu Anúncio, ele o sucede, mas num tempo adaptado.

O certo é que eu irei preveni-los, assim como o disse àquele pelo qual me expresso atualmente, três dias antes.

Todos os meus filhos serão prevenidos.
Cada um, então, do mesmo modo que para a revelação de quem eu sou, fará o que a sua Consciência lhe ditar.

Muitos continuarão então a ir para as suas ocupações quotidianas, sem se dar conta do meu Anúncio, sem se dar conta do meu Aviso, isso também faz parte do seu livre arbítrio.
***

Questão: o que acontecerá para aqueles que não desejarem se dar conta disso?

Cada alma, nesta densidade, tem um caminho diferente e um futuro diferente.

Não existe um futuro esteriotipado com tal escolha ou tal outra escolha.
Existe uma infinidade de escolhas.

O que é certo, e isso lhes foi dito, é que cada um irá para onde o leve a Vibração da sua Consciência e em nenhum outro lugar, respondendo, por isso, ao que disse o meu Filho: «que seja feito segundo sua Fé».


A Fé, aqui, não é a crença.
A Fé é, aqui, a própria Vibração da sua Consciência.


Eu diria aliás que felizmente os meus filhos não irão segundo sua Fé ou suas crenças, tal como vocês entendem, porque assim como o compreenderam e espero que aceitaram, um número incalculável de crenças são todas também falsas umas e outras.


Jamais, jamais eu virei e voltarei para punir alguém da minha criação.

Enquanto que muito numerosas das minhas pretensas aparições falaram apenas de castigo e de punição a fim de mantê-los no medo de um julgamento final que apenas existe na imaginação de alguns seres que querem a todo preço fazê-los crer que o que vem é um julgamento final.

Mas o que vem é apenas Amor e Liberação e nada mais.
Somente o olhar do medo poderia fazê-los crer que isso é uma destruição, uma aniquilação, mas isso é falso.

Então, obviamente, se vocês derem peso e Fé a isso, é o que viverão.
Ser-lhes-á feito, efetivamente, segundo a sua Fé.

Se vocês dão pesos a essas crenças, vocês limitam o seu acesso à unificação da Consciência.
***

Questão: em termos de tempo terrestre, quando será o seu Anúncio?

Isso foi anunciado várias vezes.
Isso situar-se-á no momento o mais oportuno no nível Vibratório e no nível da configuração astronômica e planetária.

Esse momento está infinitamente próximo.

Vários dos meus filhos já pressentiram o meu chamado e a ele responderam antes mesmo que isso se tornasse oficial.

Algumas almas sentiram o meu chamado, de algum modo, elas anteciparam, mas virá um momento, que escolherei, onde tudo isso se manifestará em um instante.

Cada um viverá, naquele momento, o que eu chamaria (porque são palavras que podem mais evocar-lhes algo) de emoção das redescobertas.

Em seguida, cada um o viverá de maneira mais ou menos audível, mais ou menos visual, mais ou menos Vibratória, em função da sua aptidão, justamente, Vibratória, para captar.

Alguns, apesar das redescobertas, se fecharão.

Ainda uma vez, não há que julgar, nem medir, nem condenar porque, como mãe, eu os vejo livres das suas escolhas, dos seus engajamentos.

A Liberdade sendo total e condicionada, justamente, à sua capacidade para deixá-la expressar-se inteiramente.

Bom número de Arcanjos e inúmeros interventores, em meio aos 24 Anciões, falar-lhes-ão para irem ao essencial e à simplicidade.

É certamente a coisa a mais importante porque
 é nesta simplicidade e nessas coisas essenciais que vocês poderão mesmo acolher e responder ao meu Anúncio.

Se vocês não estiverem simples, ainda que o meu anúncio lhes seja audível e mesmo visual, então o mental tomará parte, apesar da emoção das redescobertas.
E o mental fará de tudo, se lhe atribuírem voz e atenção, para desviá-los da minha Presença e do meu Anúncio.


Cultivem, o melhor possível das suas capacidades, da simplicidade.
Vão para o essencial.


É assim que poderão o melhor possível aceitar e integrar o meu Anúncio.

Gostaria, sobretudo, que compreendessem e, sobretudo, que apreendessem a Essência, nos Mundos Unitários.

Quaisquer que sejam as orações que vocês realizaram, por vezes com fervor, ainda que elas tenham servido a um outro objetivo que a sua liberação, num primeiro tempo, elas definitivamente, em última instância, participaram da sua liberação.

Não há nem culpabilidade, nem remorsos, nem lamentos a ter, há somente uma lucidez a manifestar.

O peso das crenças é tal, ainda hoje, apesar da dissolução do que o Bem amado João chamou de ‘franjas de interferências’.

O peso do 'sistema de controle humano' está ainda muito forte, pelas suas encarnações, pelo hábito, pelo esquecimento também.

Vocês todos, sem exceção, aderiram em momentos ou outros, nesta vida ou em outras vidas, a dados que eram errôneos.

Mas, na Unidade de hoje, mesmo o que era errôneo concorre para a revelação da Unidade.
Assim, portanto, com relação ao que disse, nada há mais que sentir além da distância.

Eu os lembro que a única maneira de se aproximarem de mim, quando eu me aproximo de vocês, é a simplicidade.

Tudo o que é complicado, tudo o que lhes falam de castigo, de julgamento, de bem, de mal, não são de mim.

Eu venho do Céu, como eu parti.
Eu venho liberá-los na condição que aceitem ser liberados.
***

Não temos mais perguntas, agradecemos.
***
Então, meus Queridos Filhos, eu lhes rendo Graças de terem me atribuído o seu Coração e a sua atenção.

Hoje, como veem, tudo vai muito rápido nesta Terra.
Tudo irá cada vez mais rápido, agora.

Não se esqueçam de que a sua força, a única, estará na sua capacidade para viver a sua Dimensão Interior, a sua Dimensão Unitária.

E esta Dimensão Unitária não tem que fazer crenças, eventos exteriores, seus apegos.
Esta Dimensão Interior lhes é acessível, mais facilmente do que nunca, por esta noção, tão verdadeira, de final dos tempos.

Sim, vocês devem guardar apenas uma coisa, a mais importante, é que
 a força, a única verdadeira força, está em vocês e em nenhuma outra parte.

Isso foi expresso de diferentes modos pelos Arcanjos, pelos Anciões, mas, definitivamente, essas palavras tão diferentes remetem a isso.

Qualquer que seja a dificuldade (que não é devida a nós nem a vocês, mas a circunstâncias da ilusão), qualquer que seja a dureza aparente do que poderá se manifestar aos seus olhos ou longe dos seus olhos, o único repouso, a única força que encontrarão será no Interior de vocês porque, no Interior de vocês, vocês nos encontrarão todos, todos nós, da Luz Autêntica, prontos a responder e a lhes insuflar esta força que está em vocês.

Aí está, Queridos Filhos, as palavras que empreguei esta noite são as palavras que emprego todo o tempo, são sempre as mesmas, não mudaram jamais e não mudarão jamais.

Eu os amo, todos vocês, sem qualquer exceção, quaisquer que sejam as suas escolhas, quaisquer que sejam as suas possibilidades.

Eu sou Maria, sua Mãe, a Rainha dos Céus, a Rainha da Terra.

Eu os amo, até muito breve.


************
Mensagem da Amada e Divina MARIA no site francês:
(Publicado em 16 de maio de 2010)
***
Versão do francês: Célia G. – http://leiturasdaluz.blogspot.com
Postado por Célia G.

***

Transcrição e edição: Zulma Peixinho

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário