SRI AUROBINDO - 09 de janeiro de 2010 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação






~ O RETORNO À LIBERDADE DIMENSIONAL ~



Caras irmãs e caros irmãos humanos na encarnação, recebam as minhas bênçãos.

Eu sou SRI AUROBINDO.

Eu volto para vocês, como o faço há um mês, a fim de dar-lhes algumas indicações sobre o período que se abre diante de vocês e que será inaugurado pelo Arcanjo Miguel pessoalmente, que corresponde ao acesso, à etapa ou à Marcha do Coração.
Dentro de muito pouco do seu número de dias, vai se atualizar em vocês uma etapa essencial que alguns já conhecem por tê-la vivido por antecipação.
Esta etapa, porque é preciso bem lhe dar um nome, corresponde ao estabelecimento do Fogo do Coração ou do Fogo do Amor.
O Fogo não é o Fogo que queima, mas é, entretanto, um Fogo de calor que vivifica e que coloca em movimento.
A integração desta etapa, no seu corpo denso e nos seus corpos sutis, é certamente a etapa que irá necessitar, de sua parte, da maior certeza e da maior vigilância interior.
O Fogo do Coração ou o Fogo do Amor permitirá estabelecer, em vocês, mesmo nesta densidade, a sua capacidade quase espontânea para se colocarem na Vibração da Unidade, na Vibração do Supramental.
Como anunciei, e como anunciou o Conclave Arcangélico, um certo número de irradiações e de radiações de Luz chegaram até vocês, nesta Terra.
Essas Radiações foram capazes de desencadear em vocês processos de transmutação extremamente importantes, cuja finalidade é permitir-lhes estabelecer, vibratoriamente e em Consciência, numa nova Dimensão.
O Fogo do Coração, ou Fogo do Amor, é a etapa primordial, a etapa em que o conjunto das radiações que transmitimos (ou que foram transmitidas de diferentes maneiras até vocês), vão se reunir e se alquimizar no seu Templo Interior, a fim de despertar em vocês esse Fogo do Amor.
Nesse Fogo, realizar-se-á a transmutação alquímica das suas células e do conjunto dos seus constituintes físicos e sutis, porque é bem de uma alquimia que se trata, de uma alquimia interior que vai conduzi-los a experimentar, de maneira cada vez mais durável, a condição da Presença e do Estado de Ser, mesmo nesta densidade.
Deixarei o Arcanjo Miguel desvendar-lhes os detalhes técnicos e práticos.
Eu vou chamar, quanto a mim, a atenção sobre a necessidade de estabelecer, em vocês, esta Vibração do Fogo do Amor, de maneira a mais autêntica e a mais bem sucedida possível.
São, com efeito, coisas, em suas palavras, em seus comportamentos, em suas ações, que favorecerão, de maneira inegável, o estabelecimento desta Vibração do Fogo do Coração em vocês, e outras, ao contrário, que os afastarão.
Tudo o que proceder, em vocês, do ego, da personalidade e do que sai do quadro da ética e da honestidade os afastará.
Tudo o que os aproximar de sua dimensão de Unidade, da Paz que serão capazes de estabelecer em suas relações, em seu ser Interior, favorecerão o estabelecimento durável e definitivo do Fogo do Amor.
Esse Fogo, assim como o chamamos, é de fato um conjunto de radiações específicas e extremamente velozes que, até agora, não estavam presentes na superfície da sua Terra.
Esse Fogo corresponde ao que eu denominei, na minha vida, o plano de la Città ou, ainda, o Supramental.
O conjunto dos Melquizedeques, dos próprios Arcanjos, atraiu a sua atenção sobre a vinda desse Fogo, pelo desaparecimento progressivo das franjas de interferências, e assim como o disse o nosso venerável Omram Mikaël, pela penetração dessas Irradiações, primeiramente nos três envelopes que os isolaram nesse cosmos e que, hoje, penetram até vocês.
A fusão e a alquimia de diferentes radiações que chegam até vocês, vão levar à ativação de uma Vibração nova e de um estado de ser novo.

***


O Fogo do Coração é a quintessência da Vibração Unitária.
Ela é aquela que vai conduzi-los à sua Eternidade e à sua Essência.
Nada poderá ir nesses espaços novos de Vida se não tiver atualizado e estabelecido, de maneira definitiva, a Vibração do Fogo do Coração.
Esta não é uma visão da mente, isto não é unicamente uma concepção, mas, bem mais, uma Vibração e uma função real do seu chacra do Coração.
A abertura deste à sua dimensão do Fogo abre-lhes os reinos do Estado de Ser e da Unidade, abre-lhes os reinos de percepções mais claras e mais autênticas do que vocês são e do que é o outro e do que é o mundo.
Essas funções estão bem além das funções de empatia e de carisma que alguns de vocês já conhecem, mas que, infelizmente, podem conduzir a abusos ligados à personalidade.
No Fogo do Amor não há mais lugar para a personalidade.
Há lugar para a Alegria, com certeza.
E há, sobretudo, lugar para a Verdade.
Há lugar para a transparência a mais total.
Vocês irão constatá-lo por si mesmos.
Todo comportamento, todo gesto, toda atitude, e mesmo todo pensamento, que não estiver de acordo com o Fogo do Amor, irá afastá-los instantaneamente do Fogo do Amor. 
Tornar-se-á possível a todo ser humano, não, certamente, a partir de amanhã ou a partir de 17 de janeiro, mas nos próximos meses, perceber esta Vibração e este estado, senti-lo, vivê-lo, compreendê-lo, compreender os mecanismos e as funções.
Vocês irão se guiar si mesmos, passo a passo, em função dos seus comportamentos, das suas ações, dos seus gestos, das suas palavras, e chegarão a estabelecer esta Vibração do Fogo do Amor, centrando-se de novo sobre o que vocês são e o que vocês são.
Isto necessita de um olhar lúcido e é um aprendizado.
Um olhar lúcido sobre vocês mesmos, sobre as suas capacidades, os seus meios, mas também, os seus limites. 

***


Vocês devem também compreender que o Fogo do Amor, em si, é Inteligência da Luz e Inteligência do Fogo.
Esta Inteligência do Fogo, que irá lhes permitir queimar o que deve ser queimado em vocês, na condição, aí também, que vocês deixem agir em vocês esse Fogo e que ele não seja desviado, de nenhuma maneira, pelo ego.
Ainda uma vez, isso é um aprendizado.
Não há qualquer punição.
Não há qualquer castigo.
Há exatamente experiência e aprendizagem.
Aproximando-se desta Vibração do Fogo do Coração e do Fogo do Amor, em sua Vida comum, além dos espaços de meditação (que serão alterados, como o dirá Miguel), vocês devem aprender, pouco a pouco, a estabelecer esta Vibração do Fogo do Amor em suas ocupações as mais triviais e as mais comuns da sua Vida, porque é nesta Vibração que vocês irão extrair a força, a inspiração, a transparência, a honestidade, a Alegria e a suficiência de tudo o que é o seu ser Interior e Exterior.
Vocês serão então ajudados pelas suas próprias percepções Vibratórias, além dos espaços em que os convidaremos de novo a se religarem a nós e ao Conclave.
Esta aprendizagem ser-lhes-á facilitada e permitida durante vários meses.
A partir da primeira vez, para aqueles de vocês que não conhecem esse Fogo do Coração, desde a primeira vez em que o sentirem, vocês compreenderão instantaneamente o significado e a função.
Compete-lhes, então, em todo o desenrolar da sua Vida, nos seus atos os mais significantes como os mais insignificantes, colocarem-se nesta Vibração e nesta Consciência.
Esta aprendizagem não será fácil todos os dias , porque vocês irão se aperceber de que alguns comportamentos, que lhes pareceu até então certos, irão afastá-los do Fogo do Amor, e de que alguns comportamentos, inéditos para vocês, ou inusitados, ao contrário, irão aproximá-los do Fogo do Amor.
A Vibração, esta Vibração, será o melhor dos seus guias e o melhor dos seus aprendizados.
Progressivamente e à medida que vocês viverem esse Fogo do Amor, vocês chegarão a compreender os mecanismos íntimos e irão se aproximar deles, e irão revivê-los, e irão reviver ainda.
Inicialmente, nos seus espaços de meditação, e, em seguida, no conjunto das suas relações consigo mesmos e com o ambiente, quaisquer que sejam os atos das suas vidas.
Vocês devem fazer o aprendizado (antes mesmo de empreender uma ação, um gesto ou um diálogo) de tomar por hábito de sentir esse Fogo do Amor e de ver se o seu comportamento, os seus gestos, os seus diálogos, estão em acordo, ou em desacordo, com o Fogo do Amor.
O Fogo do Amor será o seu guia infalível e também o seu juiz infalível.

***


A abertura ao Fogo do Amor e a Vibração da Consciência sobre o Fogo do Amor é, ainda uma vez, uma etapa primordial que irá lhes permitir poder penetrar, quando o aprendizado terminar, com toda simplicidade e eficácia, na nova Dimensão, porque não há outra porta senão aquela do seu Coração.
Não haverá ninguém, nós o esperamos, que virá salvá-los, se não forem vocês mesmos.
Todas as intervenções exteriores, quer sejam das suas relações inter-humanas, ou de outros tipos de relações ainda desconhecidas de vocês, deverão ser guiadas por esta percepção Vibratória no seu peito porque, eu repito, ela é infalível e inalterável.
Inúmeros de vocês sobre esta Terra experimentaram, desde há um mês, a transmissão dos Melquizedeques, no seu Coração, a transmissão da energia do Conclave que permitiu iniciar a fusão entre a Coroa Radiante da cabeça e a Coroa Radiante do Coração.
Nesta Coroa Radiante do Coração eleva-se agora o Fogo do Amor que é o Fogo da Verdade e da purificação.
Eu lhes diria também que, no próximo período, vocês não devem ouvir nem a sua razão, nem seu afeto.
Vocês deveriam, e deverão, apenas ouvir a vibração do Fogo do seu Coração ou do Fogo do Amor, porque ela só diz o certo, porque ela só mostra o que é justo.
A certeza interior está nesse nível e em nenhum outro lugar. 
A Inteligência da Luz na realização do Fogo do Amor permitirá à sua Vida desenrolar-se na Fluidez, na simplicidade, e, sobretudo, na Unidade.
Tudo o que é bom para vocês chegar-lhes-á, tudo o que não é bom para o seu Fogo do Amor afastar-se-á de vocês.
Vocês não devem ter nem remorsos, nem lamento, nem escrúpulo.
Vocês têm apenas que se adequar à Vibração do Fogo do Amor, porque ela os conduz à sua eternidade, coisa que não poderiam fazer as condições exteriores da sua Vida, coisa que não poderia fazer o seu mental.
O conjunto do seu caminho, por conseguinte, deve ser guiado por esse Fogo do Amor.
O Fogo do Amor é a única Verdade.
É também a garantia da sua autenticidade com vocês mesmos e com o mundo.
Vocês não têm que se desencorajar, se alguns de vocês, sobre esta Terra, não o perceberem ainda, quando da iniciação da Etapa do Coração por Miguel.
Isso poderá ocorrer naquele dia, ou ainda nos próximos meses.
Mas, a partir do dia em que vocês tiverem sentido, pela primeira vez, esse Fogo que devora, do Amor que não queima, vocês jamais poderão confundir esta Consciência, esta Vibração, com outra coisa.
Compete-lhes então recriar este estado, quando dos espaços de Radiação da energia, quando das etapas e momentos alquímicos que derramaremos para vocês, mas também na experiência prática da sua Vida quotidiana.
A Vibração do Fogo do Amor confere Unidade e Verdade.
Ela permite acolher, em vocês, a Vibração Crística.
Ela lhes revela a vocês mesmos e os desvenda a vocês mesmos.
Ser-lhes-á então possível, a partir da primeira experiência vivida, estabelecer e viver isso, de maneira intensa e indelével.
É que nós, Melquizedeques, podemos lhes desejar o melhor do melhor, porque a sua liberdade encontra-se nesse nível e em nenhuma circunstância externa a vocês.
Nós os esperamos sempre cada vez mais numerosos para descobrir esse Fogo do Amor, e para vivê-lo, e manifestá-lo.
Nossa certeza é grande sobre o futuro do Ser Humano e o seu acesso a esta Dimensão nova.
Nós organizamos, e vigiamos o melhor possível para que as circunstâncias de ignição do seu Fogo do Coração se realizem nas melhores condições.
Mas vocês devem demonstrar honestidade com vocês mesmos e com o mundo, na sua totalidade.
Caras irmãs e caros irmãos, se vocês tiverem questões com relação a esse Fogo do amor e suas implicações, eu posso dar, se quiserem, um esclarecimento complementar ou suplementar.

***


Questão: podemos sentir, quando sentimos o Fogo do Amor, como uma corrente de ar fresco que percorre o peito?

O ar é o que precede o Fogo.
O ar precede o abrasamento.
Trata-se da etapa inicial do Fogo do Amor.
Entretanto, esta Vibração de ar percebida no peito reflete a aproximação do Supramental, do Coração.

***


Questão: quando sinto o Fogo do Amor no peito, por que
os meus tornozelos ficam doloridos?

Caro irmão, a razão é muito simples: o Fogo do Amor está bem além do Fogo nuclear e do Fogo da fusão e da fissão atômica. 
Se não houvesse alguns fusíveis, em alguns seres, eles iriam volatizar instantaneamente. 
Sentir, naquele momento, os tornozelos doloridos, ou como que aprisionados, corresponde a um fusível que lhe permite evitar a combustão espontânea ou o desaparecimento espontâneo.
Trata-se, portanto, de uma proteção.

***


Questão: o Fogo do Amor está aí para fazer cair as barreiras da dualidade?

Sim, totalmente.
O Fogo é o que é chamado para queimar a Ilusão, totalmente.
É o seu Fogo Interior, de início, que deve realizar isso, completado em seguida pelo Fogo exterior.

***


Questão: qual é esse Fogo Interior e esse Fogo exterior?

Continuando simples, com palavras simples, o Fogo Interior e o Fogo exterior participam da mesma realidade.
Trata-se, de fato, de certo número de Radiações cósmicas, retransmitidas, como vocês sabem, pelo Sol Central da sua galáxia e pelo Sol Central das galáxias, por Sirius e Alcyone.
Essa Irradiação é constituída de uma série de partículas que têm efeitos biológicos e espirituais, cuja vocação é retorná-los à sua liberdade Dimensional.
Deve acontecer um processo que será levado à adequação do Fogo Interior com o Fogo exterior que irá permitir, então, quando chegar a hora, derretê-los, sem resistência e sem sofrimento, nesse Fogo exterior, mas vocês não estão ainda lá.
Entretanto, esses dois fogos participam da mesma realidade e da mesma finalidade.
Esse Fogo, assim como dizia, representa uma energia e uma Consciência de longe superior ao que vocês chamam de energia atômica ou de energia da fusão atômica.
É esta Consciência e esta Luz que eu descrevi na minha vida e que, hoje, está iminentemente próxima de vocês, como está próxima do seu Coração e da sua descoberta que alguns seres já viveram.

***


Questão: isso explica manifestações de dualidade por vezes surpreendentes?

Em um sentido, sim.
Isso faz parte também do aprendizado, para uns e outros, do que é a Vibração do Fogo do Amor e do que não é.
A partir do momento em que dois seres estabelecem uma relação no Fogo do Amor, em nenhum momento esta relação pode ser dual ou conflituosa.
Entretanto, esta dualidade é uma experiência e um aprendizado, aí também.
Deve permitir, a uns e outros, aproximarem-se desta Vibração, identificando sobre o que não é, sem ali se atrasar, mas, entretanto, de maneira transparente, a fim de colocar fim na opacidade e nas mentiras.
Não há outras soluções. 
A era dos compromissos e dos comprometimentos terminou.
A era em que se podia jogar com as energias desse mundo terminou.
Vocês são os pioneiros de um novo mundo, se o aceitarem.
Esse novo mundo, esta nova Dimensão, não tem os mesmos valores, nem as mesmas funções.
Ela necessita de vocês a Alegria, a Paz, a transparência e a clareza.
Os jogos do ego, os jogos de poderes, o poder sobre o outro, as maledicências, tudo que fazia parte da sua vida habitual, qualquer que seja sua vontade espiritual, deve agora desaparecer.
Lembrem-se de que a Vibração do Coração será o seu guia infalível nesse caminho.

***


Questão: como conciliar Verdade e não dualidade?

Isso será conciliado, de modo
muito natural, pela Vibração do seu Coração e do Fogo do Amor.
Todo ato, todo pensamento, toda ação, todo comportamento, toda frase, que estiver de acordo com o Fogo do Amor, reforçará o Fogo do Amor.
Todo ato, toda ação, todo gesto, todo diálogo, que afastar, apagará o Fogo do Amor.
Quando tomarem o hábito de perceberem e viverem esta Vibração, quando deste aprendizado, vocês irão constatar por vocês mesmos que, se saírem desta Vibração, irão sofrer, porque irão de afastar da sua Unidade, da sua Verdade, e da Luz.
Não é, portanto, o mental que vai apreender isso, mas, sim, a própria Vibração do Fogo do Amor.

***

Não temos mais perguntas. Nós agradecemos

***


Então, caras irmãs e caros irmãos, eu lhes proponho viver um momento, juntos, de meditação que
irá nos aproximar, que irá aproximá-los, desse Fogo do Amor, durante alguns minutos.
Quanto a mim, eu lhes transmito todo o Amor e todos os encorajamentos do universo, para efetuarem este trabalho que é a sua grande obra, porque a maior obra que podem realizar não está nas suas realizações terrenas, sejam elas quais forem, mas, sim, na realização do seu Templo Interior, e na construção desse Templo Interior pelo Fogo do Amor.
O resto é estritamente nada é não tem valor algum para a Fonte, rigorosamente nenhum.
Então, juntos, acolhamos e eu lhes digo até breve. 



************


ÁUDIOS:



************



Mensagem do Bem Amado SRI AUROBINDO no site francês:
09 de janeiro de 2010

***



Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

***



Transcrição e edição: Zulma Peixinho


************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário