O.M. AÏVANHOV – 29 de março de 2009

Clique aqui para comentar esta publicação







E bem, caros amigos, estou extremamente contente por reencontrá-los para responder às suas questões e tentar ajudá-los o melhor que eu puder no seu caminho.

Então, eu lhes apresento as minhas saudações e lhes transmito todo o meu Amor e escuto o que vocês têm a me perguntar.

***


Questão: como fazer escolhas coerentes com a alma quando se tem um mental potente?

Se for o mental, a personalidade quem decidir, se efetivamente eu ouvi o que disse RAM, você tem 90% de chance de se enganar.
Portanto, cabe a você concluir o que você quer.
Obviamente, se a personalidade se manifestar, como ela vai se manifestar?
Pela raiva essencialmente, pela tristeza, pelas lágrimas, pelas gesticulações em todos os sentidos, o que é contrário, obviamente, à decisão da alma.
A alma, quando ela decide, ela está, como dizer..., na fluidez.
As coisas são muito mais simples, fáceis, nesse caso.

***


Questão: você tem preconizações para ir com vantagem para a interioridade?

Eu creio que há muitas coisas que lhes foram dadas pelo venerável RAM.
Em particular, o trabalho sobre o coração e a vibração do coração.
O essencial está aí.
Porque, como disse o Arcanjo, vocês irão receber cada vez mais energias sobre a cabeça, mas vocês não devem deixar a energia na cabeça, ela deve descer no coração.
É imperativo, senão, vocês vão se queimar.
E, aliás, constata-se nos casulos de Luz que, quando é a personalidade que se exprime, bem, o mental está em superaquecimento.
O que isso dá?
Rubores, por toda parte, na parte superior, e fogo, na parte superior.
Não é o Fogo do coração, que é diferente.

***


Questão: você teria preconizações para superar este aspecto do mental?

Mas são sempre as mesmas, nada mais.
Não há outras técnicas além daquelas que foram dadas: escutar as vibrações do coração, centrar-se no coração e, sobretudo, quando vocês sentirem as energias na cabeça, não deixá-las na cabeça, sem isso vocês iriam chamuscar, em todos os sentidos do termo.
É preciso que as vibrações que lhes chegam por cima, em alguns momentos, em alguns dias, em alguns horários, quando vocês sentirem que é muito forte, tomem tempo para dirigi-las, com a consciência ou com o mental, mas dirigi-las, drená-las para o coração.
Mas se o seu mental trabalhar naquele momento, o que vai acontecer?
Vocês vão ter a cabeça que queima, enquanto que se a energia, vocês conseguirem conduzi-la por uma decisão da sua consciência/energia ao coração, vocês irão constatar que as coisas são muito mais simples.
E é com esse desafio que vocês serão confrontados cada vez mais frequentemente.
Lembrem-se de que a Luz que desce, ela é do amor, mas se vocês não forem capazes de vivê-la no coração, no amor, ela irá se manifestar, antes de tudo, pela violência e vocês irão constatar muito, muito em breve, que as pessoas se tornam cada vez mais disparatadas.
Não pela raiva, mas pela violência.
Cada vez mais vocês vão ouvir, mesmo em sua mídia, que acontecem coisas anormais no nível dos seres humanos.
Isso, são todos aqueles que não foram capazes de acolher as energias nem na cabeça, nem no coração, então, eles as acolheram onde?
Ao nível do hara, ou seja, ao nível do segundo chacra e eles manifestam a raiva, a agressividade.
Ou então, isso permanece na cabeça e desencadeia raiva terrificante.

***


Questão: durante quanto tempo vão durar essas energias?

Até o fim.
Elas não irão parar mais.
Acabou.
Os períodos de descanso, de calma energética não existirão simplesmente mais.
Vocês irão, crescendo, para uma intensificação da vibração e eu creio que o Arcanjo MIGUEL falou de compressão ou de contração da energia.
É exatamente o que está ocorrendo e quanto mais vocês resistirem, mais vocês estarão mal.
É válido também para os seres no caminho espiritual.
Vocês devem ir cada vez mais ao sentido do que é harmonioso e fluido, seja o que for que isso lhes custar no nível do dinheiro, no nível do prazer e no nível das facilidades.

***


Questão: nas 24 horas, há períodos específicos?

Sim, perfeitamente.
Não há a mesma intensidade a cada dia, mas, entretanto, a descida da energia retransmitida pelo Sol Central não irá parar mais.
É, agora, uma emissão contínua.
Ela é necessária para a ascensão do planeta, mas também para desembaraçá-los das suas últimas impurezas.
Isso é muito importante.

***


Questão: essas descidas de energia são cíclicas?

Não, são muito variáveis de acordo com os períodos, como vocês já puderam constatar.
Há momentos que são localizáveis, muito específicos.
Vocês verão que esses períodos aumentam em número, no mesmo dia.
Antes, havia duas ou três descidas por dia, segundo as fases da Lua e de ciclo.
Vocês constatam agora que, todos os dias, em diferentes momentos, há descidas de energia.
E, dentro de muito pouco tempo, exatamente após o equinócio de verão [inverno no hemisfério sul], vocês irão se aperceber de que a energia estará permanentemente aí e de que, se vocês não fizerem o trabalho de descer pacientemente esta energia e integrá-la no mais profundo do seu ser e deixá-la fazer o trabalho dela, vocês irão se aperceber de que isso vai provocar muitos desconfortos.
Portanto, é preciso verdadeiramente curvar-se aos exercícios e aos conselhos que lhes damos, uns e outros.
Isso vai do bem-estar, eu diria, do seu veículo físico e do bem-estar do seu caminho de vida, é certo.

***


Questão: nessas descidas de energias que ativam também a Terra...

Perfeitamente.

***


Questão: ... tem-se um papel a desempenhar ou não?

A Terra vive o que ela tem que viver, mas vocês irão ajudá-la grandemente se se deixarem, vocês também, atravessar por esta energia, pelo que ela lhes pede, porque a energia, ela desce assim, mas ela também pede algo.
Ela não pede esforços, mas ela lhes pede para se deixarem modificar, transformar e despertar completamente à Luz.
É o papel desta energia.
Se vocês sentirem que as pressões se tornam demasiado fortes, então, naquele momento, vão para a natureza, naquele momento, deitem-se se puderem, e tentem drenar (é verdadeiramente a palavra adequada) o conjunto desta Luz que lhes chega no nível do peito.
Como disse RAM, como eu o disse também, não é mais tempo agora de fazer descer esta energia no nível da Kundalini, no nível do sacro, porque vocês não terão tempo de fazer os movimentos, aqueles que ainda não o fizeram.
Mas isso não é o mais importante.
O mais importante é a chave de acesso à ascensão, é o coração, obviamente.
O trabalho de despertar da Kundalini, se vocês não sentirem as energias telúricas, vocês não irão senti-lo.
Não se foquem nisso.
O mais importante é fazer descer a energia/Luz no nível do coração e aceitar esta pressão que ela gera em vocês, porque esta pressão é profundamente transformadora e iluminadora para vocês.

***


Questão: é possível sentir essas energias diretamente no coração?

Então, caro amigo, é possível, na medida em que você mesmo fez um trabalho ‘do ego ao coração’ (1).
Era o caminho preconizado, em particular nos meios orientais, desde sempre, ou seja, elevar as vibrações para passar do ego ao coração.
Quer dizer que a pessoa que teve êxito em despertar o seu chacra do coração e em viver a energia do coração e a consciência do coração, não tem necessidade do afluxo da energia celeste no nível da ascensão.
Porque, de todo modo, mesmo se você abriu o seu coração sozinho, como um grande, como estava escrito que era preciso fazer, entretanto, há certo número de códigos que não estão ativados e que estão diretamente ligados à Luz do Sol Central.

***


Questão: esta energia pode então voltar a subir?

Depois, ela circula livremente entre a cabeça e o coração.
Isso é válido para um nível de energia que se tornou constante, mas lembrem-se de que vocês terão esforços de adaptação a fazer a cada novo patamar energético.
Não é algo que se estabeleça de maneira definitiva.
Haverá ajustes a fazer cada vez mais frequentemente, porque se derramam em vocês códigos de Luz extremamente potentes e extremamente novos que têm como único objetivo fazê-los reencontrar o que vocês são, inteiramente: corpo, alma, Espírito.
Personalidade, alma, Espírito.
Portanto, há ajustes permanentes.

***


Questão: quando se lança, jovem, numa atividade profissional, como descer em consciência a energia da cabeça ao coração?

Então, cara amiga, a vantagem das pessoas que são jovens é que elas são mais maleáveis.
Os jovens que estão abertos, hoje, à energia, podem ainda trabalhar.
Mas virá um momento (não se enganem), provavelmente após o verão [inverno no hemisfério sul], em que vocês deverão escolher também entre o seu trabalho (que, no entanto, os une) e a espiritualidade.
Por enquanto, nas jovens idades, há a possibilidade de trabalhar ao mesmo tempo que vivem essas energias.

***


Questão: as vertigens podem estar ligadas à energia?

Completamente.
As vertigens, as faltas de ar, as dores de cabeça, os furúnculos, as infecções, as verrugas, tudo o que surge em vocês está ligado ao trabalho das energias.

***


Questão: quando se sente já no amor frente à natureza, aos outros, o que desenvolver mais?

Então, a resposta é muito simples, cara amiga: quando você diz que ama alguém ou uma pessoa, quando você diz que ama verdadeiramente, é o mental quem fala.
Em contrapartida, quando você olha uma flor ou um desconhecido ou alguém da sua família e se sente invadida por um sentimento indizível de vibração de amor, aí, você está no amor.
Mas eu creio que 99,99% dos seres humanos, quando falam de amor, não compreendem o que eles falam, e eles falam de posse, eles não falam de amor.
O amor não é um conceito.
Como ensinou RAM, e como eu o ensinei na minha vida, vocês podem dizer que amam o universo inteiro, mas isso, isso não engana a Luz, porque se vocês amassem o universo inteiro vocês passariam a sua vida como a grande MA ANANDA MOYI, em permanente êxtase, em permanente íntase, permanentemente em uma alegria inefável.
Então me diga, quando você diz que ama, você sente isso?
Não deve confundir o amor expresso pelas palavras ou sentido pelas palavras e o amor de que falo, que nada tem a ver com o amor no sentido humano.
Vocês podem provar uma compaixão para muitas coisas.
Vocês podem sentir o sofrimento de um ser e mesmo compartilhar, e mesmo tomar o sofrimento dele sem, no entanto, estar no amor.
O amor de que falo é um estado de ser vibratório além do humano, além da dualidade e que se manifesta pela transcendência, pela imanência e pela alegria.
E isso apenas é possível a partir do momento em que a vibração do amor se instalou, e não de outro modo.
De outro modo é apenas o mental e a ilusão.

***


Questão: esta ativação dos códigos vai continuar nos próximos três anos?

E por que você fala de três anos?
Quem disse isso?
Ninguém sabe quanto tempo isso vai durar.
O que sabemos, nós, lá em cima, é que está eminentemente próximo.
Ninguém pode saber, apesar do início em uma data precisa que lhes deu MIGUEL.
E vocês observam tudo o que acontece sobre a Terra, vocês observam todas as bobagens que saem de vocês, vocês observam suas verrugas, suas infecções, seus fungos, suas dores.
Tudo isso são saídas, o que deve se eliminar e, a Terra, ela vive a mesma coisa: ela elimina o que é do domínio da Sombra.
Então, obviamente, há adaptações, ajustes.
É preciso aceitá-los.
Lembrem-se de que não são doenças evolutivas que vocês vivem, mas verdadeiras transformações que, por vezes, colocam o corpo físico em rude prova, não é?
Era a questão ou não era a questão?

***


Questão: todos esses códigos estão ativados?

Não, não todos.

***


Questão: como isso vai acontecer?

Vocês saberão que todos os códigos estão ativados quando virem fenômenos cósmicos sobre o conjunto do planeta.
Vocês viverão, durante todo o ano Micaélico, o transbordamento dos elementos sobre a Terra, mas também dos elementos da Luz em nível vindo do cosmos, seja do seu Sol ou de outros planetas.
Tudo isso está em andamento.
Tudo isso se manifesta nesse momento, ao que vai responder a loucura dos homens, daqueles que não estão despertos à sua dimensão espiritual e daqueles que recusam a dimensão espiritual porque é a escolha deles e estes devem viver as consequências das suas escolhas, assim como vocês vivem as consequências das suas escolhas.
Vocês poderão «apreciar» o tempo que resta para esta 3ª dimensão, em função do nível e da intensidade do que irão viver os elementos terrestres, em resposta à ativação Micaélica.
E eles apenas estão começando.
Há vários vulcões que se despertam.
Eu lhes disse, há três anos e meio, que os vulcões do cinturão de fogo do Pacífico despertariam e que esse seria o sinal fundamental do início do fim.
Eu lhes assinalo que há muitos vulcões que se despertam nesse momento, mesmo se lhes digam que não, porque por toda parte, nesse momento, na sua mídia, vão falar da crise, mas não lhes falam do que acontece realmente.
Apenas quando houver perdas humanas é que vocês ouvirão falar.
A totalidade da humanidade é manipulada, para pensar no quê?
Em uma única coisa: na crise, porque a crise, isso nutre o quê?
A egrégora do medo.
E eles estão quase tendo êxito.
Olhem o número de pessoas que têm medo.
E o medo resulta no quê?
Na revolta, na revolução, em uma ação exterior.
E absolutamente não em uma ação interior.

***


Questão: o que responder a quem nos perguntar por que nada aconteceu em 25 de março?

Nada aconteceu?
Isso quer dizer o quê, «nada aconteceu»?
Porque, as pessoas esperam ver com os olhos ou sentir, na pequena parcela de terreno em que estão, ver o apocalipse se desenrolar sob os olhos?
Mas eles não estão ligados na realidade do que acontece.
Eles estão ligados na esperança de um fenômeno que vai transformá-los e que vai retirá-los deste planeta que vive no medo.
Mas isso, isso reflete os próprios medos deles.

***


Questão: então, como responder da melhor forma possível?

Mas as pessoas não são estúpidas.
Elas veem efetivamente o que acontece na Terra.
Há os que não querem ver, que colocam a cabeça no buraco.
Vocês veem, efetivamente, tudo o que acontece no nível dos elementos.
Você veem, efetivamente, a modificação de tudo o que acontece no nível da natureza.
Vocês veem, efetivamente, mesmo que não vejam a olho nu, basta olhar (enquanto ainda há meios) no nível eletrônico (vocês chamam isso de internet, eu creio).
Há os meios de ter informações reais e corretas, mas vocês não as terão pelos jornais.
Eles vão lhes falar da crise e de nada mais e cada vez mais.
Eles querem afastá-los do que acontece no nível da Terra.
Não esqueçam que as forças da Sombra se alimentam do medo, antes de tudo, do ser humano.

***


Questão: tudo o que está escrito nos anais akáshicos continua válido?

Isso quer dizer o quê?
Isso nada quer dizer.
Como os anais akáshicos podem ser válidos ou não válidos em função da evolução do que quer que seja?
Quer dizer o quê, «tudo está escrito»?
Em qual nível?
Do homem ou da humanidade?
No nível da humanidade são ciclos e estes estão inscritos no mármore através dos movimentos planetários.
Isso, eu já disse.
Agora, no nível humano, o que vocês farão não está inscrito na linearidade desse mundo.
Em contrapartida, além da linearidade desse mundo de 3ª dimensão, a sua escolha está escrita, é claro, mas não os eventos que vocês têm que viver.
Enquanto vocês são crianças, vocês creem que são livres de fazer o que quiserem e de colocar as escolhas que quiserem.
Isso é próprio da criança.
O problema é que, quanto mais vocês se elevarem para a sua Fonte, quanto mais se elevarem para a Luz, quando mais se elevarem para o que vocês são realmente, menos vocês têm liberdades, tudo é determinado.
Então, o livre arbítrio e o determinismo funcionam de maneira sincrônica segundo as almas às quais essas leis se dirigem.
Quanto mais vocês se elevarem para a sua Fonte e para a sua Luz, menos o compromisso é possível e menos vocês têm liberdade de ação e de escolha.

***


Questão: passar sob governo Divino significa então que mais ninguém tem livre escolha?

Perfeitamente, e é o que está acontecendo.
É o que percebem os homens da Sombra.
Eles se apercebem de que se fizeram enganar (para não dizer grosserias) com relação ao que haviam dito a eles os seres maniqueístas que os manipularam e as forças Luciferianas que os manipularam.
Eles começam a se aperceber de que isso se desenrola não verdadeiramente como disseram a eles.

***


Questão: MIGUEL, RAM, ORIONIS e você mesmo se encontram no mesmo plano?

De modo algum.
Eu já falei disso.
Vocês sabem que as dimensões não são todas habitadas.
Há dimensões intermediárias onde não há consciência, mas apenas a energia em consciência, dos níveis matriciais, eu qualificaria isso.
ORIONIS vem da 18ª dimensão.
RAM, eu o chamo de Venerável, porque está além da 11ª dimensão.
Eu penso que, em uma noção linear do seu tempo, dentro de pouco tempo, ele irá se tornar um Sol, ou seja, ele irá perder todo antropomorfismo e toda forma ligada à encarnação e à humanidade humana, tal como vocês a conhecem, o que foi o caso de inúmeros grandes seres sobre esta Terra.
Vou citar um exemplo que vocês talvez conheçam e que se chamou São Francisco de Assis, que se encarnou uma última vez (antes de se tornar um Avatar de grande dimensão) e que foi o Padre PIO, e que se tornou um Sol na constelação de Centauro, um novo Sol.
MIGUEL está além das esferas Oriônicas, porque ele não passou pelas vias da encarnação, como ORIONIS, RAM ou Padre PIO.
Os Arcanjos foram criados Arcanjos.
Em contrapartida, eles têm um déficit com relação a vocês: eles não conhecem os mundos da encarnação.
Isso pode ser uma vantagem, mas isso pode ser também um déficit.
Então, MIGUEL jamais poderá se tornar um Sol, o que não é o caso para alguns seres humanos.

***


Questão: é preciso obrigatoriamente ter encarnado para se tornar um Sol?

Perfeitamente.
Encarnado não importa sob qual forma, ou seja, ter vivido a dualidade sob uma forma ou outra.

***


Questão: e você, em qual dimensão você se situa?

O que é que isso vai lhe significar, se eu responder que estou na 9ª ou na 18ª dimensão?

***


Questão: isso lhe pertence, eu respeito simplesmente a sua pergunta.

Eu responderia que vocês têm que olhar as canalizações que já foram colocadas na internet, porque isso ali é a resposta.
Isso irá ocupá-los por um certo tempo.
Vocês irão responder a eles que era março de 2006.
Não, entre março e junho, isso vai lhes tomar mais tempo.

***


Questão: na 5ª dimensão vamos encontrar os defuntos?

O que isso quer dizer?
Vocês acreditam que os defuntos, vocês vão encontrá-los como eles eram há 200 anos?
O que é esse delírio?
Isso nada importa já que aqueles que estão encarnados hoje eram os defuntos de há 200 anos.
É mesmo mais dualidade aí, mas não importa o que é.
Não se podem encontrar defuntos, uma vez que eles já reencarnaram.
Isso quer dizer que os planos intermediários (os planos que vocês chamam de astral ou de plano intermediário ligado à 4ª dimensão) foram esvaziados, literalmente, de todos os ocupantes.
Vocês vão, portanto, conduzir um mundo novo, com pessoas novas.
Vocês não vão reencontrar o avô, a avó ou Napoleão, não é?
Não importa quem.
Desde a entrada desse sistema solar sob a influência do Sol Central desta galáxia (que ocorreu em 1984), pouco a pouco, os mundos intermediários foram esvaziados de todos os habitantes.
Não há mais mundos intermediários.
Isso foi completamente ejetado, tanto os seres humanos como as forças que vocês chamam de astrais.
Elas foram ou precipitadas sobre a Terra, ou elevadas em outras dimensões.
Quer dizer que vocês vão se encontrar em um mundo novo em que todos os apegos que vocês tiveram (a família, os laços afetivos), na quinta dimensão absolutamente não existem.
Todos os seres com quem cruzarem serão seus irmãos e suas irmãs.
Não há mais noção, tal como vocês entendem, de família, de fixação a uma linhagem, a não ser a sua linhagem espiritual.
Todos os fundamentos da sua vida em 3ª dimensão não existirão simplesmente mais, portanto, vocês não poderão reencontrar tal ou tal desencarnado como o vivenciaram as pessoas que fizeram experiências às portas da morte.
Isso nada mais tem a ver.
Imaginem eu, quando eu parti do outro lado e reencontrei o meu mestre, Bença, e vi que não era Bença, mas algo de muito maior, vocês pensam que eu me recordei das lembranças do que nós vivemos?
Não, eu vi a Luz que emanava deste ser e o plano dimensional em que ele estava, bem além do meu, e, no entanto, eu me comunicava com ele.
Mas a experiência e a emoção ligadas à dualidade não tinham mais qualquer espécie de importância em nossa relação.
Era uma relação de amor, de coração e de serviço também.

***


Questão: vamos conservar o nosso corpo na 5ª dimensão?

Eu já respondi que era possível como impossível.
Isso depende das pessoas, isso depende dos seus desejos e isso depende também do grau de corrupção dos corpos.
Há seres que têm a possibilidade, pela sua evolução espiritual, de aceder à 5ª dimensão, mas cujo corpo não pode suportar as novas vibrações que estão chegando.
Portanto, o corpo deve ser reciclado, eu diria, então, destruído.
Eles irão adquirir diretamente um novo corpo de 5ª dimensão.

***


Questão: devemos reparar os erros das nossas vidas anteriores para podermos pretender integrar a 5ª dimensão?

Não.
Isso terminou.
A lei do Carma foi suprimida, no nível individual, mas não no nível coletivo.

***


Questão: como acompanhar as pessoas que se dizem ser vítimas de magia negra?

A magia negra sempre existiu.
Lembrem-se do que eu disse: não há mais planos intermediários, portanto, a magia se opera imediatamente.
Se você emitir um mau pensamento para com alguém, há imediatamente uma entidade que vai seguir o caminho.
Mas não há necessidade de magia negra para viver a escuridão que vocês vivem sobre a Terra nesse momento.
Se fosse há 20 ou 30 anos, eu lhe teria respondido que era preciso fazer rituais de exorcismo.
Mas se hoje vocês fizerem isso, vocês provocam a dualidade da pessoa, mas também a sua.
Portanto, vocês devem ser capazes de transcender isso pela potência da sua vibração.
Nesse caso, essas entidades não podem permanecer, elas são dissolvidas, se estiverem no astral.
Agora, se for um trabalho de magia feito por uma pessoa sobre outra pessoa, não é da sua competência e, se lhes pedirem ajuda, naquele momento, sobretudo não se lancem mais nos exorcismos.
Isso não é mais válido.
Vocês devem, unicamente, ajudar a pessoa pela vibração da sua Luz.
Em outros termos, não se pode mais afastar a má sorte, mas permitir à Luz de se manifestar.
Se vocês procurarem retirar, pelas orações ou por um exorcismo específico, uma entidade ou uma carga que foi colocada sobre alguém, vocês arriscam ter grandes dissabores. 

***


Questão: isso significa que não podemos mais fazer «subir» as entidades?

Não.
Apenas podemos dissolvê-la, porque ela não tem mais aonde ir, exceto se for uma entidade dita astral ligada a uma egrégora, mas que não está ligada a uma consciência do tipo humano.
Isso não é similar para os desencarnados, é claro.

***

Questão: como dissolvê-la então?

Pela potência vibratória da sua elevação vibratória, se vocês forem capazes disso, é claro.

***


Questão: a mesma coisa para uma entidade humana?

Não.
Você não pode dissolvê-la, isso é um crime.
Você pode elevá-la vibratoriamente.
O que não é o caso de uma entidade astral, porque ela pode apenas ser dissolvida ou ir sobre outra pessoa.
Em um caso como no outro, vocês irão constatar que, quaisquer que sejam as dificuldades das suas vidas, das suas escolhas, das suas decisões, vocês apenas irão resolver isso pela elevação da vibração e por nada mais.
E esse é o grande desafio porque, frente a alguns eventos, vocês terão vontade de entrar na reação, seja no interior de uma família, de um grupo social, de uma associação ou de um país.
Isso seria um erro catastrófico.
É por isso que RAM lhes desenvolve cada vez mais o trabalho sobre o coração, porque, enquanto vocês estiverem na reação, mesmo se ela for “justa”, vocês irão manter a sua própria dualidade.

***


Questão: se o carma está dissolvido, o que é das relações cármicas?

Então, elas irão se dissolver quando o DNA que criou a sua vida for substituído pelo DNA espiritual, com número de fitas muito mais consideráveis.
São relações que se pode chamar de cármicas, mas são, sobretudo, relações de implicação de vida ou de nó cármico, se quiserem.
Mas a noção de carma, quando eu digo que ela não existe mais, isso não quer dizer que o carma não exista mais no nível individual, senão vocês não estariam mais aí.
Isso quer dizer que todas as ações que vocês geram hoje, ou provocam um carma (mas que será válido na condição de vocês voltarem na encarnação em um próximo ciclo de vida), ou são dissolvidas diretamente pela eliminação das suas negridões no nível do corpo.
Em contrapartida, do carma coletivo, vocês ainda não ouviram falar.
É aquele que se manifesta agora, pelo qual o conjunto da humanidade deve passar.

***


Questão: isso significa então que ainda seremos confrontados com problemas de relação cármica?

Perfeitamente.
Em particular nas relações mais tenazes que existem na humanidade, ligadas ao DNA físico, que é a noção de linhagem familiar.
O único modo de ali escapar é entrar na linhagem espiritual.

***


Questão: quantas dimensões existem no total?

A resposta é indefinida.
Por quê?
Porque o plano do Pai evolui permanentemente.
Há uma série de dimensões que foram criadas, mas o Pai pode sempre se afastar ainda mais no nível dimensional e criar outras dimensões para poderem juntar-se ao Pai.
Então, pode-se dizer que, nos éons e éons, o número de dimensões irá a um número cada vez maior, que jamais terá fim.
Cada dimensão nova que foi criada sempre foi um meio de experimentar as novas facetas da vida da Luz.

***


Questão: o acesso à 5ª dimensão vai provocar uma ampliação de consciência e de compreensão?

Obviamente, dado que o aspecto limitado que vocês conhecem pela 3ª dimensão não existirá mais.
Não esqueçam que vocês vivem em um mundo que vocês podem qualificar de infra-luminoso, ou seja, abaixo da velocidade da Luz, mas que é caracterizado pela oposição, pelo antagonismo e pela dualidade e que, a partir da dimensão imediatamente superior, a 5ª dimensão, tudo isso não existe simplesmente mais.
Mas haverá uma vantagem considerável sobre outras formas de vida, sobre outras formas de consciência que não passaram pela 3ª dimensão encarnante: vocês terão uma força efetivamente suplementar a esses seres.
O que faz com que, no seu programa evolutivo enquanto humanidade terrestre, vocês irão cruzar os limiares de consciência que os farão aceder a dimensões senão superiores às da 5ª dimensão e muito mais rapidamente do que aqueles que não conhecem a dualidade.
A dualidade foi um sacrifício importante decidido pelos grandes seres.
A encarnação lhes permitiu experimentar o sofrimento, mas não unicamente: tudo o que é oposição.
E todas essas oposições e esses sofrimentos fizeram crescer o quê?
A sua força, mesmo vocês ainda não vendo isso.

***


Questão: é importante viver hoje os despertares de memória das vidas passadas?

Qual é o interesse de despertar memórias?
Apenas se revela, atualmente, o que é importante para vocês.
Os seus potenciais espirituais estão ligados à sua Fonte e à sua origem de alma que estão ligados à sua filiação espiritual e, em caso algum, às suas vidas passadas.
Exceto para alguns seres que tiveram vidas que eu qualificaria de essenciais para este planeta, que irão reencontrar memórias porque é importante, neste período final, que eles reencontrem os potenciais que tinham inicialmente.
Mas isso é muito raro, não é?
O mais importante não é reencontrar memórias da encarnação, mas as suas memórias espirituais, as suas memórias de filiação espiritual.
Isso é o mais importante, porque é aí que se encontra o futuro e não no passado.

***


Questão: reencontrar as memórias permitiria justamente reencontrar os potenciais?

Não, porque, se estiver ligada a uma encarnação, está necessariamente ligada aos potenciais que vocês tinham nesta encarnação.
Então, agora, vocês podem sempre se divertir despertando as suas memórias ligadas às vidas passadas, mas isso não tem qualquer espécie de importância hoje.
A Luz está suficientemente por toda parte sobre a Terra, atualmente, para se conectar com isso.

***


Não temos mais perguntas. Agradecemos.

***


Então, caros amigos, eu estou muito contente por tê-los ajudado um pouco no seu caminho.
Eu lhes trago todo o meu Amor e lhes digo até muito em breve e lhes desejo uma boa noite.

Passem bem.



************


1 - UM AMIGO (10.07.2010) - Passagem do ego ao Coração [Protocolo]

***


Mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:
29 de março de 2009

***


Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com
 Postado por Célia G..

***


Transcrição e edição: Zulma Peixinho


************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário