RAM - 29 de agosto de 2008 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Ensinamentos de RAM -
RAM Chandra Babuji



~ O SILÊNCIO ~

Eu sou RAM.
Recebam a minha Paz, recebam a minha Alegria.
Como vocês sabem, a maioria de vocês, eu estou aqui para uma única coisa: o seu futuro e o seu crescimento espirituais.
 Eu estou aqui para a sua evolução, para a sua transcendência.
Eu proponho a vocês neste espaço, e neste momento, para abrir um período de diálogo e de comunicação pelas palavras, mas também pela preparação que vivenciou especificamente o canal no qual estou, a fim de ouvir as respostas às suas perguntas, não unicamente através das palavras, mas também através do Silêncio.
Assim, para cada uma das suas interrogações, haverá uma resposta pelas palavras e uma resposta pelo Silêncio.
Eu vou assim ensinar a vocês que a comunicação mais genuína, mais direta, mais apropriada à sua pergunta ou à sua interrogação espiritual, irá encontrar sua resposta no Silêncio.
Lembrem-se de que o mental procura preencher o seu Silêncio.
Vocês não podem coibir o mental.
Vocês apenas podem controlá-lo temporariamente.
Mas vocês podem lhe impor esse Silêncio.
Em meio ao Silêncio encontram-se as respostas.
Em meio ao Silêncio vocês escapam do tempo.
Em meio ao Silêncio vocês vão encontrar a totalidade das respostas e também a totalidade da Criação.
O Silêncio das palavras é a plenitude da alma.
O Silêncio das palavras é abertura para o caminho.

***

O caminho é Silêncio.
Assim, através das duplas respostas que eu vou dar, vocês irão aprender a conhecer a resposta do Silêncio.
O Silêncio, enfim, é o lugar onde a dualidade é solucionada, pois o Silêncio é Unidade.
No Silêncio vocês também irão encontrar a fé, a coragem que lhes falta e a plenitude que vocês procuram.
O Silêncio, finalmente.
Estar no Silêncio predispõe a receber.
O Silêncio é um conceito, uma ideia que vocês devem apreender, porque ele vai ser de uma ajuda valiosa e indispensável para encontrar o equilíbrio frente a questões, frente a situações onde o barulho predomina.
O barulho é a ausência de Unidade.
O barulho é divisão.
O barulho preenche o vazio, mas o vazio permanece.
O Silêncio preenche o vazio, mas que se torna plenitude.
Há, nessas poucas frases que eu acabo de dar a vocês, um dos maiores ensinamentos dos Upanishads.
Então, se vocês quiserem, nós iremos juntos jogar este jogo e eu espero que vocês compreendam bem depressa e aceitem que a melhor das soluções é recolhida e recebida no Silêncio.  
Para ajudá-los, nós teremos, para cada uma das suas interrogações espirituais, as duas respostas, consecutivamente.
Este aprendizado tornou-se possível pela Vibração e pela Radiação da minha Presença ocorrendo em diferentes pontos de conexão entre cada um de vocês e mim.
Então, vocês vão notar também que, seja qual for a pergunta, se vocês que não fizeram a pergunta também fizerem silêncio, vocês terão igualmente a resposta da pergunta feita pelo outro.
Esta experiência será proveitosa para melhorarem o seu futuro espiritual.
Então, quem quer fazer a primeira pergunta?

***



Pergunta: Por que muitas pessoas têm a impressão de atravessar um período difícil?

A vida na encarnação do ser humano é uma sucessão de períodos felizes e de períodos menos felizes.
Essas oscilações são próprias de qualquer encarnação.
Não há infelicidade permanente.
Não há felicidade permanente, exceto para o seu humano que realiza o seu Si divino.
Neste caso, as variações de humor não existem mais, porque essas variações são substituídas pela estabilidade da imanência e da Luz.
Gradualmente e à medida que o ser humano viver períodos de felicidade e períodos de mau humor, ele vai pretender recriar as condições do que o levou à felicidade e, a partir desse momento, começa o mundo das crenças, pois o ser humano é um ser de lembranças e de memória.
Quando vocês vivenciarem uma grande alegria (material, espiritual, afetiva ou outra), a sua consciência e o seu mental, sobretudo, vão impulsioná-los para recriar as circunstâncias dessa felicidade em relação a uma memória, em relação a um momento anterior.
Esse vai e vem do mental entre a lembrança, a memória e o que vocês desejam, mantém as correntes da encarnação.
Vocês não poderão se desvencilhar dessa sucessão de momentos diferentes de humor, isso é ainda mais verdadeiro quando vocês tiverem passado um período na atmosfera de Luz.
A saudade da Luz aparece assim que vocês pensarem na lembrança de um tempo passado.
Se vocês pensarem em um acontecimento feliz que lhes deu prazer, vocês podem desencadear de novo a felicidade pelo fenômeno de memória e de lembrança.
Isso é válido para qualquer elemento de natureza material ou afetiva, em geral.
Isso não é o mesmo para a lembrança da Luz porque, aí, os mecanismos que atuam em relação à lembrança da experiência da Luz propiciam uma sede intensa e uma insatisfação.
A satisfação não pode ser encontrada na memória ou na lembrança tão emocionante que foi a experiência.
Este é o problema das pessoas, em grande número hoje, que vivem o encontro com a Luz, através de algumas experiências de vida.
Tal momento foi tão transformador que ele manteve o elo da lembrança e, no entanto, isso não é a Luz, é a lembrança da Luz.
Vocês devem, enquanto ser humano, dessacralizar a lembrança.
Vocês devem esquecer todas as lembranças a fim de enfocar a Luz, não como uma experiência, não como uma lembrança, mas como um estado permanente e imanente.
É o único modo que vocês têm de permanecer na Alegria e na Unidade.
Não existe outra possibilidade.
Eu vou agora responder pelo Silêncio.
Então, eu peço a todos os amigos presentes para escutar.

... Efusão de energia no Silêncio ...

Como anteriormente, anotem em um canto da sua mente a resposta que é dada pelo Silêncio para a pergunta da sua amiga.

***


Pergunta: o que acontece quando não ouvimos a resposta no Silêncio?

É que não há Silêncio suficiente.
O Silêncio não é somente a ausência de palavras, é também a ausência de pensamentos.
Perguntar, agora, sobre a resposta, não há mais o Silêncio.
A experiência do Silêncio é um aprendizado.
O aprendizado necessita da repetição.
A repetição não tem por objetivo fazer encontrar o Silêncio.
A repetição tem por único objetivo satisfazer o mental, porque ele é um eterno insatisfeito, mas ele ama, sobretudo, todos os rituais, as crenças, as repetições.
Basta repetir a experiência do Silêncio.
Pouco a pouco, durante o aprendizado, o Silêncio vai acontecer.
A resposta no estado de Silêncio pode ocorrer sob a forma de Vibrações, mas pode também ocorrer na ausência de Vibrações, mais como o que corresponderia a uma evidência Interior.
A evidência é algo que não é para procurar, que não é para conceituar, mas que emerge como concedida e fluindo da FONTE.
A resposta do Silêncio, e no Silêncio, pode estar ligada a uma modificação das Vibrações e pode também ser uma evidência que emerge.
Eis a resposta agora no Silêncio.

... Efusão de energia no Silêncio ...

Eu constato com alegria que, para alguns de vocês, a clareza transparece em alguns momentos.
Vocês têm mais perguntas?

***


Pergunta: esta qualidade do Silêncio evolui ao longo do tempo?

Sim.
A característica essencial do Silêncio, em um primeiro momento, é justamente a sua duração.
Gradualmente e à medida que vocês aprenderem a escutar o seu Silêncio, vocês irão perceber que vocês podem permanecer muito tempo no Silêncio.
A segunda etapa está ligada à qualidade do Silêncio: quanto mais o seu Silêncio for da melhor qualidade, mais a sua mente será preenchida de Luz, primeiramente colorida e, depois, uma Luz branca ou amarela dourada irá se manifestar durante o Silêncio.
Evidentemente, quanto mais a qualidade do Silêncio for importante, mais vocês irão perceber as várias Radiações e Vibrações que os percorrem.
O Silêncio é um estado particular que permite à consciência experimentar a liberdade além da encarnação, imprimindo no seu corpo físico a sua marca, o seu modo de circulação, que é muito mais regular.
Finalmente, quando vocês chegarem ao verdadeiro Silêncio, não haverá para vocês mais qualquer dúvida porque a totalidade do seu ser estará inscrita no Silêncio que irá lhes proporcionar, de maneira permanente, este estado específico que as escrituras sagradas chamaram de Êxtase.
Eu respondo agora no Silêncio.

... Efusão de energia no Silêncio ...

Ainda há perguntas?

***


Nós não temos mais perguntas, nós lhe agradecemos.

***


Bem, eu lhes transmito a minha Paz, eu lhes transmito a Paz, eu lhes transmito o meu Amor, eu lhes transmito o Amor, e nós iremos Comungar juntos por isso, durante alguns instantes, no Silêncio.
Essa será a minha maneira de lhes dizer até logo.

... Efusão de energia no Silêncio ...


************

Mensagem do Venerável RAM no site francês:
29 de agosto de 2008

***

Tradução para o português: Zulma Peixinho

************



Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário