CRISTO - 09 de julho de 2007 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Intervenção do Mestre da Luz -



Meus bem-amados, eu venho com Amor para lhes confirmar que a Vibração é Amor, a Vibração é Luz, a Vibração é Verdade.
Toda Vibração que vocês emitem com o Coração é capaz de realmente transformar o mundo, senão meu sacrifício e minha crucificação teriam sido em vão.
O que pensar daqueles, dentre seus irmãos, que afirmam que a Vibração não pode mudar as coisas?
Aqueles que dizem que a Vibração emitida pelo Coração não é preparação para lutar contra a sombra e contra a fatalidade de suas vidas?
Aqueles de seus irmãos que dizem isso perderam a fé, aquela que move montanhas.

***

A fé é o motor da Vibração de seu Coração, é ela que move montanhas, mas com a Vibração do Amor ela é muito mais, é a força que criou os Universos.
Não crer nela, considerar essa força como qualquer outra força, compará-la às outras forças, é um ato de pouca fé e falta de Amor.
Aquele que vive o Amor torna-se o farol de toda vida, ele transcende pela radiação seu entorno, mas também a qualidade do sol e de todos os planetas.

***

Tudo está interligado, tudo é interdependente, nada pode existir sem a Radiância do Amor.
Se vocês duvidam disso, como vocês farão para vir a mim?
Como vocês farão para mudar de Vibração?
Como vocês poderão amar seus irmãos?
Como, mesmo, vocês poderão amar a si próprios?
Não há regras aritméticas, não há regras matemáticas complexas, a única regra é: o Amor é tudo o que é.
Ver outra coisa é já uma dualidade, já uma divisão e já uma recusa de sua divindade e de sua Unidade.
É reintroduzir-se na ação/reação.
O Amor é Graça, o Amor é Unidade, porque não casar esse axioma?
Tudo se transforma na Luz do Amor, tudo se resolve na Unidade do Amor.

***

Meus queridos irmãos, é claro que vocês são livres, livres para continuar todas as suas experiências.
Enquanto a sede por experiências estiver aí, vocês não poderão fazer a última experiência que é o Amor.
O Amor é a única experiência que termina todas as outras, a única experiência que pode conduzi-los à sua divindade.
Todas as outras não são senão distanciamentos.
Compreendam bem que eu não julgo e nem julgarei nenhuma outra experiência diferente do Amor pois, definitivamente, todas as experiências os levarão um dia a fazer a última experiência o tempo não conta, nem a soma de suas experiências, diante da grandeza do Amor.

***

Meu coração tem, em toda parte, sede de vocês, sede de vê-los reencontrar nosso Pai.
Meu coração arde por abrasá-los em meu fogo.
Qual é o mais belo êxito de Amor senão o de se fundir nesse braseiro de Amor que, eu e outros grandes seres de Luz, lhes propomos?
Qual experiência pode rivalizar com o fogo do Amor?
Nenhuma, é claro.
Mas enquanto vocês não decidirem vivê-la, eu não posso estender minha mão totalmente, eu só posso acariciar sua alma, às vezes, eu apenas posso me recordar das boas lembranças de Unidade que vocês são.

***

Meus bem-amados Irmãos de Luz, eu venho o mais próximo de vocês, para tocá-los. Vocês aceitarão deixar-se tocar pelo meu fogo?
Eu sou seu baluarte contra o sofrimento, seu baluarte contra a noite.
Como eu os amo.
Como eu sou vocês, que são eu, como sua Luz é necessária ao Sol.
Vocês contam mais do que jamais vocês poderiam crer ou esperar.

***

Fujam daqueles que querem induzi-los na dor, na crença em sua dualidade.
Certamente vocês estão em peregrinação por tantas vidas, que vocês acreditam verdadeiramente que o que vocês vivem é a realidade.
Mas a única realidade é a Unidade, o “Eu Sou”, a Vibração do Amor.
Apaguem seus hábitos de medos e de sombra.
Vistam seu hábito de Glória, adornem-se da cor do Amor e da Verdade.

***

Eu estou aí para acolhê-los, para abraçá-los e felicitá-los por terem feito a escolha da Verdade.



************

Mensagem do Amado e Divino CRISTO no site francês:
09 de julho de 2007

***

Tradução para o português: Ligia Borges

***

Edição: Andrea Protzek e Zulma Peixinho


************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário