INTRATERRA - 15 de outubro de 2005 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- Intervenção de um Guardião da Terra -



Bem, sejam bem-vindos, caros Irmãos e Irmãs da superfície.

Primeiramente, permitam-me apresentar-me: eu sou um dos Governadores de uma região situada em algum lugar sob os seus pés.

Eu faço parte de uma região chamada Intraterra por alguns dos seus médiuns e entidades que entraram em contato conosco, há extremamente muito tempo.

Eu represento um coletivo unificado de consciência, pelo qual eu me expresso através dessa entidade da superfície que está aqui presente.

Nós somos, de algum modo, seus Irmãos e Irmãs, mesmo não pertencendo à sua humanidade, nós somos os Guardiões da evolução da nossa Terra comum.

Nós somos, também, os Guardiões das Portas Interdimensionais.

Nós somos os Guardiões do Núcleo central deste planeta, que é constituído de cristal.

Como Guardião, eu venho a vocês para permitir explorarem, um pouco mais adiante, os Mundos Dimensionais com os quais vocês têm muito pouca oportunidade de conviver ou de alcançar, devido ao seu fenômeno de involução, de encarnação que, quanto a nós, povo da Intraterra, superamos amplamente há, agora, 320.000 anos dos seus anos da superfície.

***


Assim, é-nos permitido, neste período de transição e de transformação do nosso planeta, transmitir-lhes uma série de elementos que irá lhes permitir, eu espero, ter acesso um pouco mais livremente a essas Dimensões novas que vêm para vocês, a fim de que vocês não fiquem perdidos, quando chegar a hora, e a fim de que vocês trabalhem para um pouco mais de Consciência Unificada, melhorada, recentrada, e a fim de permitir-lhes tornar-se o que vocês São, realmente (o que vocês não são, no momento).

Nisso, os cristais são, efetivamente, um dos meios com que lhes é permitido conviver, a fim de elevar suas vibrações/consciência, de ampliar seus campos de coerência, até níveis não experimentados até agora neste planeta e que, entretanto, vocês veem, hoje, pelos Portais Dimensionais abertos, a realização desses estados Multidimensionais na sua encarnação.

Nisso, ser-me-á permitido, por intermédio do coletivo geodésico de vinte e três outras almas de Consciência Unitária pelo qual eu me exprimo, estar mais perto da chave que irá lhes permitir ter acesso e transcender suas limitações atuais, a fim de penetrar (em um primeiro tempo, durante suas noites, mas, em seguida, de maneira muito consciente) nesses estados Multidimensionais tão importantes, pois eles são o seu futuro muito em breve.

De fato, os esquemas de funcionamento que vocês têm experimentado, progressivamente e à medida das suas encarnações sucessivas, vão, em breve, desaparecer totalmente para dar lugar a um mundo de Luz autêntica, no qual não haverá mais lugar para a divisão, para a separação, mas no qual tudo funcionará em um modo, eu diria, muito mais rápido, mais desprendido do seu tempo linear de três eixos.

***


Lembrem-se das palavras-chave que são, efetivamente, «um novo modo de funcionamento», que não deixa mais lugar para qualquer sombra, para qualquer apego, para qualquer limite.

Vocês vão, enfim, redescobrir que são muito mais do que o que acreditavam há 50.000 anos, não seres limitados, confinados, mas, realmente, seres livres, totalmente livres.

E como se tornar livres se vocês não aceitarem, em sua alma e consciência, essa eventualidade como potencialmente real?

Na realidade, a um dado momento na história deste planeta, no seu mundo da superfície, vocês serão levados livremente a escolher, a fazer a escolha, a escolha da Liberdade ou a escolha da prisão.

A escolha de um novo ciclo de 50.000 anos de reencarnações sucessivas ou a escolha da Libertação, ou seja, do acesso a esses Mundos Multidimensionais que estão se abrindo para vocês.

A maior parte de vocês está se dizendo que é fácil escolher a Liberdade ao invés da prisão.

Pense outra vez.

A Liberdade dá mais medo do que a prisão.

A Liberdade é uma responsabilidade.

A Liberdade é um processo de autenticidade, que não dá suporte a qualquer sombra e qualquer trapaça.

Nisso, muitos seres humanos escolheram a prisão, porque eles têm medo dessa Liberdade nova que está chegando para eles.

Mas não importa.

Essa liberdade fundamental de escolha está inscrita por contrato, desde sua descida nesta terceira Dimensão, há muito tempo.

***


Eu lhes agradeço pela sua atenção.

Eu lhes trago a minha saudação fraternal.

E nos deixamos, agora.




************


Mensagem da INTRATERRA no site francês:
https://issuu.com/ultimasleituras/docs/07-intra-terre-15_octobre_2005-arti
15 de outubro de 2005

***


Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com.br/

***


Transcrição e edição: Zulma Peixinho


************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário