Série de textos de JL durante seu acesso ao Absoluto: AMEM AMAR - 26-04-2012

Clique aqui para comentar esta publicação




Série de textos escritos por Jean Luc Ayoun durante seu acesso ao Absoluto

*AMEM AMAR* - 26.04.2012

O que quer que a vida lhes proponha, amem, não procurem reagir a um acontecimento seja qual for, feliz ou infeliz, simplesmente com humildade e simplicidade continuem a amar, sem tentar compreender, racionalizar, sem medo de qualquer julgamento, nem de qualquer reação negativa, amem! Se a cada mágoa do ego, a cada sentimento de vergonha ou de raiva, vocês chegarem a colocar o Amor à frente disso, nunca nada de nefasto poderá chegar, a vida irá satisfazê-los além de qualquer esperança, e mesmo se vocês forem crucificados pelo ódio, bem, amem sempre, sem qualquer condição, sem qualquer limite, simplesmente, sem nada projetar, sem nada aguardar, sem nada solicitar, amem realmente, tudo ainda vai ficar bem, e vocês até irão constatar que todo medo irá deixá-los definitivamente, sem qualquer possibilidade de retorno.

Assim é o Amor, ele se multiplica permanentemente dele mesmo a partir do momento em que vocês deixam de estar no medo, no outro, no julgamento.

Não se coloquem qualquer questão, amem, jamais reflitam antes de amar, vocês irão então abrir cada vez mais o seu coração ao coração do outro, como ao coração de cada instante da vida, vocês estarão então cada vez mais no Amor, vocês irão se tornar bem depressa o próprio Amor.

Aí está a única verdade da vida, a única qualidade de ser que realmente nada custa, se vocês colocarem a cada minuto o Amor à frente, ele sempre estará na frente de vocês, antecedendo-os de algum modo, como uma aura de felicidade, de puro deleite, nada mais poderá afetá-los, perturbá-los, alterá-los, sigam tranquilamente o seu caminho, ele será preenchido de alegrias, de satisfações, de plenitude.

Amem o que quer que surja como ideia ou pensamento no seu mental, que isso seja a emoção instantânea que emerge, não a obedeçam, amem, vocês verão muito rapidamente o efeito do Amor sobre o seu corpo, sobre a sua alma, sobre o seu Espírito, vocês irão em paz, independentemente das circunstâncias, fáceis como difíceis.

Pouco a pouco, vocês irão constatar que qualquer combate, qualquer angústia, qualquer emoção, irão se banhar, eles também, no mesmo Amor, o que vocês farão a cada um, na realidade vocês o fazem estritamente a vocês mesmos, não há qualquer caminho mais rápido e mais intenso do que o Amor, mais autêntico do que amar, sem limites, sem motivos, sem afetos, sempre declarem o Amor que vocês desejam viver, em todas as coisas, em todos os seres, em todas as circunstâncias, sejam equânimes diante de cada mulher, de cada homem, nenhuma hierarquia, nenhum protocolo pode enfraquecer o Amor, nenhum sentido social, familiar, pode obstruir o Amor.

Nunca se esqueçam de que o Amor é realmente a nossa única realidade tangível e eterna, fora do Amor tudo desaparece um dia ou outro, só o Amor dado jamais desaparece, nenhuma circunstância da vida pode impedir este Amor de existir, de aparecer e de transparecer em qualquer troca, em qualquer relação, em qualquer comunicação, sejam este Amor e vocês serão involuntariamente suaves e intensos, o Amor é a única força eterna, a única verdade infinita e sempre atual.

Lembrem-se de que se o Amor estiver à frente, tudo o que ficar depois dele será colorido, vocês jamais terão que correr atrás seja do que for, o Amor chama o Amor desde que ele seja autêntico, sem condições, sem limites, a sua vida será assim, vocês irão se tornar isso, nada senão isso, o Absoluto irá abraçá-los e abrasá-los com o seu sopro vivificante e suave, ousem ser realmente o que vocês são: o Amor e nada mais!

Nada mais procurem senão manifestar este Amor, sem desejo, sem vontade, sem projeção, porque nós somos este Amor, nada mais, nada menos. O Amor é a vida, a vida aqui como por toda parte, nenhum obstáculo pode parar o Amor, reflitam ali, o que vocês têm a perder ao amar? Se vocês não amarem sem condições, aí vocês irão realmente perder a Vida!

O Amor é suficiente em si mesmo, ele nada pede, ele está presente mesmo se vocês ainda não estiverem totalmente presentes nele, ele começa a agir a partir do momento em que vocês aceitam que a Graça é a Dádiva do Amor em si, e que a Graça não se preocupa com qualquer reciprocidade, qualquer moral, qualquer limite, se vocês se doarem ao Amor, então o Amor irá se doar a vocês, em um abraço de liberdade, em um estado de êxtase místico que nenhum acontecimento o mais extraordinário da vida poderia corresponder a isso, amem sem folga, sem pausa, sem desconfiança, o Amor irá fortalecê-los a cada sopro... DESFRUTEM.

fonte: http://absolultime.xooit.fr/t5584-Recueil-des-textes-ecrit-par-Phenix.htm
Tradução para o português: Zulma Peixinho
via: http://portaldosanjos.ning.com/

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário