Série de textos de JL durante seu acesso ao Absoluto: ELA RENDE GRAÇAS À SUA PRESENÇA - 29-03-2012

Clique aqui para comentar esta publicação




Série de textos escritos por Jean Luc Ayoun durante seu acesso ao Absoluto

*ELA RENDE GRAÇAS À SUA PRESENÇA* - 29.03.2012

Amados a Onda rende Graças a cada um de vocês, escutem as suas palavras além do filtro do seu mental, além de uma simples compreensão, escutem a Dádiva da Graça, ela lhes diz a sua natureza.

Vocês são a magnificência da Vida, vocês são a beleza eterna além de toda forma, seja o que for que queira negar o seu limitado, vocês são a ilimitada ação da Graça que trabalha a cada um dos seus sopros, a cada olhar, a sua beleza enxerga além do que vocês creem ver, em vocês está a Dádiva da vida eterna, nenhum sofrimento, nenhuma morte jamais poderá extinguir outra coisa senão uma simples aparência, o simples efêmero deste corpo, a Onda lhes diz: “você é absoluto”, de nada serve acreditar no contrário, de nada serve você se afastar da sua beleza, da sua eternidade, ela está aí para sempre, porque você é esse sempre, você é, aqui, a insignificância da sua infinita verdade além da sua pessoa, e isso não está nem no amanhã, nem em outros lugares, nem prometido, mas bem presente, a única verdade, a única majestade. Escute o sorriso infinito da Alegria, não se deixe guiar por qualquer adversidade, por qualquer irmão perdido nele mesmo, apenas escute o que lhe diz o coração, a sua lógica eterna é o bálsamo da sua aparente imperfeição, escute aquele que vive a Onda, não para segui-lo, não para lisonjeá-lo, mas, sim, para reverenciar a vida, reverenciar o seu sagrado.

Filho da Luz, você é Luz, eternamente, não acredite em nada do que construiu o medo sobre este mundo, como o medo poderia não ser isso senão ousar obstruir o fluxo da Onda da Vida? Que insulto poderia alterar a Vida que você é? Nenhuma força pode agir sobre a potência do Amor, você é Amor, somente Amor, este Amor que é tudo, que é este Fogo e esta Água primordial que constroem todas as coisas, você é Êxtase, deleite infinito que nenhuma regra pode reprimir, você é tudo, tudo está nesse Templo, você é o Êxtase, porque o Amor é êxtase, está aí o seu grande segredo, a sua única verdade que sombra alguma pôde furtar, nem mesmo obscurecer, reconheça você, aí a partir do momento em que você reparar nisso, reconhecendo-se, você irá reconhecer cada irmão, cada irmã, como sendo o mesmo absoluto, a mesma natureza, o mesmo regozijo, a Dádiva da Vida, você irá se comunicar com a sua Onda, nenhuma barreira poderá se erguer contra o Amor, a Onda é a sua natureza, a sua quintessência, aquela de cada consciência, quer ela queira ou não, não se preocupe com nada, exceto em ser, exceto com esse Si, e com esse não Si, você é o Último, você é Belo, além de toda esperança, pois você é Amor, Amor imanente, permanente, transcendente, Absoluto, total, Único. DESFRUTEM.

******
fonte: http://absolultime.xooit.fr/t5584-Recueil-des-textes-ecrit-par-Phenix.htm
Tradução para o português: Zulma Peixinho
via: http://portaldosanjos.ning.com/

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário