O. M. AIVANHOV - 20 de novembro de 2005 - Autres Dimensions

Clique aqui para comentar esta publicação




- E BEM, CAROS AMIGOS... -



Bem, caros amigos, vocês me veem muito contente e muito feliz por estar, novamente, com vocês.
Eu lhes trago minha Bênção e estou muito contente, verdadeiramente, por estar com vocês de novo, a fim de caminharmos um pouco juntos e ajudá-los em sua estrada.
Nós entramos, efetivamente, num momento em que a estrada torna-se um pouco mais íngreme, digamos.
Essa estrada é específica, efetivamente.
Há certo número de elementos, como eu já assinalei, que estão na estrada para experimentar sua qualidade de amor, sua quantidade de amor e sua capacidade de renúncia e de desapego em relação à dimensão terceira, com a qual vocês ainda brincam.
Nisso, certo número de eventos virá instaurar-se em seus interiores, primeiramente, mas, também, exteriormente.
Isso se chama uma tomada de consciência, uma abertura de consciência real, total, para a realidade dos mundos multidimensionais, para a realidade da super vida, da verdadeira vida.
Através dessa abertura, através desse caminho, vocês poderão, na estrada, definir-se em seus objetivos, definir-se em seus propósitos.

***

É extremamente importante que a humanidade tenha, agora, através dos elementos que chegam, a compreensão final, necessária ao estabelecimento da escolha final.
Escolha final que terá, durante algum tempo, a possibilidade que lhes é oferecida de passar em estratos superiores de dimensões ou, efetivamente, se vocês o desejam, continuar nesse estrato de dimensão três e prosseguir a estrada em outro lugar, em outras vidas, em outras encarnações.
Essa abertura de consciência é um momento prévio de anúncio, de algum modo, do que deve chegar proximamente.
Para o conjunto da humanidade, trata-se de tomar consciência do que vem para vocês, do que os atinge, que a vida não pode continuar assim, indefinidamente, com essa ausência de amor, com essa predileção pelas coisas da sombra, pelo ego, pelo poder, pelo que vocês chamam o dinheiro, em detrimento da fraternidade a mais elementar, em detrimento do próprio sentido da vida e do criador.
Isso não é mais possível continuar, ir mais longe.

***

Muitos anos se passaram.
Muitos instrutores colocaram os pés sobre este planeta.
Isso representou, para eles, um sofrimento enorme, para ensinar-lhes e guiá-los e ajudá-los a não cair mais baixo.
Convém, agora, não mais ser criança, tomar consciência da Divindade que vocês são e do caminho que devem tomar, que é um caminho real para a Divindade interior, mas, também, a manifestação da Divindade sobre este planeta.
Vocês são Luz, vocês são amor, portanto, não há qualquer inquietação a ter, simplesmente, a trabalhar e trabalhar para a revelação de sua Luz.
Aí está a coisa mais importante.

***

Caros amigos, gostaria de dar-lhes, como convencionado, toda a minha Bênção e todo o meu Amor.


************

Mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:
https://issuu.com/ultimasleituras/docs/265-om_aivanhov-20_novembre_2005-ar
20 de novembro de 2005

***

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com
Postado por Célia G.

***

Transcrição e edição: Andréa Protzek e Zulma Peixinho
www.portaldosanjos.net

************


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário