PROTOCOLO A PRATICAR - APREENDER SUA ESSÊNCIA

Clique aqui para comentar esta publicação




DO SITE AUTRES DIMENSIONS


Transmitido pelo Intra-Terra
25 outubro 2008

Para acessar o Coração da Existência
Para facilitar a reversão, prévia necessária ao retorno à Unidade

• Deitar-se.
• Colocar todos os cristais seguintes, ao mesmo tempo, sobre os pontos correspondentes.
• Permanecer assim durante 1 a 2h, gravando toda manifestação (vibratória, visual, sensorial).
• Pode-se refaser em seguida, em consciência pura, sem os cristais (concentração, visualização ...)

Ponta do esterno, apêndice xifóide
Passagem da personalidade à Essência – Na tradição Cabalística: Sephirot Tipheret (Beleza - Glória - Sol)
1 Turmalina melancia

Chacra do coração
Centramento sobre a dimensão do Coração, no sentido espiritual
1 Rubi

Alto do esterno (protuberância sobre a parte central do esterno)
Irradiação da divindade levando ao « instase » e ao êxtase – Na tradição taoísta: Câmara de Jade ou Interior
1 Berilo de água marinha

Sob a 5ª vértebra dorsal, ao nível das costas do coração
Porta posterior do coração por onde penetram os nutrientes no coração – Na tradição taoísta: o caminho do Espírito
1 Cristal Fonte (ponta para o alto)

2º espaço intercostal - 1 mão na vertical do mamilo
Chacra de enraizamento da alma e chacra de enraizamento do Espírito – Na tradição taoísta: a Casa do Tesouro
À direita: 1 Rodonita
À esquerda: 1 Quartzo fumé (o sentido da ponta não importa)

Chacra da garganta, na sua parte baixa, no «ôco»
Comunicação em todos os planos
Ponto de reversão
1 Lapis-lazuli

Entre o pomo de Adão e a ponta do queixo
Na tradição taoísta: a Janela Celestial
Na tradição Cabalística: a Porta do Insondável - Daath
1 octaedro de fluorine (azul ou verde)
_______________________________
Compartilhamos essas informações em toda transparência. Agradecemos de fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzindo integralmente o texto e citando a fonte: www.autresdimensions.com.
Versão do francês: Célia G.

Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário